_Destaque _Featured Hatches Lançamentos Test Drive Volkswagen

Volkswagen Golf 1.0 TSI traz downsizing para o segmento médio – Confira impressões ao dirigir

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-96

A Volkswagen está lançando o Golf Comfortline TSI, o primeiro hatch do segmento médio com motor 1.0 litro. O preço é de R$ 74.990, e seu motor é o EA211 1.0 TSI, que entrega até 125 cv com etanol. A nova proposta traz a tendência downsizing para um segmento que até então só viu motores a partir de 1.4 litro, no caso incluindo o 1.4 TSI, oferecido também no modelo.

Nesta versão Comfortline, o Golf 1.0 TSI entrega de série muitos itens, entre eles ar-condicionado, trio elétrico, direção elétrica, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, assistente de partida em rampa, discos nas quatro rodas, controles de tração e estabilidade, sete airbags, rodas de liga leve aro 16, faróis de neblina com função curva, Isofix e retrovisores aquecidos.

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-86

Há também bloqueio eletrônico do diferencial (XDS) e frenagem automática pós-colisão. Além disso, o Golf Comfortline TSI traz também multimídia Composition Media com tela de 6,5 polegadas, Android Auto, Car Play, MirrorLink, Bluetooth e USB/SD/Aux/CD. Já os opcionais são divididos em três pacotes:

  • Elegance: volante multifuncional revestido em couro, controle de cruzeiro, rodas de 17 polegadas “Geneva” com pneus 225/45 R17, sensor de chuva, sistema coming&leaving home e retrovisor interno eletrocrômico.
  • Exclusive: Itens acima, mais multimídia “Discover Media” com navegação GPS.
  • Comfort: (pode ser integrado aos dois acima) ar-condicionado digital Climatronic dual zone e revestimento de couro nos bancos. O teto solar elétrico é um item separado.

O Golf Comfortline TSI tem oito opções de cores, sendo três sólidas (Branco Puro, Preto Ninja e Vermelho Tornado), quatro metálicas (Prata Sargas, Prata Tungstênio, Azul Night e Platinum Gray) e uma perolizada (Preto Mystic).

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-3

1.0 TSI

Sem dúvida, a grande novidade do Golf Comfortline TSI é o motor EA211 R3, mais conhecido como 1.0 TSI. O propulsor é o mesmo utilizado no up! TSI e no Golf europeu, mas possui diferenças em relação ao usado pelo subcompacto no Brasil.

A potência é maior, pois são 116 cv com gasolina e 125 cv quando abastecido com etanol, ambos a 5.500 rpm. O torque também é mais alto, sendo 20,4 kgfm entre 2.000 e 3.500 rpm, independente do combustível usado.

Fora isso, o propulsor conta ainda com uma transmissão manual de seis velocidades, que não é a mesma do Fox 1.6 de 120 cv, por exemplo. Dotado de turbocompressor e injeção direta, o pequeno motor emprega algumas modificações em relação ao equivalente do up! TSI, por exemplo.

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-91

Para dar conta do aumento de potência e temperatura, a Volkswagen introduziu um novo sistema de resfriamento de ar do intercooler, agora posicionado junto ao radiador. Além disso, adotou materiais mais resistentes na carcaça do compressor e no rotor da turbina.

A temperatura elevada promoveu também um aumento no tamanho do radiador, tendo agora três sistemas de refrigeração líquida independentes (bloco, cabeçote e coletor de admissão). Fora isso, as válvulas de escape receberam injeção de sódio em seu interior para reduzir a temperatura.

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-78

A junta do cabeçote passa a ter três camadas e houve um atraso da ignição para ajustar o motor à nova temperatura. Por fim, velas de irídio foram introduzidas para melhorar a queima da mistura ar-combustível.

Essas mudanças fizeram com que o Golf Comfortline TSI apresente melhor performance em relação ao 1.0 TSI de até 105 cv do up!, mas mantendo uma boa eficiência energética. De 0 a 100 km/h, o hatch médio precisa de 9,7 segundos com máxima de 194 km/h, quando abastecido com etanol. O consumo, de acordo com o Inmetro, é de 8,4/11,9 km/litro na cidade e 10,1/14,3 km/litro na estrada, respectivamente com etanol e gasolina.

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-50

Impressões ao dirigir

São Bernardo do Campo/SP – Por fora e por dentro, o Golf Comfortline TSI é similar à versão 1.4 TSI. No entanto, as coisas mudam ao dar partida no motor. O ronco é diferente, parece fraco a princípio, mas basta uma acelerada para notar que se trata de um propulsor diferente.

O 1.0 TSI vibra pouco e praticamente não é sentido no habitáculo. Nas saídas, ele parece mesmo um 1.0 até pouco acima de 1.500 rpm, quando começa a encher e surpreender, tendo respostas muito boas acima de 2.000 rpm. Se manter o pé, o ponteiro rapidamente alcança 6.000 rpm.

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-48

Mesmo para o porte do Golf, o EA211 não reclama de falta de força e esbanja torque em baixa, afinal, são 20,4 kgfm a partir de 2.000 rpm. A faixa plana de funcionamento com força máxima garante prazer ao dirigir, pois não se exige reduções para ultrapassagens e promove retomadas dignas de um motor 2.0 bem mais potente.

Rodando a 110 km/h, o ponteiro marca 2.500 rpm, suficientes para uma condução com baixo ruído e consumo. Não há, porém, aquela sensação de impulsão quase instantânea vista na maioria dos carros turbinados. O 1.0 TSI entrega excelente serviço, mas está um pouco mais manso se comparado ao 1.0 TSI de até 105 cv. São 1.223 kg de peso no Golf.

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-47

Mas, apesar da entrega de performance, a eficiência energética que é o foco principal. Unicamente oferecido com câmbio manual, o Golf Comfortline também reúne o melhor de dois mundos em um frasco bem pequeno. Direção, freios e suspensão estão mais do que dimensionados para a proposta do carro.

A transmissão manual tem engates precisos e bem macios, apesar do curso da alavanca ser um tanto longo para um VW. O conjunto motriz do Volkswagen Golf 1.0 TSI foi bem acertado para as condições nacionais de ruas e estradas.

volkswagen-golf-comfortline-10-tsi-impressoes-na-55

No geral, o Golf em sua nova versão Comfortline TSI, merece obrigatoriamente um test drive para quem pretende ter o hatch médio na garagem, especialmente se o alvo for a versão 1.6 16V Flex de até 120 cv.

A performance é muito boa, assim como o consumo. Se 1.0 litro não faz diferença para o interessado, então não há porque pensar em um 1.6.

Galeria de fotos do Volkswagen Golf Comfortline 1.0 TSI:

 

Evento a convite da Volkswagen.







Send this to friend