Peruas Volkswagen

Volkswagen Golf Variant: relato de experiência de compra

volkswagen-golf-variant-impressões-NA-9-700x466 Volkswagen Golf Variant: relato de experiência de compra

Olá amigos do NA. Meu nome é Fabio, sempre acompanho as novidades do site e creio que o NA seja hoje a melhor fonte de informação disponível para se manter atualizado com relação às novidades do mercado automotivo. Como há muito venho utilizando este serviço que é prestado exemplarmente e de maneira gratuita, acho que chegou a minha hora de tentar contribuir um pouco.



Vou relatar aqui como foi o processo de compra de uma perua Volkswagen Golf Variant, no interior de São Paulo. Por questão de privacidade, não vou divulgar a cidade onde foi efetuada a compra.

Feita a devida introdução, vamos ao que interessa: como foi comprar a Golf Variant?

Inicialmente, preciso dizer que venho namorando este carro há uns dois anos, muito antes de ele ser lançado no Brasil. Acompanhei pelo NA e por outras fontes o lançamento deste carro em outros países a aguardava ansiosamente o lançamento por aqui.

Sempre gostei muito do Golf, mas a fama de carro visado, o seguro altíssimo e o porta-malas pequeno sempre me fizeram deixá-lo fora do rol de escolhas possíveis na hora de comprar um automóvel. Gostava da versão anterior da Variant, por aqui denominada de Jetta Variant, mas tinha um certo pé atrás com o motor 5 cilindros 2.5 (um certo preconceito, admito).

Enfim, com o lançamento deste carro e após confirmar que o seguro sairia por um preço justo (R$ 2.500,00 para o meu perfil) tomei coragem e fui ver o carro. De início, percebi que o vendedor que me atendeu não sabia muito do carro e seus pacotes de opcionais. Havia uma unidade em exposição na concessionária (o preço pedido era R$ 106.500). O vendedor me disse que aquela unidade contava com o pacote Premium e era a mais completa da linha. Estranhei, pois sabia que este carro completo ultrapassa facilmente o R$ 120.000. Depois de fazer o test drive nesta unidade e após alguma conversa com o vendedor concluímos que aquele veículo na verdade contava com o pacote Highline + Elegance + Teto + Rodas Madri. O preço pedido era R$ 106.500 (no configurador do site da VW essa configuração sai por R$ 107.500,00).

Eu tinha interesse no pacote Exclusive (acrescenta basicamente farol de xenon + ACC). O preço da configuração Highline + Exclusive + Teto + Rodas Madri no site da VW alcança absurdos R$ 117.000. Acho que não vale tudo isso. Resolvi tentar negociar, fiz uma proposta de pagar R$ 105.000 na configuração que eu queria: Highline + Exclusive + Teto + Rodas Madri. Depois de uns dois dias sem receber retorno do vendedor, liguei novamente na loja e ele me disse que não conseguiria fazer nem perto desse preço, uma vez que ele teria que pedir tal carro na fábrica e teria pouca margem para negociação. Por outro lado, o vendedor me indicou que teria mais margem para negociar naquele carro que ele tinha na loja, o mesmo em que eu fiz o test drive.

Então mudei meu foco para esse carro. Ele pedia R$ 106.500, mas em conversas preliminares indicou que conseguiria chegar nos R$ 102.000. Propus pagar R$ 97.000 e acabamos fechando por R$ 98.000 na configuração que eu disse acima (Highline + Elegance + Teto + Rodas Madri) e o vendedor me deu o insulfilm. O gerente da loja disse que conseguiu melhorar o preço porque aquele era o primeiro Golf Variant vendido na minha cidade e a VW estava pressionando para colocar o carro na rua, para ganhar exposição mesmo.

volkswagen-golf-variant-impressões-NA-13-700x466 Volkswagen Golf Variant: relato de experiência de compra

Detalhes do carro

Sobre o carro, é muito gostoso de dirigir e aparentemente muito econômico também, apesar de eu não ter rodado nem um tanque completo ainda. O porta malas enorme é suficiente para qualquer viagem da minha família. Se pudesse escolher, preferiria que o freio de estacionamento fosse eletrônico, mas isso não chega a fazer tanta falta assim.

No geral, repetindo o que já li em outras avaliações, a sensação é de estar dirigindo o Golf hatch. Só na hora de estacionar ou de usar o porta malas se lembra que o carro é maior. Esperava mais da central multimídia. Os comandos por voz não funcionam tão bem e tem algumas configurações que mudam entre um desligamento e religamento do carro. Por exemplo, se deixo a tela da multimídia mostrando o consumo, após desligar e religar o carro ela estará mostrando outra informação (uma tela padrão que aparece quando pressionamos a tecla “CAR”). A mesma coisa acontece com o nível de zoom da tela do GPS, que parece sempre voltar para um nível predefinido e não para o que eu deixei da última vez que utilizei.

Apesar destes detalhes, meu nível geral de satisfação com o carro é alto. O motor 1.4 TSI e o câmbio DSG de 7 marchas realmente casam muito bem e tornam a direção muito esportiva, além de econômica. Meus dois últimos carros foram Civics e a Golf Variant é sem dúvida muito mais gostosa de dirigir. O Civic, apesar de ser um excelente carro, não empolga tanto na hora de dirigir como o Golf. Coisa de carro alemão, eu acho.

O carro chama a atenção porque acredito que muita gente nem sabe da existência dele. O pessoal estranha quando vê escrito Golf na tampa do porta-malas e o carro é grandalhão. Essa semana vi de longe até uma pessoa tirando foto do carro. Para quem vem me perguntar, explico que é o mesmo carro que antes chamavam aqui de Jetta Variant, que o nome antigo é que era uma jabuticaba (só tem no Brasil) por uma escolha do marketing da VW na época.

volkswagen-golf-variant-impressões-NA-19-700x466 Volkswagen Golf Variant: relato de experiência de compra

Atendimento na concessionária

Mas, como tudo tem dois lados, costumo dizer que a maior felicidade do dono de Civic ocorre nas (raras) ocasiões em que ele precisa visitar a concessionária. O atendimento é muito profissional. Os preços das revisões são justos. Os funcionários sabem do que estão falando e cumprem os prazos combinados.

Já na VW é outra história. Eu devo dizer que comprei o carro apesar da concessionária (vide a desinformação do vendedor descrita acima). Após fecharmos o negócio houve mais algumas pisadas de bola, a saber: contratei com o despachante da concessionária a documentação e o emplacamento. Quando cheguei para buscar o carro, qual não foi minha surpresa ao descobrir que o documento não estava lá e o carro não estava emplacado.

O insulfilm também tinha acabado de ser colocado de modo que eu não poderia abrir os vidros por dois dias. Enfim, este tipo de deslize pode ser evitado com um pouco mais de comunicação interna e gerenciamento de expectativa do cliente. Antes de fechar o negócio, bastava que o vendedor me informasse que precisaria de por exemplo uma semana para entregar o carro por causa dos procedimentos de emplacamento, documentação, colocação do insulfilm, etc.. O mínimo que se espera é efetuar a entrega do carro no prazo combinado e sem nenhuma pendência. Este tipo de dor de cabeça nunca me aconteceu na Honda porque os vendedores que me atenderam apenas cumpriram o que prometeram de maneira satisfatória.

Por fim, acabei levando o carro para casa sem documento nem placa, o que foi resolvido no dia seguinte. Na entrega ainda houve algumas dúvidas que demoraram a ser esclarecidas por parte de quem estava efetuando a entrega, por puro desconhecimento do carro. Demoramos uns 15 minutos para encontrar onde estava a chave de roda, por exemplo. Outra coisa que me chateia na VW é a periodicidade das revisões: passou da hora de fazerem a revisão a cada 10.000km ou 1 ano (ao invés de 10.000km ou 6 meses, como é hoje).

Resumo da ópera: na Golf Variant acho que a situação é o inverso do que acontece com o Civic. Fico muito mais feliz no cotidiano, na hora de dirigir. Em compensação, a tendência é ficar muito mais triste na hora que precisar visitar a concessionária.

Um abraço a todos.

  • DiegueteCG

    Belo carro. E me parece que o preço de compra foi bom também. Parabéns pela aquisição. Sonho de consumo meu!

    • what_the_hell??

      Parabéns!! Belo carro e bom preço que vc conseguiu!

  • Minerius Valioso

    Nunca entendi essa história de Jetta Variant e Golf Variant. O Jetta é naturalmente a versão sedã do Golf, então por que diferenciar Jetta e Golf na versão perua? Já estou confuso…

    Parabéns pela aquisição do Golf. Aqui em Mococa cheguei a ver um sujeito com um exemplar da cor preta (e ainda estava sem placa), acho que era turista…

    • Fabio

      Na atual geração o Jetta já não eh mais a versão sedan do Golf, sendo q antes era assim mesmo.

      • Newton Freitas

        Era vendido como Jetta Variant pois o golf era um modelo muito antigo e a perua era moderna demais, logo, não fazia sentido colocar o nome de Golf Variant pois o pessoal iria entender que era um veículo antigo. O Jetta era um veiculo bem mais moderno que o golf e também mais luxuoso então a marca prefiriu colocar o nome de Jetta Variant na perua..

        • oloko

          Fora que quando foi lançada, jetta variant e jetta tinham a frente, rodas e interior iguais, e o mesmo motor, enquanto o golf tinha seu interior dos anos 90 e nada parecido com o jetta variant, então não fazia sentido algum

          • Bruno Wendel Marcolino

            e continuou assim muito tempo por aqui até o lançamento do Golf 7 atual…

          • Newton Freitas

            Até porque na época o jetta e o variant eram golf 5/6 então por isso tinha a mesma frente e interior

  • Marcelo Ceno Dutra

    A VW tem ótimos produtos, assim como a Citroen e Peugeot (não todos os carros) mas o que mata o produto é seu pós venda. Parece que o desconhecimento com o produto é geral nessas marcas.

    • Fábio

      Pelo menos a Peugeot está trabalhando pra melhorar o pós-venda (vide o site). Já a VW…
      E acho bom a VW melhorar o pós-venda pra ONTEM, já que o novo Civic 1.5 Turbo e novo Cruze 1.4 Turbo estão vindo aí. Na última pesquisa de satisfação com o pós-venda feita pela JD Power, a VW ficou em 11º lugar (ante-penúltimo) atrás até da Fiat e a frente da Renault e Peugeot. Em primeiro está a Toyota seguido da Hyundai, Mitsubishi, Chevrolet e Honda.

      • Fernando Dupas

        O pós venda da PSA melhorou muito, porem muita gente sem experiencia alguma da marca relata esse pós venda ruim pq o amigo tinha um 206 que deu problema em 2002…

        • Anderson Trajano

          Eu já estou no 3º Citroen, e posso te afirmar isso. Pelo menos aqui em São Paulo/SP, não tenho o que reclamar. Revisões a cada 10.000, preços tabelados e bom atendimento. Aliás, quem me deixou na mão recentemente foi a Ford, como o péssimo Power Shift. Tive que trocar o carro com 9.000 km por conta dessa porcaria, que mesmo após 3 anos de fabricação do carro, ainda não temos uma solução para os problemas.

          Sempre digo aqui e repito, tirando alguns casos específicos, quem mais critica a PSA, é quem nunca teve o carro, ou teve um problema a 10 anos atrás.

          • Fábio

            Dois anos atrás meu cunhado estava em dúvida entre o Cruze Hatch e 308. Daí recomendei o Cruze justamente por eu ter ficado com o pé atrás com o pós-venda da Peugeot. Mesmo assim ele comprou o 308, pagou mais barato que o Cruze, e ofereceram mais pelo Focus dele na troca. Resultado: hoje ele está muito satisfeito com o carro e ele disse que o atendimento na cc é muito bom, revisões com o preço justo e carro entregue no prazo, ou seja, tudo que ele esperava.

            • Julio Cezário

              Se deu bem, tava arriscado ele comprar o Cruze e não ser isso tudo!

          • Vagnerclp

            Qual era o Ford que você tinha com o câmbio powershift?

            • Anderson Trajano

              New Fiesta SE Hatch 13/14. Um belo carro, mas o câmbio deixa a desejar.

    • Davi Reis

      É mais ou menos por aí mesmo. Eu nunca tive problemas com a concessionária que eu frequento, na verdade sempre foram muito ágeis e prestativos, mas o que eu já escutei de gente reclamando do pós-venda VW… Acho que com a quantidade, a qualidade se dilui. São autorizadas demais.

  • Fábio

    Belíssimo carro xará, parabéns! Queria muito um Golf ou Variant, porém a concessionária VW da minha cidade é tão ruim que fico com o pé atrás, isso pq já tive um Gol e Polo. Porém, provavelmente eu vou mudar no próximo ano e quem sabe na próxima cidade a concessionária seja melhor.
    Quanto vc paga de seguro?

    • Marcelo Elias

      “Enfim, com o lançamento deste carro e após confirmar que o seguro sairia por um preço justo (R$ 2.500,00 para o meu perfil)”
      Ele informou o valor no texto.

      • Fábio

        Foi mal, li rápido e não prestei atenção nisso. Obrigado pela informação.

    • Lucas

      Msmo problema aqui. Minha esposa ia comprar um Golf, foi uma bosta, desistiu da compra mesmo sendo o carro que ela queria muito.

  • Thiago

    sonho, linda,

  • General Lee

    Fábio, PARABÉNS PELA COMPRA!!!. Um excelente carro, Fez um bom negocio, por R$ 98.000,00 uma Highline com essa configuração, Sem contar que a Variant chama muito a atenção por onde passa, Apesar que hoje em dia não é qualquer mortal que consegue comprar um carro de R$ 100.000,00. Boa sorte com seu brinquedo novo.

  • Mayck Colares

    Muito bom o relato mas venho notado que não estão mais colocando fotos reais do carro nos relatos, Oq eu acredito ser uma pena, é como se o relato perdesse a confiabilidade.

    • netovski

      Já aconteceu um relato fake de um J3 por aqui, agora é padrão para o NA pedir até foto dos documentos do carro com chassi e renavam pra comprovar a autenticidade.

      • Mayck Colares

        Vcs falam como se eu tivesse duvidando da história do cara, não foi isso que aconteceu, só To dizendo que só eu gostaria de ver fotos reais dos carros? Não podem cobrir a placa e mandar uma foto pro NA?

    • M.Hahne

      Talvez ele não enviou fotos para a NA.

    • CorsarioViajante

      E omitiu a cidade também. Sei lá, entendo que as pessoas querem evitar super-exposição, mas às vezes estes detalhes acabam empobrecendo bastante o relato.

      • 0terceiro

        Vamos “viajar na maionese” um pouco e tentar entender o lado do cara:

        Ele disse que comprou o carro numa cidade do interior de São Paulo.
        Imagine que a cidade não é lá muito grande (sei lá, uma cidade com 100 mil habitantes, por exemplo) e não tem muitos pontos “turísticos”.

        Se o cara tira a foto do carro num desses pontos e manda pra cá,
        alguém da cidade (ou de fora mesmo) reconheceria o local e,
        sabendo que este é o único Golf Variant da cidade, conseguiria
        encontrar pistas sobre quem é seu dono.

        Se o cara quer evitar super-exposição (ainda mais num mundo onde a maioria se super-expõe sem pensar em consequências), ele sabe o que está fazendo.

        • CorsarioViajante

          Com certeza, entendi o ponto dele. Mas é chato para quem lê pois uma das informações mais importantes fica faltando. Paciência né? rs

        • Jackson

          Desculpe, mas o que interessa as pessoas se o carro é desta ou daquela cidade. Se eu enviar um relato vou mostrar que moro em Porto Alegre, com fotos dos locais. Se algum gaúcho ver as fotos do meu carro e descobrir que fui eu quem enviou, qual é o problema? Sinceramente se a pessoa não quer se expor, então que nem faça seu relato. Também acho que poderiam cobrir as placas, pois assim como está sendo feito também não me passa muita credibilidade.

  • SDS SP

    Parabéns pela compra!
    Um carro bem equipado, seguro e com bom desempenho. Só não é altinho como os pseudo SUVs.

    • 4lex5andro

      é justamente a vantagem das peruas , terem tanta manobrabilidade quanto um carro baixo (hatch ou sedan) ..

      quanto á variant, é simplesmente o melhor carro do país, ate R$ 100 mil ..

  • Silas Rana

    Um dos carros mais bonitos do mercado, na minha opinião!

  • EJ

    Parabéns por ajudar a salvar as peruas. O carro é excelente, compraria um exemplar idêntico se pudesse. Anda bem, consome pouco e de quebra, o design dela é muito bem resolvido.

    • 4lex5andro

      o unico empecilho talvez seja o preço nas revisoes, e possiveis reparos ..

      mas por outro lado, é facil encontrar css e, de fato, é um carraço ..

  • BlueGopher

    Realmente esta questão de especificarem revisões semestrais, quando revisões anuais seriam plenamente suficientes, irrita qualquer um que roda pouco.
    Puro caça-níqueis.
    Li que a Ford colocou a mão na consciência e finalmente passou para revisões anuais em alguns modelos.
    Só espero que não tenham aumentado o valor das revisões, senão acaba ficando tudo na mesma…

    • Davi Reis

      Parece que aumentaram. As duas primeiras revisões do Ka, por exemplo, saem por 244 cada. A terceira já sobe pra 632 reais, a quarta cai pra 428, e a quinta chega perto dos 1000 reais!

    • CorsarioViajante

      Também acho. Mas no caso da Ford, por enquanto, as revisões são a cada ano ou 10.000km mas é preciso passar na concessionária a cada 5.000km para trocar o filtro de combustível, se não me engano, o que, a meu ver, acaba sendo uma amolação do mesmo jeito.

      • Stark

        Na Ford, a primeira revisão é com 6 meses ou 5 mil km, a segunda é com 1 ano ou 10 mil km, depois elas passam a ser anuais ou a cada 10 mil km. Quanto a troca do filtro de combustível, é a cada 6 meses ou 10 mil km. Se atingir a quilometragem antes, já faz parte da revisão, mas pra quem roda menos precisa ir na concessionária só pra trocar isso.

        Acho que cada autorizada deve cobrar o que bem entende por essa troca, já que não há valores oficiais.

        • CorsarioViajante

          Obrigado pela informação!

    • José Eduardo D’Acampora Guazzi

      Mais ou menos.Na Ford esta assim – 6 meses ou 5 mil km – 1 ano ou 10mil km e depois anual ou 20,30,40 mil km.
      Dei sorte e peguei uma Leva do NF que não era obrigado a de 6 meses.

  • Rafael Barroca

    Esse carro é uma excelente aquisição, ainda mais quando lembramos que as SW parecem estar extintas por aqui e na América do Norte. Engraçado é que, apesar de ser fabricada no México, ainda não o vi no site da VW de lá, só no EUA.

  • Fanjos

    Pq ele não recebeu as lanternas traseiras de LED como o Hatch?

    • netovski

      Nem na Europa ele tem, acredito.

      • Gustavo73

        Não tem, mas é estranho.

    • Yuri Ravitz

      Ela não tem mesmo, nem lá fora; só o hatch. Foi um vacilo da VW.

    • iCardeX

      Pois é… não há sentido para essa escolha de montagem da VW… ou há?

  • Davi Reis

    Belíssimo carro, e ainda conseguiu um bom desconto em cima do preço de tabela. Boa sorte com essa autorizada, imagino que em cidades do interior, o padrão de qualidade seja mesmo nivelado por baixo (por causa da concorrência menor), ainda mais dentro das 4 grandes.

    • CorsarioViajante

      ACho que nivela por baixo principalmente porque nas capitais acaba vendendo mais carros caros, quanto mais no interior mais raro deve ser vender carros tão sofisticados e caros assim.

  • Matheus Marques da Silva

    Parabéns pela compra! Meu sonho de consumo (cabível) atualmente! Azul night, Vermelha ou Branca, de preferência!
    Fiz o test drive nesse carro e, devo admitir: eu estava louco para poder escrever esse artigo que você enviou! hehehe Quem sabe até o final do ano…
    À propósito: o carro disponível na concessionária estava na mesma configuração que você verificou, a qual consegui negociar por R$93000,00 caso pagasse à vista. Isso foi antes do primeiro aumento de preços, vale dizer.

  • Luiz

    Carro lindo, meus parabéns! E cara, vc tem a manha de negociar hein? kkkkkk

    Sobre as css VW, já levei meu carro até na Recreio VW em Belo Horizonte, que dizem ser uma das maiores css da VW. E adivinha? Falta de comunicação extrema dentro da css, falam uma coisa depois falam outra, te deixam esperando.. Disseram que a revisão duraria 1h, se eu queria esperar, eu disse que sim. Passados 40min, fui informado na sala de espera que o sistema estava fora e que não tinham nem começado a revisão, e por ser próximo ao horário de almoço, eu só poderia sair com o carro 2:30h depois. E aí me disseram que tinha o serviço de leva e trás, um motorista que te leva em casa e depois te busca pra pegar o carro, e perguntaram se eu queria utilizar o serviço já que a revisão demoraria. Claro que eu aceitei, passaram mais 15min fui informado que o carro estava ocupado e não poderia me levar nem trazer. Quando fui buscar meu carro na revisão, o atendente disse: O mecânico já vai subir com seu carro. E saiu. Fiquei lá igual bobo, sem saber de onde o carro viria, o atendente sumiu e depois de 15min meu carro apareceu. Pra vc ter ideia, eu fui passear no showroon pra ver se o tempo passava mais rápido Fim das contas fiquei lá mais de 3h, e me entregaram o carro. Nunca vi uma lavajem tão porca na minha vida, tanto que pedi para não lavarem mais, caso eu levasse outra vez.

    • Davi Reis

      Tenho um amigo que fazia a manutenção na Recreio, mas fizeram um baita arranhado no carro dele e não quiseram assumir a responsabilidade. Isso sem falar no preço, a mão-de-obra lá é caríssima. Junto da Garra, acho que é uma das oficinas VW mais caras de Belo Horizonte. E o curioso é que a Mila, do mesmo grupo, parece ter o preço e os serviços bem melhores. O mesmo acontece com a Carbel (mais barata e eficiente) e a Garra (mais cara e vejo muitas reclamações). Vai entender.

  • Martini Stripes

    Quero.

  • Bruno Wendel Marcolino

    Top, sem mais.

    Sonho de consumo para quem gosta de Peruas como eu. Parabéns.

  • kravmaga

    Legal o relato mas essa questão do vendedor ter esquecido de ver o emplacamento do carro não acho que seja um exemplo de pós-venda ruim da VW, já que é um serviço extra concedido pela concessionária na negociação. No máximo dá para falar da falta de profissionalismo do vendedor e/ou da concessionária em particular.

    Em todas as marcas há sempre uma variação de atendimento entre concessionárias e mesmo dentre os funcionários que lhe atendem.

    Acho que a gente conhece mais a política de relacionamento da marca com o cliente na hora em que acontece algum defeito de fabricação no carro 0km vendido e na hora de fazer o diagnóstico honesto de algum conserto.

    Um amigo meu comprou um Civic 0km que veio com um defeito grave de fabricação que simplesmente podia soltar completamente a direção. Depois de um pouco mais de 1 semana de pressão dele contra a concessionária, esta acabou canibalizando a peça de um outro Civic 0km do estoque, já que a Honda não tinha a peça em estoque e estava demorando para entregar. E olha que é um carro nacional e bastante vendido. E canibalizar peças não parece ser uma atitude digna de um bom pós-venda da Honda, como dizem.

  • Revoltado

    Sobre o que relatou referente ao atendimento, acredito que isso é consequência de uma coisa muito comum no Brasil, redução de custos, resultado queda de qualidade pois a mão-de-obra barata é quem assume muitos cargos… isso acontece na Ford, na Fiat nem preciso comentar e na GM também…

  • Rodrigo

    Belo carro! PArabéns.

    Quanto ao ACC, não sei e nunca dirigi um carro com tal recurso, mas nos relatos que vi por aí (basicamente, donos de GTi), pouca gente “confia” no recurso a ponto de esperar que o carro freie por ele… Será que realmente é um item que faz falta?

  • Neto

    Só não entendi como o seu Golf Variant + Elegance + Teto veio com os faróis de Xenon.
    Se vc for montar um desse no site de VW não vem com Xenon.

    • Fabio

      nao veio xenon. essas fotos são de outro carro.

  • Anderson Lemos

    Com este valor eu preferiria comprar uma XC60 seminova…

    Calma..

    Calma…

    brincadeira..rsrs
    A turma do seminovo pira!!!

  • Fudencio

    Bacana… Se fosse uns 85 mil olharia pra ele…

  • Alexandre Maciel

    Excelente carro. Parabéns. Participei do VW Drive Experience que aconteceu por aqui e vi esse belíssimo modelo. Realmente é um carro ideal para a família nos casos em que o condutor não deseja partir para SUV’s.

    Tirando pelo Golf TSi, com certeza é prazeroso mesmo conduzir esse veículo. Uma pena não ter entrado o ACC nesse que você pegou mas, de toda forma, se não utilizar muito em estrada não vai notar tanto a ausência. Não sei se a frenagem autônoma a até 30km/h faz parte do pacote do ACC. Se fizer, é a única coisa que talvez algum dia lhe faça sentir falta (espero e desejo que não).

    Quanto à comparação entre os serviços de pós-venda da VW e da Honda, posso falar da última e corroboro sua opinião. Quanto à VW, não conheço mas pela periodicidade das revisões é parecida com a Ford… rsrsrs… então, creio, melhor não esperar tanto.

  • CorsarioViajante

    Carro muito legal, pena que não cabe no meu bolso. Pena que não quis revelar onde mora, seria interessante. De qualquer forma, nota-se que mesmo em mercados menores (leia-se, fora das capitais) a VW costuma praticar descontos, neste caso de mais ou menos 10% do valor de tabela do carro.
    E aparece outra política típica da VW: empurrar o que tem no pátio com desconto ao invés de incentivar que você compre o carro que quer.

  • Alvaro Guatura

    “entrega, por puro desconhecimento do carro. Demoramos uns 15 minutos para encontrar onde estava a chave de roda…”
    Mas que absurdo.. comprando um carrão e sendo tratado como um comprador de popular, que aliás para todos deveriam estender o tapete, mas a gorda comissão de um carro assim deveria saltar os olhos de quem vende.
    Por esse motivo, e pelo que o próprio autor escreveu sobre o Civic, quem tomaria meu dinheiro nesse caso seria a Honda com um CR-V

    • ALVIN_1982

      Acontece que o CRV não chega aos pés do Golf em tecnologia…

    • Fabio

      Gosto da CR-V mas você chegou a ver o preço da linha 2016? 134.000 a top de linha. 115.000 a basica!!! E é o mesmo motor do Civic em um carro bem maior.

    • Alessandro Lagoeiro

      “… comprando um carrão e sendo tratado como um comprador de popular…”

      Não entendi porque o tratamento tinha que ser diferente. Você já está adquirindo um produto superior? Está aí sua vantagem. Não precisa de tratamento diferenciado. Até porque ele está adquirindo uma Variant, não um Touareg ou Phaeton (O que ainda não justificaria a diferença de tratamento).
      Pois quem adquire um Etios é tratado da mesma forma que quem adquiri uma SW4. Estaria aí a diferença da Toyota para as demais?

      • Alvaro Guatura

        Tratamento diferenciado porque o carro é MUITO, mas MUITO caro.
        Não é apenas uma Variant, é “a Variant”, que está distante do poder aquisitivo da maioria dos Brasileiros, um sonho de consumo, que traz muita tecnologia e arranca suspiros na rua.
        Da forma como você fala parece um carro barato, não é. Não no Brasil. Com os preços que pagamos aqui até um Up deveria ser entregue com tapete vermelho, mas se a rede de concessionárias não faz isso, que a VW crie algo como o Club L´Unico da Fiat pra abrir os olhos de seus representantes.

        • Alessandro Lagoeiro

          Essa é a questão. Esse pensamento de que uma condição financeira melhor tem que refletir na forma que você é tratado é uma das âncoras desse país. Quem compra Variant em detrimento do up! já está levando um desempenho superior, mais espaço, segurança… Mas isso não é suficiente. Se ele está pagando mais, quer ser mais bem tratado. Estive no EUA recentemente, e encontrei um país por vezes muito parecido com o nosso, com alguns defeitos também. Mas nesse aspecto, eles estão ano-luz da gente. Lá é comum alguns assalariados com rendimentos menores que outras profissões “menos nobres”. Aqui no Brasil o discurso é que não se pode ganhar menos que um lixeiro porque “estudei e fiz pós-graduação”, esquecendo as condições completamente insalubres que uma profissão está exposta e outra não.

          Um exemplo mostra bem essa realidade. Quando minha filha nasceu, eu não tinha convênio e por isso fui atendido na parte da maternidade da minha cidade destinada ao SUS. Quem tinha convênio tinha quarto maior e privativo, horário de visitas livre e a possibilidade de receber mais visitas por vez no quarto. Mas isso não era suficiente. Quem não tinha convênio médico tinha que entrar pela porta dos fundos. A questão é que chovia, e um pequeno toldo mal cobria a fila que se formava. Qual o impedimento de entrar pela porta da frente, bem maior e mais protegida? Nenhuma (tanto que hoje mudaram). Mas eles queriam que mesmo com tantas vantagens, quem pagava convênio teria que se sentir superior também no tratamento. E a forma que viram nisso era humilhar (Desculpa, não existe outra palavra) quem não pagava convênio.

          Com todo respeito a sua pessoa, mas nada pode ser mais subdesenvolvido que esse seu pensamento. E daí que a Variant é mais cara? Podia ser a Touareg! Quem compra um up!, Cayman ou Golf merece o mesmo respeito, e que a diferença de preço reflita só no produto que se está levando.

          • Alvaro Guatura

            Penso da mesma forma que você, e não diferente.
            Porém, a margem de lucro de carros mais caros costuma ser muito maior. A concessionária se mostra despreparada para atender, não é a toa que muitos preferem pagar 90 mil num Corolla Altis, mas não pagam num Golf Variant ou outro carro.
            Na Honda e Toyota, por exemplo, a sensação que tenho nas concessionárias da minha cidade é que os vendedores estão bem preparados, assim como mecânicos e toda equipe de pós-vendas. Não importa se você foi comprar um Etios ou uma SW4. O respeito e atenção são os mesmos.
            Já na Volks, Fiat, não, você entra com seu Uninho quadrado para fazer revisão e não recebe atenção. Chega um Bravo completo, ou um Punto turbo com rodonas, e a equipe para pra vir olhar e falar “que carrão einh, carro de patrão”.
            Diante desse comportamento das concessionárias deveria haver um treinamento intensivo para nivelar o atendimento, desde o mais básico, mas também tratar bem o consumidor que vai comprar um carro mais caro que costuma ser mais exigente, é uma via de duas mãos.

            Agora, o que você falou sobre lugares desenvolvidos, o consumidor brasileiro que se dê o respeito porque muito do que colhe, ele mesmo planta. Vai na loja, compra um Onix financiado pra pagar em anos, não faz nem as contas pra descobrir que vai pagar 2 carros, mas sim se a prestação cabe no salário, e parece que a loja está fazendo um grande favor, um bem pra pessoa… e não prestando um serviço.
            Teremos tratamento bom pro “grosso” do povão quando os consumidores tiverem uma mentalidade menos ignorante. Nosso mercado é subdesenvolvido.

            Temos um grande caminho pela frente, quem sabe quando saturar o povão de carro comecem a ter mais exigências de qualidade de produto e atendimento.
            Pelo dinheiro, o consumidor com mais poder aquisitivo costuma ser exigente, e não querer ser tratado bem por ser rico (claro, não estou falando de jogadores de futebol). De olho nesse consumidor, mais inteligente, e não ignorante como você colocou, que deveriam melhorar.

  • MrBacon

    Parabéns pela compra, conseguiu um desconto bem melhor do que eu. Interessante como não vi até agora nenhum outro carro igual na rua. No ranking de vendas de julho o Golf Variant nem apareceu entre os 100 mais vendidos…

    É o 1o carro da marca que tenho, após uma sequencia de marcas diferentes (GM, Citroen, Peugeot, Ford, Fiat, Honda, Mit) nunca fui fã da VW nem gosto do design da maioria dos modelos mas, tenho que admitir, é provavelmente o melhor carro que eu já tive. Engraçado que eu escolhi primeiro o motor (1.4 tsi), depois fui ver qual dos carros disponíveis melhor se adaptava à minha necessidade (A3, A3 Sedan, Golf, descartei todos por razões diversas), daí resolvi esperar o lançamento do Golf Variant. Foi difícil encontrar o que eu queria (Highline básica), acabei fechando um modelo igual ao teu.

    Complementando tua avaliação, tenho apenas uma crítica: o espaço no banco traseiro é apenas razoável, uns 5 cm a mais de entreeixos ou de recuo do banco traseiro faria uma bela diferença.

    • ALVIN_1982

      Basta recuar o do passageiro dianteiro que já resolve…

  • Quando eu for trocar de carro novamente, esse é um modelo que está na minha lista a ser considerada… parabéns pela compra. Em minha opinião, muito melhor que um desses SUV’s de araque que andam invadindo nossas ruas, e quase pelo mesmo preço.

    • MRghost

      meu pai queria uma dessas mas pediram 112 k na versão que queria ele foi la e comprou new outlander pelo mesmo valor !

  • XXRS

    “a maior felicidade do dono de Civic ocorre nas (raras) ocasiões em que ele precisa visitar a concessionária. O atendimento é muito profissional. Os preços das revisões são justos. Os funcionários sabem do que estão falando e cumprem os prazos combinados.”

    Depois os haters não sabem o motivo da Honda e Toyota venderem tanto. São as melhores marcas com fábrica no Brasil em termos de pós-venda, tratam os consumidores como seres humanos dignos e não como vermes pestilentos como as outras fazem.

    • CorsarioViajante

      Mas ao mesmo tempo tem o outro lado, como ele mesmo disse o outro é muito mais gostoso de dirigir. Eu tenho um VW e acho o produto excelente, mas a assistência técnica é bastante heterogênea. A maioria das concessionárias que ia era horrenda, agora achei uma que, até agora, prestou bons e honestos serviços de oficina.

    • Leandro Balmant

      Além disso, a desvalorização deles é bem menor.

    • Alessandro Lagoeiro

      O fato da pessoa não saber porque se paga mais caro em um produto não o torna hater. Você está certo, quem tem um produto e goza de confiança pode cobrar mais por isso. Mas acho normal questionarem isso.

    • iCardeX

      Tire isso daí! É balela: “Os preços das revisões são justos.” Eu tenho um Honda Fit e sei do que eu estou falando.

  • ALVIN_1982

    Bela compra, com exceção do preço absurdo que pagamos em qualquer produto no Brasil, mas o que vale é que como vc que tem 100 mil na conta, tem bom gosto.

  • Guilherme Batista

    Recentemente olhamos um para comprar, mas infelizmente as css de BH estão cobrando ágio aoinvés de diminuirem os preços mesmo com a crise. A versão de entrada com preço sugerido de 84800, eles estavam cobrando 89, brincadeira viu

  • Ygor Soares

    Gosto muito desse carro, porém você vai ficar assustado com o que cobram na revisão de 60 mil km dele! É algo surreal!

    Não volto para VW até eles tomarem vergonha e passarem a oferecer revisões com valor fixo!

    No mais, parabéns pela compra!

    • Ernesto

      Você pode dizer qual o valor dessa revisão? Tenho interesse nesse carro e esta informação é bem útil.

  • Don Ramón

    Vi uma pessoalmente há poucos dias. Muito bonita! Aliás, mais bonita que o hatch!

  • Gabriel

    Vi um branco hoje na rua, é um carro bem discreto.
    Só não entendo a falta de led nas lanternas.

  • Vagnerclp

    Parabéns pela compra. Não sou fã do Hatch (gosto pessoal), mas esta eu compraria. A geração anterior vendida aqui também acho bem imponente.

  • dncmotors

    Sabe o que falta nas CCS das 4 grandes? ADMINISTRAÇÃO BÁSICA ! Somente, toda CCS bem administrada e isso passa do dono para os diversos setores e funcionários reflete diretamente no serviço prestado.

    • Alessandro Lagoeiro

      Isso falta no país. Em todas as esferas.

  • Aldo Raine

    Pelo preço e o que oferece eh um GRANDE custo beneficio esse carro, acima de muitos de outras categorias por ai

  • Ernesto

    Pedi um orçamento para este Golf Variant, na configuração Comfortline + pacote elegance na Brasilwagen de Moema. O valor oferecido foi R$88.900,00 a pronta entrega. Pelo que você conseguiu de desconto, creio ser possível desconto maior que este que o vendedor me ofereceu. E o seguro em meu perfil (40 anos, casado, representante comercial que utiliza o veículo para trabalho) ficou em R$2.540,00, menor que os R$2.675,00 do Golf Comfortine + pacote elegance. Pelo jeito posso até usar este depoimento para uma melhor negociação. Rsrsrs

    • dougkmt

      Não se esqueça que a unidade que ele comprou era a de test drive.

      “Por outro lado, o vendedor me indicou que teria mais margem para negociar naquele carro que ele tinha na loja, o mesmo em que eu fiz o test drive.”

      • Ernesto

        Não me atentei a isso! Obrigado pela informação!

  • gmf

    Passei as duas últimas semanas com um Focus Turnier (SW) 1.5 diesel, que carro! Deveriam ser oferecidas mais peruas no Brasil

  • Iran Borges

    Carro lindo. Preço feio.

  • Roberto Fonseca

    Carro interessante! Tenho um golf highline e estou satisfeito. 99% do tempo estou sozinho no veiculo mas se utilizasse mais com as crianças talvez fosse uma bela opção. Adquiri o carro em Janeiro e como rodo entre 2,5 a 3 mil/km por mes já realizei 3 revisões. Estou no interior de São Paulo (Jundiai) e fui bem atendido na ccs. Estou longe de ser um especialista em veiculos mas acredito que a revisão a cada 6 meses, mesmo para quem não rode muito, um prazo adequado para segurança e preservação do carro. Espero que aproveite bem sua aquisição! Abraços!

  • Alemão do salsichão

    Quem só teve Civic obvio que só falaria bem do carro!!! Depois que tiver dirigido um carro de verdade escreve algo!
    Abs Fants

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend