Elétricos Europa Hatches Mercado Volkswagen

Volkswagen: Golf VIII vai atrasar, mas ID tem pré-venda dia 8 de maio

Volkswagen: Golf VIII vai atrasar, mas ID tem pré-venda dia 8 de maio

A Volkswagen entrou num dilema atualmente. Prestes a iniciar seu salto para o mundo dos carros elétricos, a montadora alemã vê seu best seller com problemas para estreia no mercado mundial, mas ao mesmo tempo antecipa a chegada da promessa de um novo destino, o elétrico ID.


Sobre o Golf VIII, Juergen Stackmann, chefe de vendas e marketing da marca VW, revelou ao site Automotive News Europe: “Achamos que é melhor vir no começo do próximo ano com uma ofensiva total. Não tem nada a ver com produção. É uma decisão de vendas, já que você não tenta colocar carros debaixo da árvore de Natal quando ninguém está prestando atenção.”

Volkswagen: Golf VIII vai atrasar, mas ID tem pré-venda dia 8 de maio

Entretanto, de acordo com o jornal alemão Bild, o Golf VIII vem enfrentando problemas técnicos, mas não relacionados com a produção, conforme confirmado por Stackmann, mas devido ao cockpit digital que ampliará a conectividade a bordo do hatch médio, tornando-o mais atraente diante do avanço de crossovers e SUVs.


O nível de tecnologia a bordo do Golf VIII será bem elevado, exatamente para fazer a diferença em relação aos concorrentes, mas a integração ainda não estaria completada. A VW confirmou que houve alguns problemas técnicos, mas que isso não afetaria o cronograma do produto.

Volkswagen: Golf VIII vai atrasar, mas ID tem pré-venda dia 8 de maio

Em contrapartida, a Volkswagen dará a partida nas vendas do ID a partir de 8 de maio, antecipando em meses a novidade, que está sendo muito aguardada na Europa. O monovolume elétrico ainda é uma incógnita em vários sentidos, mas sem o Golf VIII em Frankfurt, terá todos os holofotes direcionados para si na maior mostra automotiva do velho continente.

A Volkswagen não diz exatamente a faixa de preço, mas garante que ele custará o mesmo que um Golf diesel, mas não se sabe qual versão do hatch que serve de comparação. O mais barato é equivalente a US$ 27 mil.

[Fonte: Auto News Europe]

Volkswagen: Golf VIII vai atrasar, mas ID tem pré-venda dia 8 de maio
Nota média 4 de 4 votos

  • Itamar

    pelo menos agora tenho mais tempo pra juntar dinheiro pra comprar meu gol e tunar ele igual a um GTI

  • Jad Bal Ja

    Pra mim esse desenho do Golf já deu. Uma coisa é manter uma identidade outra é ficar preso a uma imagem. Depois de varias promessas o novo Golf parece que vai continuar parecendo o velho Golf. Tá insosso isso já.

    • É quase impossível distinguir as últimas gerações. Se fala que tá vindo um novo, a gente olha e não sabe o que mudou.

      • th!nk.t4nk

        O Golf vende ridiculamente bem do jeito que é. Se mudarem, existe chance do consumidor não gostar. Em outras palavras: a VW está apenas oferecendo o que o consumidor quer. Outras marcas fazem carros com desenho mirabolante e vendem bem menos. Quando vemos os compactos de 15 anos atrás, o Golf MK5 parece ainda atual, bonito até. Já os concorrentes parece que saíram de uma tumba, envelhecendo muito mais.

      • Geruzzus Filho

        Eu até concordo com você em relação às gerações anteriores. Eu também tenho dificuldade de identificar qual é qual depois do MK5, mas essa geração VIII, não. Ela está MUITO diferente das outras, e eu gostei.

    • Paulo Lustosa

      O Golf tem como identidade a coluna larga na traseira do carro, isso eles não vão mudar

      • Gran RS 78

        Se fosse só isso tudo bem, mas olhando atentamente, os mais desavisados não irão saber que se trata de uma nova geração, e sim uma reestilização.

        • Unknown

          Concordo! Mas entendo a VW, em time que está ganhando, não se mexe.

    • Alexandre

      Vocês falam baseados nessa imagem? O carro está cheio de adesivos pra o fazer parecido com a geração atual, enganando os desavisados.

      • Domenico Monteleone

        dá até pra ver a silueta do farol se espichando pela lateral, quase chegando na caisa de roda.

    • Alvaro

      Acho que a VW de certa forma está estagnado em matéria de design, seguindo sempre a mesma “cartilha” de sucesso, que começou lá nos idos de 2008, quando veio o Polo Mk5 com a dianteira com os faróis e grade unidos, em esquema horizontal (posteriormente replicado no Gol e Fox) e depois o facelift do Passat B7 que refinou essa técnica deixando a grade e o farol ainda mais alinhados e retos e a traseira com lanternas retas invadindo o porta-malas, em um desenho geral reto e sóbrio. A VW não conseguiu mais sair dessa “cartilha”. Única excessão era o Beetle por razões óbvias. Está na hora da marca buscar uma nova linguagem e padrão de estilo.
      A mesma crítica vai para a Ford que não conseguiu mais sair da receita da grade “tipo aston martin” desde o Fusion de 2013.

      • Rodrigo

        İsso faz parte da escola alemã de design. Tirando BMW e, mais atualmente, MB todas optam por desenhos mais sóbrios que embora não causem aquele alarde e despertem um desejo de consumo, faz com que os modelos não envelheçam rapidamente no decorrer dos anos.

        • Alvaro

          Não estou criticando o design automotivo mais sóbrio como é característico de carro alemão. Inclusive me agrada mais do que o design exagerado por exemplo dos carros da Honda (só como exemplo, nada contra).
          Mas digo mais na questão do padrão dos elementos, o tal “family face”. Antes a cartilha da VW visível no Passat B6 e no primeiro Tiguan (que influenciou o nosso Gol G5 antes dos facelifts) era linhas mais verticais na dianteira com a grade quase juntando a abertura do pará-choque e traseira com lanternas mais amendoadas. E um outro estilo anterior era visto na época do Passat B5 e Golf mk4, o famoso sapão, que prevalecia linhas arredondadas e bem limpas praticamente sem vincos.
          Agora predomina-se uma linha mais reta e horizontal tanto na dianteira (com grade e faróis unidos) como na traseira (com lanternas retas invadindo a tampa do porta-malas) que não é feio, mas talvez esteja na hora de buscar uma nova fórmula.
          Observar a evolução do Passat é interessante que fica evidente o “family face” que cada geração adota. Creio que do B7 para B8, não houve muita alteração nesse padrão, mantendo o esquema das linhas horizontais retas, mais evidente na traseira. Enfim, creio que dá para modificar a fórmula sem perder a sobriedade.

          • Rodrigo

            Nesse aspecto eu concordo. Na minha opinião deveriam haver mais diferenças entre os modelos, em especial na dianteira.

          • th!nk.t4nk

            Um problema que vejo é que as ruas na Europa ainda estão lotadas de Golf “bolinha” (MK5 e MK6). Enjoou demais. É por isso que quiseram fazer uma mudança radical, indo pra linhas retas. No Brasil as pessoas não sentiram muito isso porque a VW pulou várias geraçoes desses carros. A Mercedes é outra que desgastou demais a imagem de seus carros com tantos elementos redondos. Os próximos Classe C, E e S serão bem quadrados, pra renovar.

            • Alvaro

              Com relação ao VW, entendo a questão, faz bastante sentido.
              Agora quanto ao MB não sei se vão mudar tão cedo, acredito que eles estão em uma fase boa agora (em termos de vendas e críticas) e não faz muito tempo (uns 5 anos atrás) que o Classe S e C da atual geração inaugurou o design fluído e arredondado. O Classe C mudou radicalmente em relação ao design cartesiano da geração anterior. O Classe E então que tinham deixado reto o que era redondo na geração anterior rs rs (me refiro aos icônicos faróis redondos da geração W210 que ficaram quadradas) partiu também para um design arredondado inspirado no Classe S.
              Embora particularmente os últimos lançamentos da MB tem destoado um pouco com abuso de linhas curvas e ângulos, vide o último CLA e GLE, particularmente acho de gosto duvidoso, seria bom mesmo retornar a um design mais reto e menos exagerado.

              • th!nk.t4nk

                Entao, só que o Classe C é um dos carros mais vendidos do continente europeu, e sabemos que linhas arrojadas envelhecem mais rápido. Eu tive um, e sinceramente, é como Onix no Brasil: ninguém aguenta mais ver pela frente. Os novos Classe S já podem ser vistos em testes e têm os mesmos elementos do novo Classe A (linhas mais retilíneas). Certamente o Classe C deverá ir na mesma direçao, o que acho ótimo. Quem sabe eu volte pra marca dentro de um par de anos, se capricharem no modelo. Creio que voltarão a ter um ar um pouco mais clássico.

      • Fabão Rocky

        Digo a mesma coisa dos carros da Audi tbm. Dos anos 2000 p/ cá, sempre a mesma cartilha!

        • Unknown

          Deve ser porque a AUDI é da VW, e elas tem a mesma filosofia, portanto.

    • Yuki Ohashi

      Já eu gosto, acho interessante como conseguem manter o mesmo desenho básico, mas modernizando-o ao longo do tempo com o que é de tendência na respectiva época de lançamento. Acho bizarro o que a Mitsubishi fez com o Eclipse, por exemplo, subverteu completamente o nome do carro.

      • Rodrigo

        Ou a Fiat fez com o Tipo: embora seja o mesmo tipo e porte de carroceria, o atual é muito menos sofisticado que o anterior. Fora que o atual nem tem versão forte

      • Gabriel

        Eclipse é um pecado enorme.
        Quem fez isso ja está com a vaga garantida pro inferno kkkkkkkk

    • HugoCT

      Falo tudo.

    • Nicolas

      Quem tem gosta. É o carro mais vendido na Alemanha, mais vendido na Europa e segundo mais vendido no mundo. Entra na oitava geração.

      • Jad Bal Ja

        Devia virar outro carro.

    • Asmirandha

      veja “Fighting with My Family” neste site! todas as línguas disponíveis !! aqui: FROMSERIESHD77.BLOGSPOT.COM

      • Unknown

        NA, favor bloquear este usuário acima.

  • Domenico Monteleone

    Se você não tem grana pra ter um GTi ou um híbrido, aproveite bem as fotos, pq é o que teremos por aqui.

    • Gabriel

      Infelizmente é verdade, golf ta morto, se continuar no Brasil vai ser apenas como carro de imagem nas versão que vc citou

    • Rodrigo

      Já juntando aqui. Quem sabe em 2 anos eu consigo pegar um GTE dessa nova geracao?

      • Gabriel

        Boa sorte ai, ja achou um comprador para o seu rim? kkkkkkkkk

  • TimeloRegoFundo

    esse Golf tá os córneos do Audi A3 ou é impressão minha? rsr

  • Murilo Soares de O. Filho

    Golf é um grande carro, da VW provavelmente seria minha escolha.

    • Valter Junior

      Baita carro, tirando o DSG a seco.

  • Joãozinho

    Difícil imaginar que será vendido no Brasil, principalmente nas versões de entrada.

    Só devem importar as versões top de linha, até porque o Golf basicamente só tem procura na versão GTI – especialmente depois do facelift.

    • Ernesto

      Sério? Então as vendas do Golf deste ano a maioria são de GTI? Pouco provável, hein?

      • Gabriel

        Eu ACHO que não, mas como Golf não vende quase nada, é mais provável que mantenham aqui só a GTI como um produto de nicho e de imagem da marca e lucrar por unidade.

        • Ernesto

          Concordo que futuramente será isso mesmo: GTi como produto de nicho. Mas hoje eu duvido muito que o GTi seja a versão mais vendida como o Joãozinho comentou.

  • pelaordemejustica .

    CRÉDINCRUZ AVI MARIA!!!! Sai prá lá coisa feia!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email