Elétricos Europa Volkswagen

Volkswagen ID.1 chega em 2023 para ser subcompacto elétrico

Volkswagen ID.1 chega em 2023 para ser subcompacto elétrico

A Volkswagen está planejando um novo carro elétrico com base na plataforma modular MEB, mas este produto será um subcompacto. O projeto é conhecido como ID.1 e terá lançamento somente em 2023.


Sucessor do e-Up!, o novo carrinho elétrico da VW terá foco em um preço abaixo de € 20.000, já que a ideia inicial de desenvolver um modelo de baixo custo por € 10.000 fracassou com o malfadado acordo com a Suzuki.

Diferente do e-Up, o novo produto terá as mesmas células de baterias do ID.3, por exemplo, o que reduz o custo de produção e desenvolvimento, garantindo um preço mais competitivo.

Para o ID.1, a plataforma MEB será encurtada, o que também reduzirá a capacidade de levar mais células de energia. A expectativa é que a densidade fique entre 24 kWh e 36 kWh, o que deve dar algo entre 200 e 300 km no ciclo WLTP, mas internamente se trabalha com 300 km.

Segundo Ralf Brandstätter, executivo da VW, os elétricos com MEB são 40% mais baratos de fazer do que aqueles que usam plataformas convencionais. Ele disse ainda:

No futuro, não fará sentido colocar células de bateria em um carro projetado para um motor, como fizemos com o e-Up, esse foi um projeto de trampolim. Estamos trabalhando em um BEV abaixo de € 20.000 e podemos reduzir a arquitetura MEB com menos conteúdo para reduzir o custo.”

Projetado para a Europa, dificilmente o ID.1 chegará às praças brasileiras, onde somente produtos acima do ID.4 desembarcarão. Espera-se que esse pequeno carro elétrico amplie ainda mais as vendas da marca, esperadas para um milhão por ano a partir de 2025.

Além do ID.1, a expectativa é que surja o ID.2, sucessor do Polo, que baterá de frente com o Renault Zoe, por exemplo. A base será a mesma MEB, só que apresentando um porte maior e autonomia na casa dos 330 km, a fim de buscar também os Peugeot e-208 e Opel Corsa-e, por exemplo.

[Fonte: Car Magazine]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Luiz camurça neto

    porque não chamam logo de novo up! negocio de ID1…

    • Eddie

      Familia I.D. intelligent design.

      • Leonardo M. G.

        Essa nomenclatura me lembra os Typ, protótipos que deram origem ao TL, 1600, Variant, etc.

  • Eu não viajo muito e nem pego trechos de alta velocidade, um elétrico realmente barato me supriria muito bem mas enquanto ele for muito mais caro que um popular eu nem sonho, a conta da economia de combustível versus o preço do carro precisa fechar!
    Mesmo sabendo que não vem para o Brasil vamos fazer a conta de forma grosseira, 20 mil euros são 100 mil reais que em valor final para o cliente vai girar por volta de 200 mil, não preciso nem pensar na nossa faixa de carros de 200 mil, vou pensar na de 100 mil e sinceramente nem Jesus na causa!

    • th!nk.t4nk

      Esse ID.1 não está sendo desenvolvido visando vendas individuais. A VW está mirando em car sharing com este carro. Os subcompactos que fazem esse papel até então são o Smart e o e-Up, mas o ID.1 será mais barato e eficiente. No Brasil acho difícil ter mercado, seria extremamente nicho, mas na Europa pode ter certeza de que haverá milhares destes carrinhos pras pessoas poderem alugar à vontade com o celular. Fez login, dá o comando pra destrancar, aproveita e depois é só abandonar em qualquer lugar (o ticket de estacionamento já estará pago). Penso que em algum momento esse sistema também irá deslanchar no Brasil, mas é preciso um par de anos de crescimento pra dar segurança pro investidor.

      • Que assim seja, juro que não torço contra!

        • th!nk.t4nk

          Então, dentro dessa perspectiva seria possivel futuramente ter fabricação local e baixar os preços pra faixa de um Polo. Ainda seria meio caro (pelo menos até que barateiem as baterias), mas já seria viável. A meu ver o que falta é alguma dessas montadoras abraçar a ideia de fazer um projeto-piloto no Brasil: pegar uma cidade de médio porte, instalar totens pela região central e implementar um sistema de car sharing (que seja acessível). Talvez o governo pudesse entrar com uma desoneração de impostos pra instalar essa infra-estrutura. Seria um baita marketing pra marca e consolidaria nomes nessa transição pra eletromobilidade. Serviria de base/referência pro resto do país. Mas é preciso que o país mostre sinais de estabilidade política e crescimento pra isso.

          • Eu não acho que falte estabilidade política, acho que falta uma evolução cultural a respeito do carro!

    • Daniel Deichmann

      Pois, não faz sentido pra mim pagar uma fortuna em uma carro para poupar combustível. Claro, a não ser a questão da poluição, mas essa é outra questão.

      • th!nk.t4nk

        Simplifica a logística. Ao invés de orientar o usuário a abastecer e ter de lidar com um monte de convênios com postos, as pessoas podem simplesmente largar o carro conectado em qualquer totem e ganharem um desconto na tarifa. Pensa numa frota de milhares de carros, é um custo administrativo a menos pra empresa de car sharing. E outra, o fato do carrinho ser elétrico até estimula seu uso. É um apelo de marketing a mais pro serviço. A diferença no custo do carro essas empresas tiram rápido (até porque conseguem negociar descontos enormes diretamente junto à montadora). Por fim, carros elétricos têm acesso liberado ao centro das cidades e zonas de conservação, além de terem descontos nos impostos anuais. No Brasil ainda nao tem a maior parte destes aspectos, por isso estes carrinhos parecem não fazer sentido (ainda).

  • zekinha71

    Começa a ler o texto e vai criando expectativa, daí lá no fim vem a ducha corona que só virá e ser virá do ID.4 pra cima.

  • Mike Milankovic

    Oxe,não é o ID.1 que vai enfrentar o Zoe?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email