Volkswagen ID.3 e ID.4 serão vendidos no Brasil

Volkswagen ID.3 e ID.4 serão vendidos no Brasil

A Volkswagen confirmou a chegada dos modelos elétricos ID.3 e ID.4 no mercado latino-americano e com vendas iniciando-se no Brasil e Argentina. A dupla de monovolume e SUV médio chegará para dar um passo maior no processo de eletrificação do portfólio da marca por aqui.

Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América Latina, diz: “Os clientes da nossa região podem agora conhecer o que existe de mais moderno em eletrificação da marca Volkswagen no mundo”. Ele continua: “Teremos muitas novidades para a nossa região em termos de eletrificação rumo à mobilidade sustentável”.

Volkswagen ID.3 e ID.4 serão vendidos no Brasil

No caso específico dos modelos elétricos, Thomas Owsianski, Presidente e CEO da Volkswagen da Argentina e vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen para a América do Sul, comenta: “As primeiras unidades do ID.3 e ID.4 desembarcam inicialmente no Brasil e na Argentina, e também serão apresentados para os principais mercados da região em exposições, clínicas com clientes e test drives”.

Por fim, ele destaca: “Assim, a Volkswagen reforça seu posicionamento como a marca mais atrativa para uma mobilidade sustentável nos principais mercados globais”.

Volkswagen ID.3 e ID.4 serão vendidos no Brasil

Sobre o projeto, Marco Pavone, Head Mundial de Design Exterior da Volkswagen, irmão de José Carlos Pavone, chefe de design da VW na América do Sul, comenta: “Um dos desafios do projeto ID. era fazer com que os modelos não se parecessem com veículos à combustão. E nós conseguimos isso de uma maneira muita especial. As rodas são grandes, a distância entre os eixos bem longa e os balanços dianteiro e traseiros curtos. Isso sem falar no design exclusivo de faróis e lanternas, que garantem tanto ao ID.3 quanto ao ID.4 características exclusivas, seja pela manhã ou durante a noite”.

Volkswagen ID.3 e ID.4 serão vendidos no Brasil

Segundo a VW, um modelo ID pode entregar de 145 a 299 cavalos, com autonomia entre 330 km a 550 km, ambos no ciclo WLTP. Altamente conectados, são atualizados via OTA (Over-The-Air).

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.