China Elétricos Lançamentos SUVs Volkswagen

Volkswagen ID.4 X inicia produção em outubro com autonomia de 500 km

Volkswagen ID.4 X inicia produção em outubro com autonomia de 500 km

Ele é irmão do Volkswagen ID.4 Crozz, que é fabricado pela joint-venture FAW-VW na China. Conhecido agora como ID.4 X, o equivalente da SAIC-VW terá sua produção regular iniciada em outubro.


O SUV elétrico da marca alemã já iniciou a pré-produção e era tratado com sigilo, embora um vazamento da fábrica tenha mostrado sua carroceria. Contudo, a SAIC-VW não teve como impedir que o Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação.

 

Em sua regular liberação de dados de homologação de veículos do país, o órgão público chinês, revelou não só o ID.4 Crozz da FAW, mas também o ID.4 X da Shanghai-Volkswagen.

VEJA TAMBÉM:

Volkswagen ID.4 X inicia produção em outubro com autonomia de 500 km

Alguns dias depois, imagens oficiais do ID.4 X apareceram na internet, confirmando o que o ministério já havia liberado. Agora, sabe-se também que o SUV elétrico terá duas variantes de eficiência energética.

Uma será de acesso e terá cerca de 400 km de autonomia no ciclo NEDC. Isso significa que terá efetivamente pouco mais de 300 km de alcance na vida real. Com tração traseira, ele deverá ter os mesmos 204 cavalos do ID.3.

Já a versão completa terá autonomia de 500 km no mesmo ciclo de medição, que é feito em laboratório e não em condições reais de rodagem, como o WLTP. Provavelmente, fará acima dos 400 km no dia a dia.

Volkswagen ID.4 X inicia produção em outubro com autonomia de 500 km

Esta última variante terá dois motores elétricos, com adição de um dianteiro que pode dispor de 102 cavalos. Assim, terá 306 cavalos combinados. Devido a seu porte e peso, o VW ID.4 X usará células de 58 kWh e 77 kWh, respectivamente.

Com 4,612 m de comprimento, 1,852 m de largura, 1,640 m de altura e 2,765 m de entre eixos, o SUV da SAIC é apenas 2 cm maior que o modelo da FAW, que será o produto global, a ser fabricado também na Alemanha e EUA.

Pesando 2.120 kg, o ID.4 X terá pelo menos duas versões de acabamento e visual que pode ser personalizado, além de cluster digital e multimídia com tela bem grande. Entre as opções, o SUV terá rodas aro 19 e 20 polegadas.

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • th!nk.t4nk

    Apesar de não gostar de estrangeirismos, penso que passou da hora da imprensa brasileira trocar o termo “mulltimídia” por “infotainment” (que significa informação + entretenimento), tal como Portugal e demais países já fizeram. Multimídia é o sistema básico que há nos carros populares, onde o objetivo é exibir mídias (seleção de música, mapas). Infotainment é o que os carros mais moderninhos têm: um sistema focado em passar informaçoes (de condiçoes da via, de sensores, de infra-estrutura de tráfego, etc). É daí que vem a necessidade de uma tela grande, porque o volume de informaçoes também é amplo. Nos carros que têm sistema semi-autônomo, por exemplo, essas telas exibem uma interpretação geral da via e apontam possíveis obstáculos, ajudando na tomada de decisoes. Em modelos como os da família ID isso é parte do conceito-base do veículo. A ideia de “multimídia” ficou lá pra trás nesses novos projetos, é passado.

    • Martini Stripes

      Acho muito esmero, não vejo tanto problema, continua sendo “multimidia”.

    • Marcelo

      O duro vai ser se o cidadão não conseguir pronunciar “infotainment” na hora que for pedir o equipamento para seu carro, rs. Multimídia é mais fácil.

    • Edson Fernandes

      Ou melhor para de inventar nomes em ingles e usar o portugues claro e correto? Se é um sistema informativo e de entretenimento, ele pode ser considerado multimidia. Isso porque o conceito multimidia permite justamente isso: Ler textos, ouvir musicas, ter integração com sistemas e por fim ser util por diversas finalidades dentre ela, o Android Auto que integra sistemas de navegação.

      Dito isso, lembre ainda que aqui não há tanta integração com sistemas inteligentes e no muito vc terá funções do carro que poderá mexer por ela. Mas a integração como é na Europa, não é realidade aqui.

  • ÓQUEI

    Essa versão X do ID4 me agradou bastante. Eita bichão bonito!

  • Flavio Lima

    Esse ficou bonitão hein!

  • Esse deverá ser o elétrico da VW que chegará ao Brasil primeiro ao invés do ID3 (baixo e raspa, …) no futuro!!! Vamos ver quanto tempo será 3,4,5 … anos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email