Salões do Automóvel Sedãs Segredos-Flagras Volkswagen

Volkswagen Jetta deve ganhar nova geração no Salão de Detroit

novo-volkswagen-jetta-2018-flagra-3 Volkswagen Jetta deve ganhar nova geração no Salão de Detroit

A nova geração do Volkswagen Jetta já tem data para ser apresentada de forma oficial. Segundo o CEO da divisão norte-americana da fabricante, Hinrich Woebcken, o novo sedã médio será a principal atração da empresa no Salão do Automóvel de Detroit, que acontece em janeiro nos EUA. A estreia do modelo no mercado deve acontecer já no primeiro semestre do próximo ano, enquanto a sua vinda ao Brasil pode acontecer no fim de 2018 ou em meados de 2019.



De acordo com o executivo, o novo Jetta 2018 contará com um visual inspirado nos cupês, com design “super moderno, forte e emocional”. A exemplo da geração vendida atualmente, o próximo Volkswagen foi projetado com foco nos consumidores norte-americanos. Como dá para notar nas supostas imagens vazadas em agosto, o modelo terá formas inspiradas no Passat, Arteon e também no crossover T-Roc.

novo-volkswagen-jetta-2018-flagra-2 Volkswagen Jetta deve ganhar nova geração no Salão de Detroit 

Se sobressai o caimento suave do teto na parte traseira da carroceria. Há ainda uma enorme grade na dianteira, formando conjunto com os faróis espichados e o capô com diversos vincos, além de vinco marcante nas laterais e lanternas traseiras afiladas invadindo as laterais e a tampa do porta-malas. Imagens do interior não foram divulgadas, mas o novo Jetta deve seguir a mesma linha do Golf, por exemplo.

O novo Volkswagen Jetta será equipado com a nova plataforma modular MQB, o que deve resultar em medidas maiores no comprimento, largura e na distância entre-eixos, beneficiando o espaço para os ocupantes e também o porta-malas. A linha de motores vai incluir unidades TSI a gasolina e TDI a diesel, com transmissão manual ou automática.

novo-volkswagen-jetta-2018-flagra-1 Volkswagen Jetta deve ganhar nova geração no Salão de Detroit

No mercado brasileiro, a expectativa é que o Jetta 2018 siga sendo oferecido com o motor 1.4 TSI de 150 cv, com câmbio automático Tiptronic de seis velocidades, e com o 2.0 TSI de até 211 cavalos de potência, associado à transmissão DSG de seis marchas e dupla embreagem.

[Fonte: VW Vortex | Imagens: Autologia]

  • Speed Racer

    A potência deve subir para 220 CVs no 2.0. Se mantiver o preço será uma boa opção pois também virá mais sofisticado.

    • Evandro

      Sofisticado? Se bem que o comprador desse carro leva no mínimo 3 carros levando esse jetta “novo”, leva um fusion, uma a3 e um polo….

    • th!nk.t4nk

      O Jetta é a opção barata/econômica ao Passat. Sinceramente, ele não merece tanto motor (o Passat sim). Melhor seria atualizar pro 1.5 TSI e baixar preços, pra colocá-lo em seu devido lugar no mercado. Essa mania de quererem sedã simples de entrada , mas super completo e com motorzão no Brasil por uma fortuna é o maior embuste, só favorece os lucros das montadoras. Nos EUA faz sentido porque é barato (e o combustível também é muito mais acessível), mas no Brasil é uma ideia do avesso que colou entre os consumidores.

      • Hendel Marques

        Discordo. Acredito que quanto mais opções, melhor ao consumidor. Se tem quem pague caro num carro, tá valendo. O argo vai de 1.0 a HGT e dobra de preço. É o mesmo carro! Mas tem consumidor pra gama completa.

        • th!nk.t4nk

          Mas isso leva a ocorrer o contrário. A montadora super equipa um carro simples, e deixa de oferecer um modelo superior mais básico por um preço atraente. Entende agora como o tiro sai pela culatra nesse caso? No fim você acaba tendo menos opçoes, e o lucro da montadora é maximizado (os chineses usam a mesma estratégia). Há anos tento fazer os brasileiros enxergarem o próprio erro na preferência por carros, mas parece que ninguém consegue entender a dinâmica do mercado. O resultado está aí à vista de todos.

      • Speed Racer

        Você está equivocado. Primeiro que quanto mais opções o veículo possuir melhor é para o consumidor, muita gente gosta de um motor potente em um carro médio. Além do mais, nos EUA ele tem versão semelhante à nossa Highline que é a GLI, que tem ACC e outros equipos que não são oferecidos aqui.

      • Edson Fernandes

        Eu prefiro ter um médio recheado de itens de tecnologia e segurança do que “precisar” comprar um médio-grande para ter os mesmos recursos.

        Não são todos que querem um carro gigantesco para ter recursos tecnologicos e até acabamento bom. Eu mesmo prefiro um Golf a um A4 por exemplo (e ficando na mesma familia para exemplificar melhor).

        O Golf trás ao meu ver:
        – Versatilidade (vai caber em muitas vagas e vai andar em trechos da cidade que eu teria dificuldade com um A4)
        – Economia (tanto de consumo como de manutenção)
        – Seguro (bem mais em conta que médio grande)
        – Não deve recursos a depender do pacote escolhido (principalmente para atual linha Audi e muitos rivais)

        Porém é caro. Ok… nessa parte a VW precisa sim rever os preços. Tirando isso, fica obvio que existem produtos bem aceitos no mercado.

        • th!nk.t4nk

          É justamente ao preço que me refiro, Edson. O Jetta foi desenvolvido pra ser um sedã simples e barato. No Brasil recheiam de itens de série e motorzão, pra poderem cobrar caro. O consumidor acaba levando um produto inferior ao preço de algo bem superior. O mesmo ocorre com o Cruze e tantos outros. Isso “mata” produtos superiores menos equipados, já que o mercado absorve bem o “barato maquiado” e não comporta muito mais opçoes. É esse o embuste.

          • Edson Fernandes

            Infelizmente isso é uma realidade.

        • Gambixx

          Olha, não acredito que o A4 atual que tem a mesma plataforma do Jetta seja médio grande, embora seja posicionado como tal. Na verdade é o A3 sedan que é apertado e não concorre de igual para igual com os médios “médios” clássicos. Pelo menos nem considero para minha família um A3 (golf)sedan.

  • Deadlock

    Tomara que melhorem o interior, que está muito defasado. Por fora, não melhorou muito.

    • Vitor Barcellos

      O interior deve vim bacana, mas o exterior é padrão VW

  • GTIke (GTIke)

    Acho que deve vir com um 2.0T de 190cv, possivelmente da linha Ultra da Audi. Dificilmente vai manter o de 211cv/28kgfm de Torque porque é uma geração já defasada do EA888.

    • Speed Racer

      O Jetta tem acompanhado os motores do Passat, continuo apostando no TSI 2.0 de 220 que é o motor que a Volkswagen têm utilizado nos modelos mais caros. Sabem dizer se já tem algum Volkswagen com esse motor do Audi A4?

      • oloko

        Mas esse motor de 220 cv já é demais pro segmento aqui, nenhum carro chega perto do jetta de 211 cv, quem dirá o 2.0 de 220 do gti, é mais provável na real que venha o 2.0 de 184 cv que terá na tiguan

        • Edson Fernandes

          Eu já acho que pode ser o modelo de 190cv mesmo pelo torque maior e mais economia.

          Para ter 220cv, esse carro ficaria ainda mais caro pela preparação por debaixo. E ele já é diferenciado, mas na hora de compararem esse aspecto, aí é melhor falar que ele é de geração ultrapassada….

          • Speed Racer

            Não precisa preparação, é só um chip que aumenta 9cv e 5k de torque.

            • jonases

              Não. É outra geracão do motor. Os de 220cv de GTi e Passat são o mesmo motor do A4 de 252 cv e do TT de 230cv.

    • Evandro

      Defasada? Pra um carro desses? Se viesse com motor do fuscão 1600 eu não estranharia…..

  • Essa frente está nada com coisa nenhuma. Bem estranho o carro.

    Elementos visto no Polo, com grade que remete ao Fusion de 2010…

    • José Eduardo D’Acampora Guazzi

      Pior que no geral na foto de frente lembrou a mim o Prisma com facelift de agora.

    • Marcelo Henrique

      Pra mim está parecendo um Argo sedã.

    • bruno romero

      Concordo amigo, achei que o carro está muito feio

  • lheu

    VW Virtusão

    • thi

      bem igual ate a grade ha ha

  • Fernando

    design “super moderno, forte e emocional”. sério ri muito. quase parei de ler nesse trecho. só por curiosidade que li toda a matéria.

    • Duh

      É de rolar de rir.

  • Heleno

    Cresceu bem, quem sabe suba de categoria. Até mesmo para se distanciar do Vitus.

    • th!nk.t4nk

      Que Deus não te ouça. Já existe o modelo de categoria superior, é o Passat. O Jetta tem que ficar onde está ou baixar de preço, isso sim. E o tal Virtus nem deveria existir, ou entao ter os preços do Polo no máximo. Mas quer ver como vai acontecer como você diz? Infelizmente o Virtus vai ser o novo “sedã médio” da VWB 😖

      • adrielmenezes

        O Virtus não vai tomar o lugar do Voyage?

      • Edson Fernandes

        Concordo contigo. A VW precisa de bom senso nos preços. Creio que ela será inteligente nos preços e conteudos do modelo 1.4 TSI, mas no 2.0 se for principalmente o de 220cv, ela vai salgar bem o preço.

      • Ernesto

        Mas o Virtus terá porte/espaço para concorrer com os médios de verdade?

      • Heleno

        Concordo em parte, acho que o Polo e Virtus e Polo deveriam sim existir, mas para substituir os ja cansados Gol e Voyage. Porem acho esse Polo, difícil de aceitar, na versão mais interessante a TSI200 custa quase o preço de um Focus Hatch SE 1.6, carro muito superior ao popular “gourmetizado” da VWB.

  • Evandro

    Frente HORRÍVEL, lateral dianteira do Fusion, Lateral traseira e traseira em si da A3 sedan, vinda da VW podemos chamar de ousadia total essa coisa feia……

  • Davi Millan

    Nossa… Faltou amor para o designer que fez essa frente.

  • Ely Takeshita

    pra mim essa lanterna traseira eh a do voyage com um puxadinho na parte superior…

  • Eduardo

    Grade estranha, muitos vincos no capô e lanterna traseira esquisita. Lateralmente interessante. Só

    • Jurandir Filho

      Também achei estranha a grade (pra chinês vê), a lateral tá bacana e a traseira bem marromeno

  • Jeremias Flores

    parte da lateral me lembrou as linhas do Fusion.

    no geral, eu gostei

  • Vamos torcer para que esse seja um protótipo que não foi aprovado pela VW, porque de Jetta ele não tem nada.

  • Schack Bauer

    Frente tem algo de Honda City, lateral algo de Audi.

  • Jesse James

    Vem para espancar o Vovorola

    • Ernesto

      Em qual sentido?

  • Marcelo Henrique

    VW Argo sedã.

  • Geraldo

    Engraçado, ficam falando que os carros da Volks são todos iguais, mesma frente, mesmo volante, etc, etc. Isso não é só da Volks. Basta olhar os carros da BMW, da Mercedes, da Audi, da Hyundai……isso é redução de custo e escala de produção. Todos fazem isso.

    • Ernesto

      Mas design eu creio que não afete a escala de produção, já que o visual é parecido, mas as estamparias nem sempre são as mesmas.

  • Leo

    A Volks está se perdendo em design…

  • adrielmenezes

    Frente mais feia que bater na mãe pelado e no meio da rua

  • RED883

    Gostei do desenho, mas o balanço traseiro ficou muito longo, desproporcional. Para ficar mais harmonico deveriam encurtar um pouco a traseira e aumentar o entreeixos.

  • Ricardo

    Bom que temos uma opção de carro com motor verdadeiramente forte não tão inacessível.

  • Rodrigo

    Esse é o voyage chinês!

  • thiago_lacerda88 .

    só não gostei muito da frente, está parecendo aquele primeiro Honda City kkk

  • Rafael Tardelle Lima Silva

    Caramba, que mistura é essa? Kkkk
    De lado parece um Fusion, por trás um A3 e a frente (nova e grade) lembrou DEMAIS o Argo kk

    • Valdemar Matos

      A grade lembras os ford fusion 2012 e edge

  • Edson Fernandes

    PRA MIM, lateral e traseira, ficaram lindos. Deixaram ele musculoso algo dificil de ver na VW. Já a frente… não foi tão inspiradora e até acredito que possa ficar no family face da VW atual. Espero que melhorem os detalhes pretos da imagem. Eles deixaram o visual mto pobre da dianteira.

  • Gambixx

    Traseira do Cadenza misturada com audi.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend