*Destaque Hatches Mercado Volkswagen

Volkswagen Polo 2018 vende 4 mil unidades em pré-venda

volkswagen-polo-2018-NA-48 Volkswagen Polo 2018 vende 4 mil unidades em pré-venda

A Volkswagen está comemorando os resultados da pré-venda do novo Polo no mercado brasileiro. Durante o período de encomendas, a fabricante alemã registrou 4 mil intenções de compra em um mês (a pré-venda do modelo foi anunciada na noite de seu lançamento oficial, em 25 de setembro). Todo o processo foi feito através do hotsite da ação. Segundo a marca, há também um grande número de interessados nas versões Comfortline e Highline, ambas equipadas com motor 1.0 TSI e câmbio automático.



“O sucesso da pré-venda é uma mostra inequívoca da confiança de nossos clientes na marca e nas qualidades do Novo Polo. Estamos bastante satisfeitos com os resultados”, diz o vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil, Gustavo Schmidt.

volkswagen-polo-2018-NA-50 Volkswagen Polo 2018 vende 4 mil unidades em pré-venda

A marca já disponibiliza um configurador da nova geração do Polo em seu site, que também foi renovado. Lá o consumidor pode escolher a versão, cor da carroceria e pacote de opcionais. Além disso, há a possibilidade de conferir ofertas, simular condições de financiamento pela Volkswagen Financial Services, buscar concessionárias, solicitar orçamentos e até mesmo agendar serviços como revisão e sessões de test-drive com os carros da marca.

O novo Volkswagen Polo estará disponível de forma oficial na rede de concessionárias a partir de novembro. A linha do modelo tem quatro versões: Polo, Polo MSI, Polo Comfortline 200 TSI e Polo Highline 200 TSI. A primeira é equipada com o motor 1.0 litro MPI flex de três cilindros, que rende até 84 cavalos de potência, com câmbio manual de cinco marchas. Já a segunda usa o 1.6 MSI flex de quatro cilindros, de até 117 cv, também com caixa de cinco velocidades. As duas últimas contam com o 1.0 TSI de 128 cv e 20,4 kgfm, com transmissão automática Tiptronic de seis velocidades.

volkswagen-polo-2018-NA-58 Volkswagen Polo 2018 vende 4 mil unidades em pré-venda

Os preços do novo Polo variam de R$ 49.990 a R$ 69.190, podendo atingir R$ 74.240 com todos os opcionais disponíveis.

  • Rodrigo Pasini

    Depois reclamam do preço, mas nem lançaram o carro ainda e já tem gente dando dinheiro pra ser o primeiro da fila.

    • Deadlock

      Mas o Kwid teve 10x mais, achei pouco. Não dá nem um mês das vendas projetadas.

      • Luciano RC

        Eu tbm acho que ficou abaixo. Imaginei que teria umas 10 mil unidades encomendadas. Esse carro no Top 5 vai precisar de muito marketing e mais versões.

        • adrielmenezes

          Precisa também de 3 pqp que custa menos de 5 reais pra fabrica

        • Flavio Cassaro

          Menos marketing e preço melhor para um motor 1.0

        • D136O

          Mais versões e com a venda regular opcionais em pacotes razoáveis.

        • Pedro Neto

          estará sim no top five, mas falta uma versão Trendiline com motor Tsi de 105 cv do Up (pode batizar de 160 TSi), por 59K

          • Luciano RC

            Acho que falta 1.6 AT6 e 1.0 Turbo Manual tbm. E claro, uma 1.0 Aspirada I-Motion.

        • Jayme Santos

          Meu amigo, esses dados foram as pré-vendas oficializadas, ou seja, as que chegaram a pagar um sinal pela compra do veículo. A VW não esperava tantos pedidos para as versões superiores, tanto é, que muitas pessoas que encomendaram versões superiores, nem sequer foram ainda atendidas, e estão aguardando em lista de espera, e terão que compra o veículo fora do sistema de pré-vendas, diretamente na concessionária.

          • Luciano RC

            Pra quem espera estar no Top 5, ela deve ter se preparado. O carro que não conseguiu atingir tanto o sucesso. Agora com o marketing e as primeiras entregas, deve começar a ter melhor visibilidade e aumentar as vendas.

      • thi

        Lembre- de que o kuind ( Carro,ca) he muito mais barato,praticamente a metade

        • Miro Saraiva

          O q não quer dizer nada.. Vide número de corolla e gol vendido

          • Saulo Parente

            Amigo estamos falando de um carro entre 50 e 75mil, a maioria das pessoas prefere ver o carro, testar para poder comprar, o Kwid ninguem compra por ser um bom carro e sim por ser barato, independente disso ele é o carro mais barato disponível por isso o sucesso de vendas na pre venda, tanto é que agora ele vem perdendo força, maioria das pessoas que andaram no carro reclamaram da falta de potencia e barulho ensurdecedor do motor !!

            • Rafael Tardelle Lima Silva

              Corolla tem preço ainda maior e vende horrores, realmente deveria ser no mínimo uns 10 mil interessados, olha lá se nesse montante não incluíram os que vão oras concessionárias etc kk

              • Pablo Lopes

                Concessionária comprar carro na pré venda???? É isso mesmo????

            • Pablo Lopes

              Vale lembrar que apesar do expressivo número de interessados no Kwid, desistiram da compra após verem o carro pessoalmente.

      • Bruno Costa

        Uma comparação meio injusta, não? O Kwid custa pouca mais da metade do Polo. Pelo valor do carro, foi uma pré venda muito boa.

        • Deadlock

          Nem tão injusta, porque o Kwid vendeu 10X, custando metade. E a HR-V, que custa mais que o Polo tinha uma fila de 6 meses, mesmo produzindo cerca de 5 mil por mês.

          • Bruno Costa

            Não vendeu 10x mais. Vendeu pouco mais que o dobro na pré-venda pra ser mais exato, o que não é nenhum mérito por ser o segundo carro mais barato do Brasil. Seria demérito não vender, isso sim, como é para o Mobi e Up que nunca “emplacaram”. E a HR-V produzia quase nada nos primeiros meses de vendas, era quase marketing de escassez. 5000 unidades é agora. Enfim hater é hater e isso porque o Polo nem é tudo isso, não precisa ter inveja não.

            • Deadlock

              Estou longe de ser um hater, estou mais para provável adquirente. Porém, a fábrica colocou uma expectativa de vendas, só comentei um fato. Talvez tenha exagerado nas vendas do Kwid, mas o fato é que não vendeu tanto quanto a fábrica esperava (eu também esperava mais), ainda mais com a notícia de que os opcionais sofreriam reajuste.

            • Will Saint

              Pois é: Se fosse um Golf os Hater pirariam

          • Rafael Tardelle Lima Silva

            Vdd.

        • Miro Saraiva

          Nada de injusta. valor final não interefe vide corolla muito lá em cima na tabela

          • Saulo Parente

            Amigo Corolla é um carro ja consolidado, baixa desvalorização e para comprar você pode ir na CSS e testar, conhecer etc. o Polo você ainda nem encontra a versão Highline e Conforline para teste drive quanto mais para receber !!

            • Rafael Tardelle Lima Silva

              Vai ser desses 4 mil uma boa parte é de carros de teste pra concessionária rs

              • Saulo Parente

                Amigo os que vão para as CSS não são comprados em pré venda !!

                • Pablo Lopes

                  É cada figura que aparece pra comentar… E sem nenhum conhecimento… Tipo em um balcão de “birosca”, onde ao tem alienados… Imagina a CC ter que comprar um carro na pré venda, kkk…

          • Pablo Lopes

            Quer comparar um carro consolidado com um recém lançado?

            • Miro Saraiva

              Então recém com recém pode?
              Toma o kwid. Ah mas não são de mesma categoria.
              Então infelizmente o Polo não deve ser comparado a nada.
              Nem a um veículo beeeem mais caro(q ainda da uma surra) por já ser consolidado. Tampouco ao novato q vendeu como água no deserto por ser tão mais barato. Afinal ele vai direto pro Olimpo eh isso produção?
              Sqn

              • Pablo Lopes

                Veja direito, leia mais pra comentar corretamente. O Kwid, que “vendeu como água no deserto”, este mês deve fechar em 18′ lugar, uma vez que o expressivo número de emplacamentos em setembro, nada mais foi que os carros entregues na pré venda. E se você analisasse, veria que muitos desistiram da compra quando viram o carro pela primeira vez. Então, sr Hater, não fale oque você não sabe.

      • Luis Burro

        Pode ser o baita carro,a Volks sempre estraga nos valores.Aí fica longe o custo benefício.

        • Saulo Parente

          Diga um carro de 49.990,00 com nota maxima em segurança, 4 airbags, controle de tração, direção eletrica, som, comp. de bordo, ar e qualidade comparável ao Polo !! Carro no Brasil é caro, todos são, mas comparado as tranqueiras que temos ai o Polo não esta caro não. (Minha opinião)

          • Kadu_CE

            concordo com vc… mas o problema é o “brasil”…. onde carro com ZERO estrelas mas com central bonitinha é o mais vendido.

          • Gran RS 78

            Controle de tração não está disponível para o Polo de 50 mil reais, sem contar que o interior do mesmo é simplista demais, como muitos plásticos de baixa qualidade para um modelo que a marca insiste em dizer que é premium.

            • Wellington Myph13

              Todo Polo vem om M-ABS de série (desde a 1.0) que é o controle de tração.
              O pacote de opcional adiciona o Assistente de partida em Rampa e Controle de Estabilidade.
              E a VW chama de Premium o fato do carro mesmo na versão de entrada poder ser um carro de 5 estrelas (precisando adicionar o ESP para tal), mas Premium “de verdade” só da Comfortline pra cima. Falta um acabamento extra até mesmo nas top, isso é fato, mas nada que faça ele descer de degrau assim.

              • Gran RS 78

                Amigo, eu estava me referindo ao esp, que ele não tem nessa versão de 50 mil reais. Desde quando um carro se torna premium pela quantidade de estrelas em crash test? Isso não existe. Premium são modelos com acabamento acima da média, lista de equipamentos recheado de itens de série, motorização forte e principalmente marcas que tenham status, no caso do grupo VW, a marca Audi, Bugatti, Lamborguini etc, mas nunca um VW será considerado premium, nem aqui nem em qualquer outro país. São bons carros, com certeza, mas ficam somente nisso.

                • Wellington Myph13

                  Ah, quanto a isso não discordo. Não são Premium, mas pelo que tanto falam e a forma de até as montadoras quererem tratar como Premium, ao menos em quesito segurança tem que se sobressair junto a lista de equipamentos e Powertrain, o acabamento fica em segundo plano…

          • Rafael Tardelle Lima Silva

            Não é tudo isso tbm não, veio pra nós com acabamento empobrecido, banco de gol, mostradores de gol, portas internas Horríveis, plásticos de baixa qualidade e faltando uma porção de coisas nas versões 1.0 e 1.6..

            • Saulo Parente

              Como se o acabamento dos concorrentes fossem fantásticos ne.. ate agora não me responderam um carro melhor do que ele por 49.990,00

              • Wellington Myph13

                Relaxa que esse ai é hater de VW. Não tem carro melhor em termos de Segurança e equipamentos em um modo geral.
                Mas por 59k tem Onix 1.4, HB20 1.6, Ka 1.5, Argo 1.3 (ofertas), todos com motores mais fortes, que é o que o consumidor vai se importar no final.
                O Argo precisa ser testado pra ver se realmente melhoraram a estrutura requentada da Fiat, mas parece ser o único mais comparável ao Polo nesse momento.

          • Pablo Lopes

            Brasileiro não vê isso, vide Ônix!!!

          • Luis Burro

            Unica diferença significativa é o projeto dele.

    • Matthew

      Acho que eh um excelente momento para comemorar com uma “valorização” nos preços.

      • Deadlock

        Já está previsto um aumento nos pacotes opcionais para o fim do ano, acho que quem não encomendou, deve pagar mais caro pelos opcionais.

        • Matthew

          Agora que já batemos a meta de carro “popular” a 50 mil gedéis, podemos dobrar a meta

          #Vale

          • Deadlock

            e como Vale.. Mas, vale quando novo na concessionária, depois que vc tira não vale tanto..

    • Renato Duarte

      assim fica difícil mesmo de acreditar que um dia teremos preços mais baixos por aqui.

  • João Cagnoni

    Isso demonstra o poder da imprensa. Há poucos anos atrás era loucura pagar mais de 30 mil em um carro 1.0, hoje estão vendendo por 50 e parece um ótimo negócio.

    • O_Gambaleao

      Há que se levar em conta que “carro 1.0” de anos atrás muito pouco se parece com “carro 1.0 turbo” de hoje.

      • João Cagnoni

        É obrigação de qualquer item tecnológico evoluir com o tempo, mas isso não necessariamente justifica um aumento de preços. Nossos computadores evoluíram, nossas geladeiras evoluíram e além disso ficaram mais baratos. O que será que acontecem com os carros aqui no Brasil? Lá fora chegam novas gerações até com preço INFERIOR. De fato os motores melhoraram, mas é inacreditável que outros itens conseguiram piorar com o tempo, principalmente a durabilidade dos carros.

        • what_the_hell??

          E, como vc se referiu a 50k, deve estar se referindo ao 1.0 aspirado básico, sem nenhum opcional!m Aí fica mais absurdo ainda

        • Isaac Ferreira Santo

          Perfeita análise

        • Leandro

          Lá fora não tem a inflação e carga tributária que temos aqui, já começa por aí….

          • João Cagnoni

            Qual inflacão? Nossa inflacão foi quase zero.

            • Rodrigo

              Em qual país vc vive pra dizer isso? Só em 2015 a inflação foi de 2 dígitos!

              • João Cagnoni

                Me refiro aos últimos meses, onde quase não houve inflação e os aumentos continuaram.

                • Rodrigo

                  Só que não se esqueça que não existe deflação no Brasil. Uma vez que o preço suba é esperado que ou ele se mantenha estável ou suba gradativamente ao longo do tempo. É o efeito escada: Se em 2015 a inflação alcançou os 15% não tem como de lá pra cá o preço de qualquer produto diminuir abaixo desse índice… Lembrando ainda que o índice é com base na média de preços ao consumidor de vários produtos. A inflação dos veículos foi maior devido principalmente ao aumento do dólar e a queda nas vendas (aumento da margem pra compensar a baixa demanda).

            • Leandro

              Oi? Zero?
              2016 : 6,28%
              2015: 10,67%
              2014: 6,40%
              2013: 5,91%

              • João Cagnoni

                Me refiro aos últimos meses onde a inflação foi quase 0 e houveram diversos aumentos.

                • Leandro

                  Ah sim, uma montadora faz seus planos baseada nos últimos meses, não num plano plurianual. E “houveram” está incorreto, o correto é “houve”.

                  • João Cagnoni

                    Se uma montadora faz planos de forma plurianual, como eles efetuavam aumentos tão rápidos baseados na inflação do mês em 2015 e 2016? E o correto é houveram, pois se refere ao sujeito “aumentos”, que está no plural. O verbo haver só é usado no singular quando não se refere a um sujeito, mesmo se a frase estiver no plural. Não acho saudável tentar corrigir o português de alguém para ganhar um argumento, principalmente se você não dominar muito bem o idioma.

                    • Leandro

                      Erra e ainda acha que está certo: “No sentido de existir, acontecer, o verbo haver é impessoal, isto é, não tem sujeito; conseqüentemente, não flexiona”. Não estou tentando ganhar argumentação apontando erro de português, é só um toque mesmo.
                      http(:)(//)pucrs(.)br/manualred/faq/houve.php

                      Você é empresário e deve saber se o salário do seu funcionário aumenta você de alguma forma vai precisar repassar isso: aumentando os preços ou diminuindo sua margem de lucro, não existe milagre. Os salários, o câmbio, os custos, tudo está congelado?

                    • João Cagnoni

                      Tem razão quanto ao verbo haver. Como empresário eu tento melhorar a minha eficiência cortando custos e aumentando os resultados, mas isso é muito difícil. Meus clientes jamais aceitariam o mesmo aumento das montadoras de veículos pois trabalho um mercado com bastante concorrência (TI), já no caso das montadoras está mais do que claro que os preços são combinados. Mesma coisa com o preço dos combustíveis, já passou de conspiração para fato.

                    • Leandro

                      Eu li que se a Lei de Moore fosse aplicada aos carros um fusca andaria a milhares de km por hora atualmente. O motor a combustão não evoluiu da mesma maneira que os computadores. Custos são iguais à grama, precisamos cortar a toda hora, pois eles não deixam de crescer, só que ainda assim não tem como não repassar alguma pro cliente. Os preços seguem a inflação, não tem jeito. Lembra no começo do plano Real que dava para comprar várias coisas com um real? Hoje não se compra nada…

                    • João Cagnoni

                      Ontem comprei 4 pãeszinhos franceses salpicados com queijo em cima por R$10 (mini-baguete), de fato nosso dinheiro não vale mais nada. Os carros elétricos absorveram muitas tecnologias dos computadores, mas o essencial para sua viabilidade é justamente a pior parte de qualquer eletrônico: a bateria.

                    • Leandro

                      As baterias , seu tempo de recarga e o poluidor descarte delas ainda são desafios que o carro elétrico precisa enfrentar para se popularizar, assim como o lobby das petroleiras..

        • Antonio Sergio

          Pois é, João. Nossas televisões, geladeiras, celulares, computadores e muitas outras coisas também evoluíram.
          A grande diferença é que não se tornaram “premium” nem foram projetadas para “países emergentes”.
          Porque então o carro tem que ser diferente?

          • Eskarmory .

            Aí que vc se engana…. Todos os nichos de produtos e serviços passam intrinsecamente por um estúpido processo de elitização. Diferença é ser um símbolo notório e fundamental de status, as pessoas sempre ficam mais ouriçadas pelo carro que pela casa. Gera mais cochico, competição e conforta o ego mais que qualquer outro bem de consumo. Por isso vc acha que é diferente, mas na verdade não é. O que torna diferente é a forma como o público recebe o produto ”carro”.

        • Rodrigo

          O problema é que não foi só o “carro 1.0 de 30 mil reais” de alguns anos atrás que subiu de preço. Tudo subiu de preço e tudo teve incremento de tecnologia. Um iPhone de 5 anos atrás custava cerca de R$2 mil hoje em dia passa de R$4 mil; e por aí vai.

          • Observador

            Percepção de valor meu caro, as pessoas aceitam pagar 4 MIL REAIS em um aparelho celular que não custa U$ 400,00 para ser produzido, e isso com mão de obra chinesa, provavelmente em regime de semi-escravidão em empresas com a Foxconn, pesquise e veja quantos se suicidaram em fabricas chinesas.

            A mesma coisa se aplica aos carros, as pessoas aceitam pagar 100 MIL REAIS em um “SUV” compacto com motor 1.6 aspirado, mesmo sendo a mesma coisa pra produzir que seu equivalente hatch ou sedan compactos.

        • Luis Burro

          São os impostos,ainda não sabe q geladeira e computador não paga?

          • João Cagnoni

            Quem disse que geladeira e computador não paga? Geladeiras pagam em média 40%, eletrônicos como computador chegam a pagar 70%.

            • Luis Burro

              Eu si,só estava sendo irônico!

        • Saulo Parente

          Não sei onde você viu que computador caiu o preço, antigamente eu montava um bom PC por R$2.500,00 hoje gasto R$6.000,00 !!

        • Pablo Lopes

          Oque aconteceu pra elevar os preços??? Carga tributária!! Mais de 50% do que se paga em uma CC, é imposto!!!

      • ObservadorCWB

        O computador de anos atrás evoluiu bem mais no desempenho, e bem menos no preço…….

      • Gran RS 78

        Vc não deve ter conhecido o Gol 1.0 16v turbo, pois era um foguetinho.

      • Pablo Lopes

        Verdade, tenho um gol Special ano 2000, o motor é de apenas 54cv, quando liga o ar condicionado ( que nem de fábrica era, as CC colocavam em grandes empresas do ramo ), o carrinho se arrasta. Fora que era bem espartano, somente banco e motor praticamente.

    • Jesse James

      50% dos carros sao impostos, quer reclamar com alguem, reclame com o governo antes

      • João Cagnoni

        Nem de longe são 50%. As montadoras tem inúmeras isenções fiscais e não pagam nem metade disso, só serve para justificar qualquer aumento. Como você explica a existência de vários países com carga tributária até superior ao Brasil venderem carros a preços bem inferiores? Não é questão de volume de mercado também. Existe uma máfia de montadoras infiltrada dentro do nosso governo.

        • Jesse James

          Rapaiz, me aponte 2 paises com carga tributaria superior ao Brasil, aqui voce trabalha 5 meses e alguns dias so pra pagar impostos. Eh quase 50% sim senhor, toma o exemplo da CCS VW no sul do Brasil, mostrou a Nota de um Golf ja com custos e lucros embutidos, se nao me engano beirava os 43k e o mesmo estava sendo vendido por 85k.

          IMPOSTO EH ROUBO!

          • Duh

            Como o cara falou as empresas de carros tem várias isenções, um exemplo claro é a diminuição de impostos para hibrídos, o que a Toyota fez? aumentou em 4mil o preço do Prius, outra mais claro ainda é o próprio super ipi: quando um carro deixa de pagar ele, o valor do imposto é dado em desconto no preço? não, aumentam para comemorar, como a BMW fez.

          • Itália, França e Bélgica tem mais impostos que no Brasil, entre outros países. Usei como fonte a revista Exame. Não estou entrando na seara do uso do imposto, que é outra história.

          • Pedro Mello

            Vou citar 5. Dinamarca, Suécia, França, Finlândia, Itália. Mais 5 : Alemanha, Noruega, Áustria, Luxemburgo, Eslovênia.

          • Eng Turbo

            Somente um adendo….nesse caso do Golf (do caso mencionado) tinha mais importo, pois o carro era importado.
            O preço do carro no Brasil se divide em 3 partes
            1/3 custo de produção
            1/3 lucro (montadora / css)
            1/3 impostos

            O lucro por carro vendido no Brasil é no minimo 3x maior que a média mundial.

            • Jesse James

              Tenho bastante relacionamento com donos de CCS, a margem da maioria das marcas hoje eh sofrivel, acredite… Tem gente vendendo carro para ganhar mil reais tendo que pagar folha de 200 funcionarios no fim do mes.

            • D136O

              é por ai, os caras estão discutindo mas nenhum esta certo, é o custo brasil tudo é maior no brasil imposto lucro e custo. Neste ultimo pela ineficiência dos processos de fabricação transporte …..

        • Alexandre Volpi

          João, tempos atrás comprei com um colega um Golf Highline mexicano. Dos R$94.500,00 pagos à época (2015), 51 mil reais (aproximadamente 53% do valor do veículo) eram impostos, de acordo com a nota fiscal. Concordo que exista uma grande margem de lucro por partes das montadoras aqui, superior do que o praticado em outros países, mas, infelizmente, o maior culpado dos altos preços aqui ainda é o governo.

        • Leandro

          Já comprou um carro zero? Já viu na nota os impostos?

          • João Cagnoni

            Já vi, inclusive eu já fiz tais sistemas de emissão de notas. Eles apresentam uma média do imposto e não o valor real, e não contemplam os descontos e isenções concedidas.

            • Leandro

              O imposto que PAGAMOS sobre o carro zero km é discriminado na nota e dá cerca de 40 ou 50%. O imposto que a MONTADORA paga nas peças é outra coisa.

              • João Cagnoni

                Engano seu. O imposto do carro zero km é uma somatória de todo o processo produtivo, já que segundo a lei, não é permitida a bi-tributação (quanta ironia). Além disso, como falei, o imposto é só uma estimativa e não contempla descontos e isenções, e tais descontos não são baixos. Quem paga imposto no Brasil é só pobre (ou seja, nós).

                • Leandro

                  Ah sim, quando você compra um carro por ser portador de necessidade especial como eles calculam o desconto?

                  • João Cagnoni

                    Eles calculam também com base nas isenções que já possuem. Agora vou te fazer uma outra pergunta, como eles conseguem vender carro tão barato para PcD mesmo antes do desconto? Existem carros de 100k com versões por 70k para PcD (antes de tirar o imposto). Faz o seguinte, pesquise no Google por “incentivos fiscais para montadoras”. Ou melhor ainda, troque “montadoras” por “indústrias”. Você vai cair nestes links: “Lula vira réu por venda de MP de incentivos fiscais a montadoras”, “Bolsa empresário’ chega a R$ 270 bilhões neste ano”, “Segundo o MPF, a empresa Marcondes e Mautoni Empreendimentos, do lobista Mauro Marcondes Machado, representava os interesses da CAOA (Hyundai) e da MMC Automotores (Mitsubishi do Brasil) e teria ofertado R$ 6 milhões a Lula e Carvalho. O dinheiro seria para financiar campanhas do PT.”, “”

                    • Leandro

                      Incentivo fiscal tem em todas as áreas, não somente no setor automotivo. A montadora possui diversas versões de um carro em diversas faixas de preço, o Corolla é um bom exemplo. Não trabalho em montadora, mas essas teorias de conspiração beiram ao ridículo.

                    • João Cagnoni

                      Não é uma teoria de conspiração. Quantos ministros o Lula e Dilma perderam por venda de medidas provisiórias? A maioria das MPs foram compradas por montadoras de veículos. Aliás, citei a Dilma e Lula nos meus comentários, mas vou deixar bem claro que não acredito em um país diferente com Temer, Aécio, Dória e Bolsonaro. Quer saber quem paga 50% de imposto? Eu, micro-empresário (17,7% na nota fiscal + 27,5% de IR no pró-labore, além do INSS e outras taxas), não tenho nenhuma isenção. Já trabalhei em empresas grandes e sei que eles não pagam, isso quando não sonegam.

                    • João Cagnoni

                      O Corolla é vendido a partir de 93k e era vendido por menos de 70k para PCD até alguns meses atrás. Como a Corolla dá um desconto de 23k tão rápido assim? Lembrando que 70k ainda é o preço com impostos, sem impostos fica na faixa de 50k.

                • Leandro

                  IPVA é o que? Não é um tipo de bi-tributação?

                  • João Cagnoni

                    IPVA é inconstitucional, só existe no Brasil, o IPTU já é destinado para a mesma coisa que o IPVA. Uma lei diz que é proibida a bi-tributação e outra regulamenta o IPVA. E ninguém reclama de nada.

        • Adauto Vieira Dias Júnior

          Concordo plenamente com João!

        • Guedes

          grande mito essa história de imposto ser 50 %

      • Ricardo

        Não! 50% é lucro!

        • th!nk.t4nk

          O lucro tem que ser maior, pra compensar o baixo volume. “Ah mas a Bélgica tem vendas bem menores e mesmo assim os carros sao mais baratos”. É porque se comporta como um país gigante, uma vez que faz parte de um bloco comercial fortíssimo e estável. O Brasil nao tem nem um, nem outro. Logo, é natural que os custos subam muito pra viabilizar a operaçao. Some a isso o famoso “custo-brasil” e os impostos, e o resultado é esse aí. Passa longe de ser pura ganancia, como muita gente imagina.

      • Thiago Valcanaia

        Comprei um A3 Sportback no mês passado com valor de nota de R$120.000,00… Valor de tributos R$79.980,00… Isso é um absurdo… O carro teria um valor de R$ 40.000,00… O custo Brasil é algo inaceitável…

        • Ricardo

          Mas nesses R$ 80.000 deve estar o valor do carro também, disso uns R$ 30.000 devem ser impostos.

          • Thiago Valcanaia

            Negativo… Isso é somente valor de tributos recolhido em substituição tributaria… Estão inclusos Impostos estaduais R$ 14.400,00 e federais R$ 65.580,00… A base da calculo foi de R$ 133.490,00…

            • Ricardo

              Não pode estar certa essa conta! Um A3 não sai de fábrica custando apenas uns R$ 20.000 e a montadora não tem apenas R$ 20.000 de lucro!

              • Thiago Valcanaia

                Estou tentando postar a nota fiscal, mas nao dá… Comprei um UP TSi mas passado tb, com nota de R$ 55.000,00 sendo que os impostos são de R$ 24.398,00…Sendo R$:17.798,00 federais R$ 6.600,00, estaduais… Essa conta de impostos é o total de tributos que incide sobre toda cadeia produtiva de um veículo…

                • Rodrigo

                  Exato. Afinal de contas a tributação incide em cascata não apenas sobre o produto mas também sobre o serviço. Quem paga a conta é sempre o consumidor final.

              • Bruce Wayne

                Provavelmente o custo de fabricação deve ser menor ainda.

          • Pedro Mello

            As alíquotas no Brasil variam de 48,2% a 54,8%, dependendo da cilindrada.

        • Jesse James

          Pois eh e a galera jura de pe junto que imposto nao eh o MAIOR vilao do preço dos carros no Brasil, fora a dificuldade que o Brasil cria para as empresas estrangeiras…

        • Leandro

          Segundo um amigo nosso isso é só uma “estimativa”, rs. Podem colocar na nota que você paga 79 mil de imposto, mas na verdade pagou somente 9 mil, pois o resto foi o erro da “estimativa”.

          • Thiago Valcanaia

            Deve ser um economista, ou um contador… Sabe tudo… Kkkkkkkk

          • Ernesto

            Realmente esse colega que você menciona dá umas boas viajadas.

      • Guedes

        mentira isso. procure matéria da Record sobre preço de carros no Brasil

    • Leandro

      Coloca a inflação na sua conta também, 30 mil reais em qual ano?

      • Ricardo

        Lembro muito bem que em 2010 um carro popular custava cerca de R$ 22.000, o que já era considerado caro na época. Em apenas 7 anos a inflação não chega nem perto de 100%.

        • Alessandro

          Em 2010 o carro de 22 mil nao tinha ar nao tinha direcao nao tinha airbag nao tinha vidro elétrico e nao tinha trava eletrica nao tinha radio.

          Falo isso pq comprei um classic em 2010 e ele basico era 22.000 e completo 28.900.

          • Vinícius

            Mas tudo evolui… Ninguém paga mais caro pelo televisor mais moderno e maior, geladeira mais moderna. É o mesmo valor do que era oferecido na época. Justificar o aumento 7 anos depois por conta de opcionais, não faz o menor sentido.

            • Alessandro

              Só que alem de tudo isso existe uma coisa que chama inflação.
              Se voce pega um carro com todos os opcionais na epoca sem o airbag ficava em 28.900 e atualiza pela inflação media do mercado voce tem 46 mil reais.

              O preço nao está fora só que infelizmente a inflação sempre foi uma sombra do Brasil e nao vai sumir tao cedo.

              E sim todo mundo paga mais caro pelo mais moderno e maior. Se voce comprar hoje um televisor com a ultima tecnologia voce vai pagar 7 a 10 mil reais, se voce comprar com a tecnologia mais antiga vc paga ai seus 1500 a 2000.
              só que no carro se for todo com a tecnologia do passado o pessoal reclama entao tem q lançar novo e vai pagar mais caro.

              isso é no mundo todo o corolla nos EUA hoje parte de 18.000 usd, ele já partiu de 15.000.

        • Leandro

          Hoje um carro popular custa 29 mil, que 100% é esse?

          • Vinícius

            Vc está equivocado. O Gol, o Onix (que substitui o Celta), o Ka, o Uno, o HB20, entre outros são todos a partir de R$ 39.900,00. Com exceção do HB20, esses eram os carros populares em 2010.

            • Leandro

              O Kiwid custa esse valor. Carro popular pra mim é o carro mais barato possível. Se você tem preferência por marcas, é outra coisa.

          • Ricardo

            Um chinês né!

            • Leandro

              Renault Kwid

    • silvio silva

      Qual o carro que a imprensa fabrica ?

    • D136O

      Em 2008 gol 1.0 custava mais de 30mil se corrigir isso por ipca isso vai pra 51 mil, soh o salario que não subiu :(

      • João Cagnoni

        Exatamente =(

    • Leonel

      Mas o nível de segurança e afins deste 1.0 aspirado (porque eu entendo que foi isto que você comparou) está muito superior a qualquer 1.0 vendido antigamente. Estamos falando de Clio, Celta, Uno, Corsa, Palio e cia…é até covardia comparar o Polo com estes citados anteriormente…

      • João Cagnoni

        Mas também existem carros que eram mais seguros antigamente. Veja meu lindo e velho carrinho C4 Pallas com 5 estrelas no Euro n Cap, por lá a nota do C4 Lounge é inferior seguindo os mesmos critérios (não adianta falar da nacionalização pois o meu ainda é o importado). O Clio por volta de 2000 era um compacto premium, um dos poucos que oferecia air bag e diversos itens de conforto/segurança, depois virou um carrinho bem sem vergonha. Celta/Corsa/Palio são uma aberração. Porém, Mobi e Uno são igualmente inseguros, assim com o Ônix.

        • Leonel

          Quando me refiro a segurança, vai bem além de air bags, porque têm uns aí que parecem casca de ovo com air bags rsrs…mas eu entendi o ponto. É que foquei nos 1.0 mesmo…

    • Marcio Rosa Trevizan

      há poucos anos tinha carro 1.0 turbo de 120 cv ?

      • João Cagnoni

        O Gol Turbo tinha quase isso, já o Uno Turbo tinha 120cv em 1996.

  • O_Gambaleao

    Lembro de quando a honda lançou o HRV. A fila era de meses.

    • João Cagnoni

      Sim, tenho um familiar que comprou um City e demoraram muito para entregar, a desculpa foi de que suspenderam a produção por causa do HRV.

  • Ricardo

    Se eu fosse rico, heis a dúvida:
    Um Polo 1.0 T automático completo por R$ 75.000 ou um Golf 1.0T manual mais básico pelos mesmos R$ 75.000.
    Prefiro carros menores, mas também prefiro carros manuais.

    • O_Gambaleao

      Se você prefere carros menores E manuais a sua melhor escolha seria um polo manual, não?

      • João Cagnoni

        Não existe Polo 1.0T manual.

      • Ricardo

        Se existisse o Polo 1.0T manual iria fácil de Polo.

      • th!nk.t4nk

        O Golf é um carro bem pequeno. Se ele prefere carros menores, o Golf é perfeito.

    • what_the_hell??

      Pelo que li, o desempenho e consumo do Polo 1.6 são quase iguais ao do 1.0TSi. Uma opção seria pegar o 1.6 e adicionar os opcionais

      • Ricardo

        Acho que na prática não, o 1.0T deve andar bem mais e ser bem mais econômico.

        • D136O

          é que o cambio é convencional com conversos de torque, perde eficiência e velocidade nas trocas. Opicionais no 1.6 só daqui um tempo

    • Vinícius

      Infelizmente acho que o Pólo 1.0T automatico tem um péssimo custo benefício. Se quer algo mais justo pega o Golf, não há comparação .

      • Ricardo

        Não acho! Polo é mais veloz e econômico por ser mais leve, tamanho mais adequado para a cidade e mais bem equipado.
        Golf: mais estável, confortável e prazeroso pelo câmbio manual.

        • D136O

          Meu conselho espere uns 3 meses, provavelmente vai ter sair o polo 1.0tsi com cambio manual.

    • Olha, não querendo desmerecer a sua posição na pirâmide social da riqueza, mas se você fosse rico as opções seriam outras kkkk. Tipo Bmw série 5 ou Mercedes classe E.

      • Ricardo

        Isso é para milionário! Carro de classe média alta é, teoricamente, até R$ 50.000, a classe média brasileira compra carros de até R$ 100.000 porque são metidos.

        • Leonardo

          Meio exagero. Para mim até 50-60 mil dá para se falar em classe média baixa. 60-110 classe média média e 110 até uns 160 ou 170 classe média alta. Claro que isso não é uma regra, mas chamar esse carrinho Polo de classe média alta é forçar a barra demais. É um carro para quem tá começando a vida.

          • Silvio

            Para quem está começando a vida com dinheiro sobrando.

          • Ricardo

            Está bem hein! Deve ser empresário! Hehe! O carro não é de classe média alta, mas o preço é! Para mim pobre é quem recebe até R$ 2000, classe média até 4.000, média alta, até 7.000, rico até 15.000 e milionários acima disso. No meu caso, que não considero meu salário ruim mas também não é bom, até conseguiria financiar um Polo por absurdos R$ 2.000/mês, mas não viveria, apenas sobreviveria, o que a maioria dos brasileiros fazem para ter um carro legal para exibir ao vizinho.

            • Cristiano França

              A maioria dos brasileiros ganha menos de 2 mil reais por mês. O Polo NUNCA será um carro para que está começando a vida. As pessoas precisam sair mais do mundo delas e ver a realidade.

            • Leonardo

              Essa percepção varia bastante. Mas jamais chamaria alguém que recebe 7000 de classe média alta.
              Rico para mim é quem não faz conta e pela sua escala, eu seria multimilionário, porém me considero classe média alta no máximo.

              • Ricardo

                Pois é! Acho que sou miserável e não sabia! É impossível um rico não ter dívidas se ele quiser ter uma vida de rico! A não ser que ele se coloque em seu devido lugar e ao invés de ter uma casa de R$ 1.000.000 e um carro de R$ 200.000, tenha uma casa de R$ 200.000 e um carro de R$ 40.000. A grande maioria dos brasileiros tem um padrão de vida muito superior ao que seu salário permite e vive endividado, tudo porque a sociedade “exige”! Até milionários vivem de empréstimos milionários do banco!!

                • Leonardo

                  Concordo com você. Todo mundo sempre está querendo viver acima do que pode.
                  Eu hoje só tenho condições de ter alguns luxos porque não tive que comprar apartamento: quando casei ganhei um bom apartamento dos meus pais e minha esposa ganhou um bom apartamento dos pais delas. Vendemos ambos e compramos um excelente apartamento.
                  Ainda mais aqui em Brasília onde um apartamento de 3 quartos tá começando em R$ 1 milhão.
                  Hoje me considero classe média alta , mas se tivesse pagando apartamento seria no máximo classe média média

                  • Ricardo

                    Sei que o custo de vida em Brasília é um absurdo.

          • th!nk.t4nk

            Leonardo, isso só seria verdade se o povo comprasse o carro à vista. No Brasil as pessoas curiosamente acham super normal sempre financiar o carro, aí é claro que mesmo pobre vai optar por algo muito acima do que ele pode pagar. O mercado brasileiro é todo distorcido, e os consumidores nao tem nem noçao de como as coisas funcionam mundo afora, muito menos se ganham bem ou mal. Nao é normal estar endividado o tempo todo, definitivamente.

            • Alexandre Viotto

              Perfeita observação, colega! O Brasil é um país “descolado” da realidade mundial, em muitos sentidos. Deve ser o país com maior porcentagem de endividados do mundo! O dia que as pessoas acordarem e pararem de dar dinheiro para instituições financeiras, o poder de compra e muitas outras coisas, melhorarão! Mas duvido que isso acontecerá dentro dos próximos “séculos”!!!

  • Ricardo

    Vender bastante no lançamento é fácil, quero ver manter as boas vendas.

  • O_Gambaleao

    O carro certo no preço errado quase sempre resulta em vendas baixas. O Golf tá aí pra provar.
    No entanto esse não parece ser o caso do Polo.

  • SDS SP

    Nem vou fazer prognóstico algum por conta de ser volume de pré venda.

    Não vejo esse carro vendendo mais do que 5k unidades por mês.

    • Jesse James

      Mas a meta da VW nem eh vender mais que 5k mes eu acho, eh figurar entre os 5 mais vendidos so

  • RRN

    Ontem vi o Polo de perto, e que me desculpem os fãs, não achei nada de mais. Nada mesmo.
    Visualmente o carro é praticamente um Gol. Talvez tive essa impressão por ter visto a versão básica do modelo e ainda na cor preta que apaga os detalhes do modelo, porém pra quem está imaginando que o carro chama a atenção pela beleza vai ficar decepcionado. Até o vendedor da css soltou a expressão “parece bem mais bonito nas fotos né”.
    Pode ser que a versão top desperte o sentimento de ter um “mini Golf” nos compradores mas pelo porte do carro acredito que muita gente vai ter a sensação de semelhança do nível abaixo (Gol) e não acima (Golf) do produto que está vendo.

    • André A

      Vou discordar. Fui ver pessoalmente e vi tanto o 1.0 MPI pé de boi, quanto o Highline (1.0 TSI). Por dentro eu confirmo que o MPI é decepcionante, mas por fora o carro impressiona. Só pelo tamanho/porte já dá pra ver que não tem nada ver com o Gol. De frente e de lado eles são muito diferentes, inclusive ouso dizer que o Polo de frente é mais bonito que o próprio Golf. De traseira eu concordo que há semelhanças com Gol (mas claro, como já estamos cansados de dizer, é o Gol que se parece com o Polo 5 e blá blá blá), mas o refinamento do Polo é muito maior, tanto nas lanternas, quanto na largura etc. Eu sinceramente acho que só são confundíveis pra quem também confunde Civic com City, Corolla com HB20S etc.

      • Marciofilho Santos

        vi ontem na rua um 1.6 e tive a mesma impressão. de traseira demorei a perceber que era o polo, achei que fosse o gol, só quando cheguei do lado que via a lateral diferente. e a frente é bem bonita. ele tem a linha sóbria do padrão VW

        • Leandro

          Já tem polo circulando na rua?

          • Ernesto

            Talvez tenha sido algum de test drive.

      • Jesse James

        O de 50k eh pe de boi, mas comparado com seus concorrentes nao deixa nada a desejar, ainda tem 4 airbags e 5 estrelas de segurança, 2k de acessorios ele ja fica mais bacana.

      • Franco da Silva

        Concordo e acrescento: ergonomicamente superior até mesmo a veículos de “categoria” superior.

        • Tchones

          Como um carro que não tem nem regulagem de altura do voltante pode ser ergonomicamente superior a carros de categoria superior?

      • João Martini

        O que mais me surpreendeu foi a qualidade de rodagem: silencioso, macio e sem vibrações. Chega a lembrar um médio. E um detalhe bobo mas que gostei: a buzina é de golf.

    • ViniciusVS

      Semana passada andei no 1.0 aspirado e é realmente lamentável em questão de design e acabamento…

      Parece mesmo um gol, além de ser fraco e básico demais… Achei o Polo velho bem mais agradável, mas é questão de gosto… Está mesmo mais para uma nova geração do Gol que para um Mini Golf. O carro não tem porte…

      É claro que o carro é bom, seguro… Mas não é tudo isso não. Acredito que a Versão Highline seja a mais agradável.

      • th!nk.t4nk

        Curiosidade: na Europa a imprensa foi unânime em afirmar que o novo Polo está muito acima do antigo em acabamento e qualidade construtiva. Falam muito sobre o porte maior também, e como ele se tornou uma alternativa melhor do que o Golf de entrada. Nao é possível que no Brasil tenham depenado tanto assim o carro, ou é? A meu ver as pessoas podem estar deixando o psicológico falar mais alto e associando o carro ao Gol, pelo visual. Mas dito isso, nao conheci pessoalmente a versao brasileira pra saber se mantiveram o mesmo padrao geral.

        • Dherik

          Os jornalistas devem ter andado no top de linha lá, que tem algumas diferenças para o nosso. A principal é o acabamento emborrachado que o nosso top de linha não tem…

          E aproveitando, eu esperava um acabamento mais refinado internamente neste Polo. Parece besteira, mas isto vai me fazer segurar o dinheiro para escolher um carro internamente melhor.

        • ViniciusVS

          Veja com seus próprios olhos.

          Eu gosto do Polo, teria um sem problema algum porém somente o Highline ou no máximo um 1.6 AT… a crítica não é sobre a qualidade do carro, isso ele tem e é indiscutível.

          O problema é que o acabamento da versão MPI que eu andei é horrível e de péssima qualidade, tão ruim quanto o do gol, o desempenho também é sofrível e a qualidade dos bancos poderia ser melhor. O carro é cheio de economia porca como regulagem manual do retrovisor e falta de regulagem de altura no volante…

          Questão de porte o carro é estreito e a traseira idêntica a do Gol, logo da sim para confundir. E o carro em questão de porte está mesmo mais para um Gol que para um Golf.

          De Golf esse carro tem a qualidade construtiva, design é de gol mesmo… Eu esperava bem mais do carro e me decepcionei um pouco nesta versão.

          A paixão e o fanatismo que a galera tem pela marca acaba cegando elas.

    • Hadson Nobre

      O diferencial, que o aproximaria do golf seria o belo teto solar. Sem isso, fica a impressão de golzão mesmo, ainda que o veículo seja espetacular em outros quesitos.

    • thi

      Va ao medico , o polo tem um Porte e a traseira ta mas pra BMW serie 1 angry birds

  • HugoCT

    Os carros aumentam de valor porque o povo paga, carro 1.0 custando 50 mil é um absurdo, mas é o preço praticado hoje no brasil. Eu não compro mais 0km

  • André A

    Eu fiz test-drive em um Highline e atesto: o carro é ótimo. O único porém fica pelo acabamento, que dava pra ter tido um esforço a mais por conta da VW, nem que resultasse em um R$ 1.000 ou R$ 2.000 a mais na tabela. Mas, sem dúvidas, é o melhor custo-benefício da categoria, ganha do Argo GHT e dos outros rivais por muito, muito mesmo.

    MAS essa pré-venda (e agora venda) é esquisitíssima. A pré-venda do Highline esgotou no mesmo dia que começou e, diz a lenda, nunca esteve disponível com o technology pack (que adiciona o desejado active info display e rodas 17). Nas concessionárias, nenhum consultor parece saber ao certo quando de fato o Highline estará disponível. Uns falam que ainda conseguem entregar esse ano mesmo, outros juram de pés juntos que o Highline com technology só chega daqui uns 4-5 meses. É complicado quando você tem de fato interesse e fica parecendo que nem quem trabalha lá sabe das coisas, parece amadorismo.

    • Jesse James

      Dezembro acho amigo

    • Marciofilho Santos

      tenho amigos que traballham na fabrica e desde ontem estao em casa por falta de peças pra montar o dito cujo do POLO

      • Jesse James

        A eterna briga da VW com fornecedores de peças, quando sera que eles vao ajustar isso

      • adrielmenezes

        E quem comprou na pré venda fica em chupando dedo.
        a VW deve realmente ser muito cruel com os fornecedores

        • Marciofilho Santos

          é aquela politica de pagar um preço pela peça que nao da lucro mas tb nao deixa o fornecedor quebrar! e se nao tiver volume ele quebra!!! foi o que aconteceu com várias empresas fornecedoras nesses anos

          • adrielmenezes

            resultado: fábrica parada, funcionário em casa e quem comprou na pré venda……..bem, esses já erraram em comprar algo tão caro, que nunca viram e que historicamente a primeira versão dos carros da VW vem recheado de defeito

  • Júnior Nascimento

    Só falta esse amarelo.

  • Leonel

    Esse carro merece, tranquilamente, ser um sucesso de vendas! A VWB errou muito no Golf, mas acertou em cheio nesse Polo.

  • Jesse James

    A Pre Venda do Polo vendeu igual os 3 primeiros meses do Argo somados kkkk…calma haters!

    • André Pira

      Calma Volksmaníaco! Pré-venda não quer dizer que os 4 mil foram vendidos…menos, bem menos!

  • Jesse James

    Noticias Automotivas deveria fazer um Post explicando para os leitores que praticamente 50% do valor de um carro no Brasil sao IMPOSTOS, todo post tem gente xingando montadora, concessionario, nao sei o que menos o governo que eh o principal culpado de tudo, porque alem de complicar a vida das montadoras no Brasil cheio de “burrocracias”, eh responsavel pela METADE do valor de um veiculo, isso ja eh mais que comprovado. Um veiculo de 40k mil reais ja com os lucros da montadora e do concessionario, vira 80k. Quando voce compra um carro pra voce, voce compra um igualzinho para o estado!

    • V12 for life

      Realmente esse Polo de entrada com os mesmos 15% de impostos cobrados na Europa custaria por volta dos 32 mil, um valor bem mais justo pelo que oferece.

    • Guedes

      tem uma matéria da Rede Record dizendo que isso é mito e que os preços no Brasil são pautados no se colar colou. matéria de 3 anos atrás . procure no youtube

      • Cesar

        Qualquer produto ou serviço é pautado no se colar, colou. A fábrica quando desenvolve um produto contabiliza o seu custo de produção e impostos e em cima disto, define o valor. Se a margem é alta e o preço cola, ela não está errada. Agora, é fato que os impostos correspondem a metade do preço. Vá em um posto de gasolina, abasteça seu carro e peça uma nota fiscal, veja com seus próprios olhos.

        • Guedes

          Correspondem a metade do preço, talvez. Mas as empresas “tem” que cobrar a outra metade “cheia”? Em outras palavras, vai 50% de imposto e os outros 50% vão pra empresa? vc acha pouco?
          Todos sabemos que a margem de lucro no Brasil está entre as mais altas do mundo. Aí que entre o “se colar colou”.
          Ou vai me dizer que a margem é alta por causa do impostos?

    • Cosi fan Tutti

      TA certo, mas ae vc tambem teria de comentar que o Brasil é um dos que cobram menos IR, teto de 27% (média mundial é 33%, países da UE cobram até 59%, Eua 40%, qt mais rico mais se paga) e o mesmo para imposto sobre heranças (Brasil 8% Eua 30% ). Será que os ricos topariam pagar mais IR e herança, para que se diminuisse no consumo? Sem contar que nestes países quem tem grana paga por tudo, desde universídade pública, saúde pública, estradas etc.. e paga sem reclamar.

    • Diego

      Discordo plenamente.

      Basta pegar as vendas para deficiente, um Move UP! com isenção de vários tributos é vendido a 40 mil Reais, se antes os tributos pesariam nesta conta verificamos que ainda existe muito lucro a ser eliminado.

  • João Paulo Barbieri

    Pré venda…As vendas mensais reais não passarão de 3.500un.

  • Mauro Moraes

    Se esse carro vender menos que o Argo vão dizer que foi erro de lançamento. Por hora, é melhor esperar e ver a aceitação do mercado. Acho que a versão de entrada menos potente vai micar assim como aconteceu com a primeira geração.

    • thi

      Se vender menos he pq vai prosperar os precos

    • Ernesto

      O Argo começou a vender melhor porque a Fiat está dando descontos. Se não fosse isso, amargaria números bem abaixo do esperado (mesmo com desconto, ainda está abaixo).
      E assim como o Argo 1.0, o Polo 1.0 MPi não deve vender muito.

  • Leo

    Vi o primeiro ontem em Brasília. Vermelho sólido, sem nenhuma referência ao motor na traseira (MSI/200TSI), o que me faz crer que era o 1.0 MPI. Só achava que ainda não estivessem entregando o carro. As impressões visuais que causou: é grande e largo, seria um “hatch médio” em outros tempos. A traseira confunde um bocado com a do Gol e só mesmo a largura e a inclinação invertida das lanternas mata a charada para os olhos mais atentos. De perfil é bem claro se tratar do Polo. De frente, está mais para Golf do que para Gol. Achei bonito, sóbrio e aguardo pela Highline ao vivo para dizer se impressiona ou não.

    • Ernesto

      Será que não seria carro de test drive?

      • Leo

        Não tinha adesivos, era conduzido por uma única pessoa e estava distante de qualquer concessionária (próximo à Ponte JK)… acho que foi mesmo o primeiro vendido por aqui, ou um dos primeiros. Inclusive já se encontra o 1.0 e o MSI no Webmotors a rodo.

  • Asdrubal Trombone

    “Intenção de compra” é o mesmo que “produto vendido”? Acho que um outro critério mais correto seria anunciar quantos emplacamentos foram feitos, não?

  • Daniel

    A galera do Recall…

  • Lucas086

    Ontem eu entrei um polo Msi prata, com o pacote de opcional. E o que tive foi uma só impressão: decepção. O acabamento em cinza na sua maioria, tem a impressão que vai se quebrar com o tempo, remete ao fox de 1 geração, os vidros estavam abertos e ao fechar a porta, o vidro balançava na canaleta, em um carro de test drive… não achei o espaço no banco traseiro muito maior que um onix, por exemplo. O que eu gostei foi a ergonomia, o banco tem uma regulagem excelente, a montagem bem feita, o porta malas é adequado também, o fundo nem parece tanto o gol pessoalmente, lembrou a série 1 mesmo, leeeeeeembra beeeem distante, e isso… mas o acabamento da msi, é decepcionante mesmo, nunca cogitaria pegar uma versão Msi, pq ela faz vergonha.

    • Ricardo

      Interior cinza sempre dá a sensação de pobreza, preto é muito melhor.

    • Dherik

      Sobre o vidro balançar na porta, o up tem o mesmo problema. Tive que arrumar por fora isto, o carro fica insuportável dentro depois de uns 10 mil km.

      • Lucas086

        Sem contar a forração dupla, que ficou devendo… enfim o carro é bom, um típico VW, mas economizaram demais no interior, ouso a dizer que Polo não é carro para ser comprado agora, tem que esperar um pouco pra ver se a VW dá uma melhorada no interior.

  • Gustavo Doricci

    4 mil intenções de compra mas muito provavelmente alguns compradores da versão 1.0 MPI irão desistir da compra ao ver o acabamento interno dessa versão.

  • Isaac Ferreira Santo

    É aquela velha estória. Um bando de TOLOS, sim eu disse TOLOS compram um carro em pré venda. Sem nem ver e muito menos testar. Pagam o preço que foi pedido. Resultado? Podem se preparar para aumento de preço antes do fim do ano. Brasileiro tem que pastar mesmo

    • Leandro

      Na minha singela opinião, tolo seria quem fica querendo dizer para outras pessoas como gastar seu dinheiro, acho que quem tem 50 ou 70 mil reais é um adulto que sabe o que está fazendo.

      • Diego G. de Lima

        Incluo nesse comentário até de quem fala dos compradores do Onix e agora o Ka. Ambos tem seus méritos e são bons carros, superfaturados, mas bons. Os cara tão falando até de financiamento.
        Como eu sempre digo “Meu dinheiro, minhas regras”

        • Dherik

          Não acho que deve incluir. Ambos são péssimos em segurança.

          • Retrato do Papai

            questão de prioridades… segurança ou visual bonito? telinha ou mecânica moderna?

        • Retrato do Papai

          cada um faz o que quiser com o seu dinheiro… tem gente que gasta 50k com tecnologia e segurança, outros gastam com telinha e visual atraente… se a pessoa quiser pode até queimar a grana

    • Marcelo Henrique

      4000 tolos que vão desembolsar 50 ou 70 mil reais?

      • adrielmenezes

        Aposto que dos 4 mil, pelo menos uns 2500 financiamentos irão rolar

  • Victor Hugo

    O que aconteceu com o câmbio de 6 marchas do MSI 1.6?

  • Davidsandro18

    Fui em uma ccs ontem em Praia Grande/SP e entrei no único que estava exposto no showroom, era um MPI preto com o connect pack, o porte do carro impressiona, com interior bem montado, mas que tem aquela aparência simples de versão de entrada. No meu ponto de vista erraram feio de não oferecerem itens simples como os sensores de estacionamento, retrovisores elétricos, e faróis de neblina… acredito que conforme a cadência da produção aumente, eles coloquem esses itens nas versões 1.0 e 1.6, pois não são todos que irão querer o TSI.
    To querendo um, porém os descontos para funcionários do grupo ainda estão baixos, 15% para os 1.0 e 1.6 e somente 10% para os TSI, e fora o prazo de 180 dias que estão dando. Se até lá não tiver o TSI manual, vou no AT mesmo, vi alguns vídeos e o casamento motor/câmbio me pareceu interessante.

  • Alexandre César Jardim

    Não reclamem. VOTEM BEM.

  • adrielmenezes

    4 mil beta testers

    • Robinho

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • thi

    Ja vi um , Show de bola . Porte de medio , e traseira de BMW .

  • Speed Racer

    É o melhor Hatch compacto. Sem mais!

  • Peuooo

    O único erro deste carro é não ter a versão automática do 1.6… tem um gap muito grande entre as versões… ou poderia lançar o 1.0T automático baseado no 1.0 e 1.6msi…..

  • Luis Burro

    Q painel esquisito, não sei pq me lembrou um caminhão.
    Qnto ao sucesso, não acho tdo isto.No Brasil quase todos os lançamentos causam este rebuliço,tbm pela linha defasada da Volks acho q a marca nem tem o q comemorar pois só deixa isto mais evidente!

  • Pedro Mello

    O Kwid teve 10k de pré-venda. Já no segundo mês de venda deu uma empacada. Se for regra o Polo vende uns 600 carros no segundo mês.

  • Diego

    Lixo de acabamento, único que presta é a versão 1.0 TSI HIGHLINE

  • Robinho

    esse painel é muito feio, parece de caminhão…por fora mais do mesmo, mas se seguir o antigo Polo deve ser um bom carro.

  • Joaquim Grillo

    O Polo no máximo vai brigar para o 10º lugar esse carro é bem sem graça ja vi ele

    • thi

      Sem graca?? Eu achei lindo . Oq he gra,CA pra vc?

  • Comentarista

    Torço pelo sucesso do Polo mas sei que vai ser páreo duro… só dentro de casa tem Gol, Fox e Golf.. todos com a mesma cara.
    Vai precisar de um bom argumento para conseguir vender bem depois de acabadas as pré-vendas.

  • DinhoRoxxx

    Jurava que era um gol

  • Cristian Dorneles

    Marketing, puro e simples.

    A Kombi Last Edition tinha tanta demanda que foi vendida pra frotistas, exportadas….

    VW é boa pra plantar notícia fantasiosa….

    Bobo é fanboy que acredita e estuda o peito…
    😀😀😀😀

  • Kadu_CE

    Não curti ainda a relação preço/recheio do 1.6. (e a bundinha de gol).

  • Fanjos

    Cade os faróis da versão europeia?

    • Alexandre Maciel

      Removeram para fidelizar a questão da identidade visual, creio.

  • Rômulo Hamad

    pronto, em dezembro já vai ter reajuste

  • Rafael Tardelle Lima Silva

    Pré venda pouca, sendo que desde vários meses se tem essa pré venda quase anunciada, e nesse montante pode tá incluído os carros de teste drive das concessionárias espalhadas pelo país, pra um carro que teve tanto “bafafá”, “5 estrelas” etc.. pensei que fosse bater umas 10 mil unidades.

    • Ernesto

      O pré venda iniciou em 29/Setembro.

  • Ricardo Blume

    Adquira o seu antes do aumento.

  • Pedro Neto

    Em Dezembro mesmo estará entre os 5 mais vendidos… matará no ninho dentro de casa, Fox, versões mais caras do Up e do Gol. Fora de casa, vai abocanhar fatias dos fracassados PSAs C3/308, das versões top do Onix,, HB20, Fiesta e até do Fit.

  • CanalhaRS

    O Polo não me interessa, mas estou esperando pelo Virtus…quem sabe rola um clima…hehehe

  • Ricardo

    Vi um 1.0 prata e branco na concessionária!
    Achei o design dele animal, para quem curte carros mais esportivos como eu, adorei seu estilo largo, baixinho e comprido para um hatch pequeno, isso que estavam sem rodas. É carro de homem, não é como esses altinhos toscos que têm por aí! Felizmente, para mim, seu estilo mais esportivo espantará compradores mulheres e manés, mas para a VW pode ser ruim, pois diminuirá as vendas ou bom, pois pode atrair vários clientes sedentos por esse tipo de carro, menos do mesmo!
    Dessas versões de entrada, o interior, apesar de materiais muito bem encaixadas, poderiam ter alguns detalhes de tecido e outras texturas, fariam toda a diferença.
    Preciso ver o top 1.0T agora, deve ser demais!

  • Will Saint

    Os Hater são em sua maioria uns LISOS
    Eu Entrei nessa de pre venda ja estou com um NOVO POLO HIGHLINE 200TSI Prata Tungstenio lindo 1,0 turbo o carro é o máximo, deixei de ser motorista num FOX para ser um piloto no New Polo Turbo. O cambio na posição SPORT torna muito prazeroso o modo de PILOTAR!
    Daqui a 1 ou 2 anos vou chipa-lo pois pra que guardar dinheiro, se ele pode agora nos dar prazer.
    Hater” é um termo usado na internet para classificar pessoas que postam comentários de ódio ou crítica sem muito critério.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend