Elétricos Mercado Volkswagen

Volkswagen quer comprar Tesla, diz site alemão

Volkswagen quer comprar Tesla, diz site alemão

A Volkswagen é atualmente o maior fabricante de veículos do mundo e quer ser também o primeiro em volume de carros elétricos. O gigante da Baixa Saxônia devorou várias marcas ao longo dos últimos anos, mas uma em especial parece estar na mira de Wolfsburg.


De acordo com o site alemão Manager Magazin, Herbert Diess estaria disposto a comprar a Tesla. Em uma entrevista com o CEO da VW, este teria dito que por ele mesmo, já teria adquirido a empresa de Elon Musk, o visionário do Vale do Silício.

Diess não está sozinho nisso, chegando a citar que pessoas próximas do comando também o apoiam numa eventual decisão de aquisição da Tesla. Mas, e o dinheiro? Isso não é problema para a VW. Segundo o chefão, o negócio giraria em torno de US$ 27 bilhões para uma compra por completo.

A estratégia seria a mesma de outros negócios do setor, com a aquisição de uma participação e depois a complementação de todas as ações após certo período. Com a compra da Tesla, a VW teria acesso às tecnologias de baterias e software da empresa de Fremont.


Isso sem contar o mercado que a Tesla está conquistando no mercado americano, onde seus carros premium já se encontram entre os mais vendidos. Com a decisão da VW de entrar no jogo da eletrificação com nada menos que 70 modelos no grupo, ao longo dos próximos anos, ela teria chance de se tornar líder mundial em pouco tempo.

Volkswagen quer comprar Tesla, diz site alemão

Até aí, tudo parece bem para Diess e o comando da VW, mas não é exatamente assim. Duas forças poderosas dentro da montadora estão contra a ideia, os clãs Piëch e Porsche. As duas famílias com origem no engenheiro Ferdinand Porsche estariam se opondo ao negócio.

O motivo pode ser a ascensão do Porsche Taycan, que é declaradamente um anti-Tesla. Ele vem crescendo em pedidos e muitos deles de desistências da marca americana.

A VW, oficialmente em resposta à Reuters, disse que a informação “não tem fundamento”, não desmentindo em nenhum momento Diess ou mesmo alegando que a notícia é falsa. Também negou uma participação inicial, mas não comentou sobre uma compra por inteiro.

[Fonte: Manager Magazin via Isto É e Observador]

Volkswagen quer comprar Tesla, diz site alemão
Nota média 4.9 de 7 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Chap

    A Tesla tem um valor enorme nas soluções que desenvolvem nos quesitos de condução autônoma e eletrificação, certamente são cobiçados por qualquer fabricante de autos que queira se garantir no futuro. A aquisição de tudo isso já pronto sairia mais barato e principalmente mais rápido do que desenvolver tudo por conta.

    Uma coisa que venho pensando, a GE tem um inestimável know-how para soluções relacionadas a eletricidade e está a beira da falência por muitos anos de má gestão… Não seria interessante comprá-la?

    • Também, errando a mão em motores de avião, fica difícil.

      Basta ver que o 777-X vai atrasar graças a nossa querida GE.

      • Edinaldo_Tapica

        Pratt & Whitney e Rolls Royce também tão com problemas de engenharia reportados ultimamente. Só a IAE parece estar mais sólida em imagem…

  • th!nk.t4nk

    Lembrando que a Tesla já esteve perto de ser vendida um ano atrás. Mas hoje em dia seria difícil, pois o Model 3 está em forte ascensão e o Elon Musk parece ter outros planos. Agora, um aspecto pouco lembrado é que a Tesla se beneficiaria muito do know-how da VW com fabricação em massa e controle de qualidade. Pensando friamente, seria bom pras duas. Mas pessoalmente prefiro ver o circo pegar fogo, com cada uma em seu canto competindo ao máximo.

    • fabio

      …….controle de qualidade……. vc so pode estar brincando que a VW tem essa qualidade, vide os problemas do POLO VIRTUS Eximios queimadores de Pes

      • Vitor

        O meu camarada, isso é aqui na banania, fora daqui VW é sinônimo de confiança e durabilidade, mais até que os japoneses.

        • murilo

          Exatamente. Polo e Golf em muitas reviews são vistos como as melhores opções em seus respectivos segmentos. O Up tbm foi muito bem visto como uma opção barata e de entrada.

        • TchauQueridos

          Diesel gate ?

          • Vitor

            Tirando isso qual o outro grande escândalo da vw? n tem.

        • Edinaldo_Tapica

          Mais que japoneses, aí é exagero hahahaha

          • Até mesmo na Audi. Olhei hoje um A3 sportback alemão e um A3 Sedan. Já se percebe a diferença.

            A VW daqui é dose de elefante.

            Porém, creio que Toyota e Subaru são mais confiáveis.

            • Edinaldo_Tapica

              Certeza. Toyota, Honda, Subaru e Nissan é outro nível de confiabilidade (o que dizer de Lexus, Acura, e Infiniti…) . Tivemos em casa Pug, Renault, Fiat, VW (vários), Chevrolet, Ford, Nissan… Dá pra notar claramente uma diferença em durabilidade nos japoneses (Sentra e March)

          • Vitor

            Depende do lugar e do carro também.

      • Andre Cupertino

        Queimadores de pés???

        De onde vc tirou isso??

        Tenho um Polo e um Virtus e nunca ocorreu nada semelhante.

        • Senshi

          É um problema já corrigido, mas aconteceu muito com os primeiros compradores.

      • Mr. Pennybags

        jura q vc acha que o grupo VW se resume a Polo e Virtus?kkkkk
        pode por na conta aí: Bugatti, Bentley, Porsche, Audi, Lamborghini, Scania, MAN, Ducati, Seat e Skoda! “apenasmente”

  • Alvarenga

    Pode até ser um sinal de que o Tesla esteja caindo na real ! Saida à francesa…..

    • klaus

      saída à alemã…

  • fabio

    Só uma pergunta: A TESLA ESTA A VENDA ?????

    • New World

      Que eu saiba não, a fábrica da Tesla em Shangai, está em fase final e em poucos meses começará à produção de versões do Model 3 mais acessíveis pra vender na China e em outros países, Tesla está escolhendo o local da próxima fábrica na Europa e a preferência é a Alemanha

    • Vitor

      Tudo tem seu preço meu amigo, tudo tem seu preço.

    • Zé Mundico

      Dependendo do valor, estamos abertos a qualquer negócio.

    • Em se tratando de capitalismo tudo está a venda, basta alguém oferecer o preço certo.

      • Willian Soares

        Bem, quem leu a biografia do Musk sabe que ele vai lutar até o final para não vender a Tesla, desse modo acho meio improvável uma venda…

    • TchauQueridos

      Isso tá me parecendo pura especulação.
      Se colar colou…

  • Murilo Soares de O. Filho

    Se você não pode com ele, você compra…rs

  • Emilio

    27B pela TESLA? Não parece muito caro visto que o WhatsApp foi vendida por 19B e tem bem menos ativos, tecnologias e patentes.

    • JDeliberador

      se analisar que a Toyota e a Mercedes valem ao redor de 50B, BMW 40B, Honda e Ford 20B e são marcas muito maiores e antigas é um ponto fora da curva sim a Tesla valer na faixa de 30B

      • Emilio

        Verdade…

      • Fernanda Figueredo

        Todas elas tem o que a tesla não tem, um grande passivo de funcionários e fábricas… Só ver o quanto de funcionários mandam embora e ainda sim são muitos. Tesla é uma empresa nova, muito mais ágil e moderna em termos de gestão, nem se comparada.

    • carnero

      Otimo ponto de vista…. não tinha pensado por esse lado

    • Senshi

      WhatsApp tinha algo muito mais valioso, dados de bilhões de usuários.

    • Mas aí é o seguinte, quantas pessoas no mundo usam um veículo da Tesla por dia? E quantas usam o WhatsApp? O WhatsApp só não é mais lucrativo porque o Facebook não quer, pois poderia movimentar fortunas com publicidade, bastava um anúncio de publicidade por dia para cada usuário.

      • Eu acho que a publicidade já existe, só não é vista. Com os dados que eles capturam, vc fala de um carro no zap, e no instagram ou face aparece propaganda dele.

      • Emilio

        Mas neste caso, a Tesla pode muito bem ser a próxima grande montadora, dada a iminente mudança na forma com que se fabrica veiculos (de um modo geral).

      • Fernanda Figueredo

        Mais lucrativo? O whatsapp não dá lucro algum! Só pesquisar!

  • Marcelo Ceno Dutra

    Os herdeiros da Porsche estão exagerando, dentro da própria marcas existem diversos veículos que competem entre si. Isso claro, na minha ultra leiga opinião.

    • murilo

      Exatamente. Existem modelos VW, como versões tops do Golf, que competem com Audi A3, SUVs como Tiguan e Touareg tem plataforma e até preço similares a SUVs da Audi, o mesmo vale para sedãs. Audi A7 pode ser considerado competidor do Panamera, Audi TT competidor do Porsche Boxster e Cayman. Audi R8 V10 compete com Lamborghini Huracan. Bentley Bentaiga contra Lamborghini Urus…
      A diferença é q na minha opinião esse Taycan vai vender MUITO. A Porsche colocos uns adesivos na dianteira e traseira pra disfarçar, mas se olhar bem o carro é muito semelhante ao conceito. Com certeza vai fazer sucesso e pegar uma fatia grande do mercado, então talvez seja melhor esperar o carro ser lançado oficialmente e os resultados, pra depois pensar se vale a pena ou nao comprar a Tesla.

      • Mr. Pennybags

        Acho q eles mantém as marcas independente no quesito “categorias” para o caso de futuros desmembramentos do grupo.

      • Mas na sua comparação, sempre são modelos da marca inferior em suas versões top de linha contra a marca superior no segmento de entrada.

    • Zé Mundico

      Mas isso não é necessariamente uma coisa ruim. Carros premium sempre terão demanda direcionada a um público específico, que valoriza muito a marca. Outro ponto é que isso possibilita maior opção e variedade de modelos oferecidos, fazendo a briga “dentro de casa”, o que gera maior visibilidade a marca.

    • J.J

      Os herdeiros da Porsche são apenas uma parte dos donos da VW.
      Quem tem grande poder de mando hoje na empresa são os investidores árabes.
      A propósito, a europa inteira está sendo comprada pelos árabes e indianos.

  • SDS SP

    Não duvido que isso role um dia. Tesla é uma empresa zumbi. Sua operação é basicamente sustentada por rolagem de dívida e graças ao dinheiro barato das políticas de afrouxamento monetário dos últimos anos.

  • carnero

    Só assim pra escapar da multa americana do dieselgate…kkkkkk
    Ta dificil desenvolver carro eletrico né, vamo comprar os concorrentes
    DAS AUTO

  • Miguel

    Elon Musk já está quase deixando a NASA aos seus pés depois de lançar foguetes Falcon 9 e Falcon Heavy ao espaço. Se conseguir avançar com sua nave espacial e foguete com capacidade pra chegar em marte, acho que dinheiro pra ele não vai ser problema…Rsss

    Claro que são duas empresas distintas, mas que provam que quando ele joga geralmente não é pra perder. Veremos!

  • RicardoVW

    Oligopólio!

  • Mas para aí?

    Segundo comentários do clã chinês aqui no NA, porque a VW não tenta a BYD, JAC ou Geely?

    As Bastiãs da tecnologia e inovação do mundo automobilístico?

    • Sino Weibo

      Primeiro, pq não estão á venda! As marcas chinesas são proibidas no momento, pois só se aceita joint-venture, que a VW já possui com várias. Mas isso já acabará em 2022, vão retirar todas as obrigações de parceria e liberar as marcas pra venda, e já foi anunciado que a BMW pretende comprar a Brilliance, sua parceira chinesa, será a primeira aquisição de uma marca ocidental dentro da China (a CAOA comprou a parte da Chery no Brasil, e não a Chery por inteiro, como muitos pensam).

      • Tem 50% pelo fato de ser condição de vender no País nobre gafanhoto.

        Vai pensando que elas entraram achando lindo essa “joint-venture”.

        • Sino Weibo

          Sim não acharam, mas os chineses sim.

      • Pelo acordo de acionistas, a CAOA passou a ser a controladora da Chery Brasil, com 50,7%, e a empresa deixou de fazer parte do Grupo Chery Internacional, passando a ser parte do Grupo CAOA e tendo a Chery Internacional como acionista minoritário. O mesmo acordo prevê a possibilidade da CAOA ampliar a cada cinco anos sua participação na operação brasileira, bem como poderá tornar-se acionista do conglomerado global, com a fusão das operações locais com as da matriz, se for de seu interesse, sem prejuízo ao controle operacional local.

        • Sino Weibo

          Nenhuma é independente, no sentido que eu quis dizer, que não podem ser vendidas. Já ouviu falar de alguma montadora chinesa que foi? Eu nunca. E os estrangeiros tem interesse sim, pra faciliar seus negócios por lá, mas não pode. Tanto que esse anúncio da Brilliance ser comprada pela BMW foi feito agora mas só se efetivará a partir de 2022, quando vai acabar estas imposições. É provavel que outras também sejam vendidas, ou entre grupos chineses, ou para grupos de fora.

          • Lifan, Geely e Great Wall são privadas, e só não podem ser vendidas a estrangeiros até 2022, mas são independentes do Governo, certo? Ainda sim, podem ser vendidas a cidadãos chineses nesse meio tempo.

            Se realmente em 2022 houver a permissão de aquisição das mesmas, já sabemos que JAC, GAC, Brilliance e Chery já possuem compradores estrangeiros a vista.

            Vi que o Governo Chinês pretende realizar uma grande fusão entre boa parte de suas fabricantes de carros, afins de criar grandes marcas chinesas e reduzir a pulverização do mercado local, com suas mais de 200 marcas.

            • Sino Weibo

              Sim internamene podem, só depois que acabarem as parcerias saberemos mesmo quais irão durar, pois hoje muitas principalmente estatais tem alto volume por causa dos modelos feitos para as multinacionais, com produtos próprios de pouco apelo ou vendas baixas. Das 4 estatais principais SAIC, Chang’an, FAW e DongFeng pra mim a que mais se sobressai é a Chang’an. A Geely é indiscutivelmente o melhor case de sucesso entre elas, a Chery já esteve pra ser privatizada, e tirando ela, as mais internacionalizadas são exatamente estas, Chery, JAC e GAC.

    • A VW tem interesse em adquirir a JAC em 2022, assim como a BMW tem interesse em adquirir a Brilliance. A CAOA também estuda ampliar sua participação na Chery Brasil e mesmo passar a ser acionista da Chery Internacional.

  • Eric PB

    esses alemónnss não sabem brincar.

  • Samluzbh

    A VW no passado comprava fabricas para fechar, hummm, será?

  • Edson Fernandes

    Curioso.

    Se a Tesla já divulgou abertamente como funcionam seus sistemas eletrificados, como pode precisar da fabricante para tal condição? Isso me deixou curioso.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email