EUA Mercado Pickups Volkswagen

Volkswagen registra o nome Amarok nos EUA e aumenta expectativa sobre a picape

volkswagen-amarok-2017-impressões-NA-13 Volkswagen registra o nome Amarok nos EUA e aumenta expectativa sobre a picape

A Volkswagen registrou o nome “Amarok” no serviço de patentes dos EUA. Essa proteção garante que a designação não seja utilizada por outro fabricante para atuação no mercado automotivo. Mas, não é apenas isso, a montadora alemã pode não só estar protegendo a marca, mas também preparando o terreno para a chegada de uma picape média no mercado local.



Como se sabe, as vendas de picapes nos EUA estão em alta, assim como de crossovers e SUVs. Em recente tendência, o consumidor americano voltou a ter interesse pelo segmento médio, que até então estava abandonado pelas Big Three, que o havia abandonado há alguns anos e apenas algumas marcas japonesas insistiam em manter-se na categoria, sendo elas a Toyota com a Tacoma, a Nissan com a antiga Frontier e a Honda com a “monobloco” Ridgeline.

volkswagen-amarok-2017-impressões-NA-13 Volkswagen registra o nome Amarok nos EUA e aumenta expectativa sobre a picape

Mas, a General Motors decidiu que era o momento de voltar e por isso lançou a Chevrolet Colorado em versão americana, assim como sua equivalente GMC, a Canyon. Diante disso, a Ford anunciou que retornará com a Ranger, mas ainda não se sabe se será tão modificada para os EUA quanto a picape da GM, que igualmente é vendida no mercado exterior, mas com estilo diferente. A Nissan recentemente disse que haverá uma Frontier mais focada no estilo local.

A FCA até o momento não se moveu nesse sentido, porém, o grupo ítalo-americano pode estar em um projeto direcionado para o segmento, mas não sozinho. Segundo rumores que circulam nos EUA, a Volkswagen estaria interessada em entrar no mercado de picapes médias, mas poderia fazer isso em conjunto com outro fabricante e esse seria a Fiat Chrysler.

volkswagen-amarok-2017-impressões-NA-13 Volkswagen registra o nome Amarok nos EUA e aumenta expectativa sobre a picape

A questão é que a empresa liderada por Sergio Marchionne não tem dinheiro para investir em uma sucessora da Dodge Dakota, que já foi a opção da Chrysler para o segmento há muitos anos, inclusive com produção no Brasil. Atualmente, a RAM só vende picapes do modelo 1500 para cima. Ou seja, apenas atual na categoria full size. Fora dos EUA, apenas a Fiat Fullback atenderia ao propósito, mas ela é um acordo com a Mitsubishi para a Europa, já que se trata de uma L200 Triton.

Como agora a marca japonesa faz parte da aliança Renault-Nissan, dificilmente será possível vende-la nos EUA sob a marca RAM, ainda mais que a ideia do grupo franco-nipônico é retornar com uma picape média também para a Mitsubishi no mercado local. Assim, as chances de VW e FCA se unirem para vender picapes médias por lá é bem grande. Sabe-se que as duas empresas costuram um acordo para utilização de veículos comerciais no país, utilizando o modelo Caddy, por exemplo.

volkswagen-amarok-2017-impressões-NA-13 Volkswagen registra o nome Amarok nos EUA e aumenta expectativa sobre a picape

A opção é estranha, visto que a FCA tem o Fiat Fiorino Qubo e o Fiorino Van (modelos europeus), mas no caso de uma picape média como a Amarok, faz sentido. As duas empresas querem atuar no segmento e assim reduziriam os custos. VW e Chrysler já atuaram em conjunto na venda da minivan Routan, que era uma Dodge Caravan. Numa eventual chegada da Amarok, provavelmente sua produção será feita em Chattanooga ou no máximo em Puebla.

Além disso, a Volkswagen pode mudar muito pouco o estilo da Amarok, visto que não é característica da marca fugir muito de seu visual padrão. Em termos de motor, o V6 3.0 TDI não teria problemas em atuar nos EUA, pois já foi corrigido no Dieselgate. Mas, em caso de se evitar seu uso, o VR6 3.6 de 280 cv é uma alternativa considerável, já usado no Atlas. No caso da FCA, a uma sucessora da Dakota poderia utilizar motor e câmbio da VW, talvez introduzindo uma versão diesel com adaptação do V6 3.0 EcoDiesel da VM Motori.

[Fonte: Motrolix]

 

COMPARTILHAR:
  • Pedro Cunha

    Tenho certeza que se a FCA der uma “anabolizada” na Toro, vai vender feito pão quente nos eua/canadá. Se bobear, poderá até renomear
    e chamá-la “Dakota”.

    • yurieu

      Concordo com o Sr. Eles vendem aquela Cherokee que é praticamente a mesma coisa. Só acho impossível rebrandear ela como RAM, FIAT ou Chrysler. Talvez como Dodge.

    • Raimundo A.

      Se o ser anabolizar for crescer o tamanho, é provável que a plataforma mude, pois o Toro usa a de compactos na medida até então mais esticada, que é usada no Doblo NG alongado que pode levar 1 ton.

      Para ter medidas das médias e o modelo da Honda que usa plataforma é maior que o Toro, a plataforma teria que ser a de médios da FCA por permitir maiores medidas, sobretudo na largura.

  • Marcus Vinicius

    Acho que macri iria querer que seu país exportasse amarok para a terra do tio sam de seu amigo trumpão !

  • thi

    RAPAZ sou fã dos vw tipo amarok,golf ,polo em fim….pra a vw vender bem lá tem q ir entregando mais por menos,acredito q com a v6 seria uma boa sim .

    • Evandro

      Talvez tbm não adulterar os carros para não passar vergonha e quem sabe mudar o visual que é praticamente o mesmo pra tudo qto é carro, ah não, impossível, é VW….

      • thi

        nossa que raivinha kkk … acho q vc não ler noticia não, não foi só a vw q adulterou não amigo fica calminha e acho q vc não esta conectado aos novos lançamentos da vw (que estão lindos por sinal) novo arteon e t-roc. é vw a mesma q produz audi/skoda/seat ;)

      • thi

        calma fera ,vou falar com calma pra a equipe do na nao apagar meu coment, vc deve ser hater, mas a vw não foi a unica e se atualize pq a vw lançou arten e t-roc , e sim é possivel dos mesmo criadores de audi/skoda/seat sim é vw!

        • Evandro

          Não sou hater, não estou defendendo e não defendo carro algum, e não ser a única não é benefício, é só mais motivo de vergonha, pois não deveria estar na lista, qto a audi, skoda e seat, podemos ver que é vw msm, tudo igual entre eles, esses dias pensei em trocar meu carro e fui ver uma a3 sedan, ai vi a a4, podia jurar que era o mesmo carro apenas maior….

  • thi
  • thi

    off: N.A. tem um video rolando no youtube que me impactou,o relato de um dono de um up tsi que sofreu um acidente e o carro deu pt, acho q vale a pena ser divulgado ,pois ressalta o respeito que uma montadora tem com um projeto de respeito e segurança, acho q divulgação dessses videos e relatos só vem a tender as pessoas o qt isso deveria ser a condição primordial na compra de um veiculo. a propria vw nunca soube vender seu peixe, vi o qt esse carro é fantastico nesse video e tenho muita pena de quem compra mobi,onixs da vida,carros ZERO ..ZeRO! estrela.desculpe até entendo quem é leigo mas eu e vc que anda em site automotivo ainda andar em uma carroças dessas ,ai sim tem ser muito tapado, hoje até meu pai se quiser comprar um onix da vida eu vou brigar feio pra ele não comprar uma coisa ultrapassada.sim pq hoje carro sem segurança é carroça.
    https://www.youtube.com/watch?v=ZzWKQNgdx_I

    • Evandro

      Menos né, não sou defensor de carro 0 estrela até msm pq acho que deveria ser proibida a venda de um veículo que não ofereça o mínimo em sergurança, mas qualquer carro aquaplanando em uma via com paredão q divida as faixas, fato que deve ter ocorrido, pois o dano na lateral ou foi por isso ou algum impacto com outro carro ou outro objeto, ficaria assim tbm, não envolveu a parte de cima do carro, dificilmente alguém se machucaria severamente em um carro de linha em um acidente assim… Esse pessoal que faz clube de carro, acha que todo carro q eles tem é o pica das galáxias….

      • thi

        pois a 90/100 por hora em um onix/classic/mobi da vida eu tava era vudido com f, meu primo tem um voyage desse mais novo e rodou bateu em um poste ,o cara ficou uma semana com uma dor na lombar e olha q o gol tem 3 estrelas,batida aparentemente simples . oq me espanta é as pessoas criticarem o carrinho ao invez de repassar a noticia. eu hein

  • Raimundo A.

    Será que vai ser um Amarok Plus Size ou vão tornar o interior padrão Passat americano? Esta última seria similar ao que fez a MB na Frontier para gerar a Classe X.

  • Evandro

    “Volkswagen pode mudar muito pouco o estilo da Amarok”, como de costume né, ficar 20 anos do mesmo jeito, carro novo com cara de carro velho….

  • SDS SP

    No fim, acredito mais na intenção de proteção de propriedade intelectual.

  • Ziliontec

    N.A.: Se forem vende nos EUA, como VW ou algum re-badge FCA, tem que produzir nos EUA ou no México, para evitar a “Chicken Tax”, criada em 1963, que cobra 25% de imposto sobre pick-ups e vans trazidas de fora.
    Uma curiosidade é a van da Ford, a Transit Connect, é importada da Turquia como carro de passeio, e num armazém em Baltimore são retirados os acabamentos e bancos traseiros, transformando-as em Vans de trabalho. E olha que essa lei era para proteger a Ford e as outras 2 da concorrência externa.

  • Henrique12

    Visual muito pobre para os EUA

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email