Brasil Mercado Volkswagen

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Paraná

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Paraná

Como prometido, a Volkswagen está, aos poucos, retomando a produção de veículos no Brasil neste mês de maio. A primeira unidade a reabrir hoje (18/5) é a de São José dos Pinhais, no estado do Paraná, onde a empresa produz o utilitário esportivo T-Cross.


Na planta, a Volks informou que o T-Cross será o primeiro modelo a ser produzido após a paralisação devido à quarentena. A empresa está trabalhando em dois turnos em ritmo lento e priorizando a segurança dos funcionários. Por isso, eles devem manter o distanciamento dentro da unidade, usar máscaras, entre outras medidas.

Vale lembrar que a Volkswagen criou um protocolo global com todas as recomendações para os colaboradores. A iniciativa começou na Alemanha quando o grupo retomou a produção por lá. Agora, tais medidas estão sendo aplicadas por aqui também.

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Paraná

“Vamos começar de uma forma muito planejada, com distanciamento recomendado entre pessoas e seguindo todas as boas práticas de limpeza e higiene”, disse Pablo Di Si, CEO e presidente da Volkswagen para a América Latina.

No Brasil, a VW ainda possui fábrica em São Bernardo do Campo, em Taubaté e em São Carlos, no estado de São Paulo. As três unidades devem ser reabertas apenas no final do mês de maio.

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Paraná

Além do T-Cross, a fábrica de São José dos Pinhais é responsável pela produção do Volkswagen Fox e do Audi A3 Sedan. O empreendimento possui mais de 2,5 mil funcionários e, desde a inauguração em 1999, quase três milhões de veículos já foram produzidos por lá.

“O retorno é um sinal importante para nós, para nossa rede de concessionárias, fornecedores e economia em geral. No contexto pandemia, porém, este é apenas o primeiro passo. É necessário um momento adiante para estimular a demanda do mercado interno e os países nos quais exportamos nossos veículos e, portanto, adequados aos volumes de produção diante da demanda”, finalizou Di Si.

Darlan Helder

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011

  • Ricardo Blume

    Não esqueçamos que temos outro problema agora: vender essa produção. Pátios lotados, preços em alta, mercado em pânico e o desemprego a porta de muitos. Boa sorte (mais uma vez) Brasil.

    • Cleber

      Exatamente o que eu ia falar. Bom que estão voltando a produzir, mas quem vai absorver isso se não tem demanda?

    • zekinha71

      Esse vende bem, em cada esquina tem um, mais fácil ver um T-Cross do que um Virtus.

    • Sino Weibo

      A dobradinha T-Cross e Nivus vão matar as versões mais caras de Virtus e Polo, quem vai deixar de levar eles pra comprar os dois que são péssimos em acabamento?

  • Lukoh

    Por acaso já é linha 2021??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email