Volkswagen retorna com T-Cross Sense a partir de R$ 92.990

Volkswagen retorna com T-Cross Sense a partir de R$ 92.990

A Volkswagen retornou com a versão Sense para o T-Cross, mas agora não mais apenas para clientes PCD. Já vislumbrando (também) o aumento de limite de IPI para PCD, aprovado pela Câmara, a marca alemã oferece o SUV com preço sugerido de R$ 92.990 para clientes finais.


Equipado “obrigatoriamente” com transmissão automática Tiptronic de seis marchas com motor EA211 1.0 TSI de 116 cavalos na gasolina e 128 cavalos no etanol, o T-Cross Sense chega com pacote de equipamentos próprio da proposta.

Nisso, ele traz ar-condicionado, direção elétrica, coluna de direção ajustável, vidros elétricos nas quatro portas, travamento central elétrico, luzes diurnas em LED, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e bloqueio eletrônico do diferencial.

O T-Cross Sense vem também com lanternas em LED, faróis de neblina, seis airbags, temporizador de faróis e luz interna, retrovisores elétricos, Isofix, Top Tether, barras longitudinais no teto, alarme, freios a disco nas quatro rodas, banco traseiro bipartido, entre outros.

Nessa versão, o T-Cross vem com as cores sólidas Preto Ninja e Branco Puro, e na metálica Prata Sargas. O interior é revestido em tecido Bandula cinza.

Com 4, 199 m de comprimento, 1,760 m de largura, 1,570 m de altura e 2,651 m de entre-eixos, o VW T-Cross tem de 373 a 420 litros no porta-malas, dependendo da regulagem do banco traseiro.

Ricardo Casagrande, diretor de Vendas da Volkswagen do Brasil, diz: “Devido ao grande sucesso de vendas do T-Cross Sense, retomamos agora as vendas desta configuração, com foco nos clientes finais, de varejo”.

Ele completa: “O T-Cross é um carro desejado pelos consumidores brasileiros, tanto que foi o SUV mais vendido do País em 2020. Por isso, esta nova estratégia para a versão Sense fará com que muitos realizem o sonho de ter um legítimo SUVW na garagem”.

De janeiro a maio de 2021, o T-Cross vendeu 25.861 unidades, ficando assim em quinto no ranking nacional.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.