Crossovers Europa Vídeos Volkswagen

Volkswagen T-Cross: conheça seus detalhes (vídeo)

Volkswagen T-Cross: conheça seus detalhes (vídeo)

O Volkswagen T-Cross é a grande aposta da marca alemã para o segmento de utilitários esportivos fora do mercado europeu, visto que lá já existe o T-Roc, crossover que também é produzido na China, mas em versões longa. Disponibilizado para a imprensa internacional na Europa, o SUV compacto não teve seu painel revelado, como pode ser visto neste vídeo do canal alemão Autogefühl.


Com linhas bem parrudas e sóbrias, o Volkswagen T-Cross é o que se esperava de um utilitário esportivo da marca alemã, ou seja, ele não irá chamar a atenção pelo design, que é bem simplista. A frente alta conta com faróis de dupla parábola com repetidor de direção e sem LEDs diurnos, que deverão ficar no para-choque junto com os faróis de neblina.

A grade é simples e não deve exibir grande expressão visual e com formato hexagonal como no T-Roc, assim como a traseira com lanternas compactas, mas horizontalizadas, divididas pela tampa do porta-malas. As colunas C são bem valorizadas no Volkswagen T-Cross, assim como a linha de cintura alta, para passar a impressão de maior robustez e segurança.

Volkswagen T-Cross: conheça seus detalhes (vídeo)


As portas traseiras possuem pequena elevação e não há vigias laterais nas colunas C. O Volkswagen T-Cross também não é tão grande quanto se esperava, medindo apenas 4,107 m de comprimento e os 2,56 m de entre-eixos herdados do Polo (comenta-se que no Brasil será um pouco maior com a base do Virtus: 2,65 m), já que é feito sobre a plataforma modular MQB-A0, que será construída também na planta de São José dos Pinhais-PR. No teto, barras longitudinais e defletor de ar traseiro.

Por dentro, apesar do tamanho, o Volkswagen T-Cross tem um espaço aparentemente razoável, conforme pode ser visto, chamando atenção para o banco traseiro bipartido com ajuste longitudinal, a fim de ampliar o espaço do porta-malas de 385 a 455 litros, o que deve satisfazer o consumidor brasileiro, que exige um bagageiro maior. Ele também apresenta a prancha para elevação ou separação de bagagem. O volume pode levar até 1.281 litros com o rebatimento desde e do encosto do passageiro, item já visto nos Polo e Virtus nacionais.

O acabamento é o padrão da VW, mas na frente, o painel – semelhante ao do Polo – terá cores diferenciadas no acabamento central, envolvendo também os difusores de ar e as maçanetas laterais, tudo muito bem compartilhado com o hatch compacto. Atrás, onde a marca se preocupou mais, não há difusor de ar, mas conectores USB somente. Obviamente aqui será um item presente, assim como na dupla de compactos feita na Anchieta.

Volkswagen T-Cross: conheça seus detalhes (vídeo)

O ambiente tem dois tons (fora o painel) com um deles bem claro, mas aqui as cores deverão ser diferentes por causa do gosto brasileiro. Em termos de equipamento, além do cluster digital Active Info Display, o Volkswagen T-Cross trará também a multimídia Discover Media com Android Auto, Car Play e MirrorLink. Câmera de ré e navegador GPS integrado também devem fazer parte do pacote.

Na Europa, o Volkswagen T-Cross tem 12 cores externas e mais 2 internas, além de opção de rodas de liga leve até 18 polegadas, mas o pacote deve obviamente mudar aqui no Brasil. Na mecânica, o motor 1.0 TSI fica no centro das ofertas com 95 ou 115 cavalos, além do 1.5 TSI de 130 ou 150 cavalos. No diesel, o 1.6 TDI de 115 cavalos deve ser a opção única. O câmbio DSG de sete marchas será um item valorizado por lá.

Aqui, podemos esperar pelo 1.0 TSI de até 128 cavalos com o câmbio automático de seis marchas, além de exibir uma opção com motor 1.4 TSI de 150 cavalos com o mesmo câmbio. Pode ser que em versão manual e mais barata, o Volkswagen T-Cross venha com o 1.6 MSI de até 117 cavalos. Confira o vídeo abaixo:

 

Volkswagen T-Cross: conheça seus detalhes (vídeo)
Nota média 3.8 de 4 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email