*Featured Crossovers Mercado Volkswagen

Volkswagen T-Cross é confirmado para abril

Volkswagen T-Cross é confirmado para abril

Em nota oficial sobre o fim da SpaceFox, a Volkswagen Argentina não só confirmou o fim da perua vendida por lá como Suran, mas reafirmou que o crossover T-Cross será lançado no mercado brasileiro no segundo trimestre de 2019, sendo que o mês de abril já havia sido revelada pela filial nacional.


A Volkswagen também confirmou que no lugar da Suran, será feito em General Pacheco, o SUV Tarek. Este será lançado em 2020 para ser um concorrente direto do Jeep Compass. No caso do T-Cross, o pequeno utilitário esportivo vai preencher uma faixa de preço mais baixa que a do Tarek, algo entre R$ 80 mil e R$ 110 mil, segundo estimativas.

Volkswagen T-Cross é confirmado para abril

Com 4,19 m de comprimento e 2,65 m de entre-eixos, o VW T-Cross usa plataforma MQB-A0 e será fabricado em São José dos Pinhais-PR, onde dividirá a linha de montagem com Golf e Audi A3 Sedan.


Equipado com motores EA211, sendo 1.0 TSI com até 128 cavalos nas versões de acesso e 1.4 TSI de 150 cavalos nas opções mais caras, o crossover quer bater de frente com os principais do segmento de SUVs compactos, liderado em 2018 pelo Hyundai Creta.

Dotado de um porta-malas que varia de 373 a 420 litros, o Volkswagen T-Cross terá um bom nível de conteúdo, mas chama atenção pelo uso de tonalidades diferenciadas no interior, assim como cluster digital Active Info Display, multimídia Discover Media com Google Android Auto e Apple Car Play, alavanca de câmbio com seletor diferenciado e teto solar panorâmico.

Volkswagen T-Cross é confirmado para abril

Além disso, o Volkswagen T-Cross terá ainda um conjunto de segurança que atende a proposta com controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, seis airbags, bloqueio eletrônico do diferencial, entre outros. Deverá ser o mais importante lançamento da marca em 2019.

E depois da SpaceFox, o que sairá de linha? O fim da perua argentina indica que o Fox não deve demorar muito a seguir o mesmo caminho. Hoje o hatch altinho é oferecido nas versões Connect e Extreme, ambas 1.6, com bom volume de vendas e preços a partir de R$ 50.990. Com a produção do T-Cross no Paraná, o compacto pode acabar dizendo adeus em breve.

Em nota, a Volkswagen esclarece:

“A implementação de uma nova plataforma e de uma nova cabine de pintura requer a realização de obras de modernização em
tecnologia e infra-estrutura nas fábricas do Centro Industrial, onde hoje se produzem a SpaceFox (chamada de Suran na Argentina) e a picape Amarok.

A linha que corresponde ao modelo SpaceFox/Suran será modificada para esses propósitos. Dessa forma, após 12 anos de produção e mais de 440.000 unidades produzidas desse modelo de sucesso, o fim de produção está programado para o primeiro trimestre de 2019.

Dessa maneira, será possível continuar avançando com as obras necessárias para a aplicação da nova plataforma, cujo processo produtivo permitirá uma maior flexibilidade para a produção de novos modelos.”

Volkswagen T-Cross – Galeria de fotos

 

Volkswagen T-Cross é confirmado para abril
Nota média 4.3 de 3 votos

  • Leo

    Polo Stepway.

    • Ford Opala Attractive 200TSI

      É mais q um Polo Stepway. Tem maior entre eixos, carroceria maior e mais arrojada, acabamento um pouquinho melhor, provavelmente mais Airbags.

      Mas vai cobrar por isso rsrs

      • A-MG

        Polo Stepway+ talvez?

        • Danillo Santos

          CrossPolo?

      • Vinícius

        Eu vi pessoalmente e achei minúscula a carroceria, nem parece concorrer com os SUVS que temos atualmente.

        • ANDRÉ LUIZ

          Pior vai ser o preço. Carro cheio de plástico duro colorido sendo vendido por 100k.

        • CanalhaRS

          4,19m é realmente pequeno, menor que o voyage.

    • Exatamente hehe

      • Domenico Monteleone

        Exatamente SQN. tem diferenças bem maiores. Pesquise um pouquinho e verá.

    • Paulino Lino

      Assim como a Tracker é um Onix Stepway SQN

    • Nicolas

      Não tem concorrente no mercado, vai nadar de braçada. Entre-eixo de categoria superior, motor turbo (economia + força), chassis moderno, lançamento mundial, design moderno, SUV, etc.

      • NutheoTobba

        Por um momento achei que vc estava falando sério.

    • Martini Stripes

      O que é uma Ecosport? HRV? Todos são carros altos derivados de modelos compactos.
      Nenhum é pra off-road. A Eco até tem 4×4, mas não é off-road de fato, até aguenta um pouco mais, mas nada excepcional como um Renegade Trailhawk.
      O que a PSA mudou do 3008 antigo pro novo? Design.
      Qual a dificuldade das pessoas em entender que Crossover é diferente de off-road.

      • Marcelo Ceno Dutra

        HR-V = Fit
        Ecosport = Fiesta
        Creta = elantra
        T-Cross = polo/virtus
        Tracker = Sonic/Onix/prisma/
        Duster = Sandero/Logan
        A grande maioria desses SUVs compactos do Brasil sao derivados de carros menores e mais em conta, ou seja, o lucro vai lá nas alturas.

      • LArtur

        Renegade excepcional…..tentando entender essa frase

        • th!nk.t4nk

          Ele deve estar se referindo ao fato de que só o Renegade tem reduzida, maiores ângulos de ataque/saída, maior rigidez estrutural, motor diesel, etc. Enfim, dentre os SUVzinhos, é o único que merece algum respeito mesmo.

          • LArtur

            Reduzida não tem, maiores ângulos do que esses outros não é mérito nenhum, rigidez de Up mas se tem algo que respeito e gosto muito nesse carro é o motor TD. Todo mundo sacaneia essa viatura falando que é Fiat, mas o que ele tem de melhor, e muito bom por sinal, é esse motor Fiat.

            • Martini Stripes

              O Renegade trailhawk é sim excepcional pelo seu tamanho e porte. Não faz o que faz um Troller, mas nem foi feito para tal. Mas tenho certeza que deixaria qualquer um dos compactos para trás num pega na lama. Até mesmo Duster 4×4 que pessoal fala bem.
              Quanto a reduzida, a primeira marcha tem relação de reduzida sim, goste vc ou não.

              • LArtur

                Meu caro, essa primeira marcha tem uma única função, homologar o motor diesel, apenas isso.
                A diferença do TH pros demais Renegado 4×4 é mínima. A viatura e baixa e aceita muito pouco lift, a caixa de roda é pequena e o sistema adora entrar em modo de segurança.
                Como falei o motor é muito bom, mas o carrinho enrosca e entra no prego fácil. Se for pra por no jogo prefiro a Duster,

                • Martini Stripes

                  Eu sei, concordo com tudo.
                  mas fazemos assim, eu fico com o jeepinho vc com o Duster e a gente ve quem chega na frente. hahahah

                  • LArtur

                    Combinado. Mas a questão é apenas quem chega e quem não, kkkkkkk
                    Forte abraço

            • ALAN_PR

              A primeira marcha do câmbio ZF de 9 marchas é reduzida sim, tu aciona o 4×4 e a primeira marcha e percebe bem a força. Tem que andar para entender. Ninguém utiliza mais caixa reduzida a parte, não há sentido nisso, já que o câmbio hoje suporta 9 marchas.

              • LArtur

                Alan, se for partir para o offroad vai precisar da caixa sim, acredite em mim. Todos os offroads de mercado vem com ela, a primeira encurtada teve outro propõsito masl ajuda sim em alguns momentos

                • ALAN_PR

                  é verdade, off-road extremo é outra conversa.

    • Danilo

      Por 140 mil na versão topo e com todos os equipamentos opcionais. Preço oficial!

      • ANDRÉ LUIZ

        Eu vi esse preço. Brasileiro precisa ser internado se esse carro vender bem a esse preço. Plástico duro no carro inteiro.

        Ai coloca um painel todo digital e passa a ser a coisa mais sensacional do mundo. Quer tela digital compra uma TV 4K e fica em casa no sofá.

        Obs: nada.contra o veículo que no meu ponto de vista é bem bonito e tem um conjunto mecânico que com certeza não vai decepcionar. Decepção so no preço mesmo.

    • Lucila L. Holmes

      assistir “The Mule HD 2018” (‘disponível 1080p’). com a melhor qualidade e toda linguagem ……
      copie aqui ->> POPCORNHDMOVIE1.BLOGSPOT.COM.BR

    • Marie W. Auten

      Exibe ” Bumblebee ” todos os sub-idiomas? ! ? Lugar algum : FLIXMOVIENET.BLOGSPOT.COM

  • Dherik

    Fabricado em São José dos Pinhais? R.I.P. Golf brasileiro :(

    • Rodrigo

      Há rumores que só restarão GTI e GTE importados da Alemanha a partir de 2020 (talvez já como MK8). Por um lado é bom pois não existirá mais captação de conteúdo, por outro é péssimo pois o preço (que já não é baixo) vai aumentar. Que dilema!

  • El Gato!

    Se mantiver o padrão de acabamento da Tiguan e ficar em, no máximo, 110 mil na versão top, acho que pode fazer uma baguncinha no mercado.

    • Luciano

      Sem chance de ter padrão de acamabento da Tiguan. Deve ser padrão Polo mesmo.

    • Miguel

      Difícil, já que igualaram por baixo.

    • Domenico Monteleone

      Vi o carro no salão, infelizmente é exatamente o mesmo padrão do Polo. Plástico ruim em tudo.

      • El Gato!

        Notícia lamentável, Domenico. :o(

    • Gran RS 78

      Pode esquecer. O acabamento será praticamente o mesmo do Polo, portanto pode esperar por plástico duro em todos os lados.

    • Danillo Santos

      Acho que vai arranhar os 100k na topo de linha, acima disso virá o tarek pra enfrentar o Compass

      • Marcelo Ceno Dutra

        Vai passar disso facil. Só olhar o Renegade, que pode passar o preço de um Compass, e nem tem necessidade do primeiro ser da versão diesel pra isso.

      • ALAN_PR

        A jornalista Giu Brandão ainda afirma que “com todos os opcionais o T-Cross “top” não vai sair por menos de R$ 130 mil”, sendo uma configuração com missão de enfrentar o Honda HR-V Touring i-VTEC Turbo.

        Ela flagrou uma nota fiscal de um T-CROSS com todos os opcionais por inacreditáveis R$ 140.140,00, mas disse que talvez ainda possa haver diferenças.

        Só posso dar risada de alguém que vá pagar isso num Polo com suspensão elevada.

        • Danillo Santos

          É aí que a conta não fecha, se o T-cross vem pra combater hrv, renegade e companhia, precisa começar a 85~90k no máximo. Segundo a própria vw, quem vem para competir com o líder do segmento jeep compass(a partir de 112k) será o tarek, que é de categoria superior ao T-cross. Se analisarmos o polo, que vai de 50k até quase 80k passando por 3 motores e 2 câmbios, precisariam trazer o preço inicial do T-cross perto de 80k pra oferecer 2 motores (1.0 e 1.4) numa gama de 20k de diferença, fechando a conta em 100k e não atrapalhando o tarek, que viria uns 10k~15k acima. Ou então a vw acha que o T-cross compete com o compass e joga o tarek lá nas alturas, o que eu acho errado. Realmente é uma matemática complicada!

          • ALAN_PR

            HR-V TURBO, estamos falando da versão TOP de LINHA

            • Danillo Santos

              Sim, eu entendi. Só acho que o t-cross não deveria passar de uns 100k~105k, por questão de estratégia de preços. Poderia deixar para o tarek a missão de enfrentar o hrv turbo, pois contra o tradicional pós-venda padrão Honda o tarek traria um pouco mais de espaço interno (acho eu, nem tenho certeza das dimensões do dito cujo). Agora entre t-cross top e hrv turbo muita gente vai de Honda

              • ALAN_PR

                Eu também, mas em fim, provavelmente não será para meu bolso, mas confesso que farei o test drive, vou dar uma chance para ele.

    • ALAN_PR

      Versão TOP com todos os opcionais foi flagrada por R$140.000,00 pela jornalista Giu Brandão.

      É bem provável que com todos os opcionais, não saia por menos de R$ 130.000,00 segunda a jornalista.

      • El Gato!

        Acredito que não. Bem mais do que uma Tig Allspace. Se estiveres certo, acredito que o carro encalha.

        (ou melhor, se a jornalista estiver certa)

        • ALAN_PR

          Concordo, um exagero, mas em se tratando de Brasil, não duvide de nada.

  • Paulino Lino

    O T-Cross tem tudo pra abalar o segmento de SUVs compactos no Brasil e onde for vendido!! (só depende do preço justo)….. e sobre o Fox eu não acredito que o mesmo seja descontinuado (como acontece com a Space, uma vez que o T-Cross pode substituí-la) entretanto acho que o Fox ganhará uma nova versão para 2020 (provavelmente no último trimestre deste ano).

    • O Fox se abaixa uns 2 mil reais, vira o melhor custo benefício disparado do mercado.

      • Domenico Monteleone

        Já tem um excelente cxb, esses dois mil na verdade já são praticados como desconto.

    • Verdades sobre o mercado

      Enquanto o Fox tiver um bom volume de vendas, der algum retorno financeiro à VW e houver capacidade produtiva em SJP, a VW não tirará ele de linha. Haviam informações de que seria descontinuado ao final de 2018, mas com este volume de vendas já avisaram aos fornecedores que deve permanecer até 2020. Quanto ao substituto, não duvido, mas acho pouco provável, a não ser que seja o Polo CUV.

      • Gran RS 78

        Pode esquecer, pois a Spacefox até que vendia bem na Argentina, e nem por isso ela sobreviveu.

        • Verdades sobre o mercado

          Não esqueça que lá vão começar a montar a estrutura para produzir o TArek, ou seja, muito provável que não havia espaço para Tarek e Spacefox na mesma planta. Se tem retorno financeiro e não atrapalha a produção de outros modelos não tem porque tirar de linha. A VW produziu Santana e PArati quando vendiam 500 unidades por mÊs, porque abriria mão do Fox vendendo 3.000 ? Só se não tiver lucro mesmo ou atrapalhar a produção de um modelo mais lucrativo.

          • Gran RS 78

            Por custos. Não dá para saber se seria viável manter um carro em fim de carreira, ainda mais depois das novas gerações do HB20 e Onix que chegarão nesse ano, sem contar na quantidade de modelos que a VW tem no segmento dos hatchs compactos por aqui. A tendencia é enxugar cada vez mais os modelos, que com certeza o próximo fim será o do Up.

            • Verdades sobre o mercado

              Concordo que há tendência de enxugar a quantidade de modelos, mas enquanto for viável financeiramente para a VW ela não tem porque tirar de linha. O Fox foi responsável por 10% de todas as vendas da VW em 2018 no mercado interno. Eu acredito que se houver espaço na fábrica e algum retorno financeiro o Fox só deva a começar a reduzir seu volume de vendas com o lançamento do Novo Gol em 2020. O up deve dar um belo retorno à VW visto que ela abandonou a versão de entrada certamente por não trazer o retorno financeiro desejado. Além disso tem-se que olhar para a produção total do up (mercado interno + exportação). Produzir 1.500 a 2.000 unidades apenas para o mercado interno pode não ser muito interessante, mas a VW produz de 4.000 a 5.000 unidades no BRasil pois mais da metade é para exportação, e aí tirar estas 1.500 a 2.000 unidades do mercado externo vai influenciar no custo de produção dos up de exportação, ou seja, o fim do up pode vir por uma forte queda no mercado interno (creio que possa acontecer com o Novo Gol) ou com forte queda das exportações. Penso que tanto Fox quanto up tem vida garantida até final de 2020, depois disso é pouco provável.

    • Leonardo M. G.

      Acho que Gol, Fox e Up! atuais serão descontinuados, dando lugar ao novo Gol (provavelmente com construção parecida com o Up!, em termos de segurança), que ocupará a faixa antes do Polo. Voyage será descontinuado.

      • Verdades sobre o mercado

        Não creio que Voyage seja descontinuado. Deve surgir o novo Voyage junto com o Gol, e arrisco a dizer que o atual Gol siga em linha por algum tempo.

    • Anderson Trajano

      Caro Paulino, não existe preço justo no segmento dos SUV’s. Carros que compartilham o mesmo projeto dos compactos e são vendidos por preço bem superior. Esse T – Cross vai gerar a maior gordura da VW. Base MQB da dupla Polo/Virtus, o mesmo acabamento simplificado, mesmo motor 1.0 ou 1.4 turbo pagando bem menos IPI e preço de Sedan Médio. Pode apostar.

      Não teremos sequer versão PCD.

      • Paulino Lino

        Sim concordo com vc! Mas o que podemos fazer? …. a história é sempre assim: quem quer comprar carro zero km pra satisfazer o ego ou necessidade tem que encarar os preços absurdos.

        • Anderson Trajano

          Verdade ….

    • ALAN_PR

      Preços elevados demais para um SUVinho muito pequeno.

      Sem mencionar que a versão completa não sairá por menos de R$ 130.000,00

      A jornalista Giu Brandão ainda afirma que “com todos os opcionais o T-Cross “top” não vai sair por menos de R$ 130 mil”, sendo uma configuração com missão de enfrentar o Honda HR-V Touring i-VTEC Turbo.

      Ela flagrou uma nota fiscal de um T-CROSS com todos os opcionais por inacreditáveis R$ 140.140,00, mas disse que talvez ainda possa haver diferenças.

      Só posso dar risada de alguém que vá pagar isso num Polo com suspensão elevada.

  • Douglas Biângulo

    Vão perder uma clientela muito grande sem versão PCD, pode dar certo com as locadoras.

    • Rodrigo

      Já foi confirmada uma versão PCD do T-Cross, abaixo dos 70 mil.

      • Verdades sobre o mercado

        Onde você viu esta informação ?

      • Douglas Biângulo

        Manda o link aí pra gente.

        • Rodrigo

          Não tem link, foi dito no último VW Drive Experience

      • El Gato!

        Por favor, qual a fonte?

        • Rodrigo

          Quem estava no último VW Driving Experience agora em Dezembro ouviu de um funcionário da marca.

        • Edu

          O vice-presidente de vendas e marketing da VW confirmou a versão pcd em outubro de 2018. Resta saber se será o 1.6MSI ou o 1.0TSI.

          • Verdades sobre o mercado

            Pela lógica será 1.6 pois além de ser um motor mais barato, o IPI do 1.6 é 11% enquanto o do 1.0 TSI é 7%, ou seja, o 1.6 tem uma redução maior de valores em impostos.

            • Edu

              Correto. Mas no folder do T-Cross é informado que usará somente motores TSI. Vi isso agora no site VW mas acho que, pelo porte do carro, o 1.6MSI poderia ser oferecido também.

              • Verdades sobre o mercado

                A VW não deverá oferecer o PCD logo no lançamento. Além disso já foi anunciado que o T-Cross de exportação será produzido com motor 1.6, portanto a versão PCD pode ser lançada mais tarde com o motor 1.6, algo natural até para justificar o menor preço e menos itens de série (talvez apenas 4 air-bags, ou quem sabe até rodas de ferro com calotas como outros pseudo-SUVs PCD).

                • Cmenusi

                  A questão de oferecer o carro logo no lançamento como PCD ou não é uma questão de estratégia: C4 Cactus e Renault Captur optaram desde o começo por oferecer versão PCD e hoje é um grande filão de vendas dos 2 modelos ( tanto que a Citroen tinha pelado o Cactus PCD e agora teve voltar a oferecer uma versão um pouco mais recheada). Acho que ajuda o carro a aparecer nas ruas lançar como PCD, mas tem que acertar nos equipamentos que vai oferecer: não adianta vir com roda 14″, sem som, sem banco, sem retrovisor… Hoje consumidor quer conforto, quer mimo, quer facilidade, inclusive PCD…

  • Domenico Monteleone

    O curiosos caso do teto-solar. O Nosso Polo não tem. O deles tem. O nosso T-Cross terá, o deles não tem. OBS: pelo preço esse carro teria de ter um interior mais próximo do Golf e não do Polo.

    • th!nk.t4nk

      Teto-solar acho completamente desnecessário em ambos. Todos meus últimos carros tiveram teto-solar, e sinceramente pra mim é como se nao existisse. Mesmo sendo panorâmico e o escambau, quem vai na frente nem vê que existe. No máximo serve pra escapar um arzinho quente no auge do verão, mas daí prefiro ligar o ar de uma vez. Ah teve uma vez que foi interessante, em que parei com uma garota numa estradinha, deitamos os bancos e dava pra ver as estrelas. Nunca mais vi outro uso pra isso.

      • fschulz84

        Eu gostava muito. Principalmente por esta questão de escapar o ar quente… Como de manhã aqui em SP ainda tá um tempo razoável, mesmo no verão, gosto de deixar os vidros abertos (e quanto tinha, o teto) pra tomar umas rajadas de vento hehe

        Eu só uso o AC quando realmente está muito calor, o ar resseca muito meu nariz :(

        Eu achei que não conseguiria viver sem dois itens que eu tinha nos últimos veículos que tive, Ar digital e teto.

        Quando troquei meu Fluence em um PUG 208, perdi ambos e aprendi a conviver sem estes itens e agora acho que não são mais de extrema necessidade. Agora tenho o Ar digital de volta e acho que virou item mais importante que o teto.

  • Cosi fan Tutti

    Parece que nesse segmento o Creta vai continuar reinando por enquanto, pois um carro com esse acabamento por estes preços? Quem já viu esse carro sabe, ele é minúsculo, perto das fotos.

  • Fabio Marquez

    Não consigo gostar da traseira desse carro de tipo nenhum… Essa lanterna facilmente poderia ser trocada por algo mais bonito.

  • Speed Racer

    Muito pequeno e caro para um Polo SUV.

    • Edilson

      não sei pq reclamar tanto de tamanho. É só aguardar o tarek ou pegar o tiguan se tiver cacife.

  • Ricardo Blume

    Se as versões de entrada tiverem o mesmo padrão do Polo MPI e MSI de acabamento interno, ferrou. Será como entrar em um Duster e “apreciar” aquela enorme quantidade de plástico sem graça.

  • Martini Stripes

    Acho esse desenho dos bancos em couro da família Polo/Virtus/T-Cross de muito mal gosto.
    Não atoa fiquei com o tecido no meu Polo Highline.

  • NutheoTobba

    Olha essa foto do banco de trás…que pobreza! Vergonhoso!

  • Salim Mahmood

    esse veiculo vai ser um sucesso absoluto

  • Pete Alves

    Eu olho para fotos desse T-cross, tal como a primeira dessa matéria e o que vem a mente em primeiro lugar é um Argo HGT. Preciso logo ver um pessoalmente para acabar com essa péssima impressão, pois não se trata de nenhum elogio ao Argo, que para mim, já chegou com cara de cansado.

  • Vinícius

    Se fosse um chinês iriam dizer que a VW quis copiar a traseira do belissimo 3008, mas eu direi mesmo assim, os alemães fizeram esse projeto de SUV e copiaram um francês, que aliás, é um dos SUVs mais bonitos da atualidade.

  • Bruno Vasconcelos

    Carro sem graça e feio. Nem compara com Kicks HRV Renegade cheios de arrojos e design diferenciados… parece uma Kombi do futuro ou Golzão anabolizado… VW não compro, não me emociona, e falar da parte mecânica, é mais do mesmo: hj em dia os carros estão MARAVILHOSOS de dirigir e muito parecidos. Já nasceu morto esse carro, só pra vw fanboy mesmo kkk

    • Michel

      Todos tem qualidade e defeitos.

    • Ernesto

      Ou seja, só entrou para falar mal. Tempo ocioso dá nisso. E jamais o coronézinho irá ganhar. Rsrsrs

    • Lucas

      Meu deus do céu, nunca li tanta besteira. Conhecimento técnico sobre os carros ZERO, só opinião baseada em subjetivismo. Cara, os motores da VW são os que mais trazem emoção dentro de suas respectivas categorias. Amarok V6, Up TSI, Jetta TSI, Tiguan etc estão aí pra te provar isso, já que espancam os concorrentes sem dó no quesito desempenho. Quer mais do mesmo? Anda de Honda aspirado 1.8 que consegue ser mais lerdo que o 1.0 turbo da VW…

  • Danilo

    Já vazou o preço da versão topo com todos os equipamentos opcionais: R$ 140 mil

    • José Eduardo D’Acampora Guazzi

      Acho improvavel pois nesse valor temos Tiguan All Space 1.4TSI confortline e por 125 a Tiguan de entrada.

      • Danilo

        É oficial amigo, não é minha opinião. Giu Brandão vazou a foto da nota fiscal, pesquisa aí, preço de 140 mil com todos os opcionais na versão topo de linha.

      • ALAN_PR

        A jornalista GIU BRANDÃO publicou uma imagem de uma nota fiscal no valor R$ 140.140,00

        Republicada pelo site de fans da VW Carblog.

        ela diz que pode haver alteração ainda.

        Brandão ainda afirma que “com todos os opcionais o T-Cross “top” não vai sair por menos de R$ 130 mil”, sendo uma configuração com missão de enfrentar o Honda HR-V Touring i-VTEC Turbo.

  • Danilo

    A concorrência deveria fazer o preço dos carros baixarem aqui no BR. Pelo visto não é o que acontece. Já já tão cobrando 100k em hatchzinho pé de boi. A coisa tá feia.

  • Flavio Cassaro

    Que demora ein o mini-suv…..

  • ALAN_PR

    Pelos preços divulgados é uma lástima, vão tirar o GOLF para colocar um veículo inferior mas de alta lucratividade. Parabéns a todos que se “sentem seguros” andando mais altinho, agora todo mundo anda altinho e você vai comprar o quê? Um caminhão? Ou uma colheitadeira?

    • Adriano Lcinco

      Uma Tiguan kkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email