*Destaque *Featured Segredos-Flagras SUVs Volkswagen

Volkswagen T-Cross é flagrado em testes no interior paulista

vw-t-cross-flagra-2 Volkswagen T-Cross é flagrado em testes no interior paulista

A Volkswagen tem pressa para cobrir uma lacuna importante dentro de seu portfólio no Brasil, o de SUV compacto. Por isso, já faz rodar em testes o T-Cross, um utilitário esportivo derivado direto do Polo 2018, compartilhando inclusive a distância entre-eixos de 2,56 m e um porte na casa dos 4,15 m ou pouco mais.



Flagrado pelo leitor João Marcelo em estrada próxima de Campos do Jordão, região serrana do Vale do Paraíba, em São Paulo, o Volkswagen T-Cross roda apenas com camuflagem na parte frontal e na traseira, revelando as linhas laterais e mostrando que já está pronto, faltando apenas alguns ajustes e aguardando o melhor momento para fazer sua estreia mundial. Afinal, ele também será vendido na Europa e outras regiões do mundo, exceto EUA.

Com linha de cintura alta, o Volkswagen T-Cross terá portas traseiras grandes, com quebra-vento falso, bem como colunas C integrais (sem vigias) para reforçar a impressão de robustez do veículo, que é uma das obrigações de um SUV. Além de barras longitudinais no teto e proteção na base das portas, o modelo tem ainda boa alta livre do solo, necessária para enfrentar a dureza das estradas brasileiras.

vw-t-cross-flagra-2 Volkswagen T-Cross é flagrado em testes no interior paulista

A produção do Volkswagen T-Cross se dará em São José dos Pinhais-PR, aproveitando a capacidade ociosa da planta paranaense, que atualmente faz o Golf e o Fox, além dos Audi A3 Sedan e Q3. Com o fim do Fox, a linha de montagem mista (PQ-MQB) deverá beneficiar a fabricado do pequeno utilitário esportivo. Para a montadora, o produto será mais uma oportunidade de exportar para toda a América Latina e mais outras regiões do globo.

Para o cliente, o Volkswagen T-Cross será a oportunidade de ter acesso a um SUV compacto da marca pela primeira vez. Como compartilha a plataforma e outros elementos com Polo e Virtus, o modelo deve utilizar o conjunto motriz EA211 1.0 TSI e câmbio automático Tiptronic de seis marchas.

Uma opção manual deve surgir também, mas ainda não se sabe se com o motor 1.6 MSI ou no próprio TSI. A performance neste último caso será importante para fixar o produto no segmento, que tem concorrentes de 114 cv a 170 cv. O motor 1.4 TSI de 150 cv também pode ser utilizado nas versões mais caras, mas sem tração nas quatro rodas 4Motion. O Volkswagen T-Cross deverá aparecer igualmente com Active Info Display e Discover Media, bem como difusores de ar no banco traseiro e talvez alguns itens inéditos.

Agradecimentos ao João.

COMPARTILHAR:
  • Baetatrip

    Nao vai oferecer o 4Motion?
    So p/ passear no shopping ……. Ne?!

    • Louis

      Pra quem pega uma estrada de terra ocasionalmente, a maior altura do solo é de grande ajuda.
      Mas sabemos que a maioria nunca vai andar em terra.

      • th!nk.t4nk

        Pra andar nas cidades brasileiras a altura ajuda também. O que tem de lombada, valeta, rampas mal desenhadas, áreas sujeitas a pequenas inundaçoes, etc. Tecnicamente as ruas brasileiras são piores do que muita estradinha rural de países desenvolvidos (onde esses carros são projetados).

        • JH SM

          SUV no Brasil é quase necessidade, considerando as nossas vias. Toda hora tu cai numa cratera e raspa embaixo o carro. Não tem como.

          • Racer

            Concordo….Recentemente fiz uma viagem por SC e PR. Vi um Focus com os dois pneus do mesmo lado estourados por causa de buracos…e o cara empenhado no meio do barro e na chuva. E nesta mesma viagem, peguei um buraco que se não fosse o carro que tenho (Sorento), certamente também teria ficado.

            • afonso200

              cuidar pra nao entortar a lonagrina do monobloco, meu Azera nao pega mais cambagem, vou verificar no alinhamento tecnico

              • Racer

                A minha não é monobloco…é chassi. Se fosse monobloco, certamente teria tido prejuízo.

            • Nicolas97

              Problema de usar pneu desfile baixo. Alguns Suvs também usam pôneis com perfil baixo, também sofrem com a buraqueira,

              • Racer

                Sim, por isto acho absurdo comprar um SUV com pneu de perfil baixo ou colocar um assim. Colocam um rodão com pneus tipo “fita isolante”….e acabam com a utilidade do carro.

              • Baetatrip

                So para ter ideia A minha antiga TIG usava aro 18 e sempre usei estrada de terra e nunca foi empenada…. Cada buraco e a amortecedor nunca deu problema (so trocava batentes etc)
                so deu problema no motor, eu adorava a TIG, odiava a VW!

            • Vitor

              As Rodovias de boa parte do Brasil já foram até piores em questão de buracos. Em Estados como SP e PR a maioria das rodovias é até boa.

              • Racer

                “Boas” não chega nem perto do que eu encontrei no oeste de SC e PR…. Prato cheio para acidentes e prejuízos.

        • Baetatrip

          So para ter ideia:
          Estradinha de terra aqui no RJ e muito ruim, compensação boas estradas de terra em MG que sao maravilhosa (Bem melhor que asfalto!) Região sul de MG etc que não tem asfalto… Capricham mesmo (estradas largas….. tapete mesmo de barro… fiquei impressionado quando fui ao interior de MG na represa de Furnas, estradinhas vicinais nota 10 com pouco buracos+largas+ retas lindas, dava ir a 100km/h!
          Quando chove vira laminha fina!

      • Baetatrip

        Concordo………!
        4Motion tb e seguranca!

    • Renato Duarte

      Se vc compra um SUV modinha mas não passeia no shopping pra gastar dinheiro atoa,, vc comprou errado. kkkkkk

      • Baetatrip

        Tenho o meu SUV- Jipe: SZK GV3 4×4 que uso muito em viagens/ estrada de terra/ passeios
        nao sou aquele consumidor de shopping
        E tenho o meu jipe de trilha que e Samurai…..
        Way for life on Suzuki!

    • ObservadorCWB

      E aTIG já não é “compacta o suficiente” ? Adultos não se acomodam no banco traseiro e porta-malas é quase inexistente.

      • Baetatrip

        Ja tive a minha TIG por 5a… Como sou solteiro, e suficiente o tamanho da mala… Ja com filhos ja complica!

  • Louis

    Deve custar uns 30% a mais que o Polo hatch…ou mais…

  • André

    Difícil esse T-Cross fazer mais sentido que o Virtus. O Virtus tem entre eixo maior, mais espaço, porta malas maior, possivelmente dirigibilidade melhor e preço menor.

    • Raimundo A.

      Para quem não liga para a moda SUV, o sedã é uma opção muito racional, mas a maioria do mercado parece pensar diferente.

      • Mauro Schramm

        Sedãs tem como desvantagem a pequena abertura do porta malas, que impossibilita a carga de volumes de grandes dimensões.

        • Raimundo A.

          Depende do uso, meu caro. A maioria dos táxis são sedã e muitos estão em aeroportos carregando malas grandes. Se tem uma grande quantidade de picapes com caçambas abertas, maior volume de carga, mas não levam nada ou quase nada, destacar acessibilidade a volumes maiores em SUVs só me convence se o usuário de fato precisar disso.

          • th!nk.t4nk

            Se for só pra mala, de fato um sedã dá conta com folga. O problema é pra carregar volumes maiores. Porém, daí mesmo um SUV médio perde pra uma perua média. Aliás, é por isso que as peruas ainda não sumiram de certos mercados: porque há muitos países onde a regra é o “faça/carregue você mesmo”, e daí um sedã não atende (por isso nos EUA se usa tanta pickup e na Europa se usa tanta perua). Já no Brasil quase tudo se manda entregar, então não há esse problema. Essa é a grande diferença entre esses mercados, a necessidade, e não uma questao de preferência pela beleza do veículo em si.

            • Mauro Schramm

              Verdade. Sinto saudades da 307 SW que tive.

            • Raimundo A.

              SUV e SW costumam ter maior abertura do porta-malas e com os bancos rebatidos a capacidade volumétrica melhora bastante, só que aí pesa a questão do vão livre e desenho da carroceria que pode tornar no SUV o acesso ao porta-malas mais alto comparado uma SW.

              Por conta de questões como essa, há SUVs mais caros com suspensão traseira ou nos dois eixos pneumática que reduz a altura quando o porta-malas é aberto facilitando o acesso, e picapes como o Toro que tem a tampa traseira bipartida com abertura lateral. A altura não reduz na picape, mas a distância para atingir o final da caçamba reduz e não há maior esforço para fechar e abrir a tampa.

              Cada casa, um caso. O veículo pode ter formas de melhorar a acessibilidade numa mesma categoria e os donos suas preferências.

          • Mauro Schramm

            Vou usar o exemplo aqui de casa: temos um City (sedã com porta malas enorme) e um Fiesta. No mês passado precisei levar uma lavadora de roupas para a casa de praia. Adivinhe com qual carro eu consegui realizar a tarefa?

            • Raimundo A.

              Depende do uso. Entre um conversível e um hatch, ambos do mesmo porte, qual será melhor para levar mais volume?

              • Mauro Schramm

                Véi, na boa… kkkk

              • Racer

                Conversível? Alguns nem porta malas tem…

              • Ernesto

                Putz Raimundo, quem tem conversível aqui no Brasil???

            • RRodrigo Souza

              esqueceu de falar que seu fiesta é hatch, eu tenho um ford ka 2010 e coloquei a moto do meu irmao quando ela tinha quebrado de vez só precisei abaixar o banco traseiro, moto titan 150 2011,entao carro com porta malas com maior espaço de abertura quebra muito o galho

        • Racer

          E por isto, depois de 3 sedans, só compro carro que tenha abertura total: hatch, SUV ou SW.

        • sim, tive um marea weekend, o porta malas abria total, sem as bordas laterais, e a berta de baixo abria também (igual a uma tampa de caminhonete, e ficava alinhado com o fundo do porta-malas… era perfeito. Meu irmão tinha um marea sedã. o porta malas era do mesmo tamanho, mas era mais chato de por as coisas.

      • Kaian Reis

        Vi um Virtus ao vivo tem uns 2 dias, era a versão 1.6 MSI, mas que desenho sem graça é aquele da traseira, por fotos é bem mais bonito.

        • RRodrigo Souza

          acho que tinha que ser de serie os apliques cromados, acho que as versoes basicas que sao preto estranhas demais

    • Bruno Alessandri

      Com certeza terá maior aceitação que o Virtus. A posição de guiar do SUV e sua melhor adaptação ao nosso solo, o tornam mais atraente. Sedans estão perdendo espaço no mundo todo, essa é uma tendência global.

      • REDDINGTON

        Onde eu assino???

    • Djalma

      Mas tem um detalhe, não é SUV! Virou uma febre isso aí.

  • Raimundo A.

    O 4 Motion no T-Cross pode até ser dispensado, ainda mais se não houver a opção 1.4 TSI. Esse sistema de tração deve ser item no modelo médio, pois SUV com este tamanho tem consumidores que fazem questão para maior capacidade de tração mesmo que só a usem eventualmente.

  • Bruno Voz

    tomara mesmo q coloquem o 1.4 TSI nesse SUV, pois aerodinâmica não ajuda, acho q 1.0 TSI vai deixar o carro manco.

    • Guilhe

      Em termos de mercado não tem muito coisa melhor na mesma faixa de preço, talvez só o Tracker com o 1.4t.

  • JOSE DO EGITO

    Alguem sabe como surgiu esse nome T-CROSS ???!!!

    • Raimundo A.

      Boa pergunta. Vai ver que a VW quis manter os SUVs com nomes iniciados por T e não tendo um nome próprio, ficou com uma série T seguida de variante. O Cross é usado aqui em SpaceCross e CrossFox e dizem, não teremos o T-Roc, que é derivado do Golf. Assim, pode ter surgido o T-Cross.
      É curioso como ela usa Atlas no SUV maior, o que acompanha o nome da sua maior picape, tirando as da linha derivada de caminhões e furgões, Amarok.
      Os SUV com T temos Touareg, Tiguan, Tiguan Allspace, T-Cross em breve, T-Roc, Tarek em breve e ainda há o subcompacto que que está com nome de projeto A0 CUV, antes denominado Taigun.

      • Thiago Maia

        Já iria reclamar porque não trouxeram o T roc, mas se vier o Tarek, apesar de mais espartano(?), terá espaço.
        Por que não faria sentido a linha com o A0 CUV ter como complemento o T Cross, e não o T Roc que seria ao menos 23 cm maior

        Com você é sempre por dentro daqueles planos FCA ( que vão mudar de novo em 2018), sane que é uma boa hora para se anteciparem e planejarem o “Taigun da Fiat”, aos ,moldes daque Daihatsu DN trek

        • Raimundo A.

          O Taigun da Fiat já existe aqui e se chama Uno Way, que é vendido em outros mercados como SUV leve.
          Na Europa, primo rico, se chama Panda, a ponto de poder ser a base de possível subcompacto SUV da Jeep.
          Não adianta dizer que o Panda é hatch, mas tem a crossover com 4×4. O Panda é tão crossover pra quem sabe o que é isso quanto o Fit que é hatch para alguns, monovolume para outros e aqui, sua versão altinha virou WRV.
          A FCA falou sobre o que é o Panda e o Uno aqui é mera réplica maior sem ter a opção 4×4.
          Se vão fazer um produto mais direcionado ou a nova geração do Panda e/ou Uno migrarao de categoria, só eles sabem, ou não, até porque o planejamento anterior sofreu mudanças. Ele previa novos Punto e Palio, mas terminou o Argo substituindo os dois.
          Sempre achei que o Uno teria nova geração devido a novo mecânica que tinha ganhou enquanto o Palio não teve e agora falou de nova geração. Se vai atender a faixa entre Mobi e Argo é uma hipótese. A outra pode ser uma migração para SUV subcompacto.

      • Dick Buck

        O curioso é que na China, o Atlas se chama “Teramont”.

    • th!nk.t4nk

      O “T” foi escolhido pra nomear todos os SUVs da VW, pra dar tradiçao aos demais (Tiguan, Touareg). E Cross porque esse carro é o substituto do CrossPolo. Aliás, o T-Cross é basicamente um Polo altinho, assim como o T-Roc é o crossover do Golf (o Tiguan também é, mas extensamente modificado pra ser um veículo maior e mais parrudo).

  • Thiago Maia

    Onde estão os loroteiros do carblog?
    ” plataforma alemã, maior por dentro, anda mais, bebe menos”

    2.56 de entre eixos? E isso a dona volks vai botar no totpo do segmento, achando que compete com o Compass

    • Ernesto

      Competir com Compass??? Acho que você está equivocado.

      • Thiago Maia

        Nao sou eu q estou equivocado, mas os fã boya da VovoquisWagen

        ” plataforma MQB alema”
        “Bebe menos, anda mais” e outras bravatas

        • Ernesto

          Bom, pelo jeito você não tem argumentos para dizer porque esse carro, com plataforma do Polo, é concorrente do Compass.

          • Thiago Maia

            Va discutir com os loroteiros do carblog. Pq parece que vc nao entende nada de interpretação de texto. Não entendeu de primeira, não entendeu de segunda e deve continuar não entendendo

            • Ernesto

              Bom, quem está falando aqui que esse T-Cross irá concorrer com o Compass é você. Eu não entro no CarBlog e nem sei porque as pessoas entram lá.

  • Marcelo Bauab

    Tomara que venha com o entre-eixo do virtus.

    • Raimundo A.

      Do Virtus só faz sentido o Tarek. O Compass, sucesso de audiência, tem medida menor que o Duster, salvo engano, e é bom lembrar que pouco maior é o entre eixos do novo Tiguan 5p.
      Alguns flagras sugerem que a medida pode ser maior a do Polo, mas acho que não chega a 2,6m justamente por ter que alocar o Tarek abaixo do Tiguan.

  • rodpe

    Tá com jeitão de peruona…

  • Racer

    Parece que vai ficar próximo do tamanho do Tiguan antigo.

  • Wellington Myph13

    Eu acho que a VW vai colocar ele no meio termo entre Polo e Virtus, deve ficar com 2,6m de entre eixos.
    Só aguardar os preços… Virtus deslizou na top mas tem bom CxB na Comfortline… Vamos ver esse…

  • Alisson Bona

    Será que vai ter bagageiro?400l ajudaria muito na decisão.

  • Piston head

    Não sei não mas acho que preferia o T-Roc…

  • afonso200

    depoid de 6 anosssss

  • Vitor

    A VW tá se mexendo, vai lançar um modelo que tem procura no mercado. O lado negativo é que os sedãs estão perdendo espaço.

  • D136O

    Coitado do Golf . Curioso pra ver as versões e preços

    • th!nk.t4nk

      Pode até chegar no preço do Golf, mas esse T-Cross é apenas um Polo altinho. Tem um gap tecnológico considerável entre eles.

      • D136O

        Me refiro a mercado, ainda sou mais o golf. Mesmo sendo muito cedo pra falar acredito que a diferença não é tecnologia, é mais em qualidade e o golf deve permanecer um nível acima.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email