Argentina Montadoras/Fábricas SUVs Volkswagen

Volkswagen Tarek fica para 2021 por conta do coronavírus

Volkswagen Tarek fica para 2021 por conta do coronavírus

A Volkswagen já reabriu sua fábrica em General Pacheco, província de Buenos Aires, mas ainda em ritmo lento e com toda a precaução por causa do coronavírus. Nesse retorno, porém, os dois meses parados não serão compensados em 2020.


Assim, todo o cronograma da montadora alemã para novos lançamentos ficou comprometido e o principal deles, o Volkswagen Tarek, ficou para 2021, mais exatamente para o mês de maio.

O SUV médio que se posicionará abaixo do Tiguan Allspace, é a principal cartada da VW para elevar suas vendas no segmento e tentar repetir o sucesso do Jeep Compass, que tomou para si esse nicho.

Volkswagen Tarek fica para 2021 por conta do coronavírus

Com 4,45 m de comprimento e 2,68 m de entre eixos, o Tarek (nome definitivo ainda não divulgado) será um pouco maior que o rival da FCA e pouco menor que o Tiguan alemão.

Tendo como foco atuar como intermediário entre T-Cross (Nivus?) e Tiguan Allspace, o Tarek será um projeto para as Américas, envolvendo ainda a produção em Puebla, México.

O objetivo é atuar no mercado norte-americano, ocupando o lugar que fora do Tiguan Limited, a geração antiga do SUV que era feita em Osnabrück, ex-sede da Karmann.

Volkswagen Tarek fica para 2021 por conta do coronavírus

Por aqui, a receita será o uso do motor EA211 1.4 TSI Flex com 150 cavalos e 25,5 kgfm, bem como transmissão automática Tiptronic de seis marchas, deixando a DSG de dupla embreagem para o Tiguan importado do México.

Se a VW quiser mesmo bater de frente com o Jeep Compass em todo o termo, então teria que apostar ainda em um motor 2.0 TSI de 186 cavalos e 32,5 kgfm para versões mais caras.

Talvez até um diesel 2.0 TDI com 170 ou 180 cavalos, tendo este transmissão DSG e tração 4Motion, seria viável para pegar o jipão 4×4. A diversidade da gama pode favorecer o Volkswagen Tarek, assim como no SUV da Jeep, mesmo com o Tiguan Allspace (somente com 7 lugares).

[Fonte: Autoblog]

 

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • McLovin

    Resumindo: T-Cross tamanho XL. Esqueçam esse TSI 2.0 de 186 cavalos.

  • CARnivoro

    mudou mto pouco. Observei que mudou tb o console pq no atual BR não tem porta copos ao lado do freio de mão não.

  • Freaky Boss

    Pra mim se quiser mesmo pegar o Compass tem que colocar o 4motion na versão mais cara. Acho que isso traz mais apelo off road do que diesel.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email