Argentina Finanças SUVs Volkswagen

Volkswagen Tarek recebe US$ 650 mi para virar realidade na Argentina

Volkswagen Tarek recebe US$ 650 mi para virar realidade na Argentina

A Volkswagen confirmou em Berlim o investimento de US$ 800 milhões na operação argentina. A montadora alemã pretende produzir em General Pacheco o SUV do projeto Tarek, que é uma releitura local do chinês Tharu.


De porte médio, o Tarek terá a missão de enfrentar o Jeep Compass. Do momento anunciado, US$ 650 milhões vão para a produção do SUV na fábrica mencionada, enquanto os  US$ 150 milhões restantes vão para a fábrica da VW em Córdoba, mais ao norte do país, onde será fabricada a transmissão MQ281.

A produção dessa caixa de mudanças manual com seis marchas será integralmente exportada à Europa. Dr. Andreas Tostmann durante o encontro, disse: “Para a Volkswagen é muito importante continuar desenvolvendo e modernizando nossas fábricas em todo o mundo. Com os novos projetos destinados à Argentina, ratificamos nosso compromisso e a permanência da marca no país”.

Volkswagen Tarek recebe US$ 650 mi para virar realidade na Argentina

Pablo Di Si, presidente da VW para o Brasil e América do Sul, comentou: “A Argentina é um pilar fundamental para a Volkswagen América Latina. Nosso objetivo é fortalecer a marca na região, gerando uma base financeira sólida e alcançando maior participação no mercado e mais rentabilidade. Com este propósito, investimos US$ 800 milhões em tecnologia, inovação e infraestrutura para garantir a sustentabilidade de nossos Centros Industriais”.

O Tarek será um derivado do Tharu, que mede 4,45 m e dispõe 2,68 m de entre eixos, oferecendo assim espaço generoso, assim como o porta-malas. Na China, o SUV é vendido com três motores, sendo o quatro cilindros 1.2 TSI sua opção mais em conta, que entrega 116 cavalos.

Volkswagen Tarek recebe US$ 650 mi para virar realidade na Argentina

Outra versão é a com motor 1.4 TSI de 150 cavalos, ficando então a topo de linha com o 2.0 TSI de ciclo Miller com 186 cavalos. POr lá, o câmbio é DSG de sete marchas.

Aqui, o Tarek – que deve receber outro nome – provavelmente centrará suas atenções no 1.4 TSI Flex de 150 cavalos e 25,5 kgfm. O câmbio Tiptronic de seis marchas é outro item que deve estar presente no SUV argentino.

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Oba

    Parabéns pelo título e belo português.

  • Leandro Cazzeri Sasso

    Bem que na América Latina ela poderia trocar esses nomes estranhos, Tharu, Tarek… E colocar um nome mais ocidental.

    • David Diniz

      tipo o que?

      • vicegag

        Tatú e Tarefa.

      • Claudio

        Tarugo, Tofú, Talkey, Talouco

      • Anderson Mendonça

        Tóba

      • Fernanda Tavares

        Tienganei .

      • leitor

        Tarek e Tharu.

      • leitor

        Pateta

      • 😎.

        Tareco kkkk

        O tareco é um pequeno biscoito de consistência firme, feito de farinha de trigo, ovos e açúcar. A massa é pingada na fôrma antes de assar dando-lhe um formato discóide. O tareco faz parte da cultura popular na região Nordeste do Brasil desde muito tempo. Wikipédia

      • 😎.

        T-Louco , T- Phode, T- Lasque.

      • Ruberlan Santos

        T-Dana; T-Laska; T-Arromba

      • Leandro Cazzeri Sasso

        Não sei, só dei a ideia. Hahaha

    • Carroça BR

      VW Tibúrcio, VW Tribufu, VW Tacalepau… opções adequadas ao nosso mercado…

      • El Gato!

        Hahaha!!! Excelente..

    • Fernanda Tavares

      Tienganei

  • Matheus_P

    De fato, é um projeto condizente com a nossa realidade…

  • matheus

    Desenho bem acertado e ótimo conjunto mecânico.

    • Essa frente de Amarok acho que já deu. A VW sabe fazer melhor que isso na própria linha, sem contar as outras marcas do grupo.

  • roger ferraz

    DSG no Brasil só em carros premium , e o resto vai ficando com o obsoleto CVT… sendo que grande parte do lucro das montadoras vai daqui, mas só nos volta o bagaço…

    • leitor

      O CVT é um câmbio relativamente bom. Creio que é melhor se tornar bem popular pra depois se trocar que ficar acompanhando cada evolução e nenhuma receba atenção para depois quando precisar de manutenção custar tão caro por ser novidade sempre.

    • Ernesto

      VW com CVT aqui no Brasil?

  • Anderson Mendonça

    Traseira bonita, frente feia, interior sempre careta & igual. Plástico & caro.

  • Anderson Mendonça

    Melhor trazer o Skoda Karoq e mudar o emblema. Pronto, o verdadeiro anti Compass.

  • Cesar

    Talek

  • leitor

    Embora o nome não seja interessante aqui no Brasil é melhor que acompanhe como é chamado fora do país se for uma produção internacional.

  • Dr. Sinistro

    Coragem investir na Venezuela, digo Argentina.

    • O que me assusta é que a empresa deu preferência a Argentina e não ao Brasil kkkk. E olha que estamos falando de uma multinacional presente em vários países.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email