EUA Sedãs Segredos-Flagras SUVs Volkswagen

Volkswagen testa Arteon e T-Roc nos EUA

vw-arteon-t-roc-eua-3 Volkswagen testa Arteon e T-Roc nos EUA

Em uma rodovia perto de San Francisco, Califórnia, uma dupla de carros alemães chamou a atenção de Giantsfan107YGO, usuário do Imgur. Ele acabou flagrando os Volkswagen Arteon e T-Roc em testes. O sedã com estilo cupê é feito sobre a plataforma modular MQB, compartilhada com o Novo Passat.



O modelo está bem adiantado em relação ao Passat americano, ainda derivado da geração anterior e de baixo custo, focado no consumidor americano do segmento médio (grande por aqui). O Arteon tem um aspecto bem mais sofisticado e, se for lançado nos EUA, deve ficar acima do Passat, assumindo a posição de topo de linha, substituindo o CC, sua missão.

vw-arteon-t-roc-eua-4 Volkswagen testa Arteon e T-Roc nos EUA

Embora a Volkswagen não fale nada, ela teria levado para a África do Sul jornalistas de duas mídias americanas, que conheceram o Arteon. Este, por sua vez, tem apenas dois motores a gasolina, sendo o 2.0 TSI (EA888) com 190 cv ou sua variante poderosa com 280 cv. O primeiro tem tração dianteira e vai de 0 a 100 km/h em 7,7 segundos, atingindo 239 km/h. Já a versão mais potente tem tração integral 4Motion e acelera da mesma forma em apenas 5,6 segundos, tendo máxima limitada em 250 km/h.

O Arteon tem ainda duas versões diesel 2.0 TDI, sendo uma com 150 cv e outra com 240 cv, mas estes ficarão de fora da oferta para os EUA, quando isso ocorrer. Mas, e o T-Roc? No lançamento na Europa, a Volkswagen teria mencionado que o modelo terá foco somente na Europa e China, frustrando a expectativa de muitos nos EUA, que esperavam pelo crossover como opção de acesso da VW no segmento de SUVs.

vw-arteon-t-roc-eua-1 Volkswagen testa Arteon e T-Roc nos EUA

Mas, com este flagrante, parece que as coisas mudaram um pouco de figura. Realmente parece estranho para a VW deixar de lado o mercado americano nesse caso do T-Roc, concentrando-se no velho Tiguan, agora Limited. Mesmo com seu bom espaço, porta-malas e outros atributos, especialmente o motor 2.0 TSI de 211 cv, o SUV já está cansado de ser o cavalo de batalha da marca nesse segmento.

vw-arteon-t-roc-eua-2 Volkswagen testa Arteon e T-Roc nos EUA

Para brigar com os SUVs compactos e como novidade, o Volkswagen T-Roc se apresenta como melhor o opção, exceto se seu preço começar abaixo dos US$ 20.000. Para o mercado americano, o utilitário esportivo feito em Portugal seria um importado interessante, ainda mais se equipado com motor 1.8 TSI, mas provavelmente na “América”, ficaria mesmo é com o 1.4 TSI de 150 cv, embora não seja impossível emplacar o 2.0 TSI de 190 cv do Arteon na versão topo de linha.

[Fonte: Auto Evolution/Giantsfan107YGO]

  • Guilherme

    belas imagens…

  • Louis

    Que carro lindo este Arteon, discreto, elegante e imponente ao mesmo tempo, bem mais bonito que os Audi-grade-de-bueiro.

    • ObservadorCWB

      Mas o que dizer do Passat, que no mercado americano é “carrinho”…. e aqui vira o supra sumo da VW ? O TROC TROC ainda tenho dúvidas se será aceito pelo americano. Ainda mais que eles possuem uma infindável gama de opções. SUV e caminhonetes da VW não possuem muita chance por lá. No Brasil seriam CARRÕES, mas aqui a régua utilizada é muito mais baixa. Vamos comparar com o que ? Quase nenhuma marca trás seus carros atualizados. O próprio Passat Highline perdeu som premium, Park Assist involui – e ganhou apenas penduricalhos sem muita função prática no lugar. Pior é quando vai comprar o carro e ouve do vendedor que não tem disponível devido ao “sucesso” do carro. É para dar muita risada. E quando falo deste papo é Curitiba, uma capital de estado.

      • PEDAORM

        No mercado americano é carrinho e aqui é o supra sumo pq são carros diferentes… Não vira, é.

        • ObservadorCWB

          Explica o que o Europeu (se não me engano modelo B8) tem de TANTO a mais a ponto de ser chamado pela sua opinião de outro carro, ou seria o design ?O Passat americano é segundo a imprensa de lá “O MELHOR VW já feito pela marca, pelo menos na América do Norte”. Possui som da Fender com mais de 400W. Rádio via satélite Sirius XM. Conecta tanto Apple com Android. Possui o Park Assist de segunda geração (o nosso tinha até o ano passado, agora INVOLUIU para o I-pode isso VW ?? Pode-depois de detonarem a suspensão do Golf, esperar o que ?), Car-Net Guide & Inform, Car-Net Security & Service, Prevenção de colisão frontal, monitoramento de pressão dos pneus, o 1.8 TSi turbo, Paddle shifters, E o V6 SEL Premium 3.6L….coisa que aqui duvido que chegue….mesmo assim a própria VW autoproclama o Passat como Midsize car. Family-size fun. Lá um carrinho que a família compra para uso diário, enquanto os modelos melhores ficam para viagens e finais de semana. Longe do status e dos que outros carros oferecem. Claro que no Brasil vira carrão, tem coisas que o motorista comum nem ouviu falar, quanto mais saberia usar. Contudo…ainda perde feio para o também defasado Camry em número de vendas. Se você ler em Inglês sugiro a Car and Driver,eles compararam Passat x Malibu x Honda Accord x Hyundai Sonata x Kia Optima x Toyota Camry. E sabe quem venceu tecnicamente ? Passat.

          • Ernesto

            O Passat europeu e o feito nos EUA são diferentes sim. A começar pela plataforma.
            Veja o que essa matéria fala descreve (escrita por jornalista norte americano que foi conhecer o novo Passat europeu): http://www.caranddriver.com/reviews/2017-volkswagen-passat-20t-euro-spec-review

            • ObservadorCWB

              OK…o cara é especialista…escreve umas míseras linhas onde cita que o Europeu é menor que o Americano, mas parece ser mais espaçoso. Cita a ênfase no consumo do Europeu em detrimento do desempenho do Americano…e cita que o Europeu estaria (no futuro), mais propício a condução autônoma ou semi-autônoma…. Todos sabem que são plataformas diferentes…mas é incrível que ninguém PONTUA exatamente onde são tão diferentes assim. A própria marca deverá saltar par ao Arteon na América do Norte e Canadá. E eu ainda não andei no novo Europeu. Mas HOJE no Brasil coloquei o Passat como carta fora do meu baralho. Piorar o carro foi sacanagem. Deixassem a versão Highline intocada.

              • Ernesto

                Qualquer publicação fala que o oferecido nos EUA é diferente do que é vendido na Europa, esse foi o ponto que quis lhe mostrar.
                Nesta publicação que passei o link o repórter fala que o valor deste modelo que ele testou chegaria a 49.000 dólares enquanto um Passat nos EUA, a versão top (SEL V6), custa 34.815. Não vou levantar as diferenças entre eles, mas só pelos valores dá para imaginar que são carros bem diferentes.

                • ObservadorCWB

                  Ganhou meu positivo…mas não ajudou em nada. Tudo que leio é isso: é diferente, custa mais.

                  • Ernesto

                    O colega PEDAORM foi mais detalhista na explicação.

          • PEDAORM

            Não é minha opinião, é um fato que são dois carros distintos. O modelo americano é um outro carro, mais simples para atender aquele mercado que não espera tanto luxo nem refinamento desse segmento. São carros diferentes pois enquanto o americano é apenas um facelift e usa a antiga plataforma PQ46, o Europeu usa a moderna MQB, o interior é completamente diferente e usa materiais menos refinados no americano, também não compartilham o powertrain, usa motor mais antigos nos USA como o citado 1.8TSI em detrimento do 2.0tsi do GTI (Que tem o melhor compromisso entre perfomance e eficiência de toda linha, na minha opinião), nem sequer peças externas, praticamente só partilham do mesmo nome e peças genéricas comuns a diversos veículos do grupo, como o volante, se isso não é um carro diferente do outro, não sei mais o que é.
            O americano é sem dúvidas um bom carro, e vem sendo elogiado pela imprensa americana por ser um modelo pensando para aquele mercado. Carros para americano é diferente de Europeu, vemos como os japoneses dominam por lá e definham na Europa. A VW finalmente enxergou isso e para aumentar a participação tem investido em modelos locais menos refinados e mais baratos, além de mais espaçosos, a exemplo do Atlas. Equipamentos ambos modelos tem sobra, não vou nem entrar nesse mérito para não perdemos tempo.
            O Passat europeu é o verdadeiro, melhor e mais refinado Passat, o pacote brasil é bom o suficiente para ser o melhor do segmento aqui, na minha opinião. Não trocaria nunca pelo modelo americano. Mas cada um com sua opinião.

    • Handlay P.B.

      O Arteon também tem grade de bueiro.

  • Rodrigo

    Achei a traseira do Arteon bonita, bem resolvida. Já a frente eu não gostei…, muito baixa, achei sem sal, bem fraquinha.
    O T-Roc é um Q3 com símbolo da VW. Nunca achei graça nesse carro. Porém, as rodas são legais!

    • th!nk.t4nk

      Reparo que vocês avaliam muito o carro pelo visual. A julgar pela qualidade do Passat, o Arteon é extremamente interessante pelo que custa. Um excelente upgrade pra quem busca ir além (estou bem ansioso pra testá-lo). Quanto ao Q3, é um dos SUVs mais bem resolvidos que já guiei. Comportamento dinâmico impecável (desde que com pneus de verão, obviamente). O tão badalado novo 3008 fica muuuito longe dele. Se fosse depender do visual, a situaçao se inverteria, mas chega num ponto onde você só quer dirigir um carro realmente bom acima de tudo, e aí o design fica em segundo plano. Tenho a sensaçao que no BR essa fase nunca chegou.

      • Rodrigo

        Enquanto eu não guiei tais veículos, a única coisa que posso avaliar é o que vejo, que é o design.
        Aliás, não indiquei nenhuma informação quanto performance, dirgibilidade / dinâmica veicular!
        Como é que discutirei sobre outro ponto se não tenho nenhuma informação concreta ainda?

        • th!nk.t4nk

          Exato, foi justamente isso que apontei: que no Brasil falta acesso a estes carros pra uma avaliaçao que vá além do visual, e que isso é um tanto triste. Nao é absolutamente nada pessoal. É uma constataçao de nosso mercado. Um exemplo é a quantidade de gente dizendo que jamais optaria por um Polo, porque se parece com um Gol.

          • Matthew

            Não acho que seja um vício do consumidor local. A questão é que pra maioria de nós estes carros não são acessíveis simplesmente. Sequer há previsão de importação do Arteon. E o Q3 me parece algo inacessível para a realidade do nosso país. Então avaliamos aquilo que está ao nosso alcance. Caso pudêssemos avaliar os carros sob outros aspectos, obviamente não nos restringiríamos ao design.

            • th!nk.t4nk

              Verdade Matthew. Triste realidade. Quem sabe com o fim do Inovar Auto a coisa comece a mudar.

  • Ricardo

    Passat CC, CC e Arteon, todos maravilhosos!

    • José Eugenio

      Passat CC e CC são o mesmo carro (baseados no Passat 6), a VW do Brasil que resolveu fazer um facelift nele depois de lançar a sétima geração pra vender as 2 gerações ao mesmo tempo, já a oitava geração do Passat foi o primeiro carro a receber o Active Info Display / Virtual Cockpit e o Arteon chega como sucessor do fantástico Passat CC. O Arteon tem um potencial absurdo, deveria ser equipado com o motor do Golf R, apesar de que o motor 2.0 com 280cv e 35,6kgfm já entregam uma performance espetacular (0-100 em 5.6s e máxima de 250km/h limitada).

      • PEDAORM

        Esse 2.0 280 cv dá e sobra, anda igual e gasta menos que o antigo V6.

        • José Eugenio

          Exatamente, anda praticamente junto com BMW 335i e faz muita curva, graças a tração integral 4motion.

      • Ricardo

        Sei que Passat CC e CC são o mesmo carro, mas achava que a VW mundial havia abandonado o nome Passat CC e ficado só com CC.

        • PEDAORM

          Foi exatamente isso que aconteceu. Passat CC foi substituido pelo VW CC no mundo inteiro. Não me lembro das gerações terem convivido por aqui.

          • José Eugenio

            Foi isso mesmo, me enganei, é porque continuou parecido com a geração anterior do Passat, mas no final de 2015, tanto Passat B8 quanto CC eram vendidos ao mesmo tempo, apesar dele ter perdido o nome de Passat, se tratava de um carro baseado nas 2 gerações passadas do mesmo (B6 e B7).

      • PEDAORM

        Não me lembro de terem convivido aqui. O VW CC perdeu o prefixo passat em todos (ou maioria) dos mercados após o facelift (esse facelift não se limitou ao Brasil).

  • Sasaki

    Uma das maiores mentiras da industria automotiva e quando uma empresa fala que um determinado modelo de carro e exclusivos de alguns mercados,esse T-Roc disseram que nao ia ser vendido nos EUA,apesar de la so vender carros grandes aposto que esse T-Roc vai ser vendido la!!!

  • No_Name

    Só testes de campo para a engenharia local. O T-Roc é baseado no Polo e acho difícil a VW arriscar um carro inferior ao Golf/Tiguan lá naquele mercado e o Arteon está longe de ser um Phaeton.

    • Fabio Thasmo

      T-Roc é baseado no Golf, baseado no Polo será o T-Cross

      • No_Name

        Não, os dois são. T-Cross é projeto para mercados subdesenvolvidos, também baseado no Polo.

        • Bruno Silva

          T-Cross usará a MQB-A0 do Polo, enquanto o T-Roc usa a MQB do Golf.

      • VINÍCIUS FREITAS DE SOUZA

        Nop, o T-Roc é derivado do Golf, do Polo será o T-Cross

        • G.Alonso

          Sim, mas repare o desenho interior como é bastante semelhante ao usado no Polo, principalmente as portas. Esse T-Roc é um SUV para países desenvolvidos, mais bem acabado e numa base mais sofisticada. Já o T-Cross será um SUV mais barato, com acabamento ainda mais parecido com o Polo (veja o conceito, as saídas de ar são localizadas abaixo do multimídia igual o hatch) e esse que não deverá chegar nos EUA, mas, ainda seria vendido na Europa, porém, sendo mais focado em Brasil, China e outros.

    • José Eugenio

      T-Cross (plataforma MQB-A0 + interior de Up), T-ROC (plataforma MQB-A + interior de Polo). Resumindo:
      TCross é uma mistura de Polo com Up e TRoc é uma mistura de Golf com Polo, isso foi necessário para que os novos SUVs ficassem na mesma faixa de preço dos hatchs, o verdadeiro SUV do Golf é a nova Tiguan.

  • RSRX

    Aguardo ansiosamente esse estilo trapezoidal do nicho da placa traseira acabar.

    • Handlay P.B.

      Espero que esse estilo não acabe porque eu gosto da área da placa do carro em formato de trapézio.

  • Joaquim Grillo

    esse carro é lindo demais

  • Paulo Krupinsk

    Já vi o Arteon pessoalmente ele é muito bonito e tem um estilo agressivo. A frente dele lembra a frente do Scirocco, feito em Portugal.Dizem que é o sucessor do Passat. Eu avredito que seja sucessor do Phaeton.

    • thi

      DO CC

  • thi

    VERDADE VERDADEIRAS OBRAS DE ARTE

  • Iran Borges

    Esse arteon de lado lembra um civic, de frente um megane europeu, e por trás uma mercedes (talvez a s coupé ou c coupé). É a coisa mais bonita que eu já vi da VW desde o passat cc e o jetta 2.5 da geração anterior.

    • thi

      E o sirroco? Novo fusca? …

      • PEDAORM

        Scirocco é uma caso a parte, mas já está envelhecendo (apesar de seguir lindo). Os CCs e agora esse aerton tem mantido o tom dos melhores designs da marca nos últimos anos.

      • Iran Borges

        Não achei parecido não

  • Elfo Safadão.

    Arteon…?
    Venha a mim….

  • Gutemberg Ferreira

    Seria ótimo se o novo Jetta bebesse da água do Arteon.

  • leomix leo

    Esse Arteon é muito lindo. Será que vem para o Brasil???

  • Ricardo Blume

    Coisa linda esse Arteon. Tarefa nada fácil substituir o CC.

  • NaoFaloComBandeirantes

    Esse Arteon é um dos VW mais bonitos dos últimos tempos. Que incrível.

  • Handlay P.B.

    Legal se esses dois carros venderem nos EUA. Não gostei muito do T-Roc porque ele é caro diante do segmento onde ele atua (SUVs compactos, o que é estranho porque tal área seria a do T-Cross), dessa dianteira desagradável, desses cromados laterais ridículos e do fato de ele não ter a central multimídia de 9,2″ que tem no Golf 7 do qual deriva. Os carros estão ficando cada vez maiores e + refinados, isso não seria ruim se o preço final não subisse…

  • Catucadao

    arteon é maneiro

  • Luciano

    seria um importado interessante, ainda mais se equipado com motor 1.8 TSI, mas provavelmente na “América”, ficaria mesmo é com o 1.4 TSI de 150 cv, embora não seja impossível emplacar o 2.0 TSI de 190 cv do Arteon na versão topo de linha…

    … ??????

    • PEDAORM

      Todos VWs nos EUA hoje utilizam o 1.8 ou 2.0 tsi. Por ser importado acredito em 2.0 tsi por lá (ainda na dúvida qual potência). Já o 1.4 no aerton dos EUA considero impossível.

      • Luciano

        Apenas copiei e colei a matéria. Eu não entender nada.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend