Elétricos Europa Mercado Volkswagen

Volkswagen: todos os modelos serão eletrificados em 2030

volkswagen-id-crozz-frankfurt-9 Volkswagen: todos os modelos serão eletrificados em 2030

Há 13 anos, a Volkswagen estava mergulhada no “Das Auto” e isso significa que o céu era o limite para o fabricante de Wolfsburg. Agora, a montadora germânica promete algo bem diferente para os próximos 13 anos. De lá para cá, as coisas mudaram drasticamente para a marca, mais precisamente a partir de 2015, quando o “11 de setembro” da VW caiu num dia 18, quase dois anos atrás.



O mega escândalo das emissões fraudulentas de óxido de nitrogênio em motores diesel – comparado ao Watergate americano – abalou a credibilidade da Volkswagen e colocou a indústria automotiva germânica sob suspeita, posteriormente. Em realidade, os principais fabricantes de carros diesel foram arrastados pelo impacto sobre o Clean Diesel, que surgira pouco antes como uma alternativa eficaz e limpa aos tradicionais carros com motor a gasolina nos EUA.

Logo de cara, 475 mil TDIs se tornaram vítimas do software ilegal, que manipulava a emissão de NOx quando em teste. Poucos escaparam ao crivo implacável do governo americano, que apontou outros 85 mil de luxo, incluindo a desejada Porsche. Logo, descobriu-se que não eram só meio milhão de carros nos states, mas 11 milhões em todo o mundo, sendo 8 milhões só na Europa Ocidental. Bom, os efeitos são conhecidos e mesmo quem não estava envolvido diretamente com a VW, acabou descoberto na Lava Jato do Dieselgate.

volkswagen-id-crozz-frankfurt-2 Volkswagen: todos os modelos serão eletrificados em 2030

A conta? Cerca de 20 bilhões de euros reservados pela Volkswagen para limpar a sujeira deixada pelo óxido de azoto. O valor deve subir ainda mais, mas ele serve de referência para uma virada de mesa decorrente do desabamento da casa, causado pelo Dieselgate. Numa verdadeira caça às bruxas, a VW teve que buscar os culpados e mudar completamente sua estratégia para o futuro. O TDI virou vilão e o I.D. surgiu como salvação.

É apoiando-se neste último que a maior montadora do mundo quer pagar pelos seus pecados e definitivamente se tornar limpa diante do mercado. Com pouco mais do valor dos custos do Dieselgate, a Volkswagen quer ampliar a mobilidade eletrônica nos próximos anos e estar em sintonia com a nova realidade do mercado automotivo na próxima década.

Para dar sustentabilidade à radical mudança de filosofia, a empresa quer aplicar 50 bilhões de euros em baterias de lítio, fundamentais para atender a demanda para 2025, ano em que o grupo alemão quer ter 3 milhões de carros elétricos emplacados anualmente. Com o plano “Roadmap E”, a Volks promete 80 modelos verdes naquele ano, sendo 50 elétricos puros e 30 híbridos plug-in, mas o objetivo é ter todos os 300 modelos esperados para 2030 com versões eletrificadas.

vw-id-buzz-concept-2 Volkswagen: todos os modelos serão eletrificados em 2030

Toda essa gama será sustentada por apenas duas plataformas elétricas. Fábricas, mão de obra e infraestrutura estarão adaptadas para essa nova realidade. Na produção de baterias, a VW não recorrerá à produção própria, contratando fornecedoras sul-coreanas. Além disso, a montadora busca o desenvolvimento da bateria de estado sólido, que possibilitará maior densidade e menor tempo de recarga.

Ainda que todo carro do grupo VW será eletrificado em 2030, a companhia por ora defende seus motores convencionais, especialmente os diesel, dizendo que são os mais limpos da Europa e que atendem perfeitamente ao Euro 6. A empresa promete introduzir o sistema SCR (Redução Catalítica Seletiva) em todos seus motores diesel e filtro de partículas nos propulsores a gasolina. Para 2019, a empresa anuncia uma nova geração de motores e a ampliação do uso de combustíveis sintéticos a partir de energias alternativas, como já em uso na Audi.

  • Maycon Farias

    Uma excelente noticia que agora virou frequente Amém, Parabéns enormemente para eles. Precisamos disso.

    • Deadlock

      Só espero que o cliente não leve um choque, ao ouvir o preço…

  • thi

    Os Carros jA foram corrigidos e estao sendo vendidos . So quem tem Bala na gulha pra pagar 20 bilhoes em multas . E ainda esta de bento em poupa. Das auto!

  • thi

    Hoje a VW( grupo ) e Tesla estao na ponta da tecnologia

    • Marcio Almeida

      Sei não as chinesas investem pesado tanto em tecnologia como em produtos, não duvido que na revolução dos carros elétricos eles ja estejam um passo a frente de qualquer montadora.

  • Marcio Mendes

    Não no país das bananas, of course! Não aquela que vendia Kombi de 65 anos até bem pouco tempo atrás. Volkswagen é uma coisa… Volkswagen do Brasil… é outra!

    • invalid_pilot

      E quando a VW do Brasil traz projeto europeu idêntico da VW, o consumidor simplesmente ignora e bota defeito.

      Tem mais que vender projeto para emergente e terceiro mundo mesmo.

      • thi

        Isso mesmo .!

      • Marcelo Cordeiro

        Exato. O Up! está aí para provar isso e o Polo está chegando para sacramentar sua idéia!!!!!

        • Polo virá num momento errado, quando o mercado pede Suvs e crossovers, e custara praticamente o preço de um, e depois vão reclamar que não fez sucesso, que é culpa do brasileiro etc.. como o Golf? ahahah a Jeep ta ae pra desmentir isso.

          • Marcelo Cordeiro

            Jeep? Você se refere àquela versão de entrada descarada com motor de pálio? Existem inúmeros nas concessionárias com um ano de uso, pois os proprietários não suportaram o consumo.

            • Me refiro mais ao Compass mesmo, carro de 100 mil reais a versão básica que vive no top 10 na frente de vários VW mais baratos.

        • Luis Burro

          não adianta trazer a 100 mil,já é caro a 40!

      • Eles cobram barato ne kkk, bem dentro da realidade do brasileiro mesmo!

        • invalid_pilot

          Ai é questão de prioridade.

          Brasileiro pouco liga pra qualidade e sim para aparência, quer um exemplo: HB20 é um carro bem feito, mas a minoria o compra pela qualidade e sim pela aparência

          • Luis Burro

            Pra qm compra modelo de entrada dificilmente o valor não é o fator principal.Só qm tem dinheiro pra comprar a vista é q escolhe o segmento.
            Hb 20 deve ser mais caro q o Onix,sem falar nas outras vantagens do chevrolet.

          • Como tu sabe? Eu mesmo vejo a maioria diz que gostou do HB20 pq andou e curtiu o desempenho, espaço, dinamica, etc.. e o tratamento na Hyundai. Hoje a VW perde muitos clientes por causa da soberba e de achar que carros se vendem sozinhos, o que é uma mentira desse mercado. Eles ainda não acordaram pra isso por isso mantem estas plataformas antigas. Por isso que uma empresa como essa demora a entender o mercado, e esse foi o diferencial da Fiat, como grupo, de ter comprado a Chrysler e investido em suvs, pick-up etc..

            • invalid_pilot

              Estou falando do geral, apenas observe na internet os motivos de quem compra um HB20.

              Agora, seu problema é especificamente a VW, não vou perder tempo defendendo marca pq não sou advogado da VW, mas é inegavel que é uma das poucas que ainda oferece modelos vendidos na europa aqui em nosso país.

              Existe o Gol ainda e apenas comprovando meu ponto, é o modelo mais vendido, justamente o desenvolvido para mercado emergente.

              • Honda, Toyota e Hyundai oferecem modelos vendidos mundialmente, e nem por isso são melhores. Renault-Nissan oferecem modelos vendidos na Europa, PSA também. Eu não critico a VW e sim a estrategia do braço brasileiro da marca, que perdeu a mão para o nosso mercado. Eles vivem de nome, pq de lançamentos basicamente so terão nomento o Polo.

                • invalid_pilot

                  E todas essas marcas tem modelos com preços mais altos que os modelos feitos para emergentes. No caso de Honda e Toyota tem o agravante de que o Brasileiro achar serem carros quase premium.

                  • Não acho Honda, Toyota e Hyundai cobram tão mais assim do que a VW. Alias a VW em alguns pacotes de opcionais, que muitas vezes vem de série nas outras, ultrapassa e muito os preços da concorrencia, por isso que a VW perdeu praticamente todos os podiuns que tinha. A VW ganha em volume, por ser uma marca antiga no Brasil, mas em inovação, não.

          • Pete Alves

            Comprei um Up para dar a minha mulher que precisava de um veículo prático e econômico para o o dia dia. Porém carro não é uma máquina de lavar ou um trator, nos quais prevalecem a funcionalidade, por isso não existem marcas equivalentes a uma Ferrari ou Rolls Royce entre eletrodomesticos ou máquinas de trabalho. Então não venha com esse falso apelo a racionalidade como forma de justificar o visual inegavelmente insosso, sem graça do UP – especialmente em um site especializado em carros. Por isso digo que o Up é um ótimo meio de transporte para a minha mulher, mas que nunca seria o meu carro.

            • invalid_pilot

              Falso apelo de racionalidade kkkk
              Eu jamais teria um Ferrari, Rolls Royce e etc pra andar em SP, mesmo se tivesse nadando em dinheiro.
              Incrível como carro no Brasil tem que satisfazer o ego do proprietário e ele ser visto como bem sucedido pelos outros, eu estou pouco me f… pros que os outros pensam.

      • Luis Burro

        Mas se trouxesse a preço competitivo ngm reclamaria,mas quer se achar melhor q as outras!

      • Marcio Almeida

        so não trazer com preço europeu que vende kkkk

      • daneloi

        Boa. Muito boa!

  • Diogo Augusto

    Repararam que desde que saiu o escândalo do Dieselgate a VW ficou desesperada por carros elétricos? Nada contra, só achei coincidência…
    Enfim, tomara que dê certo…

    • thi

      Duvida nada q foi tudo armado . So pra darem fim ( q ja he tempo diga_ de de passagem) no motor a vrum .. combustao!

    • Luis Burro

      Tlvz pq não ficou só nela!Foi preciso um pras autoridades repensarem se o diesel era msmo a melhor opção.

    • th!nk.t4nk

      Só a VW? Todas as grandes montadoras estao investindo pesado em eletromobilidadel. A VW é só mais uma dentre muitas.

      • Diogo Augusto

        Eu sei cara! Mas é que eu achei coincidência que a VW não estava se importando muito com os elétricos aí veio o dieselgate e ela começou a lançar um monte de conceito elétrico e fazendo um monte de promessa de eletrificação… não disse que foi só ela que começou a se importar com os elétricos… interprete o texto

        • th!nk.t4nk

          Sim, nao estava criticando nao, só complementando. O dieselgate no fim das contas vai salvar a VW na próxima década. Quem poderia imaginar?

  • Luis Burro

    Humildade é a unica virtude q não nos deixa sucumbir ao nosso orgulho,foi o q faltou a volks.
    Não colocou só a industria gemanica,jogou uma luz sobre os milagrosos resultados provindos do motor diesel de todos os fabricantes e em diversos países!

  • wagner

    Só um correção.
    A VW não é a “maior montadora do mundo”. Este título é da Toyota.
    Não confundir grupo com marca.

  • Paulino Lino

    Só peço uma coisa: coloquem retrovisores (nem que seja de enfeite) nesses carros conceitos pelo amor de Deus kkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend