Crossovers Hatches Minivans Volkswagen

Volkswagen up!: alemães falam em família para 2020

volkswagen-up-2016-1 Volkswagen up!: alemães falam em família para 2020

O Volkswagen up! parece estar em uma encruzilhada dentro do portfólio da marca alemã, mas não só no Brasil. Na Europa, o subcompacto divide a linha de montagem com os primos Seat Mii e Skoda Citigo. Porém, mesmo assim, o trio não está correspondendo em termos financeiros, visto que o segmento de entrada naturalmente dá pouco lucro, mas por conta de normas de segurança e emissão, o custo de produção acaba sendo elevado.



Não é surpresa que o up! tenha sido considerado caro para a realidade do mercado indiano, por exemplo. Afinal, o emprego de aços de alta e ultra resistência em percentual elevado, mais uma linha de montagem com soldagem a laser só tornaria as coisas ruins em termos financeiros, o que elevaria o preço do produto, convertendo-o em mico no mercado. Quando foi apresentado à imprensa brasileira, o pequenino era (e ainda é) tecnologicamente muito superior aos Gol e Fox. Deve-se lembrar que o último já foi vendido na Europa.

volkswagen-up-2016-1 Volkswagen up!: alemães falam em família para 2020

Mas então, o que fazer com o up!? Nos últimos meses, diversas informações começaram a surgir sobre o subcompacto alemão. Falava-se em um crossover que poderia de fato substitui-lo para acompanhar a onda de SUVs que varre a Europa. Sua posição em termos globais (na verdade em termos brasileiros), também se complicou com o anúncio dos 20 lançamentos da VW até 2020.

O pequeno não consta da grade divulgada e atualmente cumpre uma tarefa que não era a sua, ao ficar acima do Gol e pretender ocupar o espaço do Fox. Para complicar, o sucessor do Gol terá uma plataforma MQB A00, mais simplificada para reduzir custos. Provavelmente será a mesma empregada na Índia para os compactos locais. Há uma boa chance desse futuro carro de entrada ser o mesmo para os indianos. Bom, mas e o up!?

volkswagen-up-2016-1 Volkswagen up!: alemães falam em família para 2020

De acordo com a revista alemã Auto Bild, o subcompacto e seus primos constituirão uma nova família. Os modelos serão oferecidos nas carrocerias hatch, minivan e crossover. Segundo a publicação, não haverá mais versão de duas portas no hatch e todos terão a mesma base, suspensão, direção, estrutura de armação da carroceria, entre outros componentes. Porém, teto e ambiente serão diferentes entre as marcas. A VW estaria tentando racionalizar o trio de modelos, a fim de reduzir alterações estéticas e custos.

A minivan pode ganhar portas deslizantes, da mesma forma que considera-se uma opção aventureira, bem como reposicionamento dos assentos. Mas, a tração basicamente será dianteira, embora a montadora sinalize que não seria impossível integrar um sistema da Haldex, por exemplo. Em termos individuais, a Volkswagen deverá dar mais ênfase aos Seat Mii e Skoda Citigo, que estão bem apagados em comparação com o up!.

volkswagen-up-2016-1 Volkswagen up!: alemães falam em família para 2020

Na mecânica, permanece o que há: motor EA211 de três cilindros e um pequeno diesel entre 75 cv e 105 cv. Fora isso, o propulsor elétrico do e-up!. Um híbrido plug-in seria caro demais. O câmbio automatizado deve dar adeus em prol do automático de seis marchas. Por que não o DSG? O crossover deve acabar como o best seller das três opções, podendo ser chamado de T-Track. O “CUV A0” divulgado na Argentina parece estar em um patamar acima do up!.

Aqui, tais mudanças no up! tornariam o modelo mais exclusivo e distante do Gol, perdendo o câmbio automatizado, que seria trocado por um Tiptronic de seis marchas nas versões TSI. O 1.0 MPI, assim, ficaria apenas como opção de acesso com, talvez, um pacote exclusivo, para chamar a atenção. Nisso, o Gol deve manter-se com o 1.0 MPI e o 1.6 MSI, mas com o câmbio automático de seis marchas.

[Fonte: Auto Bild]

COMPARTILHAR:
  • Sílvia

    Cá pra nós , eu acho que a VW está é perdendo muito tempo em lançar uma versão SEDAN . Mesmo porque , o brasileiro tem muita predileção por um carrinho com aquela “bundinha” saliente , né ? Vide o corsa sedan , que vendeu como água , mesmo sendo um projeto bem antigo . VW , está esperando o que mais ?

    • Henrique

      Concordo plenamente com vc. A VW deveria lançar produtos mais acessáveis e com melhor custo x beneficio. Sinceramente para pagar quase 60.000 mil num TSI, apesar de não gostar eu prefiro um Argo ou um Peugeot 208.

    • carroair30

      Isso é mais uma maneira de dizer que o UP MICOU ,carro de baixo custo vendido a preço de premium ,sem forro nas portas,sem vidro eletrico traseiro e sem espaço digno do preço que é cobrado,sem falar em motores problematicos e uma assistencia tecnica ridicula,resumindo,quemcomprou e pagou caro por ele ,em mais ou menos 3 anos vai ficar com o “pau do pirulito na mao”

      • Wendel Zschornack

        Sim, o negócio é um Mobi.

      • Victor Hugo

        Carro de baixo custo que não é! A diferença que o custo dele foi direcionado para segurança, coisa que brasileiro não vê. Já outras marcas preferem telinhas, adesivos e coisas chamativas…

        • ViniciusVS

          Ninguém está falando em telinha ou adesivos e sim em aposentar o arcaico sistema de manivela dos vidros, melhorar o acabamento, regulagem de altura do cinto, aposentar esse Imotion. Ainda que esse facelift o carro deu uma melhorada pois nem controle de som tinha…

          Falar que um subcompacto de 60k sem airbag lateral, sem airbag de cortina, sem ESP, com apoio de cabeça fixo no banco dianteiro, cinto do meio de 2 pontos ainda tem o seu custo voltado para segurança é só rindo mesmo né?

          Subcompacto completamente inflacionado no mercado e a culpa é do consumidor que não aceita esse mico? A Volkswagen que precisa criar vergonha na cara e vender esse carro no patamar dos seus concorrentes afinal o UP nada mais é que um carrinho de entrada.

      • Dherik

        Valeu NA por ter ajudado a espalhar a desinformação que o motor do up é problemático.

  • Schack Bauer

    Nunca entendi muito bem porque a VW lançou o Up aqui no Brasil. Brasileiro gosta de carro grande, ainda que seja mais pelado ou inseguro que as opções menores.

    • Marcelo Nascimento

      eu acho válido testar um nicho novo. Todo mundo falava bem do Picanto, mas não tinha volume.

      E, convenhamos, para uso na cidade, o carro é perfeito!! Só que é bom demais pro mercado brasileiro, infelizmente.

      • José Barbosa

        Bom demais? Seria se cobrasse um preço justo para nossos padrões de mercado. Um carro extremamente limitado em termos de espaço e que custa o mesmo que um premium.

        • AugustoSeide

          Nunca entrasse em um Up! pra falar que ele é “limitado em termos de espaço”.

          • José Barbosa

            Entrei e dirigi, todas as versões, inclusive: 1.0 manual, tsi e i-motion. Mas achei caro para o que oferecia.

      • Fernando

        Me lembro da época que o Picanto vendia muito lá pra 2010. Parou de vender por causa do aumento nas regras de importação, culpa da Kia que não o fabrica aqui. Culpa da Kia também que parou de anunciar.

        Nessa época q falei o que mais via era anúncio da Kia na tv sobre o Picanto, Soul e Cerato.

        Hj, cadê a Kia? Sumiu da mídia.
        Por isso que vende menos!

        • ObservadorCWB

          A reportagem podia ter falado também que além de “vendido”, o FOX foi DADO COMO BRINDE na Europa. kkkk

          • carroair30

            E mesmo assim dando como brinde foi duramente criticado e a relatos de consumidores que rejeitaram o brinde pedindo para trocar por uma outra “vantagem”

            • Fernando

              é outro mundo lá fora.
              Que droga pra nós!

        • José Barbosa

          Culpa do governo que cria regras idiotas. A Kia estudou, viu que não havia vantagem, reduziu a participação no mercado local e focou em outros mais atrativos.

        • Hoffmann

          Curioso que mesmo importado da Coreia o Picanto custa o mesmo ou menos que um concorrente nacional (up e Mobi) com equipamentos semelhantes mas com acabamento infinitamente melhor. E no caso do automático, menos que um up automatizado.
          Quem está caro demais mesmo?

          • Fernando

            acho que a pergunta certa a ser feita é: Como eles conseguem?
            A resposta nao eh muito dificil da gente imaginar

      • Eduardo

        Por favor, não compare o pobre UP com o completo e bem acabado Picanto! Tive um, carro ótimo, era um 2008 e à frente de seu tempo. Já empregava direção elétrica inclusive. Excepcionalmente econômico, bem acabado e, ainda hoje, com preço justo se comparado à concorrência. Seguro era baixo tb. Se tivesse que comprar um subcompacto hoje ele seria a opção com absoluta certeza! Carro robusto além do mais e de manutenção barata. Sou só elogios.

    • Pedro Henrique

      eu adoro esses carrinhos subcompactos e compactos, mas claro, amo sedan, é meu nicho favorito, seguido das minivans e sw’s
      eles tem uma pegada diferente sabe, melhor jeito de explicar isso é dizer pra você sentar num uno 2001 e andar por aí kkkkkkkkk

    • Roberto

      eu gosto do UP e teria um antes de ter filho. O problema é que ele pode até ser um bom carro, mas não tem bom custo benefício.

  • No_Name

    Aqui no Brasil é difícil o Up passar dessa geração. Ainda mais porque o Gol terá sua 4ª geração.

    • th!nk.t4nk

      O Up infelizmente nao combina com o Brasil. As pessoas compram carro popular pra ser o “carro da família”, e pra isso ele é muito pequeno. Além disso poucos valorizam segurança. Em primeiro lugar brasileiro quer é um desenho moderno, esportivo. Em segundo lugar itens de série chamativos, tal como uma bela tela no centro do painel. A GM sabendo disso fez o Onix, e tá aí o sucesso.

      • Aaron Ramos

        Esse é justamente o problema. É natural por aqui se procurar um “carro família”, assim o UP sai muito caro para ser adquirido como “secundário”.

        Foi justamente o meu caso, acabei pegando um Ford KA pra mulher (2014, na época com 2 anos de uso).

      • Gilberto DePiento

        O sucesso do Onix não se resume à multimídia, até porque se fosse isso ninguém compraria as versões mais básicas. O Onix é relativamente largo, tem suspensão tendendo para a maciez (o que o povo classifica como “confortável”), mecânica simples e conhecida, o painel diferenciado agrada os leigos, o design tendendo ao agressivo (ao contrário do up) também agrada ao consumidor leigo. E, por fim, a facilidade de financiamento é determinante.

  • FPC

    Haja o que houver, o up! pra mim é o carro ideal para o meu dia a dia, e creio que muitos que tem pensam assim, eu só preciso de um carro econômico, seguro e com desempenho satisfatório para um 1.0, pois rodo muito e em rodovia principalmente, a dirigibilidade dele pra mim é superior que a do Fox. Hoje só trocaria por outro, mas como o meu está com apenas 55 mil kms ainda tenho pretensão de ficar bastante com ele.

    • Pedro Henrique

      sim, mesma coisa, quero carro econômico, seguro, e com força pra quando eu precisar, até porque como você eu rodo bastante tanto rodovia como cidade, e sendo compacto melhor ainda, cabe em vaga apertada na cidade.
      seria melhor ainda se encaixa-se um cambio cvt ou aut de 6 marchas (pra manter o consumo bom)
      aah outra coisa que eu mudaria é que eu tiraria aqueles pneus kumho e botaria uns michelin energy xm2, hoje os que saem da css nem kumho mais são, acho que são giti…

      claro nem tudo são flores como as peças sendo caras já que é um carro tecnologicamente de categoria superior no quesito motor, mas isso é culpa dos impostos no brasil pra peças. Além da manolagem que os cara tornaram o carrinho.

    • fabio bien

      meu amigo, eu tbem tenho um up tsi, sou representante comercial e rodo em media 4.000km por mês, caro me atente de maneira descente, com uma dirigibilidade excelente, motor elástico e até as vezes divertida, excelente consumo, tanto no etanol como na gasolina. o meu já esta com 2 anos de uso, vou rodar mais uns 6 meses e ver o que faço, vai ser difícil excluir o up da próxima compra.

      • FPC

        O meu é um High MPI, como é as suas médias com ele? eu ando 90% rodovia e metade do tempo com ar ligado, pois a noite quase não ligo, faço 13 no etanol e 19 na gasolina.

        • fabio bien

          Hj pela manhã rodei 170km, rodovia simples, ar ligado, gas. comum, média 19,1km/l.

    • Pedro Henrique

      alias, uma duvida, o meus está hoje com 29 mil km, mas o seu já ta perto da famigerada revisão de 60 mil (e perto do alto custo da troca da correia) se puder quando fizer passa pra nós aqui como foi certinho…

      • rgrigio

        Mas ela não é para 120.000km ou 4,5 anos?

        • Pedro Henrique

          no manual e nas revisões programadas diz que dependendo das condições de rodagem ela pode ser necessária a troca já aos 60 mil km… ela aparece lá… mas creio eu que isso seja pro pessoal de minas gerais por causa do pó… aqui no litoral não sei como fica

          • Edson Fernandes

            Condições severas. Ele cita condição severa sendo que aí o tempo de troca é menor.

      • FPC

        A minha vou trocar pelo tempo, pois não alcançarei 120 mil kms até 4 anos e meio não.

        • carroair30

          Vcs que vao trocar a CORREIA DENTADA preparem o bolso,e encontrem um mecanico bem experiente pois nao é qualquer um que tem o conhecimento tecnico para trocar essa correia e qualquer erro ,minimo que seja ,ja era o motor

          • FPC

            Já pensei nisso e decidi que vou trocar ela na concessionária mesmo, antes pagar mais caro num lugar que tem o ferramental próprio do que levar em uma oficina mecanica qualquer que seja e pagar caro depois por motivo de serviço mal feito.

          • Eduardo Andrade

            O problema é que não há mexânicos experientes, pois esse motor é novidade.
            Comprei o manual da troca da correia dentada desse motor EA211 1.0 e eu mesmo trocarei. Falta agora adquirir somente o kit de ferramentas específicas.

    • afonso200

      só falta cambio AT6 nele

    • thi

      Tb tenho um MPI ..show .. futuramente um tsi

  • Pedro Henrique

    up com tiptronic? po dai sim, adeus automatizado mono embreagem que só da tranqueira, mas, imagino que se o carro já é caro agora, com um cambio desse vai subir mais ainda e ele já ta na casa do POLO que é ACIMA de gol e fox…
    então teria o polo que subir bastante, pra encaixar o gol MQBA00 ali no meio, dar adeus ao fox e o up tentar não subir de preço, mas então a vw não vai ter hatch compacto numa faixa muito importante do mercado

    • Edson Fernandes

      Não tem como. Se fosse subir ficaria a preço de Polo. E então todo mundo iria preferir o Polo mesmo.

  • Danillo Santos

    Que texto confuso!

  • Lucas086

    Um Up! tsi aut 2p com pelo menos bag lateral, mais esp, tsc e um teto solar, até eu encarava… pena que ia custar quase o preço de um golf.

  • Ricardo

    O negócio é dar uma repaginada no design e acabamento interior e transformar o Up! num concorrente do 500.

  • afonso200

    viu como cabe um cambio AT6 nele,,,,eu sempre falo isso, se ja tivessem lançado o TSI AT6 eu ja teria trocado o Altima nele

    • Wellington Myph13

      Vai ter alteração no cofre do motor. Não cabe atualmente.

  • Wellington Myph13

    A VW acordou e achou uma maneira de tornar mais viável a continuação do uso da plataforma do up, que é segura e pequena… Só criar uma versão SUV dele e pronto, já pode pedir a mais que vende. Só nisso já consegue tirar um lucro melhor com a plataforma…

  • Marcos

    “Mas, a tração basicamente será dianteira, embora a montadora sinalize que não seria impossível integrar um sistema da Haldex, por exemplo.”

    Alguém com conhecimento pode explicar qual é e para que serve esse sistema da Haldex?

    • th!nk.t4nk

      Eu nao sei por que escreveram assim. É um mero sistema AWD (traçao nas 4 rodas com vetorizaçao de torque), onde as rodas traseiras dificilmente recebem 50% da força tal como num 4×4 “real”. Ao invés disso, cada roda recebe só a quantidade de torque necessária pra superar a condição de perda de aderência. Ah esse sistema também é bem mais econômico do que um 4×4 real, mas nao é o mais adequado pra veículos off-road. É mais pra carros de rua, crossovers e SUVs leves. Na Europa adoram esse sistema porque ele melhora muito o comportamento do carro quando tem neve e gelo na pista (embora nao faça milagres).

  • Pedro154

    Ótima notícia para as mães dinás que correm por aqui dizendo que o up! vai morrer em breve. Eu continuo achando que up! e Gol irão convergir em um projeto único. Lá na Europa como substituto do up! e aqui, como a 4ª geração do Gol.

  • Ricardo Blume

    Nunca entendi o lançamento do Up! no Brasil. Um modelo que, ao olhos de muitos, seria o carro de entrada da VW aqui no país e que aos poucos foi ganhando versões, motorizações e câmbios, elevando o preço do já caro Up! a preços estratosféricos, fazendo com que o mesmo perca seu propósito dentro do line da marca. Ainda acho que não deveriam haver mais de três versões de acabamento, um único motor e talvez incluir um câmbio robotizado (além da manual) na linha Up! e só. O que era para ser de entrada virou de nicho e, assim, matou o carrinho. Uma excelente opção para um daily car que acaba esbarrando no preço. Não duvido que não tenha vida longa no Brasil.

  • durango

    Upinho Up e Upão!

  • Franco da Silva

    Até na notícia de nova geração e ampliação da família tentam dar a entender que o modelo vai acabar. Já tive um up!, era bom, mas não entendo porque desperta tanta inveja.

  • Leonardo azevedo

    No brasil, creio que esta caro demais pro porte dele logo a VW devia era mesmo torna-lo um “SUV” para pelo menos esconder porq cobra tão caro

  • Roberto

    Acho que a VW devia focar em uma versão 2 lugares (como se fosse o Smart) e uma de 4/5 lugares esticada “cross”, como se fosse um SW, além da tradicional.
    Aqui no Brasil:
    UP 2 lugares: 35k completo
    UP 5 lugares: 40k completo
    UP SW Cross: 50k completo

    • Ricardo

      Defina Completo?
      Pq hj já tem UP de 60k fio…

  • Leonardo M. G.
  • 1945_DE

    Infelizmente a VW tem perna curta e toma decisões totalmente equivocadas. Se ela tivesse lançado o Taigun (SUV do UP) em 2016 ela estaria vendendo a rodo o caro. Imagine o Taigun com a motorização TSI de 200Nm, com o preço do UP. Seria o uma febre nas ruas.

  • thi

    Faz um jimnny da vw e pronto . Vai vender como agua, apesar de ter um MPI ,mas esse carro nao he pro bico desse povo ignorante ( brasileiro)

  • Paulino Lino

    Vocês todos podem ter certeza que a VW ainda vai trabalhar numa família bem diversificada com base no Up! Sedan, pick-up e SUV compacto. E o que mais conseguirem extrair do Up e que o mercado necessite (mas vale lembrar que a VW leva 15 anos pra executar projetos “verdadeiramente” voltados pro Brasil). Veja os projetos da nova Kombi (microbus e Bulli) por exemplo; e desde 2014 a Kombi está fora do mercado.

  • Robinho

    não importa a versão, pra mim este carro é feio em todas elas.

  • DiMais

    aqui vai ocupar o espaço do Fox (principalmente no preço).

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email