Elétricos Europa Mercado Volkswagen

Volkswagen usa Multivan elétrica na estreia do serviço de compartilhamento MOIA

volkswagen-moia-multivan-1 Volkswagen usa Multivan elétrica na estreia do serviço de compartilhamento MOIA

A Volkswagen iniciou em fase experimental seu serviço de compartilhamento chamado MOIA. A ideia é atender as pessoas, em especial jovens, que deixaram de lado a opção de usar um carro próprio para seus deslocamentos urbanos. A tendência não é apenas na Europa e EUA, mas em todo o mundo, visto que a geração atual racionalizar seus gastos focando mais em conectividade do que na aquisição de um veículo.



Pensando nisso, o serviço MOIA pretende ter até 2025, um milhão de carros compartilhados. Pelo que se pode notar nessa primeira incursão da Volkswagen nesse novo tipo de negócio, que permite obter receita por toda a vida útil do veículo, a estratégia é ter uma marca própria, diferentemente de outras montadoras, que se uniram a startups ou adquiriram empresas de compartilhamento para cadastrar usuários e desbloquear seus veículos.

volkswagen-moia-multivan-2 Volkswagen usa Multivan elétrica na estreia do serviço de compartilhamento MOIA

No entanto, da mesma forma, o MOIA se apoia em veículos elétricos e, nos próximos anos, na condução autônoma. O primeiro veículo a ser disponibilizado é mais realista que o conceito apresentado anteriormente. Trata-se de uma variante futurista da Volkswagen Multivan, mas com um importante diferencial: propulsão puramente elétrica. Com autonomia de 300 km, o veículo pode ter 80% da carga reposta em apenas 30 minutos.

Ostentando frente e teto em preto brilhante, não tendo grade frontal e com outras partes do visual de mesma tonalidade, a van elétrica do MOIA possui ainda vidro maior na porta corrediça e para-choque com iluminação em LED bem estilizada. Por dentro, são seis lugares para os passageiros, cada um individual e altamente conectado, com entradas USB e conexão Wi-Fi. Cada assento tem iluminação própria e há espaço para bagagem eventual.

volkswagen-moia-multivan-3 Volkswagen usa Multivan elétrica na estreia do serviço de compartilhamento MOIA

No serviço MOIA, o usuário baixa um aplicativo dedicado com viagens pré-definidas, mas isso não exclui a possibilidade de trajetos individuais, funcionando mais como um táxi ou serviço de transporte como o Uber. Um algoritmo permite ao sistema criar rotas mais eficientes e rápidas, incluindo paradas programadas para deixar ou pegar passageiros, mas de forma a não tornar a viagem demorada. Isso possibilita reduzir o custo das viagens para o operador, mas ainda não se sabe se também para o usuário, como no Uber Pool, por exemplo.

A Volkswagen prometeu os valores do MOIA ainda em dezembro. Esse será o ponto crucial para que o sistema possa ter sucesso, retirando usuários dos sistemas tradicionais de transporte público, táxi ou mesmo de serviços por aplicativos já conhecidos. Hamburgo será a primeira cidade a iniciar o projeto em 2018.

[Fonte: Foro Coches Eléctricos]

 

  • Ricardo

    Um dos problemas de carros elétricos é o espaço ocupado pela bateria, nessas vans isso é facilitado um monte!

  • Diego Lip

    Pena que irá demorar no Brasil isso, a ideia é sensacional.

  • thi

    essa volkswagen. ha essa vw

  • Louis

    Imagina esse tipo de serviço competindo com a máfia suja das empresas de ônibus por aqui! Seria uma maravilha.

    • Nicolas_RS

      Tipo o Uber que os políticos querem proibir ?

      • Louis

        Esse é o maior problema, o governo atrapalhando, como sempre.

  • Maycon Farias

    Excelente. Usaria sem dúvida.

  • leomix leo

    Aqui no Nordeste a mentalidade da grande maioria ainda é ter seu carro próprio é seu
    Iphone para ostentar, eu me vejo como um alienígena em certas rodas de amigos, pois a mais de 20 anos, sempre preguei o uso de bike para locomoção e nada de ficar trocando de carro todo ano, como o povo faz, o consumismo aqui é coisa de louco, vejo gente morar de aluguel para poder trocar de carro tod ano, dividir iPhone em 24x, e tal. O pessoal não vive para si, mais sim para mostrar aos outros. Outro dia falei sobre compartilhar carro, me chamaram de retardado. Mais fazer o quê!!!. Evito discutir com certas pessoas de cabeça fechada, já tenho até apelido aqui, “O ecologicamente correto, sabe tudo”. Não ligo muito, pois sei que num futuro não muito distante vão olhar para trás e ver o que deixaram de viver para curtir bobagens.

    • th!nk.t4nk

      Aqui na Europa é engraçado, a quase totalidade dos brasileiros, indianos e chineses só usam iPhone. Já os europeus usam de tudo (incluindo iPhones, mas em quantidade muito menor). Com carro acontece parecido. Quem vem de países pobres faz questão de fazer leasing de cada carrão, muitas vezes bem incompatíveis com sua renda. É uma coisa de mentalidade mesmo. Mas com o tempo alguns evoluem e passam a dar valor pra uma vida mais simples, a não atropelar o orçamento ou a não colocar o status social acima de tudo (coisa que tá enraizada na cabeça das pessoas no Brasil, mesmo que muitos neguem).

  • vicegag

    A prefeitura de São Paulo, também já encomendou alguns modelos para o auxílio na Cracolândia, no programa chamado NOIA.

  • Isso é uma lotação! A gente já tem isso há muito tempo. E ainda tem atendimento personalizado do moleque que vai pendurado na porta. Se for mulher bonita o motorista ainda para fora do ponto rsrsrsrs.

  • awatenor

    Perfeito para assaltos em grupo, tais como os que acontecem nas vans aqui no Brèçil…

  • Pedro Evandro Montini

    Chove, mas não…!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend