*Destaque Mercado Montadoras/Fábricas Sedãs Volkswagen

Volkswagen Virtus 2018 será produzido só no Brasil

volkswagen-virtus-2018-flagra-brasil-5 Volkswagen Virtus 2018 será produzido só no Brasil

De acordo com o presidente da Volkswagen no Brasil e América do Sul, David Powels, o sedã Virtus será produzido somente no Brasil. Segundo o executivo, a empresa já estuda a exportação do produto para além da América Latina, ampliando assim as vendas da filial brasileira no mercado internacional.



Parte da maior estratégia da Volkswagen nos últimos tempos envolvendo o Brasil, o sedã compacto Virtus – já visto sem camuflagem – deverá abastecer outros continentes, mas a empresa não revela quais os destinos e nem se a Europa faz parte deles. Esperado para lançamento nacional no primeiro trimestre de 2018, o modelo já está pronto e pelo que já foi visto, parece que pode estrear fora do país antes de sua chegada aos concessionários nacionais.

Isso não é estranho no meio automotivo. Por exemplo, o Nissan Kicks começou a ser produzido no México, mas somente muitos meses depois é que ele chegou aos revendedores locais, visto que a prioridade era a exportação e o lançamento mundial no Brasil. Outro exemplo é o motor Ford 1.5 3C (Dragon), feito na Índia exclusivamente (por enquanto) para o EcoSport brasileiro. Nas imagens que vazaram, o Volkswagen Virtus 2018 aparece com plásticos nos bancos e no logotipo da VW no volante, bem como com todos os detalhes – inclusive o nome estampado – de um veículo pronto para o embarque.

volkswagen-virtus-2018-flagra-brasil-4 Volkswagen Virtus 2018 será produzido só no Brasil

O Volkswagen Virtus 2018 será bem maior que o Voyage, devendo medir entre 4,30 m e 4,40 m, tendo também entre eixos maior – segundo se comenta na imprensa nacional – bem como um porta-malas superior aos 480 litros do atual sedã compacto da marca. Compartilhando muitos itens com o Polo 2018, o novo três volumes provavelmente chegará com motores 1.6 MSI de até 120 cv e 1.0 TSI com até 128 cv, este unicamente com câmbio automático Tiptronic, tal como o hatch.

Por enquanto, as atenções oficiais da Volkswagen estão sobre o Polo 2018, que já teve três eventos preparatórios para o grande lançamento, que ocorrerá no fim de setembro e promete ser impactante. Afinal, a pretensão da VW é fazer com que o hatch compacto esteja entre os cinco carros mais vendidos do mercado brasileiro.

Para chegar a isso, terá motores que começarão do 1.0 MPI até o 1.0 TSI, além de preços que prometem ser competitivos, porém, mais altos que os da concorrência por conta do pacote tecnológico que será oferecido, segundo a marca. Para a empresa, essa posição no Top 5 é necessária para que o produto tenha o retorno esperado do investimento feito no país. A partir da Anchieta, o Volkswagen Polo 2018 seguirá para a Argentina no início de 2018, bem como para os demais países da região. A VW diz que as vendas nos 29 países da América Latina somam 1,6 milhão de unidades, um número expressivo e que não pode ser desconsiderado.

 

  • Renato Duarte

    Exportado com Imposto zero pra poder ter preço competitivo lá fora. Aqui substituirá o Jetta no que se diz respeito aos preços.

    • Pablo Lopes

      Substituir o Jetta? São seguimento diferentes.

      • Rbs

        Vai substituir o Jetta no preço!

        • Deadlock

          Tem grandes chances de matar o Jetta, que é mais caro para produzir e vende muito pouco, mesmo com descontos de R$ 10 mil. Não veremos nova geração do Jetta no Brasil.

          • Eduardo

            triste…

            • Deadlock

              Também acho triste toda vez que um carro deixa de ser oferecido no mercado nacional.

          • Pablo Lopes

            Então, substituirá a versão de entrada, não o modelo, que é de um seguimento que tem bons números de vendas, embora concentrada no top 3 ( Corolla, Cruze e Civic ).

      • Eduardo Alves

        Sim, mas as montadoras sabem bem como funciona o mercado brasileiro, pega um carro inferior, coloca uma tela, da uma firulada e coloca no mesmo preço do carro de segmento superior. Devagar vai matando o carro superior ate cair no esquecimento. Isso e explicito no caso do golf com o polo, HR-V com CR-V, Tracker e Captiva e por ai vai.

    • Pedro154

      Talvez tire do Jetta algumas vendas, mas em preço, não vai substitui-lo. A julgar que o Polo de entrada vai custar por volta dos R$ 50 mil, o Virtus de entrada (que vai ser 1.6, e não 1.0 como o Polo) deve vir a R$ 60 mil iniciais.

  • Rogério R.

    Top 5? Ah, VW então você tem que estudar mas estudar beeeeem quais serão os preços praticados no Polo porque os 5 carros que estão lá possuem BAIXO preço, geralmente com um bom custo x benefício e com promoções agressivas. O Gol anda sofrendo para se manter no top 5, isso quando ele se mantem. A VW acertará em fazer da Anchieta um polo exportador do modelo para a América Latina, pois isso garantirá que ele não terá o mesmo destino do Golf que poderá voltar a vir importado.

    • Verdades sobre o mercado

      TOP 5 eu não acredito no geral, pois os que estão no TOP 5 no geral tem grande dependência de venda direta e isso certamente não ocorrerá com o Polo, porém no varejo creio que se a VW realmente for agressiva em seu posicionamento de preços o Polo pode ficar no TOP 5. Quanto a estratégia do BRasil ser o polo exportador do Virtus pode ser vital para manter os preços competitivos do Polo/Virtus, sem esta condição de perspectivas de bons volumes de exportação a VW não tem a menor chance de ter preços atraentes no mercado interno em função da limitação do volume de veículos em nosso mercado e do custo para produzir um veículo que está sendo prometido como do mesmo nível do modelo europeu (perdendo pouca coisa assim como o Golf)

      • Djalma

        Excessão do HB20 que em pouca vendas diretas. Eu vou comprar meu Polo pela Empresa, aparecerá com venda direta, mas será para uso pessoal.

        • Verdades sobre o mercado

          Estas compras através de venda direta para uso pessoal são minoria para carros de grande volume. Polo praticamente não será foco em VD para locadoras e grandes frotistas, muito menos licitações ou taxistas. Suas vendas diretas serão concentradas em funcionários da própria VW e seus fornecedores, funcionários das css e pequenas empresas, e isso não faz volume. Quanto ao HB20 realmente está vendendo pouco através de VD depois do lançamento do Creta que limitou a produção do HB20 e HB20S fazendo com que a Hyundai freasse suas vendas para locadoras, pois antes do Creta era muito HB20 nas locadoras.

        • Daniel

          E, faz muita diferença no preço?

      • Pablo Lopes

        Acredito que consiga sim o top 5, pois desde o mês de abril, as revendas já estão anunciando a dupla. Um amigo que é taxista, foi a uma CC, pra ver a troca de seu Voyage e la, o vendedor aconselhou esperar por esse lançamento que valeria a pena. Sem contar para as locadoras, que costumam utilizar Cobalt e Versa.

        • Verdades sobre o mercado

          Meu comentário é sobre TOP5 do Polo. Virtus devera ter boa participação em VD para taxistas, já para locadoras acho pouco provável visto que será um produto mais caro e para ser competitivo terá que ter preço de tabela agressivo, o que acabara reduzindo a possibilidade de descontos generosos para locadoras. Será parecido com que ocorre com o City.

          • Pablo Lopes

            Sim, o próprio polo pode ter VD melhor que o Virtus, tendo em vista que as locadoras que utilizam seus alvos diretos que são Onix e HB-20. Claro que a chave pra isso serão as $$$ pedidas por ele. Pois qualidade tem de sobra, mas o brasileiro não tem dado muita importância prá isso

            • Verdades sobre o mercado

              Não creio que o Polo estará presente nas locadoras. A função de carro barato de locadora é do Gol, veja que nem o Fox foi para as grandes locadoras, não deve ser o Polo que irá. Além disso como comentei antes, certamente o Polo tem um custo de produção mais alto (que a VW terá de compensar com volume incluindo aí o mercado externo para diminuir os custos fixos) e aí fica menos margem para negociar com as locadoras, e o que estas querem é uma diferença grande de preço entre o praticado no varejo e o ofertado a elas, para que elas usem o veículo por 1 ano em média e revendam-no se possível com algum ganho sobre o preço de aquisição.

    • Louis

      Só se for top 5 dos sedans, aí eu acredito

      • Djalma

        Essa de TOP 5 se refere ao Polo.

    • Mauro Moraes

      Vamos torcer pra que agora dê certo. Os últimos lançamentos da VW no Brasil, Golf e up!, fracassaram. Sendo o up! substituto do Gol GIV na base do mercado o principal responsável pela queda da Volks para o terceiro lugar no ranking de vendas. Lembrando que os líderes são projetos desenvolvidos para cá, com o gosto local. O Polo é produto europeu, para europeu. Será que a simples troca do para-choque vai tirar a cara de “tiozão” deste carro?

      • Handlay P.B.

        O problema não é o visual do Polo 6 e sim os preços que (por ser um carro muito refinado para o terceiro mundo) podem ser muito altos e consequentemente fazer o Polo 6 vender abaixo do esperado.

        • 4lex5andro

          Foi o que acometeu o Linea, por exemplo.

          Que a Fiat precificou pra substituir o médio Marea [carro maior e de motorização e câmbio superiores], mas não passava de um Punto sedan.

          • Paulo Lustosa

            Câmbio superior só no automático, que era o mesmo câmbio do Corolla, já o manual era o mesmo C510 e o Fivetech não vale nada, sendo abominado por qualquer mecânico. A mancada do Linea foi mais posicionamento de preços, que de powertrain mecânico estava bem servido na época (1.9 16V era mais potente, torcudo e girador em relação ao 1.8 16V do Marea, e o T-Jet rendia os mesmos números de desempenho do Marea 2.4, e ambos possuíam a mesma transmissão manual, sendo que o preço caro do Linea e a falta de um câmbio automático de verdade foi o que micou ele).

        • Henrique

          Concordo com vc. A Vw esta fazendo otimos produtos, num momento errado pelo cenário do país. Esta tudo errado na VW, principalmente estratégia e preços dos seus produtos. Vide a Renault que realmente esta tendo a devida sensibilidade junto ao mercado, com o KWID, e que vai ser um sucesso !

      • Murilo Rodrigues

        Como se brasileiro tivesse bom gosto com estética de carro, vide o desproporcional Ônix, o carro mais vendido do mercado, a palavra bonito passa longe desse carro. Ainda bem que meu gosto é ”Europeu” com design sóbrio mas elegante e que não fica defasado com o passar do tempo.

        • Fabrício Sanches

          Concordo, mas é difícil eu não achar a versão Seat dele mais bonita e com mais personalidade.

        • Verdades sobre o mercado

          Eu gosto bastante do estilo da VW, mas discordo de você sobre o Onix, afinal ele tem muita semelhança com o Gol(que não é um carro desproporcional), parecendo ter um porte um pouco mais robusto e a nova frente ficou boa, dando a impressão que o carro ficou mais largo.

    • Handlay P.B.

      Se o Polo 6 não chegar ao top 5 das vendas ele será um carro que vende mal.

      • Renato1983

        Não sei se é exatamente assim. Pelo que se tem anunciado, será um carro excelente em diversos quesitos. O que vai definir de fato as vendas do Polo será a faixa de preço em que será posicionado. É fato que canibalizará versões mais básicas do Golf e mais caras do Fox (este talvez perdendo o sentido de existir, visto tratar-se de um projeto mais antigo, menos seguro e ainda caro). Agora se ficar longe das vendas de carros da mesma faixa de preço, concordo que será um carro que vende mal.

    • Isaac Ferreira Santo

      Existe a chance do GOLF voltar a ser importado? Da Alemanha ou do México. Se for alemão to dentro

      • Rogério R.

        Segundo uma declaração recente do presidente da VW do Brasil se o Golf continuar com as vendas baixas ele poderá deixar de ser produzido no PR. Agora ele não falou nada de importação, mas é bem provável que naturalmente ele venha do México.

  • Mr. Pennybags

    Quando vocês ouvem “projeto exclusivo para o Brasil” vcs comemoram ou choram?

    • Henrique Bittancourt Gouveia

      Eu fico apreensivo…

      • Aires Jone

        😂😂😂😂

    • Raimundo A.

      Depende. O Sandero RS é exclusivo é mesmo o produto Sandero não sendo referência, a versão para nós é desejada em outros países.
      O Toro é outro caso e passou a ser exportado para países vizinhos.
      O Captur daqui é maior que o europeu, você já viu um ao vivo? Eu já e parece pior que o 2008. Claro, não tem a sofisticação nem a plataforma mais moderna, mas aí são outros problemas.
      O Kicks, se a Nissan colocasse mais equipamentos de segurança e aqui não fosse problema ofertar motores mais sofisticados, acho melhor que o Juke.
      Em países vizinhos, vemos casos de veículos ditos bons em outros do outro lado do oceano ofertados depenados porque a legislação é pior que a nossa.
      Em suma, ser projeto exclusivo dependerá do contexto. Podem gerar bons produtos capazes de atender mercados mais exigentes ou o contrário, serem opções mais em conta ou mais ao gosto daqui, prioridades fracas, porque trazer os ofertados em mercados mais exigentes seriam caros demais ou não agradariam mesmo.

      • Rogério R.

        Os europeus querem muito o “nosso” Sandero RS lá. Eu acho que é uma frescura da Renault em não exportá-lo para lá, já que TODO o europeu sabe que um Dacia é um Renault. Quem sabe qdo ele ganhar o motor 1.3 TCe. Oh, Renault exporta ele para a europa, pois acabaria de vez com esse lero lero dos mal informados daqui de que Dacia não tem DNA Renault.

        • Rafael Lima

          A Renault não exporta o Sandero RS pelo simples fato dele ser um Renault só aqui e o motor 2.0 não passaria nunca nos testes de emissões, colocar o 1.6 turbo sairia muito caro, e poderia ser um carro mais rápido que o Clio RS. Mas acho que eles deveriam vender sim esse carro com o 1.6TCe lá, e deixar ele o mais simples possível, lembrando os hot hatches do passado, diferente do Clio RS que só tem opção DCT

          • Rogério R.

            O Sandero e Logan tbém são vendidos em alguns países europeus principalmente do leste com o logo Renault, Ucrânia, Turquia e Russia são alguns deles. Mas eu comentei qdo ele ganhar o motor 1.3 TCe tricilíndrico de 170 cv que a Renault do Brasil está desenvolvendo para substituir o 2.0 16V, daí sim ele poderia ser exportado para a Europa, segundo a mídia os europeus ficaram muitos interessados no Sandero RS brasileiro. Como já disse acho frescura da Renault em não levá-lo para lá já que todo o europeu sabe que um Dacia tem DNA Renault, tanto que o Sandero sempre fica entre os top 10 no mercado francês, e na minha opinião Renault Sandero RS e Dacia Sandero poderiam sim conviver lado a lado numa boa no mercado europeu.

      • Ric53

        Dando um tapa no complexo de vira lata! boa garoto kkkkk

      • Rogério R.

        O Sandero RS brasileiro já é exportado para a Argentina, Colômbia, Uruguai e México.

        • Rafael Lima

          Onde é vendido como Renault, na Europa ele é Dacia, não tem como colocar uma plaqueta Renault Sport no carro

          • Rogério R.

            Na Ucrânia e Rússia o Sandero e o Logan são vendidos como Renault e na Turquia o Logan é vendido como Renault Symbol.

      • francis

        O Dacia Sandero desde a sua versão básica conta com 4 airbags, e porque cargas d’agua o RS veio sem isso…

        • Rogério R.

          Há muitos boatos que o Sandero e o Logan depois da reestilização vão ganhar 4 airbags, já que o Kwid tem.

    • leomix leo

      Depressão.

    • Renato1983

      Choro. Produtos globais tendem a ser superiores. Norte-americanos e europeus usualmente não recebem bem porcarias. Aqui, fazem maquiagem nos produtos “para atender às demandas do mercado local” e depenam onde não se vê. Simplificam (barateiam) a suspensão, reduzem os aços de alta resistência na plataforma, retiram leds, xenon, air-bags extras, sistemas de frenagem automática de emergência, detector de mudança de faixa… Infelizmente, produzir e vender aqui é impossível sem reduzir custos.

  • Douglas

    Não se vende sedã compacto na Europa, tanto é que os Corsa sedãs das duas gerações foram projetados aqui.
    Nesse ponto eu concordo com os europeus, nunca vi graça em sedã compacto, pois tem um bom porta-malas, mas continua apertado para os ocupantes.

  • Ric53

    Essa traseira está muito mas muito linda! É um mini A3 sedan

    • Evandro

      kkkk, mini a3, poderia ser o mini jetta tbm, aliás mini qualquer sedan vw ou audi…..

  • alex

    E nada dos faróis de led do polo europeu. Cansa viu!

  • Alexandre Maciel

    Nunca tive VW por não gostar da política de revisões, do portfólio da marca com incontáveis opcionais e, nos últimos tempos, não me animei com todas as frentes muito parecidas. Entretanto, olhando o Polo achei até interessante. Todavia, já imagino que o preço não será muito convidativo (vide o que ela fez com o Golf). Acho que vou passar mais 4 anos com meu Ford mesmo.

  • Fernanda Tavares

    Grand Voyage

    • Handlay P.B.

      Nada a ver, dá para ver claramente que o Virtus é visualmente diferente do Voyage apesar de ambos usarem a mesma filosofia de design além de ambos usarem mecânicas diferentes.

      • Ernesto

        Ele quer ganhar likes dos haters.

    • 4lex5andro

      Diferente do Grand Siena, que é derivado do Siena, a Volks optou por não copiar a rival Fiat nesse ponto.

      O Polo sedã, ou Virtus, é um carro inteiramente novo, e bem superior ao Voyage, sem comparação.

      • Evandro

        Esqueceu de citar: Menos no visual
        Aliás o visual da VW é tudo igual, é a mesma coisa que uma torcida de japoneses….

  • Wolfpack

    Voyajão???

    • leomix leo

      Aí é o Jetta. Como foi citado lá em cima, Grand Voyage.

  • thi

    a vw falando em top 5 com o polo? mesmo papo do up! , ou seja não vai ser ,são otimos carros e isso requer um preço , aqui preço é que da as diretrizes de venda. acho que o top 10 estara otimo . mas não ligo se ficar mais abaixo ,eu particulamente estou muito interessado em um novo polo e só isso me interessa.

    • 4lex5andro

      Se a Vw alcançar top five, seja com up ou Polo já vai estar no lucro. Vai pra o terceiro ano seguido atrás de Fiat e Gmb, um fracasso pra quem se acostumou a liderar o mercado por quase 4 décadas.

      • Evandro

        Pois é, isso pq o comprador está mais “esperto”, viu que a VW acha que só o produto deles é bom e inovador, quando na verdade é o oposto….

    • Sílvia

      Thi , vc me representa , cara ! Ainda que ñ seja nessa exata ordem de raciocínio . Palmas !

  • Handlay P.B.

    “Afinal, a pretensão da VW é fazer com que o hatch compacto esteja entre os cinco carros mais vendidos do mercado brasileiro.” Quero ver se o Polo 6 chega no top 5 das vendas, caso contrário será um carro futurista que vende mal.

    • Renato1983

      Concordo com seu comentário, exceto com a parte em que se refere ao Polo como futurista. Pelo contrário, ele possui design extremamente conservador, alinhado com a identidade visual da Volkswagen (controversa, diga-se de passagem), embora com discreta personalidade.

      futurista
      adjetivo e substantivo de dois gêneros
      1.
      relativo a ou adepto do futurismo.
      2.
      p.ext. que ou o que causa estranheza; extravagante, excêntrico.
      Origem
      ⊙ ETIM lat. futūrus ‘futuro, tempo que há de vir’ part.fut. do v. lat. esse ‘ser’ + suf. de orig. gr. -ista

      • Handlay P.B.

        Opinião é algo muito subjetivo, por causa das lanternas do Polo 6 cujas luzes têm um desenho bem diferenciado, eu acho ele um carro futurista.

        • Renato1983

          É verdade. E ainda bem, pois se todos nós pesássemos igual e gostássemos das coisas do mesmo jeito, o mercado seria beeeem monótono. E que a dupla Polo / Virtus chegue logo, com preços bem competitivos para agitar esse mercado.

          • Evandro

            Pretensão demais uma dupla defasada visualmente como essa agitar o mercado, ainda mais vindo da VW que sempre cobra mais caro do que seus concorrentes…..

      • Daniel

        Um C4 2004 consegue ser mais futurista que toda linha VW atual! hehe

    • Evandro

      desde qdo o polo é futurista?

      • Handlay P.B.

        Desde a 6º geração do Polo.

        • Evandro

          Menos né, é um misto de gol e golf…..

  • Lucas086

    Mais mimimi, mais letras e símbolos… o povo quer preço, quer se justificar pelo caro que pagou, e tenho certeza que barato esse Polo não vai ser.

  • Silvio

    Mimimi parece o Voyage. Mimimi é para emergentes. Mimimi projetado no Brasil…
    Andou, gostou, cabe no bolso? Compra. Se não, compra outro.

    • Evandro

      Não é mimimi, apenas que a VW não tem criatividade…..

  • Murilo Rodrigues

    Na verdade esse Virtus vai ser um mini novo Jetta que está por vir, mas isso não quer dizer que é sem graça, essa traseira tá show!

    • Evandro

      ué, nada mais é de uma traseira de jetta menor, a criatividade da VW deve ter sido jogada na privada….

  • Cincinato

    Top 5 ?
    Então a volks espera que venda o mesmo que o gol, isso provavelmente tera que ter preço e se ocorrer isso mata o gol.

  • francis

    Coloca 4 argolas no lugar do emblema da VW e tira o nome Virtus dali, que de traseira lembra outro sedan do grupo….

    • Evandro

      Ou coloca Jettinha escrito atrás q tbm dá no mesmo…rsss

  • Wagner Lopes

    Voyage com outro nome…

  • Djalma

    Tem gente fazendo projeção da frente do Polo, sendo que a frente nada mais é do que essa frente do Virtus que vazou.

    • Daniel

      Diz a lenda que seriam diferentes… mas, pelo modelo em argila do hatch, tá tudo exatamente igual… só se fizerem igual a diferença do 308 e 408 no ultimo facelift (só muda a pintura do bigode). Talvez no polo ganhe pintura nessa parte preta da “boca” do parachoque.

  • Fabão Rocky

    Tá c/ cara de Voyage reestilizado!

    • Renato1983

      Talvez seja um Voyajetta!

      • Leopss

        kkkkkkk.

  • Daniel

    Pra ser Top 5, a VW teria que fazer o seguinte:
    – lançar a partir de 45mil (no maaaaximo) já com kit dignidade (AC, DE, Trio);
    – matar o gol
    – matar o fox
    – colocar um sistema de rastreamento de fabrica (tipo o OnStar da GM) pra baixar o preço do seguro.

    Mas, acho tudo isso muito dificil pra VW, se o up que não tem a tecnologia que estão prometendo pro Polo, e é bem menor, já está de R$45k pra mais, fica complicado o polo vir “matador”

  • Hugo Borges

    Fiat e VW fazendo toda essa pompa com os novos Argo Sedan e Virtus, aí chega a Toyota e mata os dois com o Yaris. Tô até vendo.

  • Pedro Henrique Trajano

    O engraçado é que ainda vai ter muita gente que vai preferir outros carros do segmento, como o armengado Grand Siena.

  • Evandro

    Não consigo entender a VW, sei que a identidade visual está presente em todos os modelos e tal, mas que marca mais sem graça essa VW, conservadora ao extremo, só muda tamanho dos carros, não ousa em nada, sempre os gol´s e voyage´s da vida, já tive, não gostei e não quero mais carro da VW….

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend