*Destaque *Featured Lançamentos Sedãs Test Drive Volkswagen

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

O Volkswagen Virtus 2018 chega com uma proposta de sedã compacto com bom conteúdo tecnológico, mas sem proposta de ser um modelo premium. Trata-se de uma repaginação nessa categoria, que visa atrair consumidores que buscam uma alternativa satisfatória aos sedãs médios, que já escalaram a escada dos preços rumo aos R$ 100 mil.


Como já era de se esperar, os preços abrangem uma faixa bem mais intermediária que a proposta do Polo, afinal, o Virtus não veio com pretensão de bater de frente com os sedãs mais baratos na faixa de R$ 40 mil à R$ 50 mil. Para descer até esse grupo, apenas com o uso de motor 1.0 MPI, o que não está nos planos da marca, pelo menos por enquanto. Porém, não duvide que ele possa ver tanto quanto. Apesar disso, há o Voyage, que já cumpre bem essa tarefa de entrada e é um dos mais vendidos nessa categoria. Só resta falar para o clássico popular que ele está ameaçado…

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

Custando de R$ 59.990 a R$ 79.990, o Volkswagen Virtus 2018 quer entregar também o que muita gente pede em um sedã, porta-malas grande. Por conta disso, vem com bons 521 litros para satisfazer os exigentes nesse aspecto. Para ampliar a oferta, um excelente espaço no banco traseiro, fruto do alongamento da plataforma modular MQB A0. Isso fez o modelo crescer bem e chegar aos 4,48 m. A medida está muito boa, pois o deixa idealmente entre Voyage e Jetta, especialmente o de nova geração.


O design é atraente e já está fazendo muita gente fixar o olhar no sedã quando este desfila pelas ruas. Para quem está em um veículo mais alto, observar o Active Info Display acaba surpreendendo e acenando positivamente. Parece que o Virtus já está conquistando os primeiros fãs na rua.

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

O conteúdo, destacado principalmente por este cluster digital e pela multimídia Discover Media, coloca o modelo em um patamar “high tech” diferenciado, mas isso não tira dele a funcionalidade que a VW tanto gosta. Ou seja, materiais mais simples, pouca ousadia estética e nada de equipamentos para encher os olhos de quem compra, exceto é claro o conjunto citado. No restante, você não vê rebatimento elétrico dos retrovisores, faróis de xênon, couro de fábrica ou cromados no habitáculo, por exemplo.

Assim, a Volkswagen adicionou o que é necessário, mas em medida dosada, como quatro airbags ao invés de seis, estrutura em aço de alta resistência para vencer o Latin NCAP e outros testes que porventura venham a ser feitos no exterior, plataforma rígida com boa dirigibilidade, motorização eficiente, mas com pouca variação, que é essencial para que ambos possam ter desempenhos parecidos, mas com propostas totalmente opostas, por exemplo.

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

Com o Virtus, vem até um manual que responde pergunta e interpreta imagens que você faz do veículo. Além disso, até três revisões gratuitas para quem partiu para a versão topo de linha Highline e mais um pacote de manutenção com essas revisões por R$ 1.099, nas demais opções.

Existem sim alguns detalhes que poderiam ser revistos (e certamente serão nas atualizações de ano/modelo), tais como, no caso do MSI, ausência de retrovisores elétricos, piloto automático, coluna de direção ajustável e alerta de pressão dos pneus, que fez falta em nossa avaliação do Polo MSI, diga-se de passagem. Em contrapartida, a opção de acesso acaba ganhando até luzes de leitura traseira, espelhos iluminados e porta-óculos… A falta de acabamento no suporte dos pescoços-de-ganso do porta-malas é outro deslize.

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

Bom, sempre há o que melhorar e evidentemente falaremos desses itens em atualizações futuras. De modo geral, o novo sedã compacto não tem pretensões de ser médio, que era a atribuição da geração antiga, bem elogiada pelo público. Então, mais honesto em sua proposta, o Virtus apenas poderia ter repetido a agressividade do Polo em preços. Agora, resta-nos esperar a reação do mercado, especialmente diante da chegada de seu já declarado rival, o Fiat Cronos.

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

Impressões ao dirigir

Sim, já andamos no Virtus 2018 na versão Highline (foto acima). Mas, antes de falarmos do MSI, que é a proposta de entrada do novo Volkswagen, temos que mencionar brevemente seu comportamento em cidade e estrada. Tivemos essa oportunidade no test drive entre São Paulo e Americana.

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

 

 

O sedã movido pelo pequeno 1.0 TSI é muito confortável no meio urbano. O ótimo torque em baixa permite saídas rápidas e giro baixo na maior parte do tempo. O ronco mais “vibrante” do turbinado dá mais confiança e o bom casamento com o câmbio Tiptronic torna tudo mais fácil.

Na estrada, o propulsor mostra sua força em respostas prontas, mas sem explosões de performance. Tudo suave e bem medido. A proposta é de conforto ao dirigir e economia. A esportividade vai ficar para a versão GTS, que surgirá futuramente. A dirigibilidade é o ponto alto. Mais sobre ele, em breve na Avaliação NA.

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

Bom, mas e a proposta de acesso? No retorno, o Volkswagen Virtus MSI 2018 mostrou-se um carro tanto bem equilibrado quanto com motor TSI, mas com ressalvas naturais. O ronco do motor 1.6 MSI da família EA211 se faz notar com mais frequência do que gostaríamos, já que precisa subir até uns 3.000 rpm para dar respostas mais animadoras, mas roda bem com trocas na casa dos 2.000 rpm, buscando evidentemente mais frugalidade no consumo.

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

A relação de marchas tem bom escalonamento, mas uma sexta faria o giro cair um pouco mais, dando mais conforto a 110 km/h. O ponteiro, nesse caso, marca 3.000 rpm. Falando no câmbio, ele é bem macio e preciso como sempre. Os engates são curtos e pode-se mudar as marchas com as pontas dos dedos. As retomadas são adequadas e a o conforto geral é bom. A direção elétrica é do jeito certo, precisa e progressiva, enquanto suspensão e freios estão devidamente dimensionados.

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir

Com desempenho adequado, o Virtus MSI cumpre bem o seu papel, sendo econômico e respondendo bem quando se pede. Um câmbio automático faria bem, especialmente custando até R$ 65 mil, o que daria para leva-lo a R$ 68 mil sem incomodar o Comfortline TSI no alto de seus R$ 73.490. Este teria parte de sua proposta corrompida pelo MSI (Tiptronic), mas ainda teria o motor 1.0 TSI como um importante diferencial. Nessas primeiras impressões, o modelo já se saiu muito bem.

Volkswagen Virtus 2018 – Galeria de fotos

Evento a convite da Volkswagen. 

 

Volkswagen Virtus MSI 2018: Impressões ao dirigir
Nota média 5 de 1 votos

  • Audi a5

    Falta um volante revestido em couro. O motorista passará muito tempo segurando em borracha, lembrando que pagou mais de 60 mil no carro.

    • Uranium

      Falta um monte de coisa, dá até pra fazer uma lista. Lamentável. Mas pelo menos o carro é bem construído, moderno e seguro.

    • Fabio Marquez

      No meu Move Up! eu mandei colocar ainda na concessionária, que inclusive esqueceu de ligar o air bag ao montar o volante… Nunca tive carro sem esse item.

    • Se duvidar, nem em borracha deve ser, mas sim plástico mesmo

    • dallebu

      Engraçado que alguns dias atrás eu estava com minha mãe num shopping e tinha um Polo exposto. Ela entrou e (leiga) primeira coisa que disse foi que o volante era duro ao tato kkkk

    • André Luis Versiani

      Poderiam ter deixado pelo menos Retrovisores elétricos e volante revestido mesmo, besteira pelo preço cobrado no carro.Muito bonito por fora, mas interior lembra os Gol mesmo.

      • Luciano RC

        Mas será que a grande massa consumidora exige isso? Ou somente nós, que analisamos os carros em sites? O mercado vende o que o consumidor compra e pega.

        • Edson Fernandes

          Sim, exige.

          Pense assim: Assim como muitos migraram de carros de entrada, outros muitos migraram de carros de entrada completos ou tinham um carro de mesmo porte (só que em teoria, ultrapassado frente ao lançamento).

          Então vamos pegar 3 exemplos:
          – Onix LS
          – Gol Power
          – Polo Sedan

          Todos esses carros usados obviamente.

          O Onix LS é o que o cara vai sair e vai subir de categorai considerando Polo/Virtus. Certamente nessa faixa de preço a pessoa já começa a comprar um carro mais desejado, então já quer aquele carro que tenha certos itens de beleza, alguns de conforto, etc.

          Do Onix pode ser que ele não sinta tanto, mas se conhecer algum rival do Virtus, vai faltar alguns itens de conforto.

          Agora partimos para o Gol Power: Ajuste de altura do volante, tilt down, farol de neblina, ajuste de altura do banco, entre outros pormenores. Para esse cara, ele vai olhar o interior do Virtus e já toma um susto: O Gol Power já tem bancos melhores, sem ter tanta simplicidade e ainda vem com outros itens que mimam o cara. Ele vai desejar ter em um carro que ele considera superior, ou 1 degrau acima. Ok, que o Virtus tenha mais segurança, mas o consumidor aponta as faltas tbm.

          Esse talvez faça careta e sinta falta dos itens que citei por exemplo.

          Polo/Polo sedan: Esse cara vai reclamar. O Polo tinha dupla vedação, otima dirigibilidade, era super silencioso, um rodar bem interessante e nele podemos citar que é um carro seguro, agil bem ao DNA da marca. E é um salto em relação a um Gol em qualidade.

          Esse cara qdo entrar num Virtus MSI que em teoria teria mais segurança e um motor atualizado, poderá sentir falta de tudo aquilo que esse deixou de ofertar custando R$60000.

          Enfim… estou diznedo alguns perfis, mas tem muito mais e a maior reclamação sobre o Polo (já que esse já roda nas ruas e tem nas concessionarias) é a falta dos itens simples de conforto que a VW abriu mão nas versões de entrada. Juntando a isso esse interior com um cinza extremamente duvidoso de mau aspecto que ele possui.

          E veja que nesse caso, eu faço coro, porque tenho um Fluence que tem a porção inferior cinza (e banco tbm) e tem qualidade, não fica esse aspecto pobre do Virtus. E não, não espero que o Virtus se assemelhe ao Fluence, mas a VW poderia mesclar melhor e escolher um cinza mais aceitavel que este usado em Polo e Virtus.

      • TijucaBH

        Volante em couro eu nao acho que seja bobagem, mas até entendo pois as montadoras deixam esse item para as versões top pra ajuda na diferenciação entre as versões, porem retrovisor eletrico é extremamente útil pra fazer baliza, ainda mais com rodas de liga. Hoje até um hb20 1.0 comfort plus tem retrovisor e 4 vidros elétricos…

        • Edson Fernandes

          Vamos ser justos: Com R$60000 sabemos que esses carros já deveriam apresentar coisas melhores.

          eu não entendo uma coisa: Aqui o pessoal pensa… “Tá certo, cortou umas coisas para o carro ser seguro”.

          Pera… R$60000 o carro já DEVERIA ser seguro e ao mesmo tempo ter mais equipamentos que um carro de R$40000. Não é meio obvio? Ao menos na minha visão sim.

    • 1 Raul

      Esses painéis da vw também são horríveis!

      • José Barbosa

        pensei a mesma coisa, parece painel de brasília, só trocou a lata por plástico (não fosse a central multimídia).
        Além disto, eu que sou calorento ODEIO a tomada de ar embaixo, distribui a refrigeração de maneira muito pouco eficiente.

    • Leandro

      O que é um volante revestido em couro perto do espelho manual e da falta de regulagem do mesmo…

  • Fabio Marquez

    Já repararam que as saídas de ar condicionado central estão na mesma posição do falecido Palio Fire? Lembro que até apelidaram elas de gela mão…

    • Alexandre Volpi

      Gela joelhos heheh. Outro detalhe péssimo das saídas de ar é que caso você a saída do lado da porta do motorista para a face, ela fecha! Isso porque caparam as rodinhas que tem no alemão para fechar as saídas de ar. Achei isso péssimo, e, somado às saídas centrais baixas, acabei demorando pra sentir gelar o A/C enquanto dirigia.

      • Claudecir

        Falou besteira saídas de ar perfeitas. Especialista de internet e fogo, vai testar pelo menos.

        • Alexandre Volpi

          Quem tá falando besteira aqui é você amigão. Eu andei no carro. Vai você numa concessionária, entre num polo, ligue o A/C e tente ajustar o defletor da porta do motorista pra tua face e veja o que acontece. Depois volte aqui.

          • Claudecir

            E eu tenho o carro, não tem problema nenhum, nada diferente que venha a ser algum problema.
            Pura besteira esse papo.

    • rgrigio

      A única diferença é que os controles do Palio Fire/Strada estão acima das saídas, fazendo elas ficarem completamente “lá embaixo”. Mas eu reparei isso logo de cara também… Afinal, tinha que ter espaço pra “telinha” no painel…

      • Os controladores de ar nos Palios 178 são embaixo da ventilação também, somente as teclas adicionais como neblina, desembaçador, computador e afins ficam acima dos difusores.

        • rgrigio

          Ah realmente!

    • Puts, é verdade! O duro que isso nos Palios da primeira geração, fazia com que o ar não funcionasse tão adequadamente devido ao fluxo de troca de energia… mas, talvez o Virtus corrija isso de alguma forma, talvez com um ar mais eficiente.

      • Luciano RC

        VW sempre foi referencia no Climatronic. Vamos ver se no manual, também vai ter qualidade de refrigeração.

        • Pois é! Uma pena o climatronic não ter virado default no lugar do manual. Mas acredito que ruim não deva ser esse ar deles não

        • José Barbosa

          Nem sempre… tenho alguma quatro rodas do final dos 90 início dos anos 2000 que testaram vários carros nacionais, e quem conseguia as menores temperaturas, e em menos tempo, era sempre a GM. O Climatronic, para época, de fato era impressionante por manter temperaturas agradáveis e estáveis em climas relativamente temperados.

          • Luciano RC

            A própria Quatro Rodas comentou em uma matéria do Golf que o Ar condicionado digital dele era referencia no segmento… a Chevrolet sempre foi ótimo também. Eu nunca curti dos Fiat… sempre achei fraco.

            • Edson Fernandes

              Te digo que o meu Renault é tranquilo viu…rs

              • Luciano RC

                Renault também sempre teve ar condicionado bom.

    • André Luis Versiani

      É mesmo, kkkkkkk.

    • Guilherme Batista

      Deve ser ótimo para aqueles que precisam gelar as cobras da barriga

    • Alexandre Maciel

      Falei isso quando saiu o Polo mas acho que ninguém deve se incomodar. Particularmente eu me incomodo um pouco. No mais, como o Volpi falou, para completar tiraram o botão que permitiria fechar a saída de ar. Ou seja: ou joga para o passageiro, ou para o meio, o que deve fazer com que o ar ainda pegue um pouco na mão direita, ou gela mão/barriga.

      • Edson Fernandes

        Alexandre, no face no clube do Polo/Virtus, ao que parece o proprio difusor ao forçar para baixo, ele fecha. Mas é mais duro.

        Mas eu mesmo precisaria confirmar pessoalmente. A dureza é que eu tenho um Fluence que os caras conseguiram eliminar esse botão tbm. Nele felizmente vc consegue evitar que o ar vá para algum ocupante, mas é super chato isso.

        E pensar que lá fora ele tbm tem o bendito botão de abertura e fechamento (e é individual para cada difusor)

    • José Barbosa

      Não só reparei como detesto isto… era um sofrimento nos palio.

  • MauroRF

    Desculpe a minha franqueza, mas pagar 60 mil com esse acabamento interno (que é igual ao do Polo MSI que vi na CSS) e sem ESP (que precisa pagar à parte), olha, sinceramente, por mais seguro que seja, é bem complicado. O carro é moderno, bem construído etc. etc. etc., mas, poxa VW, precisa melhorar esse acabamento, falta de espelho elétrico, uma “besta” regulagem do volante. Esse preço tá ruim. A versão Confortline é que tem custo-benefício melhor.

    • Joaquim Grillo

      Até o gol tem um desenho interno mais bonito

    • Mauricio Antonello

      Boatos que esse Virtus é sedan médio e o novo jetta sedan grande, haha

      • João Alexandre

        eu abaixo a cabeça quando lembro desses rotulos , suv compacto, medio e grande… pelo amor de deus ne?

    • Pois é! O ESP sendo opcional ainda que seja ruim, pois tem gente que nem se importa, é complicado, mas o acabamento, geralmente é exigido pelo consumidor até um acabamento melhor que os equivalentes hackbacks e nisso o Virtus poderia sim ser melhor, ao menos nas versões topo de linha

    • JOSE DO EGITO

      ETIOS SEDAN FAZENDO ESCOLA !!

  • TT 230

    Quando a VW lançar o Virtus 1.6 AT, ele vai bater bem no preço do Argo 1.8 AT – 67 mil reais.

    • Luciano RC

      E será o modelo mais vendido, principalmente se tiver um melhor arranjo dos opcionais.

  • Eduardo Canedo

    Pelamor de Jó …..pq insistem em dizer que carro tem piloto automático, seguindo essas palavras, era para vc apertar um botão, dizer o local, e o carro sair “pilotando automaticamente”. O que os carros tem é, CONTROLE DE CRUZEIRO.
    E pq da insistência do cambio automático na versão de entrada ?….Pq tbm não colocam na matéria tipo : ” A versão TSI carece de um cambio manual.” Nem todos gostam de cambio automático. A opção de cambio deveria ser AT, MT para todas as versões.

    • Joaquim Grillo

      5 mil reais a mais com piloto automático

      • Eduardo Canedo

        5 mil reais num real piloto automático tá barato heim …..já pensou eu num carro desse, apertando um botão no painel e dizendo : “quero ir pra casa da tia Dirce”, e o carro chegar ao destino sem precisar se preocupar com transito..iria ser bacana…a questão é, qual carro tem um real piloto automático no Brasil ?….que eu saiba, nenhum …..

    • Marcelo Alves

      A VW no manual do meu Polo 2009 chama isso de “Regulador de velocidade”.

      • Eduardo Canedo

        Regulador de velocidade soa meio estranho….kkkk….não está errado… Parece português de Portugal…kkk

        • Edson Fernandes

          Mas é correto. No manual do meu Fluence além da propria função no computador de bordo aparecer regulador de velocidade.

          Tem também o limitador de velocidade. E eu as vezes converso dizendo “controlador de velocidade”…kkkk

    • Thales Sobral

      Já faz mais de década que essa denominação incorreta é usada no meio automotivo, daqui uns anos o pessoal vai se corrigir “na marra” já que a direção autônoma tá chegando.

    • Johnny Boris

      Igual a “roteador wifi” que de roteador não tem nada.

  • th!nk.t4nk

    Tenho a impressão de que tentaram fazer um design retrô pro painel desse carro, o que até combina com um modelo simples/barato, mas no Brasil ficou totalmente fora da expectativa pra sua faixa de preço. Se mudassem o esquema de cores já disfarçava essa percepção, pelo menos. A VW não faz clínicas pra testar essas coisas junto ao consumidor não?

    • Joaquim Grillo

      é feio esse carro vai por mim ja vi por diversas vezes o jetta mesmo cansado da um banho em status ainda.

      • Edson Fernandes

        Mas é mais carro mesmo. Não é porque não é atualizado para a MQB que é ruim, mas é superior tbm.

    • salvibr

      O retro deles eh retro lá
      Na Alemanha mas aqui eh mais do
      Mesmo !! Haja vista q a kombi estava on faz algumas poucas semanas !!

    • Charlis

      Cara, eu pensei exatamente isso vendo essas fotos agora… me remeteu o interior do Gol/Parati/Santana G1.
      E ao vivo é mais triste ainda… quando eu fui conhecer o Polo é uma decepção.
      Até as cores não agradam, esses cinzas, muito sem graça pro meu gosto…

      Acho que VW perde tudo que eles ganham no projeto (MQB, construção, soldagens a laer, aço de alta resistência, e afins), nesse mal gosto.
      Até por que 99% dos consumidores nem sabe o que é uma plataforma.

      []s

    • Pete Alves

      Olha o painel do atual Corolla e diz se não tem esse mesmo jeitão de anos 80. Realmente a sensação é essa. O que é retrô lá fora, ainda é muito recente para o atraso brasileiro

  • Joaquim Grillo

    Sem carpete no banco traseiro no porta malas, acabamento porco assim como o up na boa passo longe 60 mil tem opções melhores e mais equipadas e muito mais bonito

    http://img.olx.com.br/images/35/352804001313080.jpg

    • Danillo Santos

      Indique algumas aí pra gente…

      • Joaquim Grillo

        o próprio jetta

        • Danillo Santos

          Jetta parte de 94k, e mesmo trabalhando com grandes descontos por estar mudando de geração, ainda é muita diferença… Essa aproximação de valores entre as versões mais caras de um modelo e as mais baratas de outro modelo de categoria superior ocorre em todos os mercados, sempre ocorreu. Isso não é o fim do mundo. Não estou defendendo a volks, nem sou grande fã da marca, apenas estou levantando uma discussão.

          • Joaquim Grillo

            O Jetta 0K nas concessionárias se encontra por 77 mil o mais barato

      • Joaquim Grillo

        honda city também 63 mil vale mais a pena fora que seguro é muito mais barato que carros da VW que são um absurdo

      • Robison Adada

        Até o Fiat Mobi tem!

        • Danillo Santos

          Mobi é melhor, mais equipado e mais bonito? Galera julga um veículo apenas por um aspecto, não consegue enxergar um conjunto da obra! Mobi tem carpete no porta-malas, logo é um carro melhor que o Virtus… na boa, ou é muito hater ou perdeu o juízo, o que na prática é quase a mesma coisa

          • Robison Adada

            Vc não entendeu Danilo.
            Mobi é um carro de entrada de marca concorrente e tem esse tipo de acabamento que um Virtus não tem. Ninguém aqui disse que um carro é melhor que outro. São carros para públicos diferentes com exigências distintas. Mas quem olha para essa forração no porta malas né? Se riscar o metal com a bagagem nem fica tão feio assim. Um carro que parte de 60 mil nao precisa ter. Kkkk

          • Leandro

            É obrigação um carro desse preço ter esse tipo de coisa. Mas enquanto as pessoas vão engolindo… vão fazendo essas porqueiras caras.

            • Danillo Santos

              É obrigação carros de todos os preços ter controle de estabilidade e tração, pelo menos 4 air-bags, isofix, etc, etc, etc.. Pra mim, pelo menos, a única obrigação de verdade é o compromisso com a segurança, o resto é proposta direcionada a públicos específicos.

    • Guilhe

      Questão de prioridade, quais opções entregam espaço, segurança e desempenho maior ou igual na mesma faixa de preço?

      • Joaquim Grillo

        honda city é muito mais bonito e acabado e tem segurança equivalente

        • Guilhe

          Ser bonito ou não é pessoal, eu particularmente gosto dos dois, o desempenho do 1.5 da honda deixa um pouco a desejar, a versão de entrada tem somente 2 airbags, interior e exterior é tão pobre quanto o da VW e o espaço interno é menor.

          • JOSE DO EGITO

            A melhor opçao ate por um valor mais barato é o ETIOS SEDAN,maior espaço,menor custo de manutençao(pois tem corrente de comando)maior espaço interno,maior porta malas,menor valor do seguro,acabamento interno similar,painel digital em todas as versoes……na minha opiniao esse VIRTUS nao tem nada de atrativo sou mais o ETIOS SEDAN

            • Guilhe

              As vantagens do Etios Sedan é o preço mais baixo e o porta-malas um pouco maior, de resto o polo é superior.

        • Lucas086

          O acabamento do City é “melhor ” por ser todo preto… mas o cluster é feio, o tabelier é feio… e só tem 6 air bags na Exl… a ex nem apoio de braço tem! Enfim, City pode vender por ser Honda, mas acho o Virtus mais carro.

          • Joaquim Grillo

            o virtus básico também não tem 6 air bags nem apoia braço vaia chando que tem é tudo opcional

            • Lucas086

              Mas tem 4 air bags e desde a Confortline já tem apoio de braço, esp e tsc e outras coisas… o City Exl nem tsc e esp tem! Nem central com espelhamento, mal tem camera de ré. Não tem sensor de chuva, crespucular… enfim, acho o Virtus mais que o City.

              • Joaquim Grillo

                Esse da avaliação não tem apoia braço aquele central você fala?

                • Lucas086

                  Ammeu estou falando fo apoio de braço central dianteiro, no City só tem na Exl

        • Rafael Lima

          O acabamento é uma porcaria pelo que cobram e é melhor pq tem um carpete a mais? City, Fit, WR-V, HR-V são todos de péssimo acabamento

        • Leandro

          Iria de City tbm. Muito melhor em tudo.

    • rgrigio

      Depois não querem que chame de golzão.

    • Leandro

      Veio competir com o Honda… oferecendo esse acabamento com cara de carro popular dos anos 2000… é o fim.

  • Paulo Lopes Jr

    Não sei porque fazem propaganda do Polo como mini Golf. O acabamento é simples demais, os bancos parecem o do Fusca Itamar e não disponibilizaram teto solar nem como opcional. Tenho um Golf, até cogitei trocar pelo Polo, mas depois de conhecer o carro me veio aquela frase na cabeça: Golf é Golf. E esse Virtus? Mini Jetta? Menos, hein VW!

    • Luis Fernando Pozas

      Fazem essa associação pra convencer os compradores, na base do marketing, que é um carro superior

    • Louis

      Você acreditava quando a CAOA dizia que Hyundai era o melhor do mundo? Então….

      • JOSE DO EGITO

        o que nao faz o MARKETING ?! a RENAULT com seu sub compacto falando que é um SUV,a VW com seu POLO que é um GOL maiorzinho dizendo que na verdade é um MINI GOLF,a HYUNDAI dizendo que seu compacto HB20 é diferente de todos e por ai vai….. kkkkkk so rindo mesmo…

      • Joaquim Grillo

        mas a VW fez pior uns anos atrás lembra na propaganda que uma criança falava com o pensamento, a meu ver aquela propaganda deveria ter saido do ar, a criança chama o cara de mané como que os consumidores de outras marcas fossem manés, e justamente naquela época foi quando vendi meu Gol por causa do borrão de óleo no motor que a VW não resolvia depois daquela época nunca mais quero VW ja que também tive problema com motor MI de um Gol 98

    • Thales Sobral

      Também acho que tão forçando a barra. Não é Golf, também não é Gol. O acabamento me decepcionou, mas o carro em si é muito bom, gostei da ergonomia e da calibragem da suspensão (não é dura!!! viva!!).

    • Leandro

      Basta entrar em ambos dentro da concessionaria vw… que a pessoa perceberá que é apenas um Maxi Gol.

  • Luis Fernando Pozas

    Vou dizer aqui o que já disse em outros lugares…. Creio que é um carro que tem suas qualidades, e certamente haverá compradores para ele… Mas eu realmente não entendo, se a VW quer melhorar sua imagem, retomar liderança, ela tem que entregar carros indiscutíveis, sucesso de critica… Me parece que entregaram um carro nota 7, certamente passaria de ano, com nota um pouco acima da média…. Mas longe de ser nove ou dez… Realmente não entendo pq economizar tanto no acabamento, há uma abundância de plástico… Ou com a falta de opção de um 1.4Tsi…

    É um carro que deveria entregar um interior um pouco melhor… Em tempo, o custo de itens de segurança,ou de hardware e software é muito baixo hoje em dia… Falar que ele entrega bastante recursos é aliviar muito pra VW…

    Ou faz algo pra ser sucesso de critica ou faz um nota 7. E tenta convencer as pessoas através de marketing….

    • Ducar Carros

      Tem que ter espaço para melhoras para os próximos anos, antes do facelift. Nos próximos anos a VW vai acrescentando itens, para gerar manchete.

      • Luis Fernando Pozas

        Pode ser mesmo…

  • Louis

    Vermelho ficou bonito! Não sei por quê a Honda não disponibiliza o Civic em vermelho… Até Corolla tem vermelho.

    • Luis Fernando Pozas

      Devem estar reservando pro Si

  • Ricardo

    Sabia que a galera iria reclamar do acabamento como se os acabamentos em geral de quase todos os carros no Brasil são um lixo. Esses dias fui de carona num Creta da aclamada Hyundai, pqp, plásticos em tudo que é lugar, esse sim é um lixo!

    • Cesar Oliveira

      Pessoal quer acabamento de Audi num carro de 60 mil, não dá pra entender. Parece que o povo aqui se esqueceu que sedã médio ta começando em 90 mil, e depois tem gente que diz que os funcionários das fabricantes deveriam ler os comentários de blog automotivo.

      • Ricardo

        E também a maioria não sabe diferenciar interior bem acabado, bem montado e com materiais de boa qualidade de interior visualmente bonitinho mas de má qualidade geral.

      • Luiz

        O problema tá aí: empurram de goela a baixo acabamento ruim a preços estratosféricos. Na Europa, acabamento Premium é preço de compacto aqui. Pra ter acabamento melhorzinha por aqui tem que pagar mais de 100mil? É brincadeira!

      • Leandro

        Não precisa ter acabamento de audi, mas um acabamento melhor que o do Gol já estaria de bom tamanho. Saudades Polo dos anos 2000.

    • Duh

      O acabamento do Creta nunca foi referencia, sempre é detonado por ter o interior do Hb20 nos coments. Agr o do Polo é de chorar de ruim, compara com 208, Argo e Picanto, é gritante a diferença de nível entre eles.

      • Ricardo

        Acredito que a qualidade do Polo seja igual ou até melhor, mas esses carros citados tem interiores visualmente bonitinhos e com design afrescalhados e por isso enganam a galera!

        • Alexandre Maciel

          O problema é que, se a pessoa não for da moda dos altinhos, compra um carro baixo para se sentir bem no interior, coisa que esse lançamento da VW, pelo menos nessa versão, na minha opinião, não proporciona.

        • Leandro

          Não é não. Argo… 208… todos evoluíram muito em acabamento… bonito e bem montado. É outro nível perto do polo/virtus… esses são tristes.

          • Ricardo

            208 básico também é um lixo o acabamento.

    • Thales Sobral

      É que no Polo chama a atenção mesmo. Mesmo nas fotos fica meio feio (exceção da Highline, que fica melhorzinho). É um desenho bem simples, com materiais simples, aí não dá impressão de algo chique. Aí você olha o interior do Argo e a sensação é bem melhor, embora pra meu gosto, ficou um pouco poluído.

      • Rafael Lima

        Só impressão, pq é tão ruim quanto o resto do segmento

        • Thales Sobral

          Sim, é só impressão, mas na maioria dos carros comuns (e aí pode jogar tudo até uns 100 mil), os materiais são mais ou menos a mesma coisa. Então o que vale é saber fazer bonito usando a mesma coisa que os outros. E nesse ponto a VW não foi a mais feliz do segmento, a meu ver…

        • Leandro

          O Argo não é só aparência… indo ver o carro ao vivo, dá pra sentir que os materiais são de melhor qualidade.

      • Ricardo

        Ao vivo o Polo é bem melhor.

        • Thales Sobral

          Melhora sim, mas ainda assim não me surpreendeu não, o Argo da uma impressão melhor.

          • Ricardo

            Aí é que tá, só impressão!

            • Thales Sobral

              Mas visual é só isso, é pra dar boa impressão mesmo… Quem não consegue gerar boa impressão aí, falhou.

              • Ricardo

                O interior do Argo é bonito, mas dá a impressão de ser um Pálio!

                • Leandro

                  Esse não foi ver o Argo.

                  • Ricardo

                    Vi, achei o design bem parecido como o do Pálio!

          • Robinho

            Eu tbm gostei mais do Argo…

        • Leandro

          Vi ao vivo….achei pior. Até rebarba vc acha.

    • Luciano RC

      É tão ruim quanto do HR-V. As portas tem o pior acabamento que já vi e o couro dos bancos é terrível. Tenho uma EX-L e casa e acho ridículo isso.

      • Ricardo

        O Creta sequer tem acabamento nas portas, é tudo plástico, isso que é um carro, teoricamente, de categoria superior ao Polo.

        • Luciano RC

          O HR-V também é assim. E o couro dos bancos é tão sintético que parece borracha. É obrigado a andar sempre com o ar ligado e ficar hidratando para não grudar e queimar.

          • Ricardo

            PQP!

        • O Creta tem acabamento nas portas da frente. O plástico é de melhor qualidade e é mais bonito que o do Polo e Virtus, que lembram uma mistura de Gol com Corolla, todavia repleto de plásticos ressecados. Polo é hatch compacto, Virtus é sedan compacto e Creta é SUV compacto, todos no mesmo segmento, mas em categorias diferentes.

          Creta, Polo e Virtus deveriam ser muito melhor em acabamento ante o preço que cobram.

          • Ricardo

            O Creta que peguei carona não tem tecido em nenhuma das portas!

            • Versão PCD provavelmente, pois fizeram certas economias nesta.

              • Ricardo

                E quanto custa!? R$ 70.000!? Num carro com interior tudo de “prástico”!

                • Só a vendem para PCD ou PNE, e na tabela é R$ 69.990, para que possa ser comercializada ao preço de R$ 55.450 ou pouco menos, a depender do estado da federação em que se situa a CSS. Para a casa dos R$ 55.000, é um excelente carro.

  • Calibra vermelho 95

    Custa quase 60.000 sem CMM e ESP né? Pq com eles a conta sobe pra uns 64.000, quase o preço do Polo TSI Comfortline, muito mais equipado e com o conjunto mecânico que realmente interessa. Sei que são propostas diferentes, mas quem precisa de porta-malas eu levaria o Polo Comfortline e dava um jeito de caber as malas, rebatendo os bancos, comprando bagageiro de teto…sei lá rsrs.
    Brincadeiras a parte, o carro tem uma estrutura de primeira, mas dói meus olhos (e meu bolso) ver esses pinos pra regular os retrovisores e saber que não posso ajustar o volante de acordo com minha altura.

  • zekinha71

    Ontem passou um na porta de casa, e não era carro de test drive, era cinza escuro, ficou bonito.

    • Luciano RC

      Só vi Polo. Ontem estacionei meu carro do lado de um Polo TSi… foi o primeiro Turbo que vi.

  • Fabio

    Pobre demais por dentro…lamantavel

  • adrielmenezes

    Estava interessado. Porém vou fazer a minha parte. Não vou comprar devido ao valor absurdo. Aliás, não dá pra comprar carro algum com preço justo.
    Vou esperar sair o meu PCD pra ver qual é a melhor opção até 70 mil

    • Fanjos

      Vai ter o Confortline PCD do Virtus e tem o Highline do Polo

  • Bruno Gomes

    O Fiesta Sedan está sendo ofertado na versão SE 1.6 manual por 54.990, mais completo e com mimos que o Virtus por esse preço não oferece. Ajuste dos retrovisores de forma manual num carro por esse preço é de chorar. Estou feliz com essa agressividade da VW em renovar seus produtos, mas ainda precisa descer do salto se quiser voltar a ser líder. Teria a versão 1.0 TSI daqui uns anos de segunda mão, pois dar mais de 65000 num sedan compacto é de doer.

    • André Luis Versiani

      Este Fiesta sedan já está vindo com a tela Sync 3 do Hatch 2018? Se sim, realmente uma ótima opção custo x benefício, porque ele tem itens de segurança e é bem esperto na estrada.

      • Bruno Gomes

        O que eu vi na Besouro Ford só não tinha a CMM, mas estava com um preço abaixo do praticado. Se a Chevrolet tiver realmente feito melhorias na estrutura do Onix e Prisma, Fiat e VW vão ter que se movimentar pra emplacar Virtus e Cronos. Eu particularmente prefiro os atuais lançamentos da alemã do que os lançamentos da italiana, vide melhor qualidade de construção, o que pecou foi o interior sem sal e a falta de coisas bobas. Tá difícil de decidir quem irá substituir meu NF hatch.

    • Lucas086

      O sedan? O hatch está a 52,990, o SE de entrada. … esse preço esta excelente

  • Ananias Anacleto

    E por mais de R$60.000 e continua igual ao Polo, sem retrovisor elétrico nem como opcional. E que venham os “ah, mas só eu dirijo, não precisa e blá blá blá” …. Ok, é seu dinheiro, se aceita pagar mais de R$60.000 e não ter um simples item desses, fique a vontade. Mas lembre que até a desgraça do Etios básico tem isso de série.

    • Ah não, essa do retrovisor elétrico não dá para passar. Uma coisa é a pessoa falar que não muda e não faz diferença, pode não fazer mesmo, pois a mesma não use tanto ou não veja sentido usar por tamanha dificuldade de acesso aos comandos manuais. Meu velho Palio aqui não tinha nem o comando interno (é, isso era um popular dos anos 90) e resolvi comprar os controladores e montei eles sob os retrovisores fixos. Preço? 220 reais. Agora, se isso em um kit aftermarket custa apenas esse valor para ser adquirido, imagina a dona VW em sua linha de produção com tamanha eletrônica embarcada, conseguiria reduzir o número de peças para instalar esse item de série no Polo/Virtus sem problemas muito graves de preço.

    • Thales Sobral

      É uma falta meio chata mesmo, mas cada carro vai ter sua “falha”… É escolher qual não faz muita falta e ser feliz.

      • Ananias Anacleto

        Exato, cada um é cada um. Por isso que estou quase fechando negócio em um Etios hatch X 1.3 manual …… É feio? Sim, horrível de feio. É seguro? Não, não é muito seguro. Desempenho e consumo? É no nível “meh”, bem meia boca. Mas consigo pelo menos R$3000 de desconto sobre o valor do site, e cumpre a função que quero: Anda, tem bom espaço e conforto, e tem todos os mimos (mínimos) de conforto, as revisões tem preço relativamente baixo, e como é um carro mais feio do que bater na mãe, ninguém dá a mínima para ele no trânsito, é igual andar com uma capa de invisibilidade. Quero só um meio de transporte minimamente confortável e que custe o menor valor possível. (Ah, e não me venham com essa de “com o valor de R$XX.XXX dá pra comprar um resto de rico da marca XYZ”)

        • Thales Sobral

          O Etios é um espetáculo de espaço interno. Cabem 4 com folga num carro de 3,8m. Fantástico.

    • Fanjos

      Eu sei que é triste não ter retrovisor elétrico mas meu Ka tb não tinha, com 430 reais eu coloquei e com direito a Tilt down
      Então tb não é o fim do mundo, com certeza as concessionarias vão oferecer o ki, assim como farol de neblina

      • Ananias Anacleto

        Eu perguntei pra um vendedor em uma concessionária da VW no lançamento do Polo, a respeito dos acessórios de concessionária. Retrovisor elétrico nem em sonho, e sensor de estacionamento só os genéricos sem integração com o carro. A Tragial já tem um kit de retrovisor pro Polo msi, com um botão genérico de Gol “pregado” no meio da porta. Olhem no site da Tragial pra ver, fica ridículo de feio.

        • Fanjos

          Foi dessa marca que coloquei no Ka, pelo menos nele ficou perfeito, igualzinho o original.

  • Marcus Vinicius

    A estreia do sedan Virtual !

  • Anderson Araújo André

    Muita decepção com os preços desse carro, agora a VW está mostrando a verdadeira cara

  • André Luis Versiani

    Fiesta Sedan, embora muito caro, possui acabamento e itens de série bem mais interessantes que o Virtus, peca no espaço interno e porta malas menor. O que mata o Ford, exceto nas versões Titanium, é aquela telinha azul maldita dos anos 2000 que eles ainda insistem até os dias de hoje, embora tenha um som ótimo.

  • fabiosouzajr

    pessoal ainda nao percebeu mas se quiser acabamento decente em um carro atualmente prepare-se para desembolsar no minimo 80k.. infelizmente é a triste realidade. Os 60mil de hj é os 40k de 5 anos atras.

    • André Luis Versiani

      Problema é que o acabamento dele está quase no nível do meu Ford Ka que custou 18 mil a menos.

      • Pra mim, Cronos, HB20S, Ka+ e Prisma estão com interior bem mais agradável que o Virtus.

  • Marcus Lima

    Não tem voltante revestido em couro, não tem ajuste elétrico dos retrovisores, a aparência de tecidos e revestimentos é ruim. Aí me desculpe a VW, mas na boa, esse preço vai ser possível comprar Logan Dynamique CVT no mundo real. E aí? Motor 1.6 15 v, cambio bom, suspensão boa. Interior espaço e mais bonito que esse . Ah, mas é uma plataforma mais simples: sim, é , ultrapassada e tal. Mas essa mania de depenar absurdamente os carros de entrada, e pesar no preço, faz dos vw presa fácil. Cronos? O problema é a proporção, tamanho estranho e meio desajeitado ( mais até que o Grand Siena, que era mais bem proporcionado). Mas mesmo ele: melhor aparência interna, mais equipamentos de série e tal.

    • Thales Sobral

      15v? Tem um cilindro que tem 3 válvulas? rsrsrs

      Cara, a ergonomia do Polo é bem melhor que a do Logan, isso já me faria ir pro VW.

      • Marcus Lima

        É tecnologia Romeno Nipônica Rapaz! kkkkk

        • Thales Sobral

          Essa é boa!!! Rsrs
          Quanto ao Logan, tô torcendo é pelo CVT nele.

    • Rafael Lima

      O Logan vai subir de faixa assim como o Sandero, mas pra quem precisa de porta malas hoje ta impossível um compacto com preço bom e mínimamente equipado, tá todo mundo indo pra 70 a 80 mil

      • Luciano RC

        Acredito que a Renault vai subir o Logan e Sandero para Premium aqui no Brasil.

    • E a plataforma do Logan nem é obsoleta, pois embora derivada da antiga B0, a M0 é mais de 70% diferente, em peças, materiais e etc, tendo sido desenvolvida em 2012.

  • Maycon Farias

    Cada vez que olho esse carro menos gosto. Eu não entendo… quando vi as fotos do polo europeu eu fiquei apaixonado, parece que não é o mesmo carro aqui. Esse carro pode até ser bem sucedido mas me parece que o Cronos ficou mais agradável. De qualquer forma merece o parabéns pelas 5 estrelas!

  • Airplane

    Futuro campeão !

  • Marcio Lenz

    Uma fortuna pelo que oferece.

  • tiago

    Quanto a VW economiza com o retrovisor manual no lugar do elétrico? 300 reais!?
    Ou é pra forçar o consumidor para as versões mais caras?

  • João Alexandre

    que delicia de retrovisor manual cara! painel do fox , mas sei lá… achei sacanagem

  • Lucas086

    Eu gosto do carro, gostei do Polo, mas esse interior…

  • CanalhaRS

    Esse interior num carro de R$ 60 mil é inaceitável….

  • Ubiratã Muniz Silva

    Logo logo eles colocam uma versão 1.6 Tiptronic exclusiva pra PCD e frotistas. Fica certinho dentro do limite de 70k pra PCD.

  • Razzo

    “Então, mais honesto em sua proposta, o Virtus apenas poderia ter repetido a agressividade do Polo em preços.”

    –> Exatamente.

    • Gato Dotado

      Acabamento boqueta!!!

  • romulo

    Que frente feia.

  • Roberto

    Lançam um carro novo que parece velho.
    Parece muito como outros VW que já rodam por aí.

  • evandro santana

    Simples demais… porém vai vender bem!

  • Hoffmann

    Incrível como o acabamento grita a falta de qualidade até em fotos, como no Polo. E esses pitocos de regulagem dos retrovisores espetados nas portas em um carro de 60 mil, é para rir, Volkswagen?

    E pensar que 80k era o que custava um Jetta Trendline 1.4 TSI até um passado não muito distante…com uns trocados a mais se levava, inclusive, o automático.

    Tem 80k e quer um sedã? Deixe seu preconceito bobo de lado e pegue um Citroën C4 Lounge Tendance THP ou um Peugeot 408 Griffe THP e terá um médio de verdade, com bom acabamento e que não deve nada em equipamentos ao Virtus. É um consumidor médio brasilóide boboca e acha que PSA não presta? Tem outras opções pelo mesmo valor, ainda que tenham menos motor e equipamentos: Kia Cerato AT6, Nissan Sentra S CVT ou Lancer HL-T CVT, todos eles superiores ao Virtus.
    Quer pagar menos? Pegue uma das últimas unidades do Renault Fluence que estão sendo desovadas a preço de banana e seja feliz. Sim, um carro que vai sair de linha, mas com acabamento e conforto infinitamente melhores que o do novo VW.
    Agora se você acha que nenhuma das opções acima citadas são melhores que o Virtus, que só por ele por ser Volkswagen já vale o que pedem ou se ainda acha que carro é investimento eu sugiro gastar a grana com um bom acompanhamento psiquiátrico.

  • Dp Som

    Quanto ao acabamento, trabalho com som automotivo, sim, o acabamento do Polo não eh bom, muito frágil tem q ter um cuidado absurdamente grande para que não quebre nada, comigo não aconteceu, mas como amigos de outras lojas, quebra muito fácil os encaixes, geral tá reclamando, segue o padrão dos VW populares, quanto ao carro em si, eu gosto muito, o problema eh o interior de gol mesmo.

  • Vai vender muito. Tem coisa pior que vende bem.

  • Vattt

    Gostei do carro mas as versões mais caras são muito caras ($$$) e as versões baratas são muito baratas (aspecto e itens de serie pobres). Nada que a concorrência não resolva, dai a VW vai continuar minguando no Brasil!

  • Alexandre TRE

    Voyage repaginado

    • Luconces

      Tem que estar muito alcoolizado para ver um Voyage ali…

      • Alexandre TRE

        Obrigado pela sua resposta Luconces, Vou aproveitar e beber mais uma, quem sabe eu vejo um Gol na próxima.

        • Luconces

          Para ver o Gol tem que estar chapado kkk

          Mas não precisa estar alcoolizado ou chapado para ver o Gol na traseira do Polo!

  • Emmanuel Furtado

    Nossa senhora, que interior horrível meu Deus do céu. 60 conto nisso? Onde vamos parar? 😰😰😰

  • Robinho

    o que mata na minha opnião é esse painel de caminhão…aff feio demais…

  • Edson Fernandes

    E é mesmo. Por isso fica dificil considerar a compra de um carro 0km.

    • Whering Alberto

      Deus seja louvado por este comentário!

  • Edson Fernandes

    Pois é! mesmo caso que o meu! Eu queria pegar um Move up TSI com o opcional de R$1000.

    Ele custaria R$42000. Em um ano ele passou a custar R$48000. Na negociação (sim! eu fiz!) sairia por R$45000. Desisti do negocio. (eu pegaria ele em promoção de lançamento caso fosse esse o momento por R$38900… porque pagaria R$45000 1 ano depois?)

  • rodrigo

    por fora e até bonito, mas por dentro pobre demais

  • Leandro

    “De modo geral, o novo sedã compacto não tem pretensões de ser médio, que era a atribuição da geração antiga, bem elogiada pelo público”
    Ué, o Polo Sedan pretendia ser médio? Sempre pensei que era compacto.

    • Fanjos

      O Huezil é estranho mesmo, se até compactos (vulgo Jetta) tambem é considerado “médio”, então qualquer coisa já pode se considerar tb kkkkkkkk

  • Leandro

    Uma banheirona dessa, com uma traseirona desproporcional caída e um acabamento de carro frota. Parabéns VW. Que comece a ter bons descontos pra ser taxi…

  • Assim como no Polo (logicamente, já que são o “mesmo carro”), o que não me agradou foi esse monte de plastiqueira cinza. Tinham que ter tido um pouco mais de cuidado com o nível do acabamento.

  • Pedro Cunha

    É que no brasil, com seus governos ingerentes e a prodigalidade da administração pública, há uma fatia representativa da população onde esses R$60k não chegam nem á 3 meses de salário.
    Na iniciativa privada, para a grande massa de trabalhadores CLT, essa cifra é significativamente alta, significando alguns anos de salário.

    • Primeira Divisão

      A referência para avaliarmos o padrão de remuneração adequado à vida digna da população é o custo de vida. Os salários deveriam ser balizados de forma a permitirem uma vida digna para quem trabalha. Então, o problema não são os salários pagos pelo Poder público, e sim os que são pagos por quem lucra (e muito) na iniciativa privada utilizando-se de mão de obra contratada. Querer nivelar por baixo os salários é pretender transformar o Brasil num país de povo ainda mais pobre. Quando alguém critica os “altos salários” da esfera pública está andando na contramão de seu próprio destino, pois acaba por considerar adequado, normal, o que é pouco e deveria ser melhor. Avaliza o que está errado e aponta o dedo em crítica ao que deveria ser padrão também para todos que estão com suas remunerações em patamares inadequados.

  • Marcio Robson de Freitas

    Vem da Argentina, ou seja, para revender desvaloriza muito.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email