*Destaque Carros Conceito Elétricos Europa Salões do Automóvel Sedãs Volkswagen

Volkswagen Vizzion: teaser mostra parte do quarto conceito elétrico ID

volkswagen id vizzion - Volkswagen Vizzion: teaser mostra parte do quarto conceito elétrico ID

Ainda não é o sucessor da Passat e a proposta nem se aproxima disso. A Volkswagen acaba de divulgar um teaser de seu quarto conceito elétrico da família ID, batizado de Vizzion. Trata-se de um longo sedã em estilo fastback que será o principal destaque da marca de Wolfsburg no Salão de Genebra, que ocorre no mês de março.


Com foco na conectividade, condução autônoma e segurança, o conceito Volkswagen ID Vizzion estará sendo direcionado para um perfil de cliente de mais idade, que mais adiante não terá condições de dirigir, mas ainda assim precisa de um carro confortável, seguro e autônomo para a dia a dia.

volkswagen id vizzion a - Volkswagen Vizzion: teaser mostra parte do quarto conceito elétrico ID


Para quem se animou por conta do estilo do conceito, no entanto, a informação que vem da VW não é muito boa. A proposta do Volkswagen ID Vizzion é ser um sedã premium totalmente automatizado, sem volante e demais controles visíveis. Isso significa um carro literalmente para passageiros. A ideia é que os ocupantes passem o tempo de viagem de forma mais livre e descontraída. Para isso, o conceito apresenta uma plataforma com ecossistema digital que permite identificar individualmente os passageiros e suas preferências através de comandos de voz e gestos.

 

Mesmo que seja um passageiro novo a bordo, o host digital do Volkswagen ID Vizzion rapidamente se adapta às preferências do ocupante. Como se sabe, o ID de cada pessoa fica registrado em um bando de dados em nuvem, possibilitando assim ser reconhecido em qualquer carro com essa tecnologia e, no caso da VW, estamos falando de sua nova família de carros elétricos, que terá 20 membros até 2025.

volkswagen id vizzion b - Volkswagen Vizzion: teaser mostra parte do quarto conceito elétrico ID

Mas como será o Volkswagen ID Vizzion? Trata-se de um interessante fastback de 5,11 m de comprimento e plataforma modular MEB de pelo menos 3 m de entre-eixos. Ele utiliza dois motores elétricos (um em cada eixo) com 305 cv e baterias de íons de lítio de 111 kWh de densidade, suficientes para uma autonomia de 665 km que, de acordo com a montadora, só é possível com um sistema de regeneração de energia nas frenagens. Ele pode alcançar 180 km/h (limitado).

volkswagen id crozz frankfurt 9 - Volkswagen Vizzion: teaser mostra parte do quarto conceito elétrico ID

Com o ID Vizzion, a Volkswagen reforça sua proposta de mobilidade elétrica, condução autônoma e serviços remotos através de novos produtos, que até o momento já deram muito o que falar. O hatch ID será o primeiro a chegar, em novembro de 2019. Depois dele será a vez da minivan ID Buzz, que é uma releitura completa da Kombi, inclusive com proposta de uso comercial. Por fim, o crossover ID Crozz será orientado para atender ao crescimento do mercado de SUVs.

COMPARTILHAR:
  • Ricardo

    A Komboza é o mais legal!

  • th!nk.t4nk

    Maior que um Arteon e maior até que um Model S (duas barcas). Mas ao mesmo tempo não parece ser algo pra bater de frente com o Tesla, considerando a potência divulgada e o fato de ser um autônomo sem volante. Tá me parecendo que vão mirar nos consumidores de carros de alto luxo que buscam algo 100% autônomo, atuando num nicho bem específico (por enquanto). Consigo ver esse carro vendendo bem em determinados países, mas possivelmente teria público limitado se tiver apenas versoes sem volante. Nao creio que lancem assim, só devem estar testando a reaçao do público sendo tão radicais.

  • Tochio

    Ainda não consigo acreditar em carros sem volantes para consumidor comum, a não ser a muito lango prazo !!

    • Não faz muito sentido na minha opinião. Se for pra ter transporte autonomo, acho que seriam pequenas vans, para transporte compartilhado, não necessariamente publico.

    • Marcos Drawer

      Sou favorável a solução On/Off: O carro possui os dois modos: quando se está nos monótonos congestionamentos, com o carro quase parando, aciona-se o modo autônomo e deixa o carro assumir o anda-e-pára e se aproveita o tempo para ler, estudar, etc. Mesma coisa quando o motorista estiver com sono ou impossibilitado de dirigir por algum problema de saúde também. Agora quando se pega uma estrada lisa, bem sinalizada e de pouco movimento, aquele que gosta e quer dirigir pega o volante.
      Um carro sem volante ou controles manuais vai virar um vagão de bonde.

  • Louis

    Será que os testes com condução 100% autônoma já estão tão avançados assim? A ponto de recolher pedais e volante ?

  • Felipe Alves

    Carros conceito: nunca serão isso!

  • Pedro Alves

    Esses carros dão preguiça.

  • Valter Silva

    Banco de Dados em nuvem, condução autônoma… Imagina essa negócio sendo hackeado? Porque não há nenhum dispositivo que seja 100% seguro estando conectado à rede.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email