Volvo agora cobra pela recarga em seus eletropostos, mas apenas de outras marcas

volvo xc40 pure electric avaliacao na 49
volvo xc40 pure electric avaliacao na 49

A Volvo decidiu que é hora de cobrar pela recarga de carros elétricos e híbridos plug-in em seus eletropostos, que hoje somam 52 unidades espalhadas por quatro regiões do Brasil.

A partir do dia 10 de julho, usuários que não são clientes da Volvo terão de pagar a altíssima taxa de R$ 4,00/kWh. Para se ter uma ideia, a Power2Go cobra R$ 1,42/kWh em instalação conveniada com um estabelecimento comercial, por exemplo.

Essa tarifa é tão cara que, tecnicamente, inviabiliza o uso por parte de clientes de outras marcas e a Volov sabe disso, já que o motivo é tanto valorizar seus clientes, quanto forçar outras marcas a investirem também em eletropostos.

Como funciona? O app da Volvo (para clientes) exigirá o número do chassi do carro para que o cliente da marca sueca possa fazer sua recarga.

Para donos de carros de outras marcas, será cobrada uma taxa de conectividade de R$ 2,50 para ativação do serviço e mais os R$ 4,00 por kWh. Mas, não fica apenas nisso não…

volvo xc40 pure electric avaliacao na 48
volvo xc40 pure electric avaliacao na 48

Se o “life” da bateria chegar a 100%, o dono do carro terá um período de 15 minutos para retirar seu veículo do conector, caso contrário, pagará uma taxa de ociosidade de R$ 5,00/minuto.

A intenção desta taxa, que também será cobrada de donos de Volvo, é permitir a liberação da vaga para mais pessoas usarem. Essa é uma forma de a Volvo educar seus próprios clientes, além de terceiros que usam seus 52 pontos de recarga até agora gratuitamente.

Desse total, 75% das recargas não foram para carros da Volvo e sim para os de outras marcas, sendo que 47% foram para carros da BYD e 13% para a GWM. Clientes de marcas de luxo como a BMW, representam apenas 2%. A marca nórdica tem uma taxa de 24% das recargas feitas.

Diante disso, a Volvo decidiu cobrar também porque vê outras marcas colocarem carros no mercado, mas não investirem em carregadores públicos.

A Volvo afirma que está disposta a conversar com outras marcas e fechar um “pacto de eletrificação” de modo que as estas também contribuam para a expansão da rede de recarga do Brasil, tão criticada por ser pequena e insuficiente para a demanda do mercado.

 

 

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.




unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X