Antigos Clássicos Cupês EUA Manutenção Volvo

Volvo P1800 com mais de 5 milhões de km funde o motor

p1800-gordon-1 Volvo P1800 com mais de 5 milhões de km funde o motor

Incluído no Guinness Book, o Volvo P1800S 1966 de Irv Gordon já tem mais de 5 milhões de km rodados, o que significa ir e voltar até a Lua cerca de 6,5 vezes. O clássico cupê sueco, no entanto, passou recentemente por um problema grave. O proprietário, que estava hospitalizado, deixou o veículo com a esposa durante o período de internação e ela continuou a utiliza-lo, ampliando ainda mais a incrível quilometragem do carro.



No entanto, por um descuido, ela esqueceu o freio de mão puxado em uma das viagens e isso forçou o já delicado motor do P1800S, que acabou fundindo. Para qualquer proprietário, ver um motor nessa situação é o pior de tudo. Mas, na vida desse Volvo de 51 anos, esta será a terceira vez que irá para a retífica. Gordon conta que a primeira vez ocorreu em 1978, quando o cupê escandinavo estava com 1,1 milhão de km no hodômetro.

Para mostrar como o Volvo P1800S é valente, só foi necessária uma segunda retífica apenas em 2011, quando o mesmo já estava com 4,3 milhões de km. Adquirido novo, o bólido durou tanto tempo por conta do cuidado de seu dono. Irv Gordon revela que nunca forçou o carro e que sempre fez a manutenção com peças originais e utilizando lubrificantes de primeira linha. Como sempre soube lidar com seu sueco, o proprietário mais famoso da marca nunca teve problemas sérios com o carro.

Isso, no entanto, não impediu que o Volvo P1800S 1966 alcançasse lugares tão distantes quanto o Alasca, por exemplo. Residente no estado de Nova Iorque, Gordon mantinha um ritmo “acelerado” quando comprou o cupê em meados dos anos 60, rodando diariamente uns 200 km. Anualmente, ele chegou a marcar mas de 120 mil km percorridos.

No entanto, o tempo foi passando e Gordon envelhecendo. Hoje, com 76 anos, Irv Gordon já não tem mais a mesma disposição e saúde para fazer milhagem elevada todos os anos. Com ritmo reduzido, o P1800S agora roda bem menos em seu ritmo diário. Mas, isso não impede Gordon de mante-lo em perfeitas condições de uso. Além disso, o americano ainda sofre com a pressão sempre grande do próprio fabricante.

A Volvo já fez diversas ofertas pelo carro, incluindo dando vários carros novos ao longo dos anos para que Gordon apreciasse, mas isso não convenceu o proprietário do P1800S. Para ele, o carro foi feito para andar e “museu é para carros inativos”. Em seu caso, ele diz: “o meu não é…”. Agora, a terceira retífica colocará o cupê sueco de volta à estrada para manter a garantia de uma jornada sem limite de quilometragem.

[Fonte: Flash de Motor]

  • Louis

    Gosto dessas matérias, que falam de carros com km elevadas.
    O meu está com 175 mil km, ainda está na infância kkkkkk

    • ViniciusVS

      Tenho um antigo que uso para dar uma voltinha no fim de semana, está com 17 anos e 182.000km

    • V12 for life

      A primeira materia que li desse carro dizia que ele foi fazer a primeira revisão alguns dias depois de sair da concessionaria, mas não lembro se era 5 ou 10 mil km.

      • Carlos Vinicius Amadeo Rosin

        se não me engano ele tirou o carro em uma sexta feira e na segunda feira foi fazer a revisão de 2 mil km….

        • V12 for life

          Acho que foi isso mesmo.

    • André

      Fica tranquilo, o meu está com 250mil km e nunca deu problema, tem muito táxi por aí com mais de 500mil km sem maiores problemas, só não pode bobear com a troca periódica de 4 itens: oleo, filtros, agua e se o motor do seu tiver, correia dentada.

      • João Cagnoni

        Corrente também precisa de manutenção.

      • Cássio

        Se der água, aí é q ferra mesmo, mas entendi o que vc quis dizer.

      • Rodrigo Santos

        No Clube do Cruze há o relato de um taxista que dividia o carro (modelo sedan LT 1.8 automático) com pai, cada qual rodando 12 horas por dia. Rodaram 450.000Km.

        • Marcelo Henrique

          Carro parado é que dá problema.

      • Jaspion

        qual seu carro?

        • André

          Chery QQ

          • Jaspion

            Uau!

        • El Gato Negro

          Só porque é o QQ do Jaspion mesmo. O QQ que nós conhecemos não duraria nem 50 mil km antes de se desmanchar…

          Edit.: Ih, li errado, é do André e não do Jaspion! Mas aposto que o Jaspion é quem emprestou o carro… 😁

    • Luiz Camurça Neto

      bacana, ai vem a nossa “gasoalcool” e ainda adulterada, estradas esburacadas, etc… dificil obtermos o padrao que esse carro alcançou

    • leandro

      Meu primeiro carro foi um Palio que rodei com ele 180 mil km, troquei de tudo q vcs possam imaginar de consumíveis, mas o motor não precisou de retificar.
      Agora meu segundo carro é um New Fiesta powerShift com 90 mil km, e apesar do olho gordo de 99% aqui do fórum, até agora de sério só troquei amortecedor traseiro

  • El Gato Negro

    “O proprietário, que estava hospitalizado, deixou o veículo com a esposa durante o período de internação e ela continuou a utiliza-lo, ampliando ainda mais a incrível quilometragem do carro. No entanto, por um descuido, ela esqueceu o freio de mão puxado em uma das viagens e isso forçou o já delicado motor do P1800S, que acabou fundindo.”

    Eu jurava que a matéria terminaria com algo tipo “o proprietário foi condenado a 30 anos de prisão, por degolar sua esposa no dia em que saiu do hospital”.

  • Igor Guimasi

    O dono deveria acionar a garantia.

  • Ricardo

    Deve ter ficado bem feliz com a mulher!

    • NaoFaloComBandeirantes

      hahahaha! Ferrou o recorde do cara por um erro banal: feio de mão puxado!!!
      Ultra sacanagem!

  • Eduardo Sad

    Se fosse um Corolla, tava aí rodando… rsrs

    • Daniel

      Se fosse… nunca tinha dado retífica e tinha ido para a lua de verdade! kkkk

    • Marcos Souza

      Donos de Corolla ficam velhos assim que assinam a aquisição do carro.
      Já vi isso acontecer, é sério. Vi um garoto de 22 anos assinando o documento, quando ele terminou seus cabelos começaram a cair, sua pele se tornou flácida suas costas se arquearam e ele ganhou uma bengala com o símbolo da Toyota do vendedor.
      Toyota não dá tapetes, da bengalas!!!
      Por isso acho q o dono do Corolla tería morrido antes de completar 50 mil km…

      • nbj

        Melhor comentário do dia!

      • Jose Borges

        Toma meu like!
        Kkkkk

      • Ernesto

        Meus parabéns! Ganhou os seus likes!

    • Henry

      T mágico kkkk

  • Mr. Car

    Cinco milhões de quilômetros? Ah, vá, até que está razoável, he, he!

  • Cyro

    Ando 10 mil por ano
    5 milhões de km?!
    Só na próxima vida…e olhe lá!

    • NaoFaloComBandeirantes

      Velho, eu que rodo muito ando uns 20mil km por ano.
      Para rodar 5 milhões de km, gastaria 250 anos!
      Umas 4 vidas!

      • Rodrigo Santos

        Sempre me impressiono com a quilometragem rodada por estrangeiros, especialmente, os americanos e europeus no geral. Basta buscar anúncio de carros usados… muitos passam de 100.000 ou 200.000KM em pouco tempo de uso.

        • Marcos Souza

          E vc acredita nos carros de garagem aqui no Brasil com a placa semi-novos pouco rodados… Apenas 51mil km…
          Ainda mais se for uno, Ka, Sandero… Carro de empresa sempre roda muito!

          • Rodrigo Santos

            É, normalmente veículos 1.0 e aqueles tipicamente comprados por frotistas são os mais rodados.

          • Daniel

            Ainda tem muito inocente que compra carro semi-velho no Brasil achando que comprou um pouco rodado.
            Esses dias atras, vendemos a Meriva que era do meu pai. 2012/12 impecável e com 91mil km. vendi acima da FIPE para a primeira pessoa que veio ver o carro. Antes eu procurei alguns anuncios, e praticamente não achei nenhuma com mais de 100mil km… e olha que a Meriva foi vendida de 2003 a 2012, a nossa era das ultimas! E a grande maioria dos anuncios com 50-60mil km tá só o caco do carro!
            O Corolla da minha mãe pegamos em out/16 e já está com 26mil km.
            Em compensação, o BR 800 89 está com apenas 2mil km no hodometro (102mil na verdade :) )

          • Edinaldo_Tapica

            Pois é, tudo adulterado

        • Marcelo Alves

          Eu já me impressionei nas vezes em que fui olhar carros usados e a maioria dos que encontrava eram carros que rodaram 15 a 20 mil km por ano, enquanto eu e o resto do povo aqui de casa mal rodamos 5 mil km em um ano.

      • Ernesto

        Olha, 20.000Km não é tanto assim.

  • Bruno_Mgá

    E no Brasil o povo da ´´chilique“ quando o carro chega aos 100.000km.
    Apesar que, aqui é a terra da gambiarra e ignorância né.. Troca-se óleo (em intervalos fora do recomendado) pelo mais barato possível e sem substituir o filtro… Gasolina? A do posto ´sem bandeira` no fundo de vila em primoção. Ai é claro, nenhuma máquina aguenta.

    • ViniciusVS

      Segundo o texto a primeira vez que o carro precisou de retifica foi com mais de 1 milhão de km rodados… não tiro sua razão, mas esse motor sem dúvidas é muito mais robusto que os atuais vendidos no Brasil…

      De qualquer maneira da sim para rodar uns 500k km com um motor atual, 100k km não é nada para um motor.

      • Handlay P.B.

        O motor 1.6 V6 turbo do Mercedes-AMG Project One terá vida útil de apenas 50 mil km, quando ele bater ainda vai restar os dois motores elétricos no eixo dianteiro para fazerem o carro andar, não vai correr como antes, mas vai dar para ir ao supermercado com o Project One…

        • Luis Burro

          Queria ver alguem indo ao supermercado com ele.

        • Marcelo Henrique

          Tá melhor que motor do Ford RS200 que dura incríveis 10 mil km.

    • Handlay P.B.

      Se o motor bater é só mandar refazer ele…

    • Retrato do Papai

      100 mil? o que mais tem é gente que acha que o carro não presta mais quando passa dos 30 mil….

      • Rodrigo Santos

        Já não é tão simples vender um carro com mais de 50.000km… Tem sempre alguém dizendo que está “muito rodado”.

        • Retrato do Papai

          experimenta levar um carro com mais de 60 mil km para avaliação numa cc… só falta dizerem que tá próximo do fim da vida útil, que o próximo comprador vai ter que vender como sucata hahaha

          • Rodrigo Santos

            Sim, o meu está com 73000 e já ouvi algo parecido em algumas avaliações. É ridículo! Não importa a condição do carro, só o valor que o hodômetro indica.

            • Daniel

              Estou vendendo meu C4 hatch… está com 78mil km. O carro está impecável, não bate nada, silencioso, justinho… Já ouvi falar que está muito rodado e já até recebi “ideia” de baixar o hodometro.
              Vou esperar aparecer alguém que não seja estupido, então eu vendo o carro!

    • Catucadao

      carro com mais de 100k é alto mais depende do ano

      • Rodrigo Santos

        Na verdade, creio que o que importa mais é o cuidado que o dono teve para rodar tudo isso. Se fez a manutenção preventiva de forma correta, se rodou mais em cidade ou estrada, etc. 100.000km de estrada exigem muito menos de um carro que na cidade, por exemplo. O motor trabalha sempre em condições ideais. Sem contar que o tempo parado no engarrafamento de uma cidade não é contabilizado como uso porque não há marcação de horas trabalhadas pelo motor…

  • PEDAORM

    Lindo carro, não conhecia. Imaginava que Volvo era sinônimo de carros quadradoes na época.

    • V12 for life

      Pena que não deixam mais postar foto, mas existe versão shoting brake.

      • PEDAORM

        Deve ser um espetáculo. Vou procurar

    • mjprio

      entre o fnal dos anos 60 e os anos 90 sim. Esse, como era um cupe esportivo ainda abusava das linhas atraentes; o restante da linha, os PV 44, linha 200, etc. tinham um desenho mais conservador. A shotting brake chega a ser indecente de tao bonita

    • Dario Lemos

      É lindo mesmo. Por curiosidade, esse carro era usado na série de TV “O Santo” (anos 60), interpretado por Roger Moore.

  • Handlay P.B.

    Que louco, 5 milhões de km rodados e quando bate o motor é só mandar refazer ele… Nos EUA, carros com altíssima milhagem não é incomum, já vi na internet o caso de um Civic 2006 com 744.204 milhas (1.197.680 km) e de uma Tundra 2007 com 1.000.000 de milhas (1.609.344 km). Resta saber quantos km um carro elétrico pode ter de vida útil…

    • No_Name

      Um motor elétrico funciona muito bem por até uns 10 anos. Depois o rebobinamento é inevitável para a saúde dele continuar a mesma. Mas há casos e casos… A Tesla parece que já oferece a “retifica” dos seus motores.

  • Victor Hugo

    Tenho um Santana 2.0 – 2001 (logo que tirei carta, judiei foi dele). Estava na garagem há 5 anos, juntando poeira. Comprei uma bateria nova, coloquei no bixo. Pegou de primeira. Fui no posto abasteci 50 reais, troquei o óleo. Moral da história, já está com 241 mil, não baixa óleo, ar condicionado funcionando (precisa colocar gás). Motorzão potente, gostoso de dirigir. Que delícia, volteis aos meus 18 anos.

    • dallebu

      Só um detalhe, se está sem gás quer dizer que há um vazamento no sistema, pois é um sistema selado e o gás não escapa a não ser que haja alguma fissura.

      • Ernesto

        Provavelmente ressecamento de mangueiras por falta de uso.

      • Victor Hugo

        Eita ai é problema, pensei que se ficasse muito tempo parado, acabava dando uma escapadinha… porém, vou pedir para olhar. Obrigado pela dica!

      • Malikoff

        Verdade. Aprendi isso duramente com o meu. Precisou trocar o cilindro.

  • Luis Burro

    “Mulher ao volante,perigo constante”
    Q ironia!

  • carloscomp

    Meu Cruze 2014 passou dos 50.000Km a pouco tempo, e observando os equipamentos oferecidos nos carros com o mesmo valor que paguei por ele na época, me convenço a rodar, no mínimo, mais 50.000Km!

    • João Cagnoni

      50 mil km ou 0km pra mim é a mesma coisa kkkkk

      • carloscomp

        Pra mim é muito diferente.

    • Rodrigo Santos

      O meu é 2013 e tem 73.000Km. Andei fazendo avaliações para uma eventual troca e muitas vezes ouvi alguém dizer que o carro “está muito rodado”.

      • cepereira2006

        Como se eles não fossem retocar o velocímetro, kkk.

      • carloscomp

        Se o mercado continuar assim, o negócio é segurar a máquina até desmanchar rsrsrs

  • Josué

    Queria ver si tivesse aqui, rodando com combustível batizado, nos engarrafamentos e buraqueira das nossas ruas, quantos kms ele guentaria………………………

  • João Cagnoni

    Bom demais, mas saindo da linha popular pé-de-chinelo do Brasil, muitos carros podem passar de 1 milhão de km. Cito por aqui a maioria dos médios e sedans grandes (Passat, Azera).

  • “Perguntador”

    Meu carro está com 16 mil km rodados em 30 meses, uma média de 6.400 km por ano. Seguindo esse ritmo, vou precisar de 781 anos para chegar nos mesmos 5 milhões de km rodados… kkk

  • Ricardo Blume

    É uma quilometragem considerável, não posso negar, mas vocês acreditam que um carro fabricado nos dias de hoje, sempre revisado, troca de óleo em dia e muito bem cuidado faça, talvez, metade da quilometragem desse Volvo? Ou que talvez dure por mais de 50 anos como esse velho sueco?

  • Henry

    Impressionante e ele não quer um novo da volvo

  • afonso200

    Azera 2011 com 416mil km, e vai o dobro

  • Lukoh

    Esse Volvo tem 51anos de uso…. a média mensal rodada são 8.200km por mês.

    Tem táxi na minha cidade que faz 15mil/mês (carro rodando 24h, revezam 2 ou 3 motoristas).

  • Victor Freire

    gente, desculpa discordar, mas esses motores b18 da volvo, como o que tem no p1800, são tudo, menos delicados. pode perguntar aos suecos e aos americanos, esse motor aguenta muito cacete.

  • Licergico

    se ele morasse no RJ só de gasolina já teira gasto aprox. 2,1 mi … ( levando em conta 10 km/l e gasolina em posto barato [4,19] ).

  • Jaspion

    nessa época aí vc colocava um motor (bruto, robusto) e 4 rodas pra durar o resto da vida… hoje tem tanta tecnologia nos carros, que acho meio impossível isso acontecer

  • Lorenzo Frigerio

    Já deve ter passado por umas vinte retíficas, especialmente esses motores antigos. Três retíficas é mentira. Ou então a mentira está na km. Pronto. Teve os seus 15 minutos de fama.

  • Malikoff

    Adoro ler essas matérias, porque nos mostra que basta cuidar bem do carro que ele irá durar muito!!

  • Marcelo Henrique

    Presencialmente, a maior km que vi sem retificar foi um Vectra C 2.0 8v de taxista: pouco acima dos 500 mil km.
    A segunda maior foi de um Palio Fire 1.0 16v que já estava com 310 mil km.
    E a terceira foi de uma Palio Weekend 1.6 16v com 280 mil km.
    O resto tudo eu vi desmanchar o motor com menos de 200 mil km.

    O mais incrível que vi foi de um Palio fire 1.0 8v com 20 mil km que fundiu o motor após uma troca de óleo que o mecânico insistiu para fazer um “Flushing preventivo com óleo diesel”.

  • Que matéria massa!!! Essa história dava um belo filme, uma empresa querendo comprar o carro para colocar no museu, inventa um personagem mal feitor que tenta matar o velho o tempo todo ou comprar o carro, rola muitas aventuras com o carro fugindo do maluco, no final o carro seria passado pra um filho ou neto e nunca seria vendido para fabrica hehehe!!! A fabrica entenderia a ideia de que carro ativo não fica em museu, e o malfeitor seria demitido por tentar forçar o velho a vender o carro e fazendo tramoias para matar o velho e ficar com o carro. Hehehhe!!!

  • João Pereira Silva

    Minha saveiro 1998 virou os 260.000 KM mes passado, esta firme e forte!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend