Linha 2018 Sedãs Volkswagen

VW Jetta 2018: detalhes, motor, preços, fotos, equipamentos

volkswagen-jetta-highline-2016 VW Jetta 2018: detalhes, motor, preços, fotos, equipamentos

O VW Jetta 2018 chega ao mercado brasileiro com a mesma proposta do anterior, ou seja, tem a missão de representar a marca alemã no segmento de sedãs médios, tendo como destaque o bom motor 1.4 TSI de 150 cv, além de câmbio automático de seis marchas e a opção de transmissão manual, quase inexistente em outros carros da categoria. Com bom espaço interno e porta-malas generoso, o sedã da Volkswagen voltou a ser importado do México após breve montagem no Brasil, custando agora a partir de R$ 80.741.



Com história interessante, o VW Jetta passou por muitas transformações em sua longa carreira e em breve terá mais uma face, desta vez sobre a plataforma modular MQB. No fim dos anos 70, a montadora alemã precisava de um sedã de verdade, pois possuía somente o Passat, que na época era somente um fastback. Outro foco era atuar de forma mais direta no mercado americano, mas com um custo menor, por isso Westmoreland, Virginia, foi trocada por Puebla, México, para produção do sedã, que foi chamado de Jetta – nome de um fluxo de ar atmosférico.

Além do México, o VW Jetta I foi produzido também na Alemanha, África do Sul e na então Iugoslávia. Com estilo semelhante ao do Voyage brasileiro do começo dos anos 80, embora pouco maior, o sedã internacional da marca mudou de geração em 1984. Essa segunda geração foi a mais bem-sucedida e durou oito anos no mercado internacional. Mas, assim como o Golf I foi quase eternizado na África do Sul, o Jetta II teria vida longa e próspera na China, sendo substituído apenas em 2014.

Mesmo agregando a plataforma do Golf III, que teve grande sucesso no mundo, o Jetta III não chegou ao Brasil por conta do Santana. Apenas na quarta geração, a partir de 1999, o sedã passou a ser vendido aqui, importado do México com o nome Bora, que também foi e ainda é usado na China. O próximo, o da quinta geração, chegou ao Brasil como Jetta e ambos conviveram por pouco tempo, sendo o novo equipado com o potente cinco cilindros 2.5. O Canadá teve um City Jetta da geração 4, enquanto a China criou outros modelos, entre eles o Lavida e o New Bora.

Essa quinta geração mais luxuosa, deixou de ser feita na Alemanha, mas ganhou bom espaço na China. No entanto, sua plataforma PQ35 foi decisiva para a sexta geração do Jetta, assim como também manteve o Golf Cabrio, Beetle, Tiguan e mesmo o Audi Q3 até os dias atuais. A atual geração foi denominada NCS (New Compact Sedan) e feita sobre a mesma PQ35, atuando de forma direta nos mercados fora da Europa, embora seja vendido por lá. O modelo foi bastante criticado por ser muito mais simples do que o anterior, mantendo por um bom tempo o velho motor 2.0 8V e a suspensão traseira por eixo de torção.

Futuro? O Novo Jetta já foi visto sem camuflagem e terá de fato a plataforma MQB, finalmente. O estilo não é muito acolhedor, mas o sedã promete mais eficiência e performance, bem como um acabamento mais cuidado. As vendas começam no início de 2018 e ainda no primeiro semestre chega ao Brasil, provavelmente com o mesmo 1.4 TSI de 150 cv ou quem sabe apenas o 1.8 TSI de 170 cv. O câmbio Tiptronic de seis marchas é outra obrigatoriedade. Ainda não se sabe se haverá um Highline 2.0 TSI, mas é provável que não, tornando a proposta do Novo Jetta mais sóbria e menos esportiva, deixando essa tarefa para o Golf 2018, que ainda é fabricado no Brasil, mas que futuramente deve chegar da Europa, uma vez que a produção mexicana se encerra em 2019.

Novo-Jetta-14-TSI-Comfortline-NA-2 VW Jetta 2018: detalhes, motor, preços, fotos, equipamentos

VW Jetta 2018 – detalhes

O VW Jetta 2018 mantém o estilo conservador da última atualização, embora esta tenha aplicado linhas mais expressivas na frente, mas não o suficiente para converte-lo em uma proposta mais esportiva. O peso da idade é nítido nos detalhes, especialmente no conjunto ótico, que tem dupla parábola circular, mas agora com LEDs diurnos. A grade com frisos cromados é fiel ao estilo Volkswagen e não tem alterações.

O para-choque tem linhas mais fluidas e faróis de neblina. Os retrovisores são na cor do carro e vem com repetidores de direção e basculamento elétrico, além de aquecimento. As rodas de liga leve têm desenho conservador mesmo no Highline 2.0 TSI, que vem de série com aro 17 polegadas com pneus 225/45 R17, enquanto as demais possuem aro 16 com pneus 205/55 R16. Na traseira, as lanternas repaginadas podem ter LEDs de acordo com a versão, assim como os faróis podem ser de xênon. O escape duplo cromado é primazia do Highline.

Por dentro, o VW Jetta 2018 remete muito mais à idade, tendo um conjunto simples e funcional, sem expressar muito luxo, exceto pelos quatro padrões de tonalidade e couro dos assentos, que podem ser sintético ou natural, dependendo da cor e pacote escolhidos. O acabamento pode ser em dois tons e vem com volante semelhante ao do Golf, multifuncional, paddle shifts e revestido em couro.

A multimídia Discover Media vem com Android Auto, Car Play e MirrorLink, além de navegador GPS e câmera de ré. O ar-condicionado pode ser dual zone. O cluster é analógico com display central com computador de bordo. Os bancos dianteiros podem ter ajustes elétricos, sendo o do motorista com memória. Há teto solar elétrico como opcional. Saídas de ar no banco traseiro também estão disponíveis, bem como abertura da tampa do porta-malas.

O espaço geral, de certa forma, é bom. Apesar dos 2,65 m de entre-eixos, o VW Jetta 2018 tem um bom espaço para pernas atrás, que ainda conta com apoio de braço central, três apoios de cabeça e cintos de três pontos. Na segurança, o sedã da VW tem até seis airbags, além de controles de tração e estabilidade, bem como bloqueio eletrônico de diferencial e assistente de partida em rampa. O porta-malas tem 510 litros.

Novo-Jetta-14-TSI-Trendline-NA-4 VW Jetta 2018: detalhes, motor, preços, fotos, equipamentos

VW Jetta 2018 – novidades

Visualmente, o recebeu a nomenclatura TSI na tampa do porta-malas para identificar a motorização, embora sem o tamanho do motor. Entre os equipamentos, há novidades nas duas versões do Volkswagen Jetta 1.4 TSI, com destaque para as multimídias Composition Touch (exclusiva da Trendline), Composition Media e Discover Media, ambas disponíveis para a Comfortline. A versão Highline 2.0 TSI de 211 cv continua com o pacote sem mudanças, assim como sua motorização.

VW Jetta 2018 – versões

  • VW Jetta Trendline 1.4 TSI MT 2018
  • VW Jetta Trendline 1.4 TSI AT 2018
  • VW Jetta Comfortline 1.4 TSI AT 2018
  • VW Jetta Highline 2.0 TSI DSG 2018

VW Jetta 2018 – equipamentos

VW Jetta 1.4 TSI Trendline – De série com ar condicionado Climatic, multimídia Composition Touch dotada tela de 5 polegadas, MirrorLink para aparelhos Android, Bluetooth e USB/SD/Aux/CD/MP3, direção elétrica, quatro airbags, controle de tração, bloqueio eletrônico do diferencial, controle de estabilidade e assistente de partida em rampa, rodas de liga leve aro 16 Sedona, pneus 205/55 R16, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, Keyless, bancos em tecido preto, abertura elétrica do porta-malas, controle eletrônico de diferencial com XDS, entre outros.

VW Jetta 1.4 TSI Comfortline – Itens do Trendline, mais câmbio automático de seis marchas Tiptronic de série, rodas aro 16 polegadas Atlanta, controle de cruzeiro e a multimídia Composition Media com tela de 6,3 polegadas e App-Connect com Car Play, MirrorLink e Android Auto, volante multifuncional com paddle shifts e acabamento Native preto ou bege.

Opcionais: Retrovisor eletrocrômico, rodas aro 17 polegadas Queensland, pneus 225/45 R17, Discover Media com navegador e MapCare, teto solar elétrico, retrovisores com basculamento elétrico, Kessy, entrada e partida sem chave, sensores de chuva e crepuscular, bancos em couro preto ou bege e ar condicionado dual zone Climatronic.

VW Jetta 2.0 TSI Highline – Motor 2.0 TSI e câmbio DSG, mais itens de série e alguns opcionais do Comfortline, bem como acabamento com quatro opções de couro e tecido, LEDs diurnos, lanternas em LED, escape com ponteira dupla cromada, cinco opções de couro e tonalidades, entre outros.

Opcionais: Teto solar elétrico, bancos em couro, aquecimento dos assentos, retrovisor eletrocrômico, sensor de chuva e crepuscular, rebatimento dos espelhos de forma elétrica, Discover Media, faróis bi-xênon, banco do motorista elétrico, entre outros.

Novo-Jetta-14-TSI-Trendline-NA-3 VW Jetta 2018: detalhes, motor, preços, fotos, equipamentos

VW Jetta 2018 – preços

  • VW Jetta Trendline 1.4 TSI MT 2018 – R$ 80.741
  • VW Jetta Trendline 1.4 TSI AT 2018 – R$ 86.431
  • VW Jetta Comfortline 1.4 TSI AT 2018 – R$ 93.936
  • VW Jetta Highline 2.0 TSI DSG 2018 – R$ 108.248

VW Jetta 2018 – motor

Partindo de R$ 80.741, o Volkswagen Jetta 1.4 TSI ganha muito em performance e eficiência. O propulsor entrega 150 cv a 5.000 rpm e 25,5 kgfm a partir de 1.500 rpm. Com turbo e injeção direta, ele faz o sedã médio ir de 0 a 100 km/h em 8,6 segundos e máxima de 203 km/h. Em termos de consumo, o manual faz 11,3 km/litro na cidade e 13,9 km/litro na estrada. Já o automático faz 10,4 e 13,8 km/litro, respectivamente.

Esse propulsor faz parte da família EA211, que tem bloco e cabeçote de alumínio, além de duplo comando de válvulas variável. Ele tem quatro cilindros, além de turbocompressor e injeção direta de combustível, sendo movido apenas por gasolina no VW Jetta 2018. Lá fora, ele recebeu sistema de desligamento de cilindro e já até evoluiu para o Gen3 1.5 TSI, que preserva potência e torque, mas com mais eficiência no consumo e baixa emissão. Aqui ele só trabalha com a caixa manual de seis marchas ou com o automático Tiptronic, também de seis.

O outro é o velho conhecido 2.0 TSI, presente apenas no Highline. Mas, este é da antiga geração, em realidade a primeira geração de TSI, que chegou ao Brasil com 200 cv e evoluiu para 211 cv. Não é o mesmo 2.0 TSI presente no Golf GTI ou no Passat, por exemplo. Nesses dois, existe diferença de geração, sendo o atual a EA888, que tem 220 cv e 35,5 kgfm.

E ainda sem ser Gen3. O do VW Jetta 2018 – também do Fusca, Tiguan e CC – é anterior, entregando 28,6 kgfm apenas. De todos, o mais novo ainda não chegou, o Gen3 de ciclo Miller, que virá no Tiguan Allspace. Aquele terá 184 cv e 32,5 kgfm. Pode ser que venha também no próximo Jetta, igualmente importado do México. De todo modo, todos são modernos. Com a saída do Fusca e do CC, bem como o fim do Tiguan Highline, apenas o sedã mantém o velho propulsor.

Neste caso, o VW Jetta 2018 na versão Highline utiliza a caixa de dupla embreagem DSG de seis velocidades. Apta para trabalhar em propulsores de grande potência, ficando a Tiptronic reservada aos motores 1.4 TSI e abaixo. Provavelmente ele ficará a bordo da versão mais potente do Novo Jetta, ficando a automática para o 1.4 TSI. E lembrar que até pouco tempo atrás, o Jetta utilizada o velho propulsor 2.0 8V dos anos 70, embora em versão atualizada. Era um motor forte em baixa rotação, mas tinha pouca potência: 116 cv na gasolina e 120 cv no etanol.

Novo-Jetta-14-TSI-Comfortline-NA-1 VW Jetta 2018: detalhes, motor, preços, fotos, equipamentos

VW Jetta 2018 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

  • VW Jetta 1.4 TSI MT 2018 – 8,6  segundos e 203 km/h
  • VW Jetta 1.4 TSI AT 2018 – 8,6  segundos e 203 km/h
  • VW Jetta 2.0 TSI DSG 2018 – 7,2  segundos e 241 km/h

Após muitos anos pedindo um propulsor mais forte e eficiente que longevo EA113 2.0 8V Flex, que tinha bom torque, mas morria em 120 cv no etanol. O VW Jetta 2018 apresenta o desempenho que o consumidor do segmento espera. Muito superior ao oferecido anteriormente, o propulsor EA211 1.4 TSI é reconhecidamente um dos melhores do mundo em sua categoria.

No VW Jetta 2018, ele apresenta uma excelente performance para um sedã de 1.298 kg, sendo abastecido apenas com gasolina. O bom torque em baixa aparece a 1.500 rpm e facilmente domina a situação, garantindo saídas vigorosas sem exigir muito. Em união estável e sacramentada com o câmbio automático de seis marchas, o conhecido Tiptronic, não deixa a desejar. Além de trocas suaves e na hora certa, o escalonamento das marchas faz o condutor até esquecer do DSG.

Com ele, o VW Jetta 2018 garante boa resposta ao acelerador e retomadas excelentes para um carro de sua categoria, superando o rival Cruze e o trio japonês (ou seria quarteto com o Lancer) Civic/Corolla/Sentra. Ele também apresenta mais disposição que o Focus 2.0 e o Elantra 2.0.

Dotado de trocas de marchas na alavanca ou paddle shifts, o o Tiptronic vem também com modo S, que permite andar de forma esportiva, com o ponteiro rapidamente alcançando a faixa vermelha, bem como com o motor sempre cheio e trocas de marchas pouco perceptíveis. O VW Jetta 2018 com motor 1.4 TSI tem um rodar agradável e eficiente, mantendo 1.900 rpm a 110 km/h.

Respondendo de rapidamente em desvios e sem muito esforço em manobra, a direção elétrica também contribuiu muito para o prazer ao dirigir. O ronco do motor se faz pouco notar no habitáculo, mas quando ocorre, em condução esportiva, confere uma sonoridade agradável. De forma geral, o nível de ruído interno é bom.

Bom também de curva, o VW Jetta 2018 tem excelente estabilidade, melhor ainda com controles de estabilidade, tração e diferencial. Bem neutro, mas mesmo com as naturais saídas de traseira, a correção é feita sem sustos. Graças em parte à suspensão traseira multilink, que garante uma condução mais condizente com a proposta. Os pneus 225/45 R17 (opcionais no 1.4 TSI), seguram bem a responsabilidade. Em resumo, o sedã com motor 1.4 TSI oferece prazer ao dirigir, seja de forma esportiva ou cômoda, além de ganho em eficiência energética.

No caso do VW Jetta 2018 em sua versão Highline, a medida do prato é maior. O propulsor 2.0 TSI rende muito mais em performance, garantindo uma condução realmente esportiva, mesmo sem estar no modo S ou apelar para as trocas manuais. São 211 cv e 28,6 kgfm, disponível em 2.000 rpm, o que dá ao sedã margem para tocar sempre a faixa vermelha, garantindo saídas muito rápidas e retomadas em tempo bem reduzido.

Apesar da idade, o motor empurra tanto que o Jetta precisa de seus recursos de segurança ativa. Mas, se a condução for mais calma, o propulsor o câmbio DSG permitem uma boa média em cidade e estrada. O melhor de dois mundos, sem dúvida.

VW Jetta 2018 – consumo

Cidade

  • VW Jetta 1.4 TSI MT 2018 – 11,3 km/litro na gasolina
  • VW Jetta 1.4 TSI AT 2018 – 10,4 km/litro na gasolina
  • VW Jetta 2.0 TSI DSG 2018 – 9,4 km/litro na gasolina

Estrada

  • VW Jetta 1.4 TSI MT 2018 – 13,9 km/litro na gasolina
  • VW Jetta 1.4 TSI AT 2018 – 13,8 km/litro na gasolina
  • VW Jetta 2.0 TSI DSG 2018 – 12,5 km/litro na gasolina

Novo-Jetta-14-TSI-Comfortline-NA-4 VW Jetta 2018: detalhes, motor, preços, fotos, equipamentos

VW Jetta 2018 – manutenção e revisão

O VW Jetta 2018 tem custos de até 60.000 km nos seguintes valores totais: R$ 2.855 para o 1.4 TSI e R$ 3.298 no 2.0 TSI. Um site exclusivo para revisão programada, foi criado pela Volkswagen, onde o cliente pode visualizar todas os itens a serem trocados, tempo de serviço e o valor com a mão de obra. Preços com mão de obra sugerida, são disponibilizados para itens extras de desgaste natural, bem como outras peças que podem ser substituídas conforme a necessidade. É indicado agendar o serviço pelo próprio configurador.

Revisão

Custo

Custo

Quilometragem

Preços 1.4 TSI

Preços 2.0 TSI

10.000 km

R$ 214

R$ 279

20.000 km

R$ 561

R$ 637

30.000 km

R$ 479

R$ 554

40.000 km

R$ 561

R$ 637

50.000 km

R$ 479

R$ 554

60.000 km

R$ 561

R$ 637

VW Jetta 2018 – ficha técnica

Motor

1.4 TSI

2.0 TSI

Tipo

Dianteiro transversal, Turbo e Gasolina

Dianteiro transversal, Turbo e Gasolina

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

1395

1984

Válvulas

16

16

Taxa de compressão

10:1

9,6:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 150 cv @ 5000 rpm

Gasolina: 211 cv @ 5500 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 25,5 kgfm @ 1.500 rpm

Gasolina: 28,6 kgfm @ 2.000 rpm

Transmissão

Tipo

Manual 6 marchas / Automática 6 marchas

Dupla embreagem 6 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado / Disco

Disco ventilado / Disco

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Multilink

Multilink

Rodas e Pneus

Rodas

Liga Leve aro 16 polegadas

Liga Leve aro 17 polegadas

Pneus

205/55 R16

225/45 R17

Dimensões

Comprimento total (mm)

4659

4659

Largura sem retrovisores (mm)

1778

1778

Altura (mm)

1473

1473

Distância entre os eixos (mm)

2651

2651

Capacidades

Porta-malas (litros)

510

510

Tanque (litros)

55

55

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

514 (MT) 514 (AT)

562

Peso em ordem de marcha (kg)

1285 (MT) 1298 (AT)

1376

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

ND

ND

VW Jetta 2018 – fotos

5.0

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend