Volkswagen

VW registra desenho da picape Tarok; modelo será concorrente da Toro

VW registra desenho da picape Tarok; modelo será concorrente da Toro

Apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018 (como conceito), a Volkswagen acaba de registrar o desenho da picape Tarok no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, o INPI.


Ainda sem informações oficiais por parte da montadora, a Tarok deve chegar nos próximos anos ao mercado brasileiro para concorrer diretamente com a Fiat Toro, lançada há quatro anos. Pelo cronograma da VW, a picape deve fazer sua estreia só depois de 2021.

VW registra desenho da picape Tarok; modelo será concorrente da Toro

O desenho registrado no INPI segue o mesmo design da versão conceito apresentada no Salão de São Paulo. Ainda assim, a Volkswagen mexeu em alguns detalhes, que podem ser alterados no futuro.


VW registra desenho da picape Tarok; modelo será concorrente da Toro

As medidas da nova VW Tarok revelam que a Fiat Toro será sua principal concorrente. O modelo da Volkswagen tem 4,90 metros de comprimento e três metros de distância entre-eixos. Ou seja, praticamente as mesmas medidas da picape da Fiat. O Tarok ainda possui capacidade de carga de uma tonelada.

A picape usará a plataforma MQB, a mesma do Tiguan, Jetta, Polo e Virtus. Mas a montadora afirma ter feito algumas modificações para garantir mais robustez, tendo em vista que se trata de um automóvel para trabalho. Atualmente, São José dos Pinhais (PR) e São Bernardo do Campo (ABC Paulista) já trabalham com a plataforma MQB. No entanto, a Volks não confirmou em qual unidade pretende produzir o carro.

VW registra desenho da picape Tarok; modelo será concorrente da Toro

Também não há detalhes oficiais sobre motorização e versões. O modelo conceito do Salão do Automóvel de São Paulo usava motor 1.4 turbo de 150 cavalos de potência. Ainda assim, a montadora deve levar em consideração a versatilidade, para assim conquistar o público. Entre os diferenciais do Tarok está a entrada USB em uma parte da caçamba e o sistema de rebatimento dos bancos de trás, que permite abaixar uma tampa do local de cargas permitindo um ganho de cerca de um metro a mais de profundidade.

[Fonte: Portal G1]

Darlan Helder

Darlan Helder

Darlan Helder, natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011. Além disso, atua com produção de conteúdo para plataformas digitais em agências de comunicação.

  • Alejandro de Andrade

    Se realmente for lançada, vai de 10 a 0 na Toro

    • Rafael Oliveira

      Com interior de Gol?

    • Eduardo 1981

      A Toro tem acabamento muito bom. Sei não hein. É esperar para ver.

    • Murilo Soares de O. Filho

      Você fez esse comentário só para ver o circo pegar fogo!

    • Luke

      Se for que nem T-Cross o interior, complicado, sem falar que pra dps de 2021 a Fiat já vai ter atualizado a Toro e deve tirar o Letárgico 1.8 de linha, mas se esse motor TSI flex realmente conseguir levar 1 tonelada, vai ser algo interessante mesmo, mas acho que provavelmente essa carga de uma tonelada deva ser em uma versão diesel do mesmo, mas ainda pode ter chances se a VW vender ela mais barato que a Toro.

      • Fernando ( TW )

        Pode ser que a motorização não se restrinja ao TSI 1.4. Será que ela não poderia receber o TSI 2.0 ou mesmo 2.0 TDI de 180 CV, essa sim para 1 ton e tração 4×4?

        • 😎.

          Provavelmente terá o motor 2.0 diesel como opção .

        • Luke

          É possível, agora só o tempo dirá para vermos quais motorizações e mecânicas a VW deve usar nessa Pick-Up.

      • Cesar

        Vender mais barato e VW são coisas que não andam juntas.

        • Luke

          Infelizmente você tá certo, já se passou o tempo em que VW significava “carro do povo”.

  • cobaiao

    Esse sistema de rebatimento dos banco e o painel da cabine para ampliar a caçamba é interessante, lembra o Subaru Baja que tinha recurso semelhante.
    Uma curiosidade, primeira vez que vejo uma picape com prolongamento da lanterna na tampa da caçamba, aparentemente funcionais (sem ser meros refletores como era na antiga Strada). Muitos adotam em conceitos como o Mercedes X mas acabam abortando na hora de produzir. Será que a lanterna fica muito frágil? Ou a interface que não dá certo? Veremos se a VW manterá ou trocará por refletores.

    • rodrigosr

      Talvez seja pelo fato de muitas tampas serem removíveis ou removidas para aumento de capacidade de carga.

    • Mayck Colares

      As do t cross são somente refletores, acho que essa deve ir pro mesmo estilo.

      • cobaiao

        É verdade, bem lembrado, aquele prolongamento do T-cross dá uma impressão que acende, mas é tudo refletor.
        Deve ser nessa mesma linha mesmo, faz só um friso plástico em preto com refletores para parecer que é lanterna.

        • Edinaldo_Tapica

          Acho isso o cúmulo da breguice. Lembra o barroco: Adereços sem função. Ou acende ou não coloca simples assim. Eles usam isso porque aumenta a impressão de largura, mas eu acho simplesmente horroroso. Se acendesse pelo menos existia uma função prática, um grande break light, seria interessante. Mas assim pra mim é pobreza pura

          • 😎.

            Se tem um defletor então não é algo apenas estético , mas é uma solução barata mesmo e se fosse como break light seria mais interessante sim.

            • Edinaldo_Tapica

              Defletor em tese tem funcionalidade aerodinâmica. Pra um carro que dificilmente passe dos 150km/h vai na mesma linha de raciocínio de ser um negócio inútil

              • 😎.

                Refletor * hehe

    • Murilo Soares de O. Filho

      Vai ser um quebra quebra de lanterna…

      • cobaiao

        Pois é, como o amigo em cima disse, deve fazer como o T-Cross e adotar só um friso pintado com filete de refletor/olho de gato. Aí fica barato, engana bem e evita esse problema de quebra-quebra.
        No material de divulgação fica aquela coisa bonita, parecendo que tudo acende.

        • Edinaldo_Tapica

          Tipo ‘só quer ser o que não é’. Pagar mais de 100k num troço que o filete traseiro é pra ‘simular’ uma luz é foda. Boa sorte pra quem compra. Eu não pago design assim

          • cobaiao

            Pois é, a do T-Cross achei bem tosco mesmo, se fosse um carro da categoria do Kwid vá lá, mas considerando o posicionamento do carro, economia porca. Faz isso em um sedã médio para vê se a galera não malha o carro…

      • afonso200

        como assim, o t-cross esta quebrando a lanterna?

  • El Gato!

    Ela vai conviver com a Amarok, e não substituí-la, é isso?

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Saveirok

  • Ralf Feijo

    Estão muito atrasados e ainda ficam enrolando mais ainda, quando lançarem a Toro já vai ter até nova versão.
    Eu era avesso a esse tipo de veículo, até dirigir uma Toro em uma viagem, carro muito gostoso de dirigir e bem prático, atende bem várias necessidades, hoje eu pensaria em comprar uma.

    • MonHoe

      Eu tb tive a mesma sensação, achei que anda bem até, mas tem que tomar cuidado em ultrapassagem, achei o consumo péssimo mesmo na estrada, consome igual uma pick-up maior flex

    • Michel Soares Pintor

      Faz tempo que ando pensando na Toro mas o consumo dela que está me assustando por rodar bem ( 4~5mil km mês )…

  • High Autoo

    Como a VW está lerda com esse carro, já era para estar a venda a muito tempo, com isso a Toro continua nadando de braçada sem concorrentes…

    • Cromo

      Nem tanto, a Toro deveria estar no mundo todo, está restrita a poucos mercados.

      • 😎.

        Teria mercado na Europa , Ásia e até nos EUA .

    • Luke

      Na verdade todos estão lerdos pra lançar uma concorrente pra Toro, e olha que a Fiat nem tá indo rápido pra atualizar a Toro e resolver alguns problemas delas, mas também, até as concorrentes chegarem ela vai ter bastante tempo pra corrigir alguns erros da Toro, agora o preço atual já é outra história.

    • Danilo Duarte de Oliveira

      A toro tem concorrente, mas o fato de ninguém lembrar da duster oroch só confirma que realmente ela nada de braçada, de costas, borboleta…

  • Pedro

    Toro fazendo escola.

  • cepereira2006

    Impressionante uma picape monobloco carregar 1 ton. A Montana carregava 700 e já achava que esse era o limite para uma monobloco, pois o limite da Strada é semelhante. Pode parecer pouca diferença, mas são 42% a mais de peso, partindo-se de 700 para chegar em 1 Ton. Vão ter que reforçar bastante a estrutura para não comprometer a durabilidade. E com essa capacidade, motor diesel da Amarok será possível.

    • Cromo

      Caro cepereira, é comum as pessoas terem essa visão de que monobloco é mais frágil, mas é só fazer um monobloco forte o suficiente, esse tipo de construção não é limitante para a carga do produto, tanto que até já fizeram grandes ônibus monobloco. Eu acho que o futuro é todas as picapes serem monobloco, não há limitação técnica, é “somente” uma questão de vencer a resistência do consumidor (isso sim é o gde obstáculo à adoção do monobloco nas picapes).

    • Porto Velho

      É porque você não viu a Ridgeline da Honda. Tem porte de F150 e é monobloco.

      • cepereira2006

        Eu vi a Ridgeline no exterior. Achei que teria futuro por aqui. Pena que não a temos por aqui. Mas quanto ao tamanho, ela tem meio metro a menos que a F-150.

      • 😎.

        Ela é menor que a F150 , tem porte de Ranger , vi uma em Torres RS com placas do Paraguai e achei o design bem sem graça.

    • Cesar

      A Toro carrega 1 ton. já faz um tempinho.

    • 😎.

      As vans da PSA são monobloco( EMP2) e tem capacidade de carga de 1.5 tonelada.

  • G. de F.

    Um “Tiguan” sem o porta-malas “coberto”, depois da porta traseira, ao estilo de Compass/Toro, ou nada disso?

    • Debraido

      Na verdade é uma Tarek (que será lançada esse ano), vão dividir o mesmo interior, inclusive.

  • A Toro, mesmo mais antiga, é mais harmônica. Reparem no tamanhico da porta traseira, que feia.

  • Guilherme Lima

    Cara se ela for fabricada creio que seja no paraná já que os modelos da MQB-A1 são fabricados lá como o A3 o Q3 em breve, as suas dimensões lembra a do Arteon que tem 4,90 metros, o entre eixos deve ser grande na casa de uns 2,80 metros talvez, to comparando com o Arteon que tbm divide a plataforma e tem dimensões muito próximas do Tarok, acredito que virá com três opções de motorização, om 1.4 tsi que já ta na hora de ser recalibrado, pq se tiver uns 1600 kgs, o motor não dará conta do recado, um 2.0 TSi de 230 cvs iria puxar e sobrar motor nela, e um 2.0 BiTdi da Amarok com 200 cvs e tração 4motion, mas o que me preocupa e o preço se ela colocar um preço menor que a toro coisa que é impossível vai fazer barulho no segmento, agora se errar no preço e no recheio do carro vai micar no mercado.

    • konnyaro

      A VW vai ter que ser agressivo é nas vendas diretas, pois quase a totalidade das vendas da Toro é por esse meio. Já a VW nunca deu muita bola a isso, e se não mudar esse jeito de pensar vai micar no mercado.

    • 😎.

      Na Europa existe o motor 1.5 , uma evolução do nosso 1.4. Eu aposto no motor 2.0 diesel com um turbo para deixar a Amarok com a exclusividade dos 200cv.

  • Luiz Schuchter

    Se estão demorando tanto a lançar, talvez a VW faça como fez coma o T-Cross, que aliás é praticamente a base dessa Tarok, estão estudando o mercado e ajustando o veiculo (O T-Cross tem um bom volume de vendas), mas concordo que está lento.
    Mas ela teria que ter uma versão 4X4 a diesel, talvez com o motor 1.6, de 95 cv com 25 kgfm, recalibrado as vezes para desenvolver uns 115 cv, pois o torque é excelente e o consumo deste propulsor (que equipa o T-Cross na europa e faz em média 18,9 Km/L, segundo dados oficiais).
    Aí creio que iria incomodar a Toro, que tem a robustez da Jeep, mas com motores Fiat obsoletos (ainda, pois os novos 1.3 firefly estão quase aí).

    • No mínimo vai forçar a FIAT a se mexer e turbinar as versões básicas da Toro. O que já será um ganho enorme.

      • Luiz Schuchter

        Pois é Thiago, tem sido noticiado que o novo motor Firefly 1.3 turbo irá equipar o Renegade, o que demostra essa lógica.

        • Rafael Oliveira

          Você diz o compass, 1.3 turbo 180vc, 27kgfm!

          • Luiz Schuchter

            Pelo que já li em reportagens, a família terá motores variados, cada reportagem passando números diferentes, mas certamente irá equipar o Renegade, Compass e a Toro.
            Eu particularmente gosto muito dos carros da VW, em se tratando da Jeep, pra mim seria o Wrangler, isso sim é Jeep.
            Por isso essa Tarok teria que melhorar as opções de motorização ou ser mais leve que a Toro, porque me parece a Tarok mais bonita (aí é pessoal né) que a Toro.

    • Vitor C

      Eu acho que uma versão com o 2.0 TSI e a tração integral 4motion junto a uma suspensão melhor trabalhada para a terra já são o suficiente para a proposta da Tarok, uma vez que esse motor pode passar fácil dos 40 kgfm de torque, que é o que importa.

  • Leo

    Agora a VW coloca preço de Amarok nela.

  • Ueldes Damasceno

    Até lá a Toro já virou um búfalo, e ninguém segura mais.

  • Roberto

    Vai se chamar Toro-Cross

  • Dick Buck

    A Toro só agradece essa demora. Até o lançamento da Tarok a Toro já deve estar com o motor 1.3 firefly turbo nas versões de entrada e preparada pra briga.

    • zekinha71

      E até talvez em nova geração.

      • 😎.

        Nova geração acho que só depois de 2022~ 23, e com plataforma Emp2

  • DODHOP

    Consigo já até visualizar o interior todo no plásticão de batucar cinza no nível porco que a VW adora fazer. Deviam lançar no carnaval, assim dava um reforço na escola de samba do Polo, T-cross e Virtus.

  • Luke

    Entrada USB em uma parte da caçamba?! Acho bom a VW ter uma isolação pra lá de excelente na caçamba, porquê pode ser meio perigoso cair água numa parte eletrônica como essa na caçamba, imagina se tiver risco de dar choque em alguma pessoa ou coisa pior.

    • th!nk.t4nk

      Creio que essa entrada USB fique na parte de dentro da tampa que divide o habitáculo e a caçamba (já que essa parte abre). Só não entendi o uso disso. Uma tomada normal é útil pra caramba (dá pra colocar um pequeno refrigerador ali), mas USB?

      • Luke

        Faz mais sentido assim (se for era bom corrigirem o texto da matéria), mas realmente se for pra ligar algo na caçamba, teria mais sentido uma tomada normal ou 12V que uma porta USB para ligar algo na caçamba.

  • Dayvson Charles

    sinceramente este nome tarok e estranho o que significa? alguém saber / por mim arok seria mais legal
    ser a fabricante aleman for entra na briga tem que vim com um bom motor um ótimo acabamento é tipo chega de plásticos uma suspensão massa e cheio de tecnologia ser quiser ganhar ou abarganha os numeros de vendas da italiana fiat toro

  • Mauricio

    Saveiro anabolizada…

  • Elias Silva

    Que fase hein! Enquanto nos EUA temos só picapes médias para grandes, aqui só temos maquete de picapes (saveiro, Montana, etc), mini picapes (Toro e essa nova aí) e as médias… Logo logo as médias vão ser chamadas de grandes aqui…

  • zekinha71

    Pelo tempo que demorou pra aparecer o super carro esportivo Polo GTS, essa pickup vai dar as caras lá pra 2023.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email