VW Saveiro rebaixada da “PRF” é apreendida em SC

saveiro prf 1

Você já deve ter visto de tudo nessas ruas e estradas que cortam nossas cidades e o imenso território nacional. Contudo, você já viu um carro da “PRF” rebaixado?


Talvez nem mesmo os policias rodoviários encontraram algo assim pela estrada. Bem, menos os agentes de Balneário Camboriú, no litoral norte de Santa Catarina.

Eles receberam denúncias de que haveria uma picape VW Saveiro rebaixada, usando as cores e identificações da corporação federal, inclusive o próprio brasão da PRF.

Pelas redes sociais, os policiais rodoviários federais descobriram haver mesmo uma Saveiro rebaixada da “PRF” e que a mesma participaria de um evento no autódromo da cidade, no bairro Nova Esperança.

Assim, os agentes realizaram uma operação para apreensão desse veículo, que se passava por viatura da Polícia Rodoviária Federal.

No momento em que os policiais chegaram, alguns indivíduos correram até a Saveiro para retirar a plotagem com as identificações da PRF, mas foi em vão.

saveiro prf 2

Emplacada em Curitiba e tendo no documento a cor prata, a Saveiro rebaixada foi apreendida no local e guinchada.

Apenas o pai do homem que aparece divulgando o carro nas redes sociais, se apresentou para dar esclarecimentos.

Pintada de azul-escuro, bem no tom das viaturas da PRF (veja aqui PRF apresenta 7 viaturas importadas de R$ 2 milhões), a Saveiro tinha a bandeira do Brasil, as faixas amarela e branca da corporação, assim como a sigla e o símbolo da Polícia Rodoviária Federal.

Até mesmo o telefone 191 para atendimento da PRF estava adesivado nas laterais da Saveiro rebaixada, que portava ainda rodas esportivas de grande diâmetro, suspensão a ar e vidros espelhados.

No artigo 296 do Código Penal, configura crime usar emblemas da administração pública e a pena vai de dois a seis anos de reclusão.

Num vídeo, a Saveiro rebaixada aparece já sem os emblemas e faixas da PRF, já estando sobre o caminhão-plataforma para ser levada ao pátio da PRF na região.

[Fonte: Tribuna do Paraná]

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.