*Destaque *Featured Eventos Hatches Lançamentos Linha 2018 Volkswagen

VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

volkswagen-up-2018-impressoes-NA-46 VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

O VW Up 2018 já está sendo vendido nas concessionárias, ele chega com mudanças no visual e no acabamento interno, além de o VW Up 2018 ter novos equipamentos de série em todas as versões (move up!, take up! e high up!). O novo modelo tem preços a partir de R$ 37.990.



Up 2018 – detalhes

Lançado em 2011 na Europa, o Volkswagen Up surgiu após a apresentação de vários conceitos urbanos que, ao longo do tempo, passaram da tentativa de criar um novo Fusca – no sentido de carro popular – para um modelo urbano não tão singular, como indicavam os primeiros estudos, onde o motor era posicionado na parte traseira, como no clássico da VW. Até mesmo um cupê duas portas chegou a ser desenvolvido, bem como versões furgão e van para as ideias iniciais.

Por fim, o Up surgiu como um urbano comum, priorizando o espaço interno em detrimento até do estilo, bem simples e funcional. Com ele apareceram também os irmãos Seat Mii e Skoda Citigo. Pouco tempo depois, o Up chegava ao Brasil revolucionando a produção de carros de entrada ao introduzir aços de alta e ultra alta resistência na carroceria, bem como conjunto motriz inteiramente em alumínio e escape em aço inox. Não demorou e o Up ganhava cinco estrelas no Latin NCAP. A plataforma NSF (PQ12) é bem leve e rígida.

Mas não foi só isso. O VW Up quebrou paradigmas ao introduzir um motor turbo posteriormente em um carro de acesso, o que chamou a atenção do consumidor. A diferença – na época do lançamento – em custo de manutenção entre as versões 1.0 MPI e 1.0 TSI era de menos de R$ 30 ao longo de 60.000 km. Ou seja, um litro a mais de óleo sintético. Mas, logo o Up entraria em conflito com o Gol, algo esperado até pela imprensa especializada.

volkswagen-up-2018-avaliação-NA-5 VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

Além da versão de quatro portas, o Up nacional teve também a versão duas portas, que já saiu de linha. O modelo feito em Taubaté-SP é um pouco maior que a versão europeia, tem suspensão mais elevada e conta com uma tampa do porta-malas com base de aço, enquanto o produzido em Bratislava, Eslováquia, é totalmente em vidro temperado.

Por fora, o VW Up tem uma aparência simpática, mas apenas funcional. Pouco atraente aos olhos do consumidor brasileiro, o modelo nunca cumpriu bem sua função primária, pois tem pouco apelo. Isso mudou no Up 2018, que ganhou detalhes mais esportivo para chamar a atenção, mas ainda assim sem impacto. Por conta do visual com capô curtinho, quase ausência de grade e traseira truncada, acabou por ser alçado para um patamar acima do Gol.

No caso do acabamento, a opção de escolha de tonalidades se mantém como um diferencial do modelo, assim como as novas texturas e tonalidades dos assentos e do revestimento em geral. Se por fora não agrada, pelo menos dentro já atrai um pouco mais nesse aspecto. Soluções para driblar o espaço limitado e melhorar o uso do porta-malas continuam. Embora alguns centímetros maior, o Up 2018 não foge de sua proposta urbana, embora o propulsor 1.0 TSI permita uma condução muito divertida na estrada.

volkswagen-up-2018-impressoes-NA-65 VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

Mais uma vez, a Volkswagen foca naquilo que tem de bom, a engenharia. Na apresentação do Up 2018, um exemplar em corte, mas funcional, foi mostrado para a imprensa especializada na prévia de lançamento oficial, que ocorrerá no dia 18 de abril.

Com 3,68 m de comprimento, 1,50 de altura, 1,64 de largura e 2,42 de entre eixos, o Up 2018 apresenta uma proposta de melhor aproveitamento do espaço interno. No modelo de apresentação, um manequim de 77 kg simula uma pessoa de 1,69 m, média de altura da população mundial. O veículo também é equipado com uma cadeira infantil com Isofix.

Bem estruturado, o subcompacto da VW utiliza engenharia de nível superior ao de Gol e Fox, por exemplo. Igualmente bem montado, o modelo poderia servir de base (PQ12) para os próximos Gol, Voyage e Saveiro, já que a MQB-A0 se tornou cara demais para estes. Seria uma solução caseira. Bom, mas isto é outro assunto.

volkswagen-up-2018-impressoes-NA-75 VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

Up 2018 – novidades

Os faróis atualizados do Volkswagen Up 2018 casaram com a nova frente, que agora também identifica as versões TSI com apliques em preto brilhante, cor que continua na tampa traseira. Os faróis de neblina ganharam a função de conversão estática, ampliando a visão nas curvas acima de 40 km/h.

Apesar de o Up 2018 ter um visual frontal que representa uma melhora significativa, as lanternas com molduras injetadas na cor preta parecem uma adaptação mal feita, mesmo que sua tecnologia seja atual. A impressão não é boa e mesmo de perto, o acabamento parece ter sido feito com fita isolante.

Um arranjo simulando o efeito de LED ficaria bem melhor, evitando assim essa moldura preta que nem se harmoniza com a tampa do porta-malas – o efeito deve ser maior nas versões MPI, cujo porta-malas continua com tampa na cor do carro. A série Connect mais uma vez dá um “up” no visual do carrinho. A pintura preta no teto, bem como a sigla TSI nas colunas B em preto brilhante ajudam a reforçar a performance do Up 2018. Um friso cromado na tampa do bagageiro realça a proposta de maior sofisticação no visual.

As rodas de liga leve aros 14 e 15 polegadas do Up 2018 também agradaram, especialmente uma diamantada com aspecto mais aerodinâmico. Os retrovisores em preto brilhante com repetidores de direção e as faixas laterais decorativas completam o belo visual do Connect, que é baseado sempre no move up!.

A nova cor Laranja Habanero do VW Up 2018 é interessante também, assim como as Azul Lagoon e Prata Sirius. O modelo traz ainda as cores Branco Cristal, Preto Ninja, Vermelho Flash e a metálica Cinza Platinum. 

volkswagen-up-2018-avaliação-NA-36 VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

Por dentro, o Volkswagen Up 2018 a repaginada no painel foi bem-vinda. O quadro de instrumentos está mais completo e tem fácil leitura, especialmente no display de 3,5 polegadas do computador de bordo. O volante com novo padrão – similar ao do Golf – dá um toque a mais de importância ao produto dentro da gama VW, trazendo comandos completos para o display, mídia e telefonia.

O console central com visual diferenciado do Up 2018 também chama atenção. O sistema de áudio Composition Phone tem potencial para estar a bordo dos demais modelos da Volkswagen, trazendo um aspecto bem mais atual ao veículo, além de grafismos mais elaborados e possibilidade de mudança de tonalidade. Só não é touchscreen. Ele pode ter uma entrada USB adicional, mas já vem com SD e auxiliar, além de Bluetooth.

Sobre o conjunto frontal, o difusor de ar central do VW Up 2018 não sofreu alterações, mas o suporte do antigo Maps & More se foi para dar lugar ao smartphone, que pode ser carregado por uma porta USB dedicada, que ainda transmite dados. Ou seja, mesmo com o aparelho móvel conectado por Bluetooth, é possível adicionar um pen drive, algo bem diferente da antiga proposta do up!.

Com a concentração do Maps & More – agora um app para Android e iOS – no smartphone, a proposta do Composition Phone do Up 2018 parece ficar em segundo plano, por mais interessante que o rádio possa ser em relação ao rádio de outros modelos da VW.

A sensação é a mesma do Composition Touch com o suporte de celular. Algo minimalista como o Live On da Fiat, por exemplo, parece mais acertado quando o foco é utilizar o smartphone como multimídia. A introdução de um navegador GPS com dados de tráfego da TomTom é muito bom, mas seria melhor se o Google Maps pudesse ser utilizado, já que a VW não recomenda o uso do Waze por ser uma rede social.

O app Maps & More traz ainda o Think Blue, um econômetro, além de computador de bordo e funcionalidades de mídia e telefonia. De qualquer forma, se você não tem ou não quer usar um smartphone, terá um belo e funcional rádio a bordo do Volkswagen Up 2018. Este ainda traz comandos do ar-condicionado manual na mesma moldura.

Mas, a Volkswagen ainda dá mais pistas do direcionamento do Up 2018 para uma faixa mais acima em relação ao Gol. Um sutil filete de LED de cor branca ilumina a divisão entre o acabamento central e a parte inferior do painel, requinte reservado para modelos bem mais caros. Sensores crepuscular e de chuva também são reforços importantes para o up! 2018.

vw-take-up-2018-apresentação-NA-1 VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

Up 2018 – versões

  • take up! 1.0 MPI 2018
  • move up! 1.0 MPI 2018
  • move up! 1.0 MPI I-Motion 2018
  • move up! 1.0 TSI 2018
  • high up! 1.0 TSI 2018
  • cross up! 1.0 TSI 2018

Up 2018 – equipamentos

Confira abaixo a composição das versões do Volkswagen up! 2018:

take up!: de série com pneus (175/70 R14) de baixa resistência ao rolamento, banco do motorista com regulagem de altura, palhetas do limpador de para-brisa do tipo “aerowischer” (de alta eficiência), alerta sonoro dos faróis acesos, chave do tipo canivete e lavador, limpador e desembaçador do vidro traseiro, passa a contar com iluminação no porta-malas, relógio digital e suporte para celular (inédito no segmento). Atrás do suporte do celular há, ainda, uma entrada USB para carregar o telefone.

Opcionais: pacote “take completo” com sistema “easy drive” (direção com assistência elétrica), coluna de direção com ajuste de altura, ar-condicionado, vidros dianteiros com acionamento elétrico e travamento das portas elétrico.

move up!: itens de série do take up!, mais iluminação ambiente no painel (versão TSI), volante multifuncional com acabamento de couro, computador de bordo, faróis de neblina, rodas de liga leve 14”, espelhos retrovisores externos com luzes de seta integradas e função tilt down do lado direito, sensor de estacionamento traseiro (park pilot) e para-sol com espelho do lado do motorista e do passageiro.

Há também chave canivete com controle remoto, ar-condicionado, vidros dianteiros e travamento central elétricos e sistema de som “Composition” com quatro alto-falantes e dois tweeters.

Opcional: sistema de som “Composition Phone” (apenas para o TSI).

high up!: todos os itens do move up!, mais sensores de chuva e de luminosidade (crepuscular) e a função “Coming & Leaving Home”. O top de linha vem ainda com faróis de neblina com luz de conversão estática, recurso que amplia a área iluminada em curvas feitas em velocidade igual ou inferior a 40 km/h.

Opcionais: sistema de som “Composition Phone” e o revestimento dos bancos em couro sintético Native.

Mais detalhes sobre as versões do Up estão lá no site da VW.

Up 2018 – preços

  • take up! 1.0 MPI 2018 – R$ 37.990
  • move up! 1.0 MPI 2018 – R$ 48.790
  • move up! 1.0 MPI I-Motion 2018 – R$ 51.190
  • move up! 1.0 TSI 2018 – R$ 53.490
  • high up! 1.0 TSI 2018 – R$ 57.100
  • cross up! 1.0 TSI 2018 – R$ 56.350

volkswagen-up-2018-avaliação-NA-45 VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

Up 2018 – motor

O Up 2018 utiliza basicamente dois motores, que em realidade é apenas um, o EA211 1.0 R3. Mas, por conta das diferenças de tecnologia embarcada, acabam sendo considerados de forma separada, embora façam parte da mesma família. O 1.0 MPI é feito todo em alumínio e vem ainda com sistema de refrigeração independente para bloco e cabeçote, tendo três cilindros em linha e cabeçote com 12 válvulas, dotado de duplo comando variável.

Equipado com sistema de partida E-Flex, que utiliza pré-aquecimento na partida a frio, o EA211 1.0 MPI dispõe de 75 cv a 6.250 rpm com gasolina e 82 cv a 6.250 rpm com etanol, entregando torques de 9,7 kgfm com gasolina e 10,4 kgfm com etanol. Estes dois são obtidos a somente 3.000 rpm, o que dá uma boa força em baixa rotação. Ele pode ser equipado tanto com a transmissão manual MQ200 de cinco marchas quanto com a automatizada AQ200 de cinco marchas.

O outro motor é a estrela do Up 2018, o EA211 R3 1.0 TSI. Este motor já é usado no Golf 2018 e também será ostentado pelos próximos Polo 2018 e Virtus 2018. Com as mesmas características básicas do 1.0 MPI, o propulsor tem muitos diferenciais que o fazem ser o melhor de dois mundos. Ele possui uma turbina com compressor de baixa pressão com intercooler montado no coletor de admissão, bem como três sistemas de refrigeração independentes (bloco, cabeçote e intercooler).

Além disso, vem com injeção direta de combustível, o que permite melhor rendimento. O 1.0 TSI entrega 101 cv a 5.000 rpm com gasolina e 105 cv a 5.000 rpm com etanol, bem como 16,8 kgfm a 1.500 rpm, independente do combustível usado. Mesmo sendo bem forte, o Up TSI 2018 tem cinco marchas com relações bem longas. Mas isso não o impede de ir de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos com velocidade máxima de 181 km/h. No consumo urbano ele faz 9,6 km/litro com etanol e 14,1 km/litro com gasolina, enquanto no rodoviário entrega 11,1 km/litro com etanol e 16,0 km/litro com gasolina.

No caso do 1.0 MPI, o UP 2018 faz de 0 a 100 km/h em 12,6 segundos e no automatizado I-Motion 14,3 segundos. A velocidade final é de 163 km/h e 168 km/h, respectivamente. Os consumos na cidade ficam em 9,6 km/litro com etanol e 14,2 km/litro com gasolina para o manual e 9,4 km/litro com etanol e 14,0 km/litro com gasolina no I-Motion. Na estrada, são 10,6 km/litro com etanol e 15,3 km/litro com gasolina no manual e 10,6 km/litro com etanol e 15,8 km/litro com gasolina.

volkswagen-up-2018-avaliação-NA-49 VW Up 2018: preço, versões, fotos, consumo, equipamentos e detalhes

Up 2018 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final 

  • Up 1.0 MPI 2018 – 12,6 segundos e 163 km/h
  • Up 1.0 MPI I-Motion 2018 – 14,3 segundos e 166 km/h
  • Up 1.0 MPI 2018 – 9,5 segundos e 181 km/h

No desempenho, o Up 2018 é um carrinho bastante esperto. O modelo com motor 1.0 MPI tem uma boa força em baixa rotação, sendo a melhor resposta de um motor num 1.0 aspirado. O pequenino de três cilindros garante boas saídas e retomadas animadoras, tendo um câmbio bem escalonado para sua proposta, que é totalmente urbana. No automatizado, no entanto, o câmbio mata muito da performance do veículo.

No TSI, no entanto, o Up 2018 reúne o melhor de dois mundos, tendo desempenho de carro com motor 1.6 ou até mesmo 2.0, garantindo saídas tão rápidas que o controle de tração M-ABS não é capaz de lidar. No consumo, chega a fazer as melhores médias na cidade e na estrada, estando entre os campeões em eficiência energética do Inmetro com classificação A no geral e na categoria.

Up 2018 – consumo

Cidade

  • Up 1.0 MPI 2018 – 9,6 km/litro com etanol e 14,2 km/litro com gasolina
  • Up 1.0 MPI I-Motion 2018 – 9,4 km/litro com etanol e 14,0 km/litro com gasolina
  • Up 1.0 TSI 2018 – 9,6 km/litro com etanol e 14,1 km/litro com gasolina

Estrada 

  • Up 1.0 MPI 2018 – 10,6 km/litro com etanol e 15,3 km/litro com gasolina
  • Up 1.0 MPI I-Motion 2018 – 10,6 km/litro com etanol e 15,8 km/litro com gasolina
  • Up 1.0 TSI 2018 – 11,1 km/litro com etanol e 16,0 km/litro com gasolina

Up 2018 – manutenção e revisão

Revisão

Quilometragem

Preços 1.0 MPI

Preços 1.0 TSI

10.000 km

R$ 265

R$ 265

20.000 km

R$ 291

R$ 291

30.000 km

R$ 475

R$ 475

40.000 km

R$ 599

R$ 599

50.000 km

R$ 409

R$ 409

60.000 km

R$ 643

R$ 643

Up 2018 – ficha técnica

Motor

1.0 MPI

1.0 TSI

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Turbo, Intercooler, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

3 em linha

3 em linha

Cilindrada em cm3

999

999

Válvulas

12

12

Taxa de compressão

11,5:1

10,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 75 cv @ 6250 rpm / Etanol: 82 cv @ 6250 rpm

Gasolina: 101 cv @ 5000 rpm / Etanol: 105 cv @ 5000 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 9,7 kgfm @ 3000 rpm / Etanol: 10,4 kgfm @ 3000 rpm

Gasolina: 16,8 kgfm @ 1500 rpm / Etanol: 16,8 kgfm @ 1500 rpm

Transmissão

Tipo

Manual 5 marchas / Automatizado 5 marchas

Manual 5 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado / tambor

Disco ventilado / tambor

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Aço aro 14 polegadas

Aço aro 14 polegadas / Liga Leve aro 15 polegadas

Pneus

175/70 R14

175/70 R14 / 185/60 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)

3689

3689

Largura sem retrovisores (mm)

1645

1645

Altura (mm)

1500

1500

Distância entre os eixos (mm)

2421

2421

Capacidades

Porta-malas (litros)

285

285

Tanque (litros)

50

50

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

430

410

Peso em ordem de marcha (kg)

920

951

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,361

0,361

Up 2018 – fotos

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

4.0

COMPARTILHAR:
  • Luiz Pereira

    Difícil entender o que passou pela cabeça de quem criou e de quem aprovou essa lanterna traseira com requintados apliques de fita isolante. Também não entendo porque airbags laterais e de cortina e ESP não são oferecido nem como opcionais (mas são itens de série em todos os Up vendidos na Alemanha, obviamente, porque para a VW a vida do brasileiro vale muito menos).

    • Louis

      A primeira coisa que pensei quando vi a traseira: vai ter manolo colando fita isolante nos up antigos kkkkk

      • Paulo Celso Bruno de Andrade

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • lheu

      Até quando teto preto em carro que não é preto???!!!! Pra mim é a coisa mais es túpida que já inventaram….

      • Miro Saraiva

        Pra quem mora no nordeste não há nada pior. Vai esquentar além do devido.

        • Thales Sobral

          Pois é, eu pulei pra carro branco pra tentar fugir do calor (carro o dia todo debaixo do sol)…. Deixa pro pessoal que curte envelopar….

          • Rafael Lima

            Não entendo o pessoal aqui no nordeste que usa carro preto, mesmo nos carros de cor clara é muito quente

            • Thales Sobral

              Deve ser que vê na concessionária, ele limpo e encerado, acha lindo e compra. A alegria dura 1 semana. Aconteceu comigo! rs

            • Yan Oliveira

              Ar condicionado tá aí pra isso uai. No meu Corsa não passo calor…

              • Rafael Lima

                Hoje mesmo ainda com ar ligado e o meu carro é prata tinha um mormaço dentro do veículo, ainda dava pra sentir o plastico do painel quente mesmo com ar ligado no maximo, fiquei desconfortável demais naquela situação

    • Alexandre

      Parece um joguinho de Tetriz das antiga.

    • ‘Eduardo Oliveira

      Foi o que eu imaginei, meteram fita isolante. KKKK’

      • Gustavo França

        Quando vi da primeira vez, achei que era fita isolante “camuflando” a lanterna para não saberem como ficou.

        • Leandro Cazzeri Sasso

          Eu também!

    • Gustavo73

      Concordo que deveria ter os airbags e ESP. Agora em um carro com a estrutura tão reforçada para os nossos padrões não acho que podemos falar que a VW dá ou não valor a vida do brasileiro. É que ele​ prefere telinha e outras firulas a esses equipamentos. É só ver suv’s de até 100 mil com só 2ab, e vendendo bem.

      • SDS SP

        O consumidor mais leigo não paga por itens de segurança.

        • Gustavo73

          Só”paga” se vier no bolo de outras coisas ligada conveniência e conforto. Mas em separado dúvido.

      • Marcio

        Então que oferece aos menos como opcional o esp, talvez junto com o pacote que inclui o sistema composition phone, eu tenho hoje um carro mais caro que o up mas pensaria seriamente na troca se houvesse esp e airbags laterais ao menos, abriria mão de parte do maior espaço e talvez conforto por conta da praticidade e motorização. E entre os compactos seria o único que cogitaria comprar porque é o único que estruturalmente é igual ao modelo europeu, todos os outros compactos são abrasileirados neste quesito.

    • willian

      Isso que aqui no Brasil existe um programa de subsídio que já deu R$3 bilhões reais chamado InovarAuto que no próprio site diz:
      Metas específicas
      Investimentos mínimos em P&D (inovação);
      Aumento do volume de gastos em engenharia, tecnologia industrial básica (TIB) e capacitação de fornecedores;
      Produção de veículos mais econômicos;
      Aumento da segurança dos veículos produzidos. <=====
      Agora eu fico pensando 3 bilhões e ainda não temos direito a carros com mais itens de segurança? isso que não precisa inventar nada apenas implementar tecnologias de segurança que já existem…

      • Filipe

        Ou seja: mais um esquema vergonhoso do governo (com corrupção no meio) para beneficiar meia dúzia de apadrinhados.

    • Rafael Lima

      E a lanterna do Europeu é de luzes Halógenas, qual seria o custo de desenvolver as mesmas aqui? São coisas que acontecem no nosso mercado que ninguém consegue entender

      • Artur

        Lampadas halógenas são lâmpadas comuns, que equipam 99% dos nossos veículos. Na Europa o Up! também usa lâmpada halógena nos faróis.
        Acho que você quer dizer é que nosso Up! não tem os DRL em LED que existe no europeu.

        • Rafael Lima

          Não, eu quis dizer as lanternas mesmo, a lente traseira do UP europeu, ficaria muito melhor que essa do UP BR

          • Artur

            Ah tá. Mas acho que são também de LED a iluminação das lanternas no Up! europeu.
            A lente também é bem mais bonita mesmo. O que fizeram com as lanternas do nosso foi de extremo mal gosto.

            • Rafael Lima

              Elas parecem que são de LED, mas são Halógenas

    • FearWRX

      Isso sem contar que lá ele tem assistente de faixa, teto solar panorâmico e até sensor de proximidade pra frenagen de emergência

      • Eduardo Albuquerque

        Senhor FearWRX Já que você sabe comparar então vamos comparar.

        (Impostos)

        1- Brasil?

        2- Europa?

        (Tecnologia)

        1-Brasil?

        2-Europa?

        (Mercado)

        1- Brasil?

        2- Europa?

        (Incentivo)

        1-Brasil?

        2-Europa?

        Faça o favor de responder tudo e veremos se é justo fazer comparação.

        É tão difícil aceitar que assim como exite rico e pobre exite Paiz e tribo onde a mistura de rasas não deu certo!

        Hoje uma pessoa da favela quer porque quer um Fusion, uma Ferrari.

        O povo e tão burro para entender que nem tudo é para todos assim como todos somos diferentes!

        • FearWRX

          Caro colega, você não precisa me dar lição de moral pra eu entender isso. Não sou analista de Internet como você mas irei te responder que: SIM, sei a diferença entre os países. Postei em outra notícia que não adianta termos carros modernos se não temos condições de comprar eles. O correto seria investir na qualidade de vida das pessoas antes de podermos ter carros a esse nível.

          Espero ter respondido. Mas você como um renomado analista de comentário de Internet você certamente irá me rebater, então, vá em frente.

    • Diego Berri

      Consigo fazer em casa essa lanterna kkkk

    • Bryan

      Não são oferecidos no Brasil porque a nossa legislação não obriga as montadoras a colocá-los, diferentemente da Europa. O Brasil tem exigências diferentes, por exemplo, performance. Na Europa, as exigências são economia e controle de poluição. É um pensamento imbecil comparar realidades totalmente distintas. Mude essa visão ou será sempre um imbecil se achando o certo de tudo!

      • Luiz Pereira

        Devido ao alto nível de ignorância do consumidor brasileiro (o mesmo que afirma que “performance” é uma exigência nos veículos vendidos aqui, o país dos carros 1.0) não me supreende que os itens de segurança não sejam padrão em todos os modelos. Porém, considero imperdoável a decisão da montadora de não oferecê-los nem como opcionais. Do topo da sua ignorância, você não deve saber que antes do ESP se tornar obrigatório na União Européia, em 2014, a esmagadora maioria dos carros novos (84%) já era vendida com esse equipamento. Seja no Brasil ou na Europa, a dinâmica de um acidente de trânsito é idêntica, portanto não há que se falar em “realidades diferentes”.

        • Artur

          Exato. E oferecer ESP e TC como opcional não é nada de outro mundo. Até Ka e Uno oferecem.
          Princialmente nesse carrinho que, supostamente, deveria ser mais seguro que os demais da categoria.
          Mas deixa pra lá! Isso é complexo de vira latas!

      • AT87

        Não adianta nada querer dar canetada. Se aumentar a exigência o preço fica proibitivo ou simplesmente param de vender. Mania de querer botar bandaid em fratura exposta…

  • gostei muito mesmo do laranja, cor que provavelmente vai sair do catalogo em 6 meses…
    a lanterna traseira é inexplicável

    • Bryan

      A cor laranja é até bonita. Eu gostei e, se pudesse, compraria. O problema é na revenda! Como tudo no Brasil é complicado, essa cor causará muita desvalorização, mais do que a normal. Apesar de que em terras tupiniquins a cor seja um problema, lá fora é bem vista e aceita.

      • Nelson C

        Ou às vezes tem alguém que queira justamente um carro laranja ;)

  • Fernando Marques

    Realmente a lanterna traseira ficou de mal gosto, parecendo fita isolante… única cagada.
    Achei o visual poluído e a roda feia. O resto esta bom e o led do painel parece bem interessante.

  • Robinho

    Pra mim continua feio.

  • Matthew

    Acho o máximo esse design minimalista da VW, sem firulas. São pequenos detalhes que no conjunto causam um efeito surpreendente! Melhor que isso, só os últimos lançamentos da Seat que dão uma apimentada nos sisudos similares alemães. Entretanto, como já se tornou costume no nosso mercado, há grande apreensão quanto ao preço. Ao que parece o Up assumirá de vez o papel de carro de nicho, para quem busca diversão ao volante gastando relativamente pouco, dentre deste contexto, e não mais um simples carro de entrada, papel que caberá ao Gol da geração atual.

  • Mr. Car

    Gostei muito do up! desde a primeira foto que vi e vou continuar gostando, mas…se comprasse um 2018 a primeira providência seria mandar instalar as lanternas traseiras do 2017, antes mesmo de tirar da concessionária. Que aberração é esta lanterna que inventaram para o 2018, he, he?

    • cepereira2006

      Quando eu tive Up a primeira coisa que fiz foi ir em um estofador automotivo e mandei forrar a parte interna do porta maias que fica na lata. Ficou ótimo, como se fosse original e ajudou a proteger o carro.

      • Mr. Car

        Eu também faria. Dá melhor aspecto e protege.

      • João Martini

        Um dos que mais me incomodavam no meu: a falta de proteção acústica na caixa de roda traseira.
        O carro era muito silencioso, pouco ruído de vendo, rodagem e principalmente de motor pra um sub compacto. Agora bastava uma chuvinha que parecia que a janela de trás (que nem existia, já que era 2p) estava aberta. A água batendo na caixa de roda fazia um barulhão.

        • SDS SP

          Um mísero parabarro, uma chapa plástica ordinária não tiveram coragem de colocar.

          O Sandero aqui da empresa também não tem, e possui até os encaixes prontos para a peça.

          • Wellington Myph13

            Corolla também não tinha. Não sei se o 2018 agora tem…

      • daneloi

        Legal amigo! Tem fotos? Tenho bastante curiosidade em ver como ficou! Minha esposa comprou um TSI agora e me incomoda bastante essa lata aparente.

        • cepereira2006

          Tirei fotos na época, mas não as encontro mais no meu celular. Mas ficou perfeito, pois existe no mercado uma forração no tom exato da que está no Up cobrindo o estepe. Se você morar em SC ou perto, posso te passar o contato do estofador, que por sinal é gênio, faz perfeito e ainda cobra pouco.

          • daneloi

            Blz! Moro em Brasília, vou ver se acho alguém que faz esse serviço por aqui tb. Valeu amigo!

  • thi

    So EU gostei da lanterna traseira

    • Mr. Car

      Só, he, he!

    • cepereira2006

      Eu também gostei da lanterna.

    • Gostei tmb. kkkkkkk
      Tmj thi!

      • thi

        HE NOIS ;)

    • Hater x Haters

      Fanboy é assim mesmo: gosta de qualquer porcaria da marca…

      • thi

        ui o.O

      • Robinho

        kkkkkkkkkkkkkk

    • Diego

      também gostei.

    • SDS SP

      Eu não gostei, mas convenhamos que isso não é o fim do mundo.

    • Rodrigo

      Nossa… é feia de dar dó!

    • Império Babaca

      Cara não achei tão ruim assim também, tem que ver pessoalmente antes de criticar! kkk

  • leandro

    Faltou falar na iluminaçao do porta malas que vimos na foto e sobre os vidros e acesso ao tamque de combustível. A vw tem q perceber que o publico do up não quer preço do contrario Não compraria. Na minha opinião o volante nao combina com o carro. Essa sinaleira trazeira tao de brincadeira né.

  • Gurgelando

    É… da medo do preço que vem por aí… mas gostei do carro heim!! É um caso a se pensar…

  • Mr. Camyin

    “enquanto o traseiro faz o up! 2018 lembrar um carro mais caro” descordo dessa informação…

    Também concordo com a lanterna traseira, deveriam ter dividido pela mascara do farol e não desse jeito, ou então igual foi comentado, um led bem discreto, e falando em LED “Um sutil filete de LED de cor branca ilumina a divisão entre o acabamento central e a parte inferior do painel” desculpa, mas não achei esse filete de LED…

    Apesar de que eu gostei da parte interna eu esperava mais dessa atualização, para mim, foi pouco, agora o preço… Ai…

    Por outro lado, eu já andei em outros carros do mesmo patamar e categoria do UP! e o UP! é bem melhor, é um carro que para a categoria dele está um grau a mais… Da mesma categoria (veja bem, mesma categoria), eu levaria um UP! na certa…

  • Marco Antônio

    Agora está faltando mais uns 128 airbags. E controles de auto pilotagem programável espacial.

  • Lucas086

    Se a Hyundai tem lanternas clear type, a Vw tem a lanterna silver tape. Esse detalhe preto no para choque dianteiro ficou tão feio quanto o do uno, e as portas com partes metálicas à lá Ford Ka? Depois reclama que o Mobi vende mais.

    • thi

      QUEM RECLAMA???? O MOBI É MAIS BARATAO AMIGO

      • Lucas086

        Amigo, para quê a caixa alta? Os fãs do Up! reclamam que ele vende menos que o Mobi, e a diferença nem é tanta assim para justificar.

  • É impressão minha ou o up! 2018 não tem mais o sistema s.a.v.e.?

    • Percebi isso! Seria uma pena se foi tirado!

      • ricmoriah

        continua lá. no modelo de exposição, aberto estava com a prancha.

    • ricmoriah

      sim, ainda tem.

      • Perguntei pois na foto, o Move up! Connect de cor azul, não tem o s.a.v.e. (tanto a prancha quanto os suportes laterais onde a mesma vai apoiada).

  • RODRIGO

    UMA DUVIDA ESSE GMA SERIA UM CONTROLE DE ESTABILIDADE?

    • RKK

      É o Giermomentaufbauverzögerung.
      Brincadeiras à parte, seria o Controle do Momento de Giro, que diminui a possibilidade de giro do veículo em piso com diferentes níveis de atrito. O sistema também proporciona diferentes forças de frenagem no momento da desaceleração até que a rotação das rodas seja equalizada.
      Ou seja, parece ser um ESP simplificado, só atuando quando o motorista aciona o pedal de freio.

      • Rodrigo

        Isso tinha no Sonic (obviamente não com esse nome) e me livrou de um senhor acidente em uma curva em que o trânsito parou de repente (estava a uns 80 km/h) e consegui jogar para a faixa da direita. Não é exatamente um ESP mas uma função extra de módulos de ABS de 9a geração em diante.

      • RODRIGO

        entendi deveria ter o ESP !

    • João Martini

      GMA é uma subdivisão do EBD. Basicamente enfeitaram o pavão pra uma função que quase todo carro tem.

      • RODRIGO

        uma pena pois esse modelo deveria assim como qualquer outro carro ter o ESP

      • Rodrigo

        Todo carro com módulo de ABS de 9a geração em diante, da marca Bosch

      • RODRIGO

        saquei a parada kkkkkk uma pena tenho um take up! e estava torcendo para ter o ESP e ASR em todas as versoes

  • RKK

    Cadê o ESP (como o modelo europeu) e paddle-shift (no I-Motion, como o Mobi GSR) ?
    Praticamente só mudanças estéticas e adição de itens supérfluos, como o brasileiro gosta.
    Em tempo a lanterna traseira com aparência de fita isolante não ficou legal.

  • Filipe Melo

    Interessante, ando constantemente em um UP e não tenho do que reclamar. Pense num carrinho ágil na cidade, bom consumo, compacto e da de pau em muito 1.4 e 16 ainda. Um carro que custou 33.000 a 2 anos, não vejo outro melhor pelo preço e custo benefício na época dele.

  • zekinha71

    Deveriam vender esse modelo em corte funcional, pelo menos ia custar a metade, e depois o povo terminava de montar em casa quando desse.
    E essas lanternas ficaram gorfáveis, quem foi o animalzinho que aprovou essa fita isolante.

    • Carroças S&A

      Assim cortado já seria o novo Bug para as praias do nordeste.

  • Paulo Celso Bruno de Andrade

    …. e continua com a lataria aparecendo internamente nas portas!!!! Lamentável!

  • Victor

    Ninguem vai falar dessas rodas HORROROSAS?

    • SDS SP

      Eu já acho o contrário, os modelos antigos são piores, parecem ralos de pia. Mas é questão de opinião.

      • Verdades sobre o mercado

        Realmente as rodas antigas das versões track, black, red e white são de chorar. As novas não são lindas, mas são bem melhores que as citadas.

  • Eduardo Brito

    Esta fita isolante na lanterna conseguiu estragar a traseira do carro

  • MARCELO

    Quase R$ 60.000,00 pausss para levantar vidros com manivelas!!!! Só na Republiqueta brasil !!!!

    • rodrigosr

      o que me assusta é que a VW deve estar pretendo que o up agora vire o Fiat 500 da sua linha…

  • klaus

    externamente o UP lembra um filhote de minivan

  • Diego

    Eu adorei a lanterna traseira, muito bom gosto, deu um ar mais esportivo ao carro. Não gostei de nenhuma roda, as rodas São Paulo aro 15 do atual High UP! são infinitamente mais bonitas que qualquer uma dessas.

    • thi

      TB ACHEI SHOW A LANTERNA TRASEIRA

  • Compro Vidro de Perfume Vaziou

    Ficou mais agradavel, mas pra que esses adesivos no carro, coloca essa lixeira como opcional !!

  • Wagner Lopes

    Gostei mais do modelo recortado…ficou bem melhor….kkkk.

  • Wellington Myph13

    Bom, eu gostei. Só tenho medo dos preços…
    Um pecado essa plataforma não aceitar um AT6 pra colocar no TSI e fechar a conta.

    Estou aguardando pacientemente a VW lançar um 1.0T com AT6, mas também tenho medo do preço…

  • Filipe

    Não, obrigado. Para a VW me reconquistar terá de se reinventar. Mais do mesmo não dá.

  • Alvaro Guatura

    Um desses com câmbio Imotion cairia como uma luva na minha garagem

  • FearWRX

    Impressão minha ou não tem nem marcador de temperatura?

    • Guedes

      pra ver essa INFO vc tem que selecionar no computador de bordo.

  • durango

    Qual o up de preços?

    • Artur

      Ainda não divulgaram. Mas com certeza vai vir aumento pesado aí. Custo benefício desse carrinho é zero.

  • leandro

    O leitor comenta que andou em carros da mesma categoria do up. Eu cinceramente hoje nao saberia qual é porque com o preço dele o mesmo concorre em varias menos na dele.

  • Bruno Naletto

    Carro de quase 60 mil com lata a mostra na porta, triste.

  • ####Carlao GTS

    aula de, como estragar um carro.

  • Breno Leite Brito

    Que lanterna feia!

  • Eduardo

    Tô até com medo de saber os preços. O Up! nunca foi barato, se hj a versão mais cara passa dos 55 mil e com a ideia da vw de deixar ele acima do gol, chuto q vai passar dos 60 mil… sem propósito pagar isso em um Up! Agora uma pergunta pra quem tem, sempre tive uma dúvida… em lugares mto quente, essa saída central do ar condicionado voltada pra cima, gela bem o carro ou deixa a desejar?

    • Leonardo M. G.

      Ar frio pra facilitar as correntes de convecção deve ser direcionado para cima, pois o mesmo depois desce naturalmente pela diferença de densidade, refrigerando o ambiente mais rapidamente e de forma mais econômica (precisa de menos potência pra refrigerar de maneira mais eficaz). Eu moro em um local que é normalmente mais frio que no resto do Brasil, mas espero ter ajudado!

      • Artur

        O problema é que não dá pra direcionar o ar prar você se estiver muito quente e o carro ter ficado por muito tempo sob o sol. Vai ter de esperar o habitáculo resfriar, o que pode demorar dependendo do calor.

        • Leonardo M. G.

          Película transparente com reflexão de radiação IR ajudaria…

          • Artur

            Com certeza. Mas o que mencionei foi só um exemplo do inconveniente de não pode direcionar as saídas de ar centrais.
            De qualquer forma, não vejo como um grande problema se o ar é realmente eficiente. Tem carro em que o ar simplesmente não gela o suficiente. Aí não adianta ter saída de ar regulável que não ajudará em nada…

            • Leonardo M. G.

              Mesmo assim, o ar do Up! do meu irmão gela bem. Pesa bastante o habitáculo bem planejado, e o bom desenho facilita a formação das correntes de convecção. Claro que isso pode variar dependendo do local.

    • Pedro Gonçalves

      Eu já andei num Up! em uma cidade onde passa dos 40 graus fácil, o ar dele gela bem sim. Achei mais eficiente que o do meu Onix.

    • ####Carlao GTS

      fica no máximo toda hora. aquela saída é um erro tôlo.

  • Toninho Oliveira

    Nada de DRL; essas montadoras perdem cada oportunidade… e por tão pouco.

  • Fabio Pontarolo

    agora o Take up terá contagiros com esse novo painel???

  • Samuel Almeida

    Carro no Brasil é caro.

  • Roberto Lopes

    Faltou o teto panorâmico…

  • Artur

    Nunca teve ESC aqui no Brasil. Só TC e nas versões com motor TSI apenas. Uma lástima!

  • Igor Silva

    poderia ter a versão beats… aquele interior claro é lindo demais!!

  • Milésio

    Terá cruise control como opcional em alguma versão?

  • Buuunita mesmo essa lanterna nova. (Y)

  • Ibrahim Shehata

    Conitnua sendo VW…….ou seja…………

  • carnero

    A única coisa que esse carro poderia ter para uma condução com mais conforto é regulagem de profundidade do volante

    Na estrada é cansativo dirigir com o braço esticado

  • awatenor

    Decerto as lanternas traseiras não ficaram bem, por melhor que fosse a intenção…ainda há tempo de se mudar… e… ainda faltam controle de tração e conjunto completo de airbags… aí sim vai valer o preço.

  • NaoFaloComBandeirantes

    Um Up! TSi seria um carro na medida para usar no dia a dia.
    Econômico, potente, fácil de estacionar (por ser compacto), seguro.

    Não em encanta no design não. Mas as outras virtudes compensam bastante.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email