Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

O VW Virtus 2019 chegou ao mercado para consolidar a posição entre os sedãs compactos e, de quebra, ainda ampliar a gama com câmbio automático na versão MSI e a chegada da Sense para PCD.


Fabricado sobre a plataforma modular MQB-A0, o Virtus é um sedã com porte compacto, mas medindo 4,5 metros de comprimento e tendo bom entre-eixos.

Outra característica deste modelo é o tamanho do porta-malas, que tem 521 litros, sendo o terceiro maior entre os sedãs compactos do mercado, perdendo apenas para o Toyota Etios Sedan (562 litros) e Fiat Cronos (525 litros).

Desenvolvido no Brasil, mas ainda com participação da matriz alemã, o três volumes é totalmente baseado no Polo e por isso herda do mesmo a frente, assim como as portas dianteiras. Das colunas C para trás, tudo é exclusivo.

Produzido na fábrica da Anchieta, o VW Virtus 2019 é oferecido com duas motorizações, sendo a 1.6 MSI na gama de entrada e a 1.0 TSI nas versões mais caras, tendo ainda transmissão manual de cinco marchas ou automática com seis.

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

Apesar de seu porte, o sedã se mostra um carro leve e entrega até 117 cavalos no 1.6 e 128 cavalos no 1.0 turbinado. Bem consistente em design, o produto foca nas formas funcionais, sem exageros estéticos.

Assim, ele segue a escola alemã de design, onde toda a forma tem uma função. Essa filosofia vem da antiga escola de design de Bauhaus, que influenciou o mundo ocidental.

Bem equipado, o Virtus tem alguns itens que chamam atenção, tais como o cluster digital Active Info Display ou a multimídia Discover Media. Botão de partida, bancos bem ergonômicos e muito espaço atrás, caracterizam o produto.

Saídas de ar no banco traseiro e ar condicionado automático também fazem parte. Luzes diurnas em LED e belas rodas também integram as versões e pacotes oferecidos. O sistema de som Beats é outro detalhe interessante.

Contudo, o VW Virtus 2019 tem algumas deficiências claras, como falta de acabamento de qualidade percebida na parte traseira, ausência de teto solar elétrico e muitos plásticos duros no ambiente.

Oferecido originalmente nas versões MSI, Comfortline 200 TSI e Highline 200 TSI, o sedã ganhou no decorrer do período, a versão MSI automática, assim como a Sense, direcionada para clientes PCD.

Tendo essas adições ainda em 2018, tornaram o modelo mais bem-apreciado no mercado, ampliando seu alcance entre os consumidores. Tendo (infelizmente) alguns opcionais, o Virtus atua numa faixa que se aproxima dos R$ 100 mil.

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

Essa barreira, contudo, foi quebrada com a chegada do VW Virtus GTS em 2020, apimentando a linha com um desempenho superior, atribuído ao motor 1.4 TSI de 150 cavalos e 25,5 kgfm, mas com câmbio automático.

Mesmo com motor 1.6, o modelo tem bom desempenho e economia, ainda mais acentuado com a força do motor 1.0 turbo. Nas revisões, a versão Highline chama atenção por ter as três primeiras revisões grátis.

VW Virtus 2019 – detalhes

O VW Virtus 2019 é um sedã compacto que tem um desenho bem comportado, tendo frente compartilhada com o Polo e uma carroceria alongada, mas com bom entre-eixos e porta-malas pouco pronunciados.

Na frente, os faróis possuem um desenho fluido com pequenos chanfros junto à grade retangular, que apresenta um friso preto ou cromado, dependendo da versão.

O conjunto ótico tem dupla parábola e acabamento preto, enquanto o para-choque dianteiro vem com molduras acentuadas nas laterais, que dão um ar mais esportivo ao modelo.

Nas extremidades, os faróis de neblina são integrados ou não aos LEDs diurnos. Vincos acentuados na parte inferior do protetor e nas grades, reforçam a proposta visual do sedã.

Com frente curta e levemente curvada, o VW Virtus 2019 tem badge lateral para identificar a versão, além de retrovisores que possuem repetidores de direção nas versões mais caras.

Assim como os para-choques, as maçanetas são na cor do carro, bem como os retrovisores. Com portas traseiras maiores que aquelas usadas no Polo, o produto tem ainda colunas C com vigias integradas.

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

Na traseira, as lanternas são horizontais e cortadas pela tampa do bagageiro, que ainda sustenta a placa e a nomenclatura. A tampa possui um pequeno prolongamento estético, enquanto o para-liso frisado tem moldura preta na base.

O VW Virtus 2019 tem rodas de aço aro 15 polegadas com calotas nas versões MSI e Sense, embora tenha opção de liga leve nesse caso. Nas Comfortline e Highline, as rodas de liga leve são aro 16 polegadas, mas há opção de aro 17.

Por dentro, o acabamento do VW é focado em centrar as atenções no conjunto frontal, onde o painel chama atenção pelas telas de 10,25 e 6,5 ou 8 polegadas dos Active Info Display e Discover Media, ambos devidamente integrados.

O Active Info Display tem três tipos de apresentação das informações, como modo clássico, reproduzindo mostradores analógicos, modo de tela cheia, inclusive com mapa bem grande e tela dividida.

Todas as funções são personalizadas através do Discover Media, tendo outras opções ajustadas pelo volante multifuncional, que ainda dispõe de piloto automático, quando houver.

Texturas diferenciadas destacam o conjunto, que ainda tem ar condicionado automático, partida por botão e volante multifuncional em couro com paddle shifts.

Nas versões MSI e Sense, o ambiente tem visual simplificado, tendo ar condicionado manual e cluster analógico com velocímetro, conta-giros, nível de combustível e temperatura da água, além de computador de bordo.

O sistema de áudio também é mais simples, com o rádio Composition Media, contendo entrada USB e auxiliar, bem como Bluetooth. No Composition Touch, o display de 5 polegadas reproduz Google Android Auto, Apple CarPlay e MirrorLink.

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

O Virtus tem ainda um suporte para celular no alto do painel, já vindo com entrada USB para carregamento. As portas possuem desenho funcional e agradável, mas o acabamento é bem simples.

Retrovisores manuais na MSI e elétricos nas demais, sendo que estes últimos têm comando bem ergonômico. O banco do motorista tem ajuste em altura, assim como os cintos de segurança.

A coluna de direção não tinha ajuste na MSI e a regulagem opcional aparecia como opcional, enquanto as outras incluíam ajuste de profundidade. Com freio de estacionamento manual, o VW Virtus 2019 tem alavanca de câmbio em boa posição.

Na automática, a alavanca é tradicional com seletor iluminado e mudança manual, bem como modo Sport. O porta-luvas tem tamanho mediano. Já entre os bancos, existe um porta-copos e um porta-objetos sem tampa na MSI.

Enquanto isso, Comfortline e Highline empregam um porta-objetos com tampa e difusor de ar traseiro, inclusive com uma entrada USB. O conjunto é exclusivo do carro brasileiro, o mesmo padrão aplicado ao irmão Polo nacional.

O banco do passageiro pode ter o encosto rebatido para frente de forma opcional, enquanto o banco traseiro pode ser inteiriço. No Virtus, os bancos têm apoios de cabeça e cintos de segurança de 3 pontos, além de Isofix e Top Tether.

Com 521 litros, o porta-malas é bem generoso, mas com sistema de som Beats, o assoalho fica mais raso e o volume cai um pouco. A prancha que separa o piso de carga para acomodar objetos sensíveis.

Esse bagageiro é iluminado e pode ser ampliado com o rebatimento total ou parcial do banco traseiro.

VW Virtus 2019 – versões

  • VW Virtus Sense 1.6 MSI AT
  • VW Virtus 1.6 MSI MT
  • VW Virtus 1.6 MSI AT
  • VW Virtus Comfortline 1.0 TSI AT
  • VW Virtus Highline 1.0 TSI AT

Equipamentos

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

VW Virtus Sense 1.6 MSI AT – Motor 1.6 com câmbio automático de seis marchas, mais ar condicionado, direção elétrica, controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, airbag duplo, vidros elétricos nas quatro portas, multimídia Composition Touch com tela de 5 polegadas, sistemas Google Android Auto, Apple CarPlay, Mirror Link, rodas de aço aro 15 polegadas com calotas, pneus 195/65 R15, travamento central elétrico, retrovisores externos com controle elétrico, sensor de estacionamento, airbags laterais, Isofix, cintos e apoios de cabeça completos, antena no teto, quatro alto-falantes, volante multifuncional, bloqueio eletrônico do diferencial, luzes de leitura, entre outros.

VW Virtus 1.6 MSI MT – Motor 1.6 com transmissão manual de cinco marchas, mais controle de tração (M-ABS), ar condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, travamento central elétrico, rodas de aço aro 15 polegadas com calotas, pneus 195/65 R15, airbag duplo, airbags laterais, pneus 195/65 R15, retrovisores externos com controle interno, computador de bordo, indicador de marcha, bancos em tecido, banco traseiro rebatível, rádio Composition, quatro alto-falantes, entre outros.

Opcionais:

Pacote Connect – multimídia Composition Touch, computador I-System, volante multifuncional, sensores de estacionamento traseiros, controle de tração, controle de estabilidade, bloqueio eletrônico do diferencial, assistente de partida em rampa e roda de liga leve aro 15 polegadas.

Pacote Segurança – controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa e bloqueio eletrônico do diferencial.

VW Virtus 1.6 MSI AT -Itens do manual, mais transmissão automática Tiptronic de seis marchas com modo Sport e mudança de marchas na alavanca de câmbio.

Opcionais:

Pacote Segurança – controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa e bloqueio eletrônico do diferencial.

Pacote Interatividade – multimídia Composition Touch com tela de 6,5 polegadas, computador I-System, volante multifuncional, sensores de estacionamento traseiros, controle de tração, controle de estabilidade, bloqueio eletrônico do diferencial, assistente de partida em rampa e roda de liga leve aro 15 polegadas.

VW Virtus Comfortline 1.0 TSI AT – Motor 1.0 TSI, itens do 1.6 MSI AT completo e transmissão automática de seis marchas, mais coluna de direção ajustável em altura e profundidade, apoio de braço dianteiro com porta-objetos, banco traseiro bipartido, difusores de ar para o banco traseiro, USB atrás, lanternas escurecidas, entre outros.

Opcionais:

Pacote Tech I – sensores de chuva e crepuscular, sistema para abertura e fechamento das portas sem uso da chave e partida do motor por botão, controle de cruzeiro, volante multifuncional com paddle shifts, sensores de estacionamento dianteiros, retrovisor interno eletrocrômico e rodas de liga leve aro 16 polegadas com pneus 205/55 R16.

Pacote Tech II – itens do Tech I, mais câmera de ré, indicador de pressão dos pneus, volante em couro, ar-condicionado digital, sistema “s.a.v.e” de divisão do porta-malas (e rede porta-objetos), porta-luvas refrigerado, detector de fadiga, sistema de frenagem automática pós-colisão e detalhes em preto brilhante na cabine.

Pacote Beats – sistema de som com 300 watts e amplificador digital de 8 canais, além de subwoofer e tweeters.

VW Virtus Highline 1.0 TSI AT – Itens do Comfortline, mais os pacotes Tech I, além de faróis de neblina com função curva, luzes diurnas em LED, entre outros.

Opcionais:

Bancos em couro Native.

Pacote Tech High – câmera de ré, sensores de estacionamento dianteiro, sensores de chuva e crepuscular, antena “tubarão”, indicador de pressão dos pneus, sistema “s.a.v.e” de divisão do porta-malas (e rede porta-objetos), detector de fadiga, espelho retrovisor eletrocrômico, sistema de frenagem automática pós-colisão e multimídia Discover Media com tela de 8 polegadas.

Pacote Tecnologia – itens do Tech High, mais Active Info Display e rodas de liga leve aro 17 polegadas com pneus 205/50 R17.

Pacote Beats – sistema de som com 300 watts e amplificador digital de 8 canais, além de subwoofer e tweeters.

Preços

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

Os preços do VW Virtus 2019 eram bem equilibrados, embora tenha sofrido aumento de valores no período. Sem o GTS na época, o sedã compacto da Volkswagen se manteve a certa distância do segmento médio.

  • VW Virtus Sense 1.6 MSI AT – R$ 69.990
  • VW Virtus 1.6 MSI MT – R$ 63.440
  • VW Virtus 1.6 MSI AT – R$ 68.870
  • VW Virtus Comfortline 1.0 TSI AT – R$ 77.330
  • VW Virtus Highline 1.0 TSI AT – R$ 82.870

VW Virtus 2019 – motor

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

O VW Virtus 2019 foi oferecido apenas com dois motores, ambos da família EA211, que ainda tem no Brasil um terceiro elemento, o 1.4 TSI Flex, que é usado no Virtus GTS, mas somente a partir de 2020.

Já os outros dois são os 1.6 MSI e 1.0 TSI. A Volkswagen julgou que o 1.0 MPI, que também faz parte da EA211, não era suficientemente forte para impulsionar o Virtus com seus 4,48 m e 2,65 m de entre eixos.

Assim, este propulsor foi eliminado da oferta, diferentemente do Polo 1.0 MPI. O 1.6 MSI é um quatro cilindros que evoluiu do antigo (e ainda produzido) EA111 1.6 8V.

Com 1.598 cm3 e cabeçote dotado de duplo comando de válvulas, o 1.6 MSI tem 16 válvulas e acionamento por correia dentada. Tendo injeção eletrônica multiponto flex, o propulsor possui taxa de compressão de 11,5:1.

Dessa forma, entrega 110 cavalos na gasolina e 117 cavalos no álcool, ambos a 5.750 rpm. Os torques são de 15,8 kgfm no combustível fóssil e 16,5 kgfm no subproduto da cana, ambos a 4.000 rpm.

Embora não tenha torque máximo em 2.500 rpm, como o 1.6 8V, o 1.6 MSI 16V tenha uma boa oferta de força em baixa e desempenho melhor em alta. Ele é equipado com o câmbio manual de cinco marchas MQ200.

Além disso, pode dispor do automático Tiptronic de seis marchas, chamado AQ250, dispondo esta de conversor de torque e mudança de marchas na alavanca e/ou volante.

A outra opção de motor é o 1.0 TSI, que tem bloco de três cilindros, que pesa apenas 12 kg. Feito totalmente em alumínio, esse propulsor tem duplo comando de válvulas variável no cabeçote, contendo assim 12 válvulas.

Equipado com injeção direta de combustível e turbocompressor com intercooler, esse propulsor garante bom rendimento em desempenho e economia. Com 999 cm3, o pequeno propulsor tem taxa de compressão de 11,5:1.

Ele entrega 116 cavalos na gasolina e 128 cavalos no etanol, ambos a 5.500 rpm, além de 20,4 kgfm a 2.000 rpm nos dois combustíveis. Só utiliza o câmbio automático de seis marchas.

O 1.0 TSI está disponível apenas para as versões Comfortline e Highline, lembrando que a tendência é deixar os motores aspirados de lado, adotando um portfólio essencialmente turbinado.

Desempenho

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

O VW Virtus 2019 tem um bom desempenho nos dois motores disponíveis, sendo que a aplicação no 1.0 TSI é focada no conforto e eficiência energética, não no desempenho, por isso chega a ser mais lento que o 1.6 MSI.

  • VW Virtus 1.6 MSI – 9,8 segundos e 195 km/h
  • VW Virtus 1.6 MSI AT – 9,8 segundos e 195 km/h
  • VW Virtus 1.0 TSI AT – 9,9 segundos e 194 km/h

Consumo

Virtus 2019: equipamentos, preços, versões, conteúdo, motor, etc

O VW Virtus 2019 tem uma boa média de consumo nas duas versões, sendo naturalmente mais eficiente com gasolina. Abaixo, ele faz médias em cidade/estrada com álcool e gasolina de:

  • VW Virtus 1.6 MSI – 8,2/9,5 km/l e 11,9//13,8 km/l
  • VW Virtus 1.6 MSI AT – 7,8/9,8 km/l e 10,8/13,8 km/l
  • VW Virtus 1.0 TSI AT – 7,8/10,2 km/l e 11,2/14,6 km/l

VW Virtus 2019 – manutenção e revisão

O plano de manutenção do VW Virtus 2019 inclui três revisões grátis para a versão Highline 200 TSI, num valor de R$ 1.435,50. Com revisões a cada 10.000 km, o sedã da Volkswagen tem preços fixos e bem descritos em seus serviços.

Os serviços são unificados em toda a rede VW, algo que só veio a acontecer com a chegada do Polo. Os preços variam de acordo com a motorização, não fazendo diferença o câmbio usado.

Revisão10.000 km20.000 km30.000 km40.000 km50.000 km60.000 kmTotal
1.6 MSIR$ 327,30R$ 630,60R$ 558,30R$ 833,10R$ 558,30R$ 630,60R$ 3.538,20
1.0 TSI*R$ 300,40R$ 603,70R$ 531,40R$ 1.032,35R$ 531,40R$ 603,70R$ 3.602,95

VW Virtus 2019 – ficha técnica

Pelas medidas, o VW Virtus 2019 é um sedã compacto que chama atenção pelo comprimento, silhueta mediana, bom espaço interno e porta-malas generoso.

Motor1.6 MSI1.0 TSI
Tipo
Número de cilindros4 em linha3 em linha
Cilindrada em cm31598999
Válvulas1612
Taxa de compressão11,5:111,5:1
Injeção eletrônicaIndireta FlexDireta Flex
Potência máxima110/117 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)116/128 cv a 5.500 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo15,8/16,5 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol)20,4 kgfm a 2.000 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchas ou automática de 6 marchasAutomática de 6 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira
Direção
TipoElétricaElétrica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço ou liga leve, aro 15 polegadasLiga leve, aro 16 ou 17 polegadas
Pneus195/65 R15205/55 R16 ou 205/50 R17
Dimensões
Comprimento (mm)4.4824.482
Largura (mm)1.7511.751
Altura (mm)1.4721.472
Entre eixos (mm)2.6512.651
Capacidades
Porta-malas (L)521521
Tanque de combustível (L)5252
Carga (Kg)416428
Peso em ordem de marcha (Kg)1.1391.226
Coeficiente aerodinâmico (cx)NDND

VW Virtus 2019 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.