Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Os compactos estão ficando cada vez mais refinados e equipados. Se até pouco tempo atrás a Toyota vendia o Etios como representante do segmento, hoje ela tem o Yaris como destaque.


E é o Toyota Yaris XLS que oferece “tudo do bom e do melhor” aos consumidores do hatch e sedã compactos da marca japonesa.

Tudo bem que este modelo custa o mesmo que um Toyota Corolla de dois anos atrás. Isso não é um demérito ou exclusividade do Yaris XLS, visto que os outros rivais seguem a mesma linha. Porém, o Toyota Yaris XLS recompensa na lista farta de equipamentos de segurança, conforto, visual, acabamento e tecnologia.

Atualmente, o Toyota Yaris na versão XLS é o único hatch compacto que dispõe de teto solar. E nesta configuração, hoje chamada de XLS Connect, o recurso é um item de série.

Confira abaixo todos os principais detalhes do Toyota Yaris XLS 2022:

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Toyota Yaris XLS – detalhes

Disponível no mercado brasileiro há vários anos, o Yaris não é um dos mais vendidos da categoria. Mas também não faz feio no mercado, ainda mais por levar o aclamado logotipo da Toyota na dianteira – o que é símbolo de confiança para muitos.

Por conta dessa confiabilidade, o Toyota Yaris não é aquele carro que procura se destacar, sobretudo no quesito modernidade. Ele ainda usa motor aspirado que rende somente 110 cavalos de potência máxima e 14,9 kgfm de torque máximo. Rivais como Chevrolet Onix e Onix Plus, Hyundai HB20 e HB20S e Volkswagen Polo e Virtus já têm a opção de motores turbo com câmbio automático.

Numa primeira olhada, o Toyota Yaris XLS agrada pelo visual com traços agressivos e modernos, seguindo o padrão mais atual de design da marca japonesa. Um dos destaques é a área das janelas laterais que conta com um aplique preto que simula um prolongamento até o vidro traseiro.

O hatch e o sedã são praticamente idênticos até a coluna traseira. O três-volumes apela para um formato mais fluído, que inclusive contribui para uma aerodinâmica mais eficiente, refletindo nos números de consumo – melhores no modelo familiar.

Por dentro, ambos usam plásticos pretos por todos os lados, mas com materiais de boa qualidade e com bom encaixe das peças. Nesta versão, há detalhes cromados e em preto brilhante, além de bancos, volante, alavanca de câmbio e parte dos painéis de porta com revestimento em couro preto.

O espaço interno do Toyota Yaris também agrada, ainda mais por contar com assoalho plano na traseira e ainda pelo entre-eixos de 2,55 metros. O porta-malas do hatch tem capacidade para 310 litros de bagagens, enquanto o sedã leva 473 litros. Um dos pecados é o tanque de combustível com capacidade para somente 45 litros de etanol e/ou gasolina.

Esta versão XLS tem como destaque a lista de equipamentos, com direito ao já citado teto solar elétrico, além de sete airbags, sensores de luz e chuva, luz de posição e lanternas em LED, retrovisores externos com rebatimento elétrico, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, entre outros.

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Toyota Yaris XLS – equipamentos

Segurança: airbags frontais, laterais, de cortina e para os joelhos do motorista, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas, freios ABS (antitravamento) com EBD (distribuição eletrônica de frenagem) e BAS (assistência em frenagem de emergência), faróis de neblina dianteiros, lanternas de neblina, alarme perimétrico e volumétrico, sistema Isofix com Top Tether para fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro, desembaçador do vidro traseiro,encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, entre outros.

Conforto: direção elétrica progressiva, ar-condicionado automático, vidros elétricos nas quatro portas com função “um toque” e anti-esmagamento, travas elétricas, banco traseiro com encosto bipartido e rebatível, chave presencial para abertura e travamento das portas, partida do motor por botão, retrovisores elétricos com rebatimento elétrico, coluna de direção com ajuste de altura, tampa do porta-malas com abertura elétrica, abertura interna da tampa de combustível, piloto automático, descansa-braço traseiro com porta-copos, descansa-braço dianteiro com porta-objetos, sensor de chuva, sensor de luminosidade, retrovisor interno eletrocrômico, entre outros.

Visual e acabamento: rodas de liga-leve diamantadas de 15 polegadas, lanternas traseiras em LED, faróis com projetores halógenos e guias em LED, teto solar elétrico com função anti-esmagamento, porta-revistas nos encostos dianteiros, para-sois com espelho e luz de cortesia, console central com porta-copos iluminados e porta-objetos com tampa, maçanetas internas e externas cromadas, bancos e portas revestidos em couro, grade frontal com detalhes cromados, piscas nos retrovisores, volante e alavanca de câmbio em couro, entre outros.

Tecnologia: volante multifuncional com paddle shifts, painel de instrumentos com iluminação permanente tipo Optitron, computador de bordo com 12 funções (intensidade de brilho da tela, hodômetro total e parcial, tempo decorrido, consumo médio e instantâneo, autonomia, velocidade média, relógio, temperatura externa, posição de marcha e luz de condução econômica), central multimídia Toyota Play+ com tela sensível ao toque de sete polegadas, entrada USB, conexão Bluetooth, Android Auto e Apple CarPlay, sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters, entre outros.

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Toyota Yaris XLS – preços

Veja a seguir os preços do Yaris XLS nas carrocerias hatch e sedã:

  • Toyota Yaris Hatch XLS Connect 2022 – R$ 98.890
  • Toyota Yaris Sedan XLS Connect 2022 – R$ 102.590

Toyota Yaris XLS – cores

A atual linha do Yaris está disponível em sete opções de cores – o sedã, todavia, dispõe de somente seis opções, visto que não oferece a cor vermelha em seu catálogo.

Confira abaixo e note que os valores ficam mais caros no sedã para as cores metálicas e também para a opção perolizada:

  • Branco Polar – sem custo adicional
  • Vermelho Granada (exclusiva do Yaris Hatch) – R$ 1.500 ou R$ 1.570
  • Cinza Granito – R$ 1.500 ou R$ 1.570
  • Prata Lua Nova – R$ 1.500 ou R$ 1.570
  • Preto Infinito – R$ 1.500 ou R$ 1.570
  • Azul Titã – R$ 1.500 ou R$ 1.570
  • Branco Lunar – R$ 1.800 ou R$ 1.870

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Toyota Yaris XLS – motor

Ao contrário de modelos como Polo e Virtus, Onix e Onix Plus e HB20 e HB20S, que já utilizam modernos motores turbo flex, o Toyota segue apostando nos motores aspirados. A versão topo de linha XLS do Toyota Yaris 2022 é equipada exclusivamente com o motor 1.5 litro flex Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas.

Este propulsor 1.5 é construído com bloco e cabeçote em alumínio, sistema ETCSi de abertura da borboleta do acelerador (que corrige acelerações desnecessárias para gerar maior economia de combustível e acelerações mais ágeis), sistema flex sem tanquinho auxiliar de gasolina para partidas a frio com etanol, entre outros.

Trata-se do mesmo motor já usado no Etios, mas com um aumento de 3 cv na potência máxima e 0,5 kgfm no torque máximo.

Neste caso, são 105 cavalos de potência quando abastecido com gasolina e 110 cv com etanol, a 5.600 rpm. O torque máximo é de 14,3 kgfm com gasolina e 14,9 kgfm com etanol, a 4.000 giros.

Junto a ele está o câmbio automático Multidrive do tipo CVT (continuamente variável), que conta com um software que simula até sete marchas, mesmo quando o motorista conduz o carro com a transmissão no modo Drive. Ou seja, ele não proporciona aquela sensação de “marcha infinita” (o que é irritante para alguns), simulando marchas como se fosse um câmbio automático com conversor de torque convencional.

Além disso, essa transmissão tem a opção de trocas manuais sequenciais através da alavanca de câmbio ou ainda por paddle shifts (ou borboletas) posicionadas atrás do volante.

Ainda falando a respeito da mecânica, a Toyota diz que a suspensão do Yaris foi adaptada para o mercado brasileiro. Em comparação com o modelo vendido lá fora, a configuração nacional do compacto teve a sua altura elevada em 13 mm. Fora isso, adotou eixo de torção com barra estabilizadora no eixo traseiro.

A dianteira conta com suspensão tipo McPherson com batente hidráulico, que evita batidas secas quando a roda atinge o limite do curso do amortecedor.

O Yaris 2022 oferece também direção elétrica progressiva, que fica mais leve ou mais rígida conforme a velocidade.

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Toyota Yaris XLS – consumo

De acordo com o Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), os números de consumo do Yaris Hatch e Yaris Sedan na versão XLS, com motor 1.5 flex e câmbio CVT, são estes:

Toyota Yaris Hatch XLS

  • Consumo de 8,8 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com etanol;
  • Consumo de 12,6 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada com gasolina;
  • Nota “B” na comparação relativa na categoria e “B” na comparação absoluta geral.

Toyota Yaris Sedan XLS

  • Consumo de 9 km/l na cidade e 10,6 km/l na estrada com etanol;
  • Consumo de 13 km/l na cidade e 14,5 km/l na estrada com gasolina;
  • Nota “B” na comparação relativa na categoria e “B” na comparação absoluta geral.

Toyota Yaris XLS – desempenho

A Toyota informa os seguintes números de desempenho do Yaris XLS:

Toyota Yaris Hatch XLS

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos;
  • Velocidade máxima de 173 km/h.

Toyota Yaris Sedan XLS

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 12 segundos;
  • Velocidade máxima de 186 km/h.

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Toyota Yaris XLS – garantia e revisões

O Toyota Yaris, assim como os modelos Etios, Corolla, Hilux e SW4, agora estão sendo vendidos com garantia de fábrica de cinco anos, sem limite de quilometragem. Anteriormente, esses modelos tinham garantia de três anos, como acontece com a maioria dos carros vendidos e fabricados no Brasil.

Abaixo, você pode conferir os preços das revisões do Yaris 2022 até os 50 mil quilômetros rodados ou cinco anos de uso (o que ocorrer primeiro):

  • Revisão de 10.000 km ou 1 ano: R$ 344,39
  • Revisão de 20.000 km ou 2 anos: R$ 723,00
  • Revisão de 30.000 km ou 3 anos: R$ 552,00
  • Revisão de 40.000 km ou 4 anos: R$ 1.014,00
  • Revisão de 50.000 km ou 5 anos: R$ 531,00

Toyota Yaris XLS – concorrentes

Fiat Argo HGT e Cronos Precision 1.8 AT – R$ 89.490 e R$ 92.190

Como os primeiros rivais do Yaris XLS, os modelos Argo HGT 1.8 AT e Cronos Precision 1.8 AT da Fiat são os mais baratos, mas também os menos equipados. Eles têm motor 1.8 litro flex de até 139 cv e 19,3 kgfm, com transmissão automática de seis velocidades.

Eles saem de fábrica com controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, ar-condicionado manual, direção elétrica, central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas e espelhamento de smartphones, volante multifuncional em couro, sensor de estacionamento, rodas de liga-leve aro 16, entre outros.

Chevrolet Onix e Onix Plus Premier II 1.0 Turbo AT – R$ 91.150 e R$ 95.590

Estes são os modelos com a melhor relação custo-benefício do segmento. A nova dupla Onix e Onix Plus na configuração topo de linha Premier II tem motor 1.0 turbo de três cilindros, com até 116 cv e 16,8 kgfm, atrelado a um câmbio automático de seis velocidades.

Há recursos de série como faróis com projetores, LEDs diurnos, lanternas em LED, bancos em couro, piloto automático, carregador wireless para smartphone, central MyLink com espelhamento de smartphones e câmera de ré, sensores de luz e chuva, chave presencial, partida sem chave, ar-condicionado digital, alerta de ponto cego e Park Assist de estacionamento semiautomático.

Volkswagen Polo e Virtus Highline 200 TSI – R$ 98.490 e R$ 109.740

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Também dotados de motor turbo, o Polo e Virtus na configuração topo de linha Highline aparecem como alternativas ao Yaris XLS da Toyota. Os compactos “premium” da Volkswagen são equipados com um 1.0 TSI turbo flex tricilíndrico de até 128 cv e 20,4 kgfm, associado a uma caixa automática de seis marchas.

Contam com recursos como quatro airbags, ar-condicionado digital, sensor de estacionamento traseiro, chave presencial, partida por botão, descansa-braço dianteiro com saídas de ar traseiras e portas USB, faróis de neblina com luz de conversão estática, rodas de liga-leve aro 16, volante multifuncional em couro, luzes diurnas em LED, entre outros.

Hyundai HB20 e HB20S Diamond 1.0 TGDI – R$ 86.490 e R$ 90.490

Yaris XLS: equipamentos, motor, consumo, revisões, concorrentes

Renovados recentemente, os modelos HB20 e HB20S da Hyundai agora têm motor 1.0 litro turbo flex tricilíndrico com injeção direta na versão topo de linha Diamond. Neste caso, são 120 cv e 17,5 kgfm máximos, com transmissão automática de seis velocidades.

Oferecem quatro airbags, alerta de mudança de faixa, ar-condicionado digital, chave presencial, partida por botão, piloto automático, câmera de ré, start/stop, central multimídia com tela de oito polegadas e espelhamento de smartphones, faróis com projetor e guias em LED, sistema de alerta e frenagem autônomo, entre outros.

Honda Fit e City EXL 1.5 CVT – R$ 99.500 e R$ 101.200

Estes podem ser os principais rivais do Toyota Yaris no Brasil. O Fit e o City seguem a mesma linha dos Toyota, mantendo o padrão japonês, com motorização aspirada e preço elevado. Eles usam um 1.5 litro flex de 116 cv e 15,3 kgfm, com câmbio CVT.

Só o Fit tem controles de estabilidade e tração e assistente e partida em rampas. Já os dois oferecem seis airbags, faróis e lanternas em LED, bancos em couro, ar-condicionado automático com comandos sensíveis ao toque, central multimídia com câmera de ré, volante multifuncional em couro, retrovisores externos com rebatimento elétrico, entre outros.

Toyota Yaris XLS – ficha técnica

Motor

1.5 Dual VVT-i

Tipo

Dianteiro, Transversal e Bicombustível

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

1.496

Válvulas

16

Taxa de compressão

13:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Potência Máxima

105 cv com gasolina e 110 cv com etanol a 5.600 rpm

Torque Máximo

14,3 kgfm com gasolina e 14,9 kgfm com etanol a 4.000 rpm

Transmissão

Tipo

Automática Multidrive CVT de sete marchas

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Discos ventilados (dianteira) e tambores (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica progressiva

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson

Traseira

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 15 polegadas

Pneus

185/60 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.145 (hatch) e 4.425 (sedã)

Largura (mm)

1.730

Altura (mm)

1.490

Distância entre os eixos (mm)

2.550

Capacidades

Porta-malas (litros)

310 (hatch) e 473 (sedã)

Tanque (litros)

45

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

400

Peso em ordem de marcha (kg)

1.150

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,353

Toyota Yaris XLS – fotos

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.