Assim como no Brasil, BYD confirma fábrica de elétricos na Hungria

byd fabrica 3
byd fabrica 3

A BYD continua sua expansão global e após confirmar a fábrica de Camaçari, na Bahia, a montadora chinesa agora oficializa sua escolha por Szeged, Hungria, onde terá sua planta de produção de carros elétricos na Europa.

Com um portfólio parecido com o do mercado nacional, a BYD pretende resolver a questão das restrições às importações de carros chineses para o mercado europeu e assim evitar que seus carros sejam sobretaxados ou impedidos de obter incentivos locais.

Instalando-se na Hungria, país com boa tradição automotiva e com parque industrial que reúne players de peso como a Volkswagen, por exemplo, a BYD se posiciona estrategicamente no velho continente de modo a atender rapidamente as demandas locais.

byd atto 3 2
byd atto 3 2

Com 230 lojas em 19 países da União Europeia, a BYD conta na Europa com os modelos Han, Tan, Dolphin, Atto 3 (Yuan Plus) e Seal, mas promete por lá três novos modelos no próximo ano.

Diferente daqui, a BYD Europa terá somente carros elétricos na produção local, assim como atua no portfólio de produtos na região, onde a montadora ainda terá uma fábrica para montagem de baterias em Lót, no norte da Hungria.

A BYD diz que a fábrica usará “equipamentos de processo avançados e processos de produção altamente automatizados para construir uma base de fabricação líder para carros elétricos”.

Ainda não se sabe o tamanho da produção local da BYD, mas ela deverá contribuir muito para elevar os volumes de carros elétricos fabricados globalmente pela empresa, já que a União Europeia não aceitará carros híbridos chineses.

byd seal 2024 2
byd seal 2024 2

Por aqui, o Song Plus será o único híbrido a ser feito, pelo menos inicialmente, com projeto de ser flexível em combustível para usar etanol, enquanto os demais confirmados para fabricação na Bahia, serão elétricos, sendo eles Dolphin e Yuan Plus.

O Dolphin Mini, modelo chamado Seagull que também deverá ser vendido na Europa, será igualmente nacionalizado e se espera chegar com bateria de sódio, mais barata que a Blade, custando por volta dos R$ 100 mil.

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!
Categorias BYD

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X