Audi Peruas Sedãs

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

O Audi A6 é sem dúvida um dos sedans grandes de mais sucesso atualmente.

Ele está chegando a nada menos que 25 anos de sucesso, que se iniciou no ano de 1994.


Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Mas a história do Audi A6 não começou em 1994, e sim antes com o seu antecessor Audi 100.

Vamos ler um breve resumo do Audi 100 antes de relatarmos a história completa do Audi A6:


Audi 100 – 1968 – 1994

A primeira geração do antecessor do Audi A6 foi apresentada em novembro de 1968, e foi vendida como um sedan médio de quatro portas.

De início o Audi 100 foi uma espécie de salvação para a marca, pois ela estava mal financeiramente até a compra pela Volkswagen; então a Audi precisava de um modelo forte no mercado para se reerguer e recuperar o prestígio e o dinheiro perdido.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

O nome 100, faz uma alusão a potência do motor 1.6 litro que tinha no início 100 cavalos de potência, bem menos que os Audi A6 apresentam hoje, não é mesmo?

A plataforma compartilhada com outros modelos Volkswagen trouxe uma boa redução de custos e ajudou a marca a criar uma linha de carros com base no Audi 100.

Em outubro de 1969 a Audi apresentava a primeira variante do modelo, o sedan de duas portas e no ano seguinte a versão cupê. Posteriormente vieram novos motores para a linha 100, como era o caso do motor 1.8 litro que rendia 79 cavalos.

A segunda geração do Audi 100, ainda longe do Audi A6, foi apresentada em 1976 e trazia um novo design externo com uma grande semelhança com os Volkswagen Passat por exemplo.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Nessa segunda geração a potência crescia e passava dos 100 cavalos para 136 cavalos. Ainda na segunda geração o Audi 100 perdia a versão cupê em prol de um modelo mais prático, e entrava no lugar a versão hatchback de quatro portas.

Ele também conseguiu o feito de atingir a marca de 1 milhão de unidades já em setembro de 1977, provando assim que a marca estava de volta aos trilhos.

Já a terceira geração do Audi 100 apareceu em setembro de 1982 com um novo design um pouco mais perto do que pensamos quando nos vem à mente o nome Audi A6.

Esse modelo chegou ao mercado com direito a faróis novos e um novo acabamento interno que o deixava ainda mais refinado e elegante.

Nessa geração o Audi 100 perdia a opção da carroceria de duas portas em prol de maior praticidade para seus ocupantes.

Era a primeira vez também que o modelo recebia uma versão perua que adotava a mesma nomenclatura do antigo hatch, “Avant” que a partir desse ponto serviria para designar todas as peruas derivadas na gama Audi.

Na quarta geração, que era basicamente uma profunda atualização da plataforma C3 que agora atendia pelo nome de C4, trouxe também uma atualização profunda de estilo, deixando pistas de como seria já seu sucessor o Audi A6.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

O novo Audi 100 foi apresentado em 1991 e manteve apenas as carrocerias sedan e perua – Avant.

A potência agora crescia ainda mais em relação as outras gerações agora o modelo até poderia ter opções com motor V8. O modelo seguiu em linha até 1997, mesmo com o novo Audi A6 tendo sido apresentado em 1994.

Audi A6 – 1994 – 1997

A primeira geração do sedan Audi A6 apareceu em 1994 como uma versão repaginada do Audi 100.

Aproveitando a mesa plataforma a C4, o Audi A6 era basicamente um Audi 100 com alguns detalhes novos e uma nova nomenclatura, que agora se adequava ao novo padrão da marca.

Em relação ao Audi 100 o novo Audi A6 de 1994 tinha novos faróis e grade dianteira para se distinguir do modelo que lhe dera origem.

O mesmo acontecia com a traseira com novas lanternas horizontais e com novo desenho interno e no painel para demonstrar que se tratava de um modelo “novo”.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

A primeira geração do Audi A6 foi lançada com uma série de motores, sendo divididos em gasolina e diesel, que começavam em 1.8 litro de 20 válvulas e chegavam até um 4.0 litros V6 para as versões com motor a gasolina.

Dentre os diesel, os motores iam de 1.9 litro até 2.5 litros V6.

O Audi A6 também contava com o famoso sistema Quattro, que permitia usar a tração integral em pisos escorregadios e com neve.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Dessa primeira geração do Audi A6 também conhecemos a primeira versão do S6, uma versão um pouco mais apimentada do A6 tradicional.

A ideia era basicamente a mesma do que aconteceu com o Audi 100, reaproveitar um modelo, rebatizá-lo e fazer ajustes mecânicos e estéticos para lançar como um novo produto.

No caso do S6 seguiu na linha do antigo S4, mas com potências variando entre 230 cavalos até 286 cavalos com um motor V8.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

No quesito design, tanto o Audi A6 sedan, perua e S6 tinham em comum alguns traços herdados do Audi 100, mas com alterações profundas para que não fossem confundidos com o modelo anterior que estava saindo de linha.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

O desenho em modo geral era simples, elegante e facilmente atribuído a linha Audi.

O interior tinha um bom acabamento e como qualquer modelo alemão primava pela qualidade no acabamento tanto quanto no conforto dos passageiros e no rodar ao dirigir.

Esta primeira geração chegou ao seu fim em 1997, quando deu lugar para a segunda geração, que ficava maior, mais segura e mais moderna.

Audi A6 – 1997 – 2004

A segunda geração do Audi A6, irmão maior do Audi A4, foi apresentada em março de 1997 durante o Salão do Automóvel de Genebra na Suíça com uma nova carroceria e uma nova plataforma. O visual apresentava linhas um tanto polêmicas na traseira.

Agora o novo Audi A6 brigava de igual para igual com outros modelos médios como o BMW Série 5 e o Mercedes Benz Classe E.

Mas formas gerais estavam mais elegantes e o Audi A6 estava maior e mais encorpado se comparado com a primeira geração.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

A versão sedan do novo Audi A6 tinha um desenho clássico de um sedan médio com seu volume bem equilibrado e proporções bem balanceadas.

O grande destaque do Audi A6 a partir dessa segunda geração foram sempre as enormes janelas da coluna D, que fazem com que o modelo aparente ser maior e mais comprido do que ele realmente é.

Fora que isso aumenta a sensação de espaço interno e deixa o ambiente mais arejado.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

A traseira do Audi A6 de 1997 era simples e elegante com suas lanternas traseiras quadradas que ficavam em posição levemente elevadas.

A tampa do porta malas também tinha um desenho simples e harmonioso, o destaque na traseira ficava por conta do falso extrator de ar, que nada mais era que uma área do para choque traseiro pintado de preto para fazer o carro parecer maior e mais esportivo.

Já o painel do Audi A6 tinha um visual bem harmônico e com materiais nobres.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

No quesito motorização a linha A6 de segunda geração tinha motores que iam do 1.8 litro com 20 válvulas e 125 cavalos e chegavam até um motor V8 com 450 cavalos na versão RS6.

A versão S6 agora vinha com um 4.2 litros V8 de 340 cavalos de potência e 42,83 kgfm de torque bruto.

O modelo poderia vir na carroceria sedan ou na perua Avant, assim como a versão RS6 que era a mais potente e aclamada pelo grande público.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Dessa geração também conhecemos a versão off-road da perua Avant, chamada de Allroad Quattro, que ganhava novas molduras nas caixas de roda, uma suspensão retrabalhada permitindo que o modelo tivesse uma altura melhor em relação ao solo e todo o conforto proporcionado pela perua aventureira.

Ela utilizava um motor 2.7 litros V6 a gasolina com 250 cavalos de potência e 35,69 kgfm de torque.

Audi A6 – 2004 – 2011

A terceira geração do Audi A6 apareceu em 2004, com um novo desenho frontal e uma nova plataforma chamada C6.

Uma das maiores novidades da terceira geração fica por conta do novo sistema de multimídia MMI, que permitia que o condutor acessasse navegação por satélite e ainda pudesse controlar o sistema de ar condicionado, sistema de som e algumas funcionalidades do carro em apenas uma tela.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

O design evoluía sem perder conexão com os modelos anteriores.

A grade dianteira do Audi A6, por exemplo, agora era maior, ao invés de ser pequena e retangular.

Ficava em evidencia e agora abrigava o porta placas e ao seu redor um contorno cromado dava um ar de classe e sofisticação ao modelo.

Os faróis ficavam levemente maiores e agora tinham projetores de xênon, garantindo assim uma iluminação melhor.

As laterais continuavam limpas e as grandes janelas da coluna D continuavam ali para deixar o visual do sedan ainda mais elegante.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Na traseira, as lanternas eram pequenas e retangulares e eram ligadas por um filete cromado, e logo abaixo do filete estava o porta placas que ostentava um novo desenho.

A base do para choque ganhava um novo desenho e duas saídas de ar.

No quesito motorização, o Audi A6 2004 tinha novos motores com a tecnologia FSI, foram adicionados a gama A6, e eles começavam em um 2.0 litros com turbo com 170 cavalos e ia até 579 cavalos na versão RS6 com motor 5.0 litros V10.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

A segunda geração da Allroad Quattro Avant apareceu no final de 2005 já como linha 2006, e mantinha o mesmo visual da A6 Avant tradicional com apenas novos adereços para se categorizar como aventureira.

Agora o motor era um 3.2 litros V6 com 255 cavalos de potência ou um 4.2 litros V8 de 334 cavalos de potência.

E ainda poderia contar com versões a diesel com potencias que iam de 180 cavalos a 225 cavalos.

O câmbio para o Audi A6 poderia ser o manual de 6 velocidades, automático do tipo Tiptronic de 6 velocidades ou CVT que simulava 7 velocidades.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Uma versão de entre eixos alongado foi apresentada em 2005 para o mercado chinês e os modelos recebiam a nomenclatura Audi A6L, para se distinguir dos modelos de entre eixos tradicionais.

Já a versão apimentada Audi S6 ficou em produção de 2006 até 2011, ele vinha com um motor 5.2 litros V10 de 435 cavalos de potência, enquanto que a versão mais nervosa RS6 usava um incrível motor 5.2 litros V10 com 579 cavalos.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

O modelo recebeu um discreto facelift em 2008 que se concentrava especificamente em novos faróis, grade redesenhada e novas lanternas traseiras para o sedan e a perua.

Agora o Audi A6 sedan contava com novas lanternas traseiras que eram maiores e se estendiam sob a tampa do porta malas e contavam com iluminação por LED.

O modelo seguiu com essas alterações até a troca de geração que ocorreu em 2012.

 Audi A6 – 2012 – 2018

A quarta geração do Audi A6 foi apresentada em 2011 como linha 2012 e apresentava além de uma nova identidade visual uma troca de plataforma e a adoção de um novo membro a família, o sedan de visual esportivo A7.

Graças a nova plataforma modular do Grupo Volkswagen a MLB, o novo Audi A6 ficou maior que seus antepassados e ganhou em produção de escala e reduziu os custos de produção, uma vez que a plataforma era a mesma de outros modelos do grupo VW, como o Audi A8 de 2013.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

No âmbito design, a nova geração do Audi A6 adotava novos faróis com desenho novo e inspirados no Audi A8.

Agora eles vinham com um recorte e um design mais agressivo, assim como a grade que contava com o contorno cromado mais fino e elegante.

As laterais do Audi A6 ganharam volume com a adição de um vinco que começava na ponta do farol e iam de encontro com as lanternas traseiras.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Por falar na traseira, agora o Audi A6 exibia um novo desenho das lanternas que ficavam maiores que da última geração e mantinham o desenho retangular, só que agora com um leve recorte na peça além de um novo volume, separando a parte de cima do porta malas com a parte aonde ficava a placa.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

O painel ganhava um novo desenho mais moderno com novos materiais no revestimento pela primeira vez a central multimídia ressaltada, em relação ao painel.

A versão perua do Audi A6 ganhava as mesmas atualizações do sedan o que lhe conferiam um design moderno e elegante a saudosa perua.

Por falar na perua, a versão Allroad Quattro também voltava nessa nova geração com novidades estéticas que deixavam o modelo com mais aspecto off-road.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Mais um facelift foi promovido na linha Audi A6 em 2015, onde os faróis ganhavam um novo desenho interno com luzes de LED e os para choques ganhavam volume com novas entradas de ar maiores.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Na traseira o Audi A6 ganhava novas lanternas com luzes de LED, que deixavam o visual mais elegante e agressivo.

O modelo também ganhava a companhia de versões novas do S6 e RS6 nas versões sedan e perua, além da versão de entre eixos alongado Audi A6L e uma inédita versão híbrida, chamada A6L e-tron.

Audi A6 – 2018 – presente

A quinta geração do Audi A6 foi apresentada em junho de 2018 e traz consigo uma série de novidades.

Dentre elas a troca de plataforma, que agora passa a ser a segunda geração da plataforma modular MLB, chamada agora de MLB Evo.

Isso garantiu ao novíssimo Audi A6 que ele tivesse um espaço interno ainda maior que sua quarta geração e tivesse a sua disposição novas tecnologias na construção.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

O design externo do sedan fica mais maduro e elegante, a dianteira apresenta uma nova grade dianteira maior e mais encorpada assim como o Audi A8, além de novos faróis que contam com novas tecnologias de iluminação como LED Matrix e faróis a laser.

As entradas de ar do para choque estavam maiores e com aspecto mais agressivo do que antes.

Nas laterais o Audi A6 ganhava ainda mais volume com novos vincos tanto acima das maçanetas quanto mais abaixo próximo da base do carro.

Na traseira, o Audi A6 exibe novas lanternas traseiras com um novo desenho e iluminação por LED, além de serem cortadas pro um filete cromado que vai de uma ponta a outra do porta malas.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

A versão Avant também está de volta nessa nova geração e agora a motorização dos modelos começa com um 3.0 litros V6 TFSI a gasolina e duas versões a diesel sendo a primeira um 2.0 litros e a segunda um 3.0 litros V6 TDI.

Ainda não foram reveladas as novas versões esportivas S6 ou RS6.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Espera-se que o Audi A6 ganhe tais versões no decorrer de 2019.

Audi A6 – Brasil

O Audi A6 teve sua parcela de sucesso devida às unidades vendidas por aqui.

Ficando logo abaixo do Audi A8, o Audi A6 sempre foi tido como sedan de luxo e como era importado o modelo sempre veio nas configurações intermediárias e topo de linha para cativar clientes que são fãs da marca e bastante endinheirados.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

A primeira aparição do Audi A6 por aqui foi já na sua primeira geração, que por aqui chegou em 1995, com todos os predicativos de um sedan executivo pronto para bater de frente com BMW Série 5 e Mercedes-Benz Classe E.

O visual era moderno pra época e trazia uma série de mimos e conforto para o motorista e passageiros, como era esperado de um sedan como ele.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Atualmente a primeira geração do Audi A6 pode ser encontrada no mercado de usados com pouco mais de 100 mil km rodados e preços que partem de 18 mil reais.

As demais versões vieram seguindo as mesmas alterações dos modelos internacionais, com seus facelifts e alterações de motor e plataforma.

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha

Ainda é um bom modelo para se comprar mesmo que usado, como é o caso de uma unidade 2015 com pouco mais de 9 mil km rodados e preço inicial de 230 mil reais.

Ficha Técnica

Audi A6 2.0 litros TFSI 2016

Motor: dianteiro, 4 cilindros

Cilindrada: 1 984 cm3, turbo, injeção direta e indireta

Potência: 252 cavalos

Torque: 37,7 kgfm

Câmbio:  automatizado de dupla embreagem, 7 marchas, tração dianteira

Dimensões: comprimento, 493,3 cm; altura, 145,5 cm; largura, 187,4 cm; entre eixos, 291,2 cm

Peso: 1 595 litros

Suspensão dianteira: McPherson

Suspensão traseira: Multilink

Freios: disco ventilado (dianteiro/traseiro)

Pneus: liga leve, 245/45 R18

Equipamentos: ar bi zone, bancos elétricos, airbags laterais dianteiros e de cabeça, GPS, teto solar, rodas aro 18, xenônio, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro

Velocidade máxima: 250 km/h

Audi A6: a trajetória do sedan luxuoso que nasceu em 1994 na Alemanha
Nota média 5 de 4 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email