Peruas Volkswagen

Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-1 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Foi com a velha Variant, de 1969, apoiada em uma plataforma de Fusca e com motor traseiro a ar, que a Volkswagen ganhou uma certa afinidade com os modelos destinados à família. Depois vieram várias outras stations e hoje a marca tem no mercado brasileiro nada menos que quatro modelos: SpaceFox, Parati, Jetta Variant e Passat Variant. Esta variedade de oferta, no entanto, não garante uma desempenho mercadológico dos mais impressionantes.



Em 2011, as quatro peruas juntas venderam cerca de 16 mil unidades, enquanto a Fiat só com Palio Weekend bateu 14 mil unidades no período. É bem verdade que as stations da Volks não recorrem a visual lameiro ou qualquer outro subterfúgio para ampliar as vendas. Todas são modelos familiares com mais ou menos luxo, de acordo com o segmento em que atuam. Como, por exemplo, a Jetta Variant. É um modelo de bom porte, com níveis de requinte e acabamento elevados, mas que contribui de forma apenas discreta para a liderança da marca alemã no setor. A Jetta respondeu por pouco mais de mil unidades no ano.

A bem da verdade, o segmento de station wagon médias está em baixa no Brasil. A Jetta Variant, a partir de R$ 85.990, tem apenas duas rivais diretas. Uma é a Renault Mégane GrandTour, que mudou de estratégia tenta brigar em um segmento abaixo do seu: tem apenas uma configuração e custa R$ 49.590. A outra concorrente é a Hyundai i30 CW, que é menor e também mais barata: começa em R$ 59 mil. Estes dois modelos herdam, naturalmente, as “viúvas” de peruas tradicionais que já saíram de linha, como a Toyota Fielder e a Peugeot 307 SW. Na prática, a Jetta Variant está sozinha.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-2 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

O maior apelo de vendas do modelo, segundo a própria fabricante, é o motor 2.5 litros que a perua leva sob o capô. É um propulsor robusto, com uma curva de torque bastante plana, capaz de empurrar o modelo de quase uma tonelada e meia com alguma destreza. A unidade de força desenvolve 170 cv a 5 mil rpm e 24,5 kgfm a 4.250 rpm. O câmbio é automático Tiptronic de seis velocidades, com opção de trocas através de borboletas atrás do volante. Este conjunto mecânico leva a perua da inércia aos 100 km/h em 8,9 segundos e à máxima de 205 km/h.

O visual do Jetta Variant é um capítulo a parte. O fato é que o segmento de peruas é decadente no mundo inteiro – vem perdendo espaço para monovolumes e SUVs. Para não ter de investir no desenvolvimento de uma station da sexta geração do Golf – que fatalmente venderia pouco –, a Volkswagen optou por instalar a frente do Golf VI na Jetta Variant de quinta geração, feita no México. Por conta dessa mistureba, o Jetta sedã vendido no Brasil não tem absolutamente nada a ver com a Jetta Variant. E a estética segue a lógica do mercado europeu, onde o modelo é chamado de Golf Estate.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-3 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

A frente traz conjuntos óticos de cortes geométricos, típicos dos Volkswagen europeus. O capô é bem liso na parte central com ressaltos nas extremidades, insinuando um pára-lamas. A partir daí, o desenho é da geração anterior. O perfil é um tanto pesado, dominado pela linha de cintura alta e reta, acima das maçanetas. A traseira, com lanternas quadrangulares, consegue ser ainda mais conservadora que os modelos mais recentes da marca.

O lado bom da Jetta Variant é mesmo o de dentro. No interior com forração em couro, os bancos dianteiros têm regulagens nos três eixos. O volante de três raios – o mesmo do Passat CC – traz ajuste de altura e profundidade e é multifuncional. No console central se destaca o rádio/CD player MP3 com tela de 6,5 polegadas sensível ao toque com entrada para iPod.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-4 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Uma das vantagens do Jetta Variant é que está atualizada em relação aos modelos vendidos na matriz. Por isso, traz tecnologias normalmente reservadas aos clientes de primeira linha – no caso, os europeus. Um bom exemplo é o Park Assist, que estaciona o carro sozinho.

Os itens de segurança também estão acima do padrão da marca para os modelos locais. São seis airbags – frontais, laterais e de cortina – e controles eletrônicos de tração e estabilidade. Além de freios com ABS, EBD e BAS. Com tanto recheio tecnológico, a Jetta Variant acaba tendo um custo/benefício favorável. O que não a impede de esbarrar no preço inicial salgado e pouco convidativo.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-5 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Jetta Variant – Ponto a ponto

Desempenho – O motor 2.5 litros, produzido no México, foi realmente projetado para agradar no mercado norte-americano. Não tem altíssima potência – são 170 cv – mas garante acelerações vigorosas pelo bom torque, de 24,5 kgfm, de desenho plano – com grande parte disponível por volta dos 2 mil giros, embora a força máxima só chegue aos 4.250 rpm. O câmbio automático Tiptronic de seis velocidades também ajuda a extrair um bom desempenho desse propulsor e trabalha de forma linear, sem qualquer “delay” ou soluço. Em suma: a Jetta Variant mostra rapidez e boas retomadas em ambiente rodoviário e agilidade no tráfego urbano. São 8,9 segundos para levar o Jetta Variant da inércia aos 100 km/h e a máxima é de 205 km/h. Nota 9.

Estabilidade – O Jetta Variant é bem equilibrado. A suspensão independente do tipo fourlink na traseira proporciona ótimo comportamento à perua. Com isso, ela vence curvas sem grandes dificuldades e sempre transmite segurança ao motorista. Caso o condutor abuse um pouco mais, ela é dotada de controles eletrônico de tração e estabilidade, além de freio com ABS, EBD e BAS. Nota 8.

Interatividade – A perua da Volkswagen é bem pensada para quem está ao volante. No interior, todos os comandos estão ao alcance das mãos e o painel de instrumentos é bem legível. A tela de 6,5 polegadas sensível ao toque localizada no console central também facilita o manejo do som, mas fica um tanto exagerada sem uma função mais prático, como um GPS – que não é oferecido nem como opcional. O computador de bordo é bastante completo e acessível. Nota 8.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-6 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Consumo – O Jetta Variant registrou um consumo médio de 7,8 km/l em um trajeto 2/3 na cidade. O número é um pouco exagerado para um motor 2.5 litros só a gasolina. Nota 6.

Conforto – Todos os ocupantes são bem-recebidos no interior do Jetta Variant. Os 2,58 m de entre-eixos garantem boa oferta de espaço para pernas e cabeças de cinco passageiros. Quem viaja no banco traseiro ainda conta com saídas exclusivas de ar-condicionado. Já a suspensão segue a lógica europeia e privilegia a estabilidade – o que significa dizer que não absorve tão bem as imperfeições do solo. O isolamento acústico é exemplar, mesmo em altas velocidades. O teto panorâmico, que cobre todo o habitáculo, aumenta ainda mais a sensação de espaço. Nota 8.

Tecnologia – A plataforma do Jetta é a mesma do Golf V, modelo já fora de linha Europa e que sequer chegou ao Brasil – por aqui ainda é vendida uma versão remodelada do Golf IV. O motor com e duplo comando no cabeçote de alumínio trabalha aliado ao moderno câmbio Tiptronic de seis marchas. Ainda traz o sistema Park Assist, capaz de estacionar sozinho o carro em vagas longitudinais, no sentido da rua. Fora isso, o modelo oferece seis airbags, freios com ABS, EBD e BAS, controle eletrônico de estabilidade e tração, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, tela sensível ao toque de 6,5 polegadas, entre outros. Nota 8.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-7 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Habitabilidade – A proposta familiar do Jetta Variant se reflete em uma excelente habitabilidade. A boa oferta de espaço para pernas e cabeça é garantida pelos 2,58 metros de entre-eixos e 1,50 m de altura. O porta-malas é amplo e seus 505 litros são totalmente utilizáveis. Com os bancos traseiros rebatidos, chega ao máximo de bons 1.495 litros. Nota 9.

Acabamento – No interior da Jetta Variant o destaque vai para a já conhecida sobriedade alemã. O painel utiliza plástico emborrachado agradável ao toque. Os bancos são sempre em couro e há detalhes cromados para glamourizar o modelo. Fora isso, os encaixes são precisos e não há sinais de rebarbas. Nota 8.

Design – O modelo tem uma mal-disfarçada mistura de estilos. A frente é do Golf VI europeu, lançado há quase dois anos. Lateral e traseira são da Jetta Variant antiga. E o carro em si é construdo sobre a plataforma do Golf V. Não podia mesmo ter muita harmonia. Nota 6.

Custo/Benefício – A Jetta Variant oferece vasta parafernália tecnológica, acabamento exemplar, motor potente e muito espaço. Só que começa em R$ 85.990. E não tem mesmo concorrentes diretos. A que chega mais perto é a i30 CW completa, que custa R$ 78 mil. A Renault Mégane GrandTour, que custa R$ 49.590, está em tática de guerrilha e prejudica a percepção de valor da station média da Volks, que fica cara demais. Nota 6.

Total – O Volkswagen Jetta Variant somou 76 pontos em 100 possíveis.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-8 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Jetta Variant – Impressões ao dirigir

O “jeitão” familiar do Jetta Variant pode até sugerir que o modelo seja comportado na hora de pisar mais fundo. Ledo engano. É que sob o capô da perua está o motor 2.5 litro de 170 cv para provar que a história não é bem assim. A unidade de força garante uma agilidade impressionante. Basta pressionar o pedal do acelerador para se extrair respostas vigorosas. Com isso, a station supera com facilidade os 180 km/h e exibe disposição de sobra.

As retomadas também são exemplares, apesar do torque de 24,5 kgfm só estar inteiramente disponível às 4.250 rpm. Méritos para o câmbio Tiptronic de seis velocidades. Na estrada, a perua revela um comportamento dinâmico excelente. Mesmo ao entrar em trechos sinuosos com mais energia, o modelo torce a carroceria dentro da normalidade e não ameaça desgarrar. É claro que auxiliam o modelo uma lista recheada de equipamentos de segurança, como freios com ABS, EBD e BAS e o controle eletrônico de estabilidade.

No interior do Jetta Variant é fácil achar uma posição agradável para dirigir, já que estão presentes ajustes manuais de altura e profundidade do volante e banco do motorista. Fora isso, há ótima oferta de espaço para cinco passageiros e o acabamento é caprichado. Ou seja, nada de grande luxo, mas sem qualquer falha, rebarba ou peça mal encaixada. Outro destaque é o sistema de entretenimento com tela touch screen de 6,5 polegadas no console central. A suspensão mais rígida privilegia a dinâmica do modelo na hora de cair na estrada, mas não absorve tão bem as imperfeições das estradas.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-9 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Ficha Técnica – Volkswagen Jetta Variant 2.5

Motor: A gasolina, dianteiro, transversal, 2.480 cm³, com cinco cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro e duplo comando no cabeçote. Acelerador eletrônico e injeção eletrônica multiponto sequencial.

Transmissão: Câmbio automático sequencial de seis marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira e possui controle eletrônico de tração.

Potência máxima: 170 cv a 5 mil rpm.

Aceleração 0-100 km/h: 8,9 segundos.

Velocidade máxima: 205 km/h

Torque máximo: 24,5 kgfm a 4.250 rpm.

Diâmetro e curso: 82,5 mm X 92,8 mm. Taxa de compressão: 10,0:1.

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson, com molas helicoidais e amortecedores hidráulicos. Traseira independente do tipo Multilink, com braço transversal e longitudinal, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos. Oferece controle eletrônico de estabilidade.

Pneus: 225/45 R17.

Freios: Discos ventilados na frente e discos sólidos atrás. Oferece ABS com EBD e assistente à frenagem de emergência de série.

Carroceria: Station wagon em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,53 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 1,50 m de altura e 2,58 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais, laterais e do tipo cortina de série.

Peso: 1.466 kg com 463 kg de carga útil.

Capacidade do porta-malas: 505 litros, 690 litros com bagagem até o teto e 1.495 litros com o banco traseiro rebatido.

Tanque de combustível: 55 litros.

Produção: Puebla, México.

Lançamento mundial: 2007. Lançamento no Brasil: 2008.

Reestilização: 2009. Reestilização no Brasil: 2010.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-10 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Itens de série da versão testada: Ar-condicionado automático de duas zonas, trio elétrico, direção eletro-hidráulica, alarme, trava por controle remoto, bancos de couro aquecíveis, banco do motorista com ajuste lombar elétrico, sistema Park Assist, computador de bordo, piloto automático, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, volante multifuncional, CD Player/MP3 com tela sensível ao toque e entrada para iPod, espelho retrovisor elétrico com rebaixamento automático ao engatar a ré.

Itens opcionais: Teto solar elétrico panorâmico.

Preço da unidade: R$ 91.836

Prós:

# Desempenho.

# Espaço.

# Equipamentos.

Contras:

# Preço.

# Consumo.

# Estilo.

volkswagen-jetta-variant-2012-avaliacao-auto-press-11 Avaliação completa da Volkswagen Jetta Variant

Por Auto Press

5.0

  • Lazaro

    Do jeito que eu gosto, sóbrio, conservador, interior totalmente funcional, porém um carro muito lindo ( na minha opinião).

    Estou namorando uma, até final do ano eu compro uma semi-nova.

    • 86mil??? Sou mais o Renault Grand Tour por R$49mil. Além do mais por 86mil é melhor levar um Sportage, e até um Freemont.

      • A Sportage de R$86.000 não tem nem bancos de couro, ou ar digital, ou airbags laterais, ou piloto automático… Dentre essas duas, vou de Jetta!

      • Leandro1978

        Sportage e Freemont são de outro segmento. Nem sempre o consumidor de carros nesta faixa de preço vai gostar de suv/crossover ou s.w. Nesta faixa, quem opta pela Variant, é porque acha que ela atende suas necessidades, o mesmo vale para quem opta pela Sportage ou Freemont. Ou então chamaríamos todos de loucos quem não compra o Azera a R$ 73.000, excelente opção, mas atende aos consumidores de s.w e suvs? Acredito que não…

        • Sias

          Concordo com teu ponto de vista e acrescento: quem compra uma Jetta Variant é bem capaz de nem olhar para a Megane GT. A GT é um bom carro mas perto da Variant ela fica com cara de Spacefox: mais simples e mais fraca.

          • Leandro1978

            Olha, talvez pelo simples fato de custar quase R$ 40.000 a menos, o consumidor de uma Variat talvez nem a veja como concorrente…rs…

            • rs mesmo né. Isso me lembra dos comentarios de que Cerato não é concorrente do Corolla devido ao preço baixo. Ou seja, no Brasil é só jogar preço alto que o povo já acha que é de outro segmento. BANANAZIL>

              • Giorgio

                Olha, embora o espaço entre a Jetta e a Megane GT sejam similares, a Jetta tem mais equipamentos, um motor melhor e um visual mais atualizado. Isso vale quase 40 mil a mais no preço? Não, óbvio que não. Mas, na falta de uma concorrente com preço e equipamentos entre essas duas, quem tem dinheiro pra gastar, gosta de alguns mimos e um motor mais forte, e não pesquisa muito vai de Jetta, quem não tem tanta grana ou não quer usar, precisa de mais espaço que motor e sabe das opções no mercado, vai de Megane.

                • Sim. Voce pelo menos falou direito. Mas eu me refiro ao custo beneficio, e ter um pouco mais de honra. Pra mim a questão não é nem de ter ou não dinheiro, e sim de si auto respeitar e não comprar carros com preços abusivos quando tem um outro modelo similar (pouco inferior) mas com preço quase pela metade. Pois se isso não for importante, então porque o povo desce tanto pau no CrossFox?? Aquilo pra mim é o cumulo da aberração do dinheiro no lixo.

                  • Giorgio

                    AÌ que reina aquela dúvida: Se você não quer entrar nessa dos preços abusivos, você tem uma escolha. Mas aquele carro não tem tudo o que você quer, daí fica difícil, porque você acaba tendo que entrar no jogo do Lucro Brasil. Eu abriria mão de certos itens pra pagar 40 mil a menos. Mas muita gente não pensa assim, e olha que essa Jetta Variant nunca se saiu muito bem (eu pelo menos nunca vi muitas). Já o caso do CrossFox, não vou nem comentar, simplesmente ridículo o que cobram pelo pouco que oferecem.

                    • Sias

                      A Variant nunca vendeu bem por causa do valor e da suposta manutenção mais cara do motor 2.5, coisa que no CrossFox é diferente. Sem contar que quem procura um carro pra família (e tem dinheiro pra comprar uma Jetta) acaba também olhando SUV's e minivan"s e termina pendendo para estes outros modelos.

                      Mas quando disse que quem olha pra Variant não olharia pra GT foi em relação a desempenho e ítens presentes. Quem quer uma Variant já está pensando em um carro com motor mais forte, não vai querer um SW com motor 1.6. Se o objetivo maior é adquirir uma SW daí não tem nem o que pensar, tem que ir de GT. 40 mil é um valor mais do que considerável, dá pra levar outro carro pra casa.

    • Filipe Augustus

      Eu tbm acho a Jetta Variant linda, mais por 91 mil reais eu já começaria a pensar no Fusion V6 4WD que hoje vi zero KM por 88 mil reais, ou um BMW série 3 por 95 mil reais 2011, talvez até em um Volvo S60.
      Embora todos os modelos que falei, sejam ótimos.
      =D

      • Edson Roberto

        Esse Fusion não seria AWD?

    • bandaxadibar

      os Europeus adoram Peruas….aqui esse mercado se foi a uns 10 anos..

      • Giorgio

        E esses precinhos não ajudam. Megane GT ta aí pra provar como é abusivo esses preços.

    • Paulo

      Eu comprei a minha 2009/2010 com 9.800km e o carro é espetacular. O consumo na estrada fica em 11.5.

  • Lucas Guimarães

    É um sonho pra mim! Seria perfeito pra familia com 4 pessoas , esse carro é maravilhoso , terei um com certeza! A branca com interior bege entao é mais que perfeita.

  • BlueGopher

    Interessante que a imponência dos SUVs reduziu muito o segmento das peruas médias/grandes.
    Hoje elas hoje só têm bom mercado em alguns países da Europa.

    • rafa_marcao

      Uma pena. Sou fã de wagons!

    • Leandro1978

      Pois é, quem prefere s.w. acaba ficando "viúva" mesmo, pois ou vai optar por modelos defasados ou vai para as minivans ou suvs. Nenhuma com o desempenho que uma s.w.

  • JulienAvril

    bacana.. só faltou o 2.0 TFSI !!

    • Jr_Jr

      Concordo que o TFSI faria um bem, mas o 2.5 5 cilindros nào decpeciona em nada, é um carro muito gostoso de dirigir!

    • Smattana

      Ta pedindo TFSI pq não é tu que vai depois abastecer com Podium!!

      • Leandro1978

        O motor 2.5 também não é referência quando se trata de consumo.

        • Edson Roberto

          Mas aceita gasolina comum.

          Foi esse o ponto que ele quis bater. E de fato, em via de regra teria menos problema com um motor de concepção "menos atual" que o 2.0T.

    • BolGola

      Em baxa rotação, ou seja, em 70% do uso, o maior torque e a sinfonia do 5 cilindros se sai melhor que o 2.0T.

  • Corvo

    O design dessa nova não me agrada muito. Se não se interessar por um carro manual, vai de Grand Tour por 49 mil e guarde 35 mil no bolso para outra coisa

    • tiards

      O renault não chega nem na metade desse carro.

      • Corvo

        Cara, claro que a Renault não chega na metade, mas essa versão avaliada com teto custa na faixa dos 96 mil, realmente vale a pena pagar o dobro ?? Pra mim, a variant é um carro pra custar uns 75-80 mil

        • tiards

          Da mesma forma que todos os carros no brasil deveriam custar bem menos, porém vivendo a realidade, o nivel de sofisticação desse carro vale o preço cobrado, é claro, todos queriam que custasse menos, mas me diga outro carro que entrega o mesmo que esse Jetta por um preço mais em conta? nenhum.

          • Edson Roberto

            Por isso, se a pessoa não quer tudo isso tendo que gastar R$40000 a mais, ela vai escolher a Megane GT que apesar de inferiro no pacote, o preço oferta muito que os concorrentes diretos nem pensam nisso.

  • Gui_Nunes

    Monstro! Carro Europeu vendendo no Brasil, sem o menor dó, pena é o povo brasileiro adorando as SUVs e deixando grandes carros de lado!

  • aleneo2

    esse sim é um verdadeiro jetta, nao aquele americanizado e depenado.

  • thiagolamim

    Carro bacana, honesto e muito bom gosto. pena ser absurdamente caro.

  • vini_B

    ela está quase sozinha aki no brasil só acompanhada pelo i30cw, obs: a Grand tour ñ conta pq ela ja entrou em um seguimento inferior, esperamos a Peugeot 308 SW e qm sabe uma nova Grand tour.

    • JHerzévRN

      Ela não está quase sozinha, está sozinha mesmo. Como você falou, a Grand Tour está em um nível mais baixo, concorrendo agora com Palio Weekend, SpaceFox e 207 SW e o i30 CW não chega nem aos pés dessa Variant.

      • vini_B

        ah pode ser mais o i30cw é comparavel com o Jetta Variant, o jetta pode ser bem maior e mais potente e alias é um ótimo carro, gosto mt dele, mais o i30cw é uma opção mais em conta q ele, agora eu quero ver msm é o 308 SW aki no brasil com o possivel 1.6 turbo, por mim ele é melhor q o Jetta variant.

      • mjprio

        Olha eu fui ver a I30 CW na css; e na versão TOP de 69 mil fica pouco a dever a Variant. o carro é bonito, mesmo!!!

  • TTropicthunder

    Começa R$ 86.000 ??? Então a top vai custar quase duas Grand Tour???

    Pode falar que a Grand Tour está num patamar inferior e tal mas é um ótimo negócio. Arrisco dizer que é mais justo.

    Com 100 mil já começo a pensar em Volvo, Mercedes, etc.

  • granemann

    Lembra quando lançaram a santana quatum?era um carrão!!
    Hoje essa jetta é um carrão!!
    Sabe o preço de uma quantum e a procura dela?
    Essa vai seguir o mesmo caminho….

  • granrs78

    Por esse preço, pudera vender tão pouco. Prefiro um Suv do que uma SW.

  • leozin112

    posso dizer que é um otimo carro pois temos uma em casa. O carro se destaca pela frente, ainda mais com os farois de xenonio, com desenhos do golf mkVI, mas de traseira realmente nao é aquelas grandes coisas.O acabamento é de primeira linha, pra mim nota 10, e o nivel de itens de serie é imbativel, sem contar com os opcionais.E como aqui em casa eu, minha mae e meu pai usam o carro, eu e meu pai gostamos de esportivos, com uma boa dinamica, performance, e minha mae gosta de carros grandes como os SUV's ou crossovers, ela foi a melhor escolha sem duvida. O meu contra sobre ela é praticamente um só, o preço… Dos opcionais! Porque é um carro bem completo já basico e pelo preço, nao acho tao absurdo, lembrando que isso para o perfil aqui de casa.O consumo pra quem paga esse valor em um carro nao era pra ser o maio dos problemas, mas realmente ela bebe bem na cidade, onde moro faço 6,5~7,0 km/l com o A/C ligado 90% do tempo, ja na estrada ja fizemos ate 11,5km/l com o A/C(isso durou pouco tempo, porque esse motor gosta de ser levado ao limite, e emite um som maravilhoso), mas para um motor sem bloco de aluminio, de alta litragem, sem injeção direta de combustivel FSI, esta muito bom, mas tambem acho que o motor ja esta ultrapassado, mas parece que a volks gosta de motores antigos, a exemplo do motor 2.0 do novo jetta. Mas como sempre disse, gosto nao se discute.É um carro seguro , confortavel, ágil, e que agrada uma familia como a minha. Recomendo !! Já a passat variant, fui ver la na loja mes passado, ésta absurdamente carra, seria uma boa opçao para ser o nosso proximo carro, porém, usando o bom senso com o valor dela(com banco eletrico com memoria,park assist,farois bi-xenonio,kessy, bancos em couro marrom quase preto) agente compra um volvo S60 T5, que é mais bonito, bem mais seguro, e ainda sobra dinheiro!
    Mas voltando á jetta variant, reforço, é um ótimo carro, e não nos pretendemos nos desfazer tão cedo!! [meu note ta bugado, não ta saindo algumas acentuações.]

  • Dupas

    Deveriam ter feito isso com o Jetta sedan invés dessa nova geração com motor AP.

    • mjprio

      Na Argentina o modelo básico vem com esse 2.5. Levaram só algumas unidades do 2.0 pra lá , e alguns trouxas ( ou sem $$ ) compraram

  • showman2011

    Eu tambem acho, que nao tem soluçao, os SW no Brasil estao em baixa e vao continuar por muito muito tempo.
    Audi a4 SW, Passat Variant. No meu ponto de vista sao as mais lindas ai no Brasil. Porem caras para maioria da populçao claro. Parati é fim de carreira, derrotada.
    Esse seguimento esta derrotado ai.
    Aqui na europa é tope e eles amam, e tem varias, é ASTRA SW,INSIGNA, MERCEDES, AUDI… e com certeza se a RENAULT LEVASSE O NOVO RENAULT MEGANE SW para o BRASIL e mesmo q se tivesse preços na faixa de 66 a 80mil, venderia muiiiiiiiiito, pq é um carro tope e aqui tem em todo lado, todo dia que saio na rua vejo milhares dela, é um carro lindo e com vendas que se nota na rua. Vendem mais que Laguna y fluence quase nao vejo. http://www.renault.pt/gama/veiculos-de-passageiro
    23.900euros em Portugal = +- 52.580R$ a versao básica.
    Acoooooorda RENAULT, leva esse megane sport tour pro Brasil, vai vender Horrores….
    Nao sei pq a RENAULT bobeia tanto, LEVA!!! NAO IMPORTA SE chegar 70mil , 80mil R$ O POVO VAI PAGAR.
    Igual o Propio MEGANE, po a RENAULT da muita mancada, LEVAR FLUENCE QUE AQUI NA EUROPA NEM VENDE ISSO E DEIXAR DE LEVAR CARRO Q É CAMPEAO.
    é brincadeira mesmo. Perdem dinheiro e mercado, RENAULT POE MEGANE E MEGANE GRAN TOUR NO BR, nao do 6meses e vao ser number 1 no ranking de vendas nos respectivos seguimentos. Claro MARKETING ….

    • mjprio

      A questão é que SW, SUVs, crossovers e vans são pra famílias. Como é que você vai convencer alguém a gastar quase 90mil que seja, em um carro derivado de sedã, que normalmente leva 5 com restrição; se ele pode comprar modelos derivados de utilitários , ou com projeto próprio, que carregam 6 ou 7 pessoas e ainda contam com um razoável espaço pra bagagem e espaço de sobra quando levam cinco?? Potanto sua observação é pertinente

  • FAlniezi

    É um belíssimo carro sem dúvida, tudo bem, sou suspeito, gosto pacas de SW, não a trocaria por uma SUV jamais, afinal gosto de carro. e não de trambolhos. Pena ser tão caro.

  • blackSagaris

    Acho o interior desse carro mais bonito ate do que o do Passat, ainda mais agora com essa tela LCD.

    • Esse rádio (RCD510) já está disponível no Jetta Variant – e também no Tiguan, Passat, Passat CC, etc. – desde o ano passado.

  • eduardo82br

    Ah, essas avaliações da Auto Press…

    "O Jetta Variant registrou um consumo médio de 7,8 km/l em um trajeto 2/3 na cidade. O número é um pouco exagerado para um motor 2.5 litros só a gasolina. Nota 6."

    A mesma Auto Press sobre o J3: "As aferições apontaram uma boa média de 9,6 km/l de gasolina para o JAC J3, em um percurso 2/3 na cidade e 1/3 na estrada. Nota 8."

    E um motor 1.4 só a gasolina que não chega a fazer 10 km/l em trajeto misto tem o consumo considerado bom. Fiquei doido então.

    • O_Corsario

      POis é… É aquela coisa, o cara vai julgar já pensando assim "bebe demais", aí não importa o número, estará bebendo demais…
      AutoPress é a 4patas da internet!

  • rodrigorsr

    Carrão! Merecia vender bem mais. Pena que o consumidor veja mais vantagens num ix35 do que numa Jetta Variant.

  • Esse carro é bonito d+ e quem ouviu o ronco desse 2.5 acelerando sabe como parece "carro de gente grande". Realmente é um design desarmonico mas ainda sim mellhor que muito carro "altinho" por ai.

  • Alesr50

    Em sampa vi uma com inteiror em bege…

    Nem parecia um VW…e só por fotos…compara com o "jetta" sedã…dá uma impressão..bom, deixa pra lá

  • _Hofmann_

    meu próximo carro… minha fielder que me desculpe, mas não chega na metade desse jetta. e quem diz que prefere grand tour, nunca andou numa jetta variant. além do mais, não concordo com a crítica exagerada ao design desse carro. a frente não tem muita diferença para a anterior, é apenas mais moderna, o que não é suficiente para dizer que não combina com o resto do carro, que, apesar da sobriedade, ainda tem design atual. no interior, o que deixaria perfeito seria o interior bege. não gosto de interior preto, "diminui" o espaço e "esconde" a qualidade de acabamento.

    • Sias

      Não tem mesmo como comparar a Variant com a GT. De semelhante só o tamanho, porque o resto não dá nem pra saída. Só na diferença de motor e câmbio há um abismo entre as duas.

    • Corvo

      É claro que todo mundo vai preferer uma Jetta variant antes que uma Grand tour…só que o preço da Renault é mais condizente com a proposta do carro que os quase 100 mil reais por essa ai..acredito que o melhor negócio de uma Jetta variant é comprar semi-nova. Existe ele com interior bege que por sinal é muito bomita..vi uma na Sorana aqui em SP cor branca. Ela seria perfeita se tivesse o motor 2.0 TSI

  • O_Corsario

    Nem tem o que dizer. Carro muito bom, que herda as qualidades todas do Jetta de versão anterior, seja no acabamento, seja no motor e no câmbio.
    Sò poderia custar um pouco menos.
    Logicamente perde vendas porque as pessoas preferem SUVs, mas eu, se tivesse que escolher… MUito mais uma perua!

  • FAELTIMAO

    Frente igual ao Jetta…..

  • lndnfsu2

    acho essa frente do Golf VI muito melhor que a do Jetta novo!!

    • PauloTAS

      coom certeza, é mtoo melhorr do q essa frente do Jetta, q seria o tamanho GG do padrão da Volks…

  • vini123456

    Gosto desse carro, mas não consigo gostar do desenho desse volante, todo carro da VW agora tem esse troço, além do mais acho que um de 4 raios cairia melhor….mas dai é questão de gosto…Ótimo motor, pena ser tão cara!

  • gutto406

    Taí, ao contrário do que vocês opinaram na matéria, não acho o design uma mistura de estilos. Nunca gostei da frente do Jetta e do Golf V, acho que esta dianteira se harmoniza mais com o carro.

  • BrunoMulsane

    Muito cara, não vale o que custa. Feia, sem graça e desconfortável. Tive a oportunidade de dirigir uma variant da geração anterior. Para quem procura conforto esse não é o carro. Achei o motor meio fraco também. Enfim, deveria custar uns R$65.000!!

  • rafasevero

    acho uma falta,ñ ter concorrente com ele é melhor q o jetta santanão 2011….

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend