BMW Cupês Esportivos Linha 2019

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)
BMW M4 2019

A linha de esportivos e superesportivos BMW M é responsável por parte do sucesso da marca alemã no Brasil. E um dos modelos mais interessantes da gama é o BMW M4 Coupé, uma versão mais “insana” do Série 4 Coupé que está disponível desde 2014 no mercado nacional.

O M4 2019 concorre diretamente com outros modelos alemães, como o Audi RS5 Coupé e também o Mercedes-AMG C 63 Coupé.


Ele pode atrair ainda os olhares de atuais e possíveis futuros proprietários dos muscle-cars Chevrolet Camaro e Ford Mustang.

Confira abaixo todos os detalhes do M4 2019 vendido no Brasil:

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)


BMW M4 2019 – detalhes

Para quem acha o BMW Série 4 Coupé convencional demais e o BMW M3 (versão esportiva do Série 3 preparada pela BMW M) com o apelo tradicional de um sedã, o BMW M4 Coupé 2019 aparece como um modelo com visual agressivo, bastante refinamento, boa dose de equipamentos e um conjunto mecânico para lá de empolgante. Traduzindo, uma boa opção para os jovens endinheirados.

Em relação ao BMW Série 4 Coupé convencional, o BMW M4 se diferencia pelos para-choques M Sport, grade frontal de duplo rim com aletas duplas, rodas exclusivas M esportivas de 19 polegadas, espelhos retrovisores externos com design M, tomadas de ar laterais exclusivas, moldura dos vidros em acabamento BMW Individual Shadow Line, teto em fibra de carbono, spoiler traseiro feito de composto de fibra de carbono com plástico reforçado, entre outros.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Pulando para o interior, o M4 2019 oferece bancos esportivos semi-concha, com direitos a ajustes elétricos, ajuste do apoio lombar e memória, detalhes em fibra de carbono, revestimento no painel, console central, portas e bancos com costura contrastante, volante esportivo M com detalhes em alumínio, soleiras de porta exclusivas, entre outros.

Como em todo cupê, o carro não esbanja espaço interno. Nas dimensões, são 4,67 metros de comprimento, 1,87 m de largura e 1,83 m de altura, com distância entre-eixos de 2,81 m. O porta-malas tem capacidade para 445 litros de bagagens.

O motor, sem dúvidas, é o destaque do carro. Trata-se de um 3.0 biturbo de seis cilindros, atrelado ao câmbio de sete marchas e dupla embreagem e tração traseira.

Além disso, ele oferece bons equipamentos, como head-up display colorido, faróis full LED com assistente de facho alto, chave presencial, partida por botão, sistema de som Harman Kardon com 16 alto-falantes, câmeras com visão 360º dos arredores do carro, entre outros.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

BMW M4 2019 – novidades

Chegada do M4 Coupé e M4 Cabrio ao Brasil

Durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro de 2014, a BMW apresentou aos brasileiros o inédito M4. Na ocasião, a fabricante disse que o carro “traduz a tradição da marca em criar modelos que unem o limite da esportividade com todo o conforto que se espera um BMW”.

Ele havia sido revelado mundialmente em janeiro do mesmo ano, durante o Salão de Detroit, nos Estados Unidos. O cupê abandonou o V8 tradicional entre os carros da BMW M e estreou com um 3.0 biturbo de seis cilindros, com até 431 cv e 56,1 kgfm, atrelado ao câmbio automatizado de seis marchas e dupla embreagem.

O BMW M4 Coupé 2014 começou a ser vendido pouco tempo depois, com preço de R$ 449.950. Já o BMW M4 Cabrio 2014 estreou pelo preço de R$ 469.950.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Edição limitada BMW M4 CS é lançada em 2018

Uma das principais novidades da linha M4 Coupé no Brasil foi a edição especial limitada M4 CS, considerado o mais potente BMW Série 4 homologado para circular pelas ruas. Apenas seis unidades do carro foram trazidas ao País, cada uma pela bagatela de R$ 663.950.

O BMW M4 CS foi lançado mundialmente para se posicionar entre o M4 Coupé e o M4 GTS, este último um modelo para uso em circuitos fechados que não chegou ao Brasil. O motor é o mesmo 3.0 M TwinPower Turbo, mas neste caso com 29 cv a mais, chegando a 460 cv.

A versão especial se diferencia também pela suspensão extremamente leve, feitas com componentes de alumínio forjado nos dois eixos e com o sistema Adaptive M ajustável. Há ainda rodas de liga-leve de 19 polegadas na frente e 20 polegadas atrás com pneus semi-slick Michelin Pilot Sport Cup 2, entre outros.

Dá para destacar ainda o capô e o teto feitos a partir de materiais leves (composto de fibra de carbono com plástico reforçado) e também as convencionais maçanetas internas que foram trocadas por alças de lonas. Tudo isso para promover uma redução de peso no carro.

Com todas essas melhorias, o BMW M4 CS consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos. A velocidade máxima é de 280 km/h, limitada eletronicamente, graças ao Pacote M Driver de série.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

BMW renova o M4 Coupé na linha 2019

O BMW M4 Coupé 2019 começou a ser oferecido no mercado brasileiro em maio de 2018 e marcou o retorno do modelo às concessionárias brasileiras da marca O cupê esportivo foi anunciado com preço inicial de R$ 484.950, com direito a retoques visuais e novos recursos.

Entre os diferenciais, o M4 Coupé 2019 trouxe novos faróis e lanternas full LED e ainda pequenos retoques nos para-choques. Ele passou a contar ainda com costura dupla no painel de instrumentos, detalhes de acabamento galvanizados e cromados e novos emblemas M nos bancos dianteiros.

O sistema de entretenimento BMW ConnectedDrive passou a oferecer conexão WiFi hotspot e conectividade Apple CarPlay sem fio.

De resto, ele seguiu sem alterações. A lista de itens inclui bancos com ajustes elétricos e memória, sistema de som premium Harman Kardon, head-up display colorido, chave presencial, ar-condicionado automático digital, entre outros.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

BMW M4 2019 – versões

Em seus pouco mais de quatro anos de vendas no mercado brasileiro, o BMW M4 soma três configurações distintas oferecidas aos consumidores locais.

A primeira delas foi a M4 Coupé, a configuração mais convencional da linha do esportivo alemão. Meses depois, a marca alemã anunciou a chegada do M4 Cabrio, que como o próprio nome indica, se posicionou como a opção “sem teto” da gama.

Houve ainda o M4 CS, uma versão ainda mais insana que foi ofertada como edição especial limitada.

Todavia, o BMW M4 é oferecido atualmente somente na versão BMW M4 Coupé 3.0 2019.

Ele  está disponível com quatro opções de cores externas, sendo uma sólida (Branco Alpino), uma metálica (Preto Safira), duas de acabamento Individual (Cinza Grigio Telesto e Amarelo Speed) e mais três de acabamento Frozen (Azul San Marino, Preto Frozen e Branco Brilliant Frozen).

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

BMW M4 2019 – equipamentos

O BMW M4 está disponível em versão única de acabamento no mercado brasileiro. Confira abaixo os principais itens de série ofertados na variante do cupê esportivo alemão:

Segurança: oferece faróis full LED adaptativos, alarme, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, assistente de farol alto, airbags frontais, laterais e de cortina dianteiros e traseiros, sistema Active Protection (aciona os mecanismos de proteção de ocupantes, como o fechamento automático das janelas e os pré-tensionadores dos cintos de segurança, em caso de impacto iminente), freios a disco ventilados com ABS, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, entre outros.

Conforto: ar-condicionado automático digital, destravamento das portas sem chave, partida do motor por botão, retrovisor interno eletrocrômico, bancos dianteiros com ajustes elétricos, memória e ajuste lombar, direção M Servotronic, cortina dos vidros laterais, apoio de braço central dianteiro retrátil, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, suspensão M adaptável, entre outros.

Visual e acabamento: teto em fibra de carbono, lanternas traseiras em LED, duas ponteiras duplas de escapamento, spoiler traseiro, duas tomadas de ar verticais laterais, rodas de liga-leve esportivas M de 19 polegadas, retrovisores externos com design M, para-choque dianteiro M Sport, grade frontal duplo rim com aletas duplas, detalhes de acabamento interno em fibra de carbono, bancos revestidos em couro Merino, cintos de segurança M, teto forrado em Anthracite, iluminação ambiente, entre outros.

Tecnologia: sistema BMW M head-up display colorido, sistema de navegação Professional, sistema de entretenimento BMW ConnectedDrive, sistema de som Harman Kardon com 16 alto-falantes, amplificador digital e 600 watts de potência, câmeras Surround View com visão nos arredores do carro, câmera de ré, conectividade Apple CarPlay sem fio (wireless), serviços de concierge, chamada de emergência inteligente, entre outros.

BMW M4 2019 – preço

Conforme citado acima, a atual linha do BMW M4 pode ser encontrada em somente uma versão de acabamento.

Confira abaixo o preço praticado pela marca alemã:

BMW M4 Coupé 2019: R$ 496.950

*Preço com base no configurador online da BMW em janeiro de 2019.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

BMW M4 2019 – motor

O conjunto mecânico, como acontece em todo esportivo, é um dos principais chamarizes do BMW M4. A atual linha do carro conta com um motor 3.0 litros M TwinPower Turbo, com seis cilindros em linha, que consegue desenvolver 431 cavalos de potência, entre 5.500 e 7.300 rpm, e 56,1 kgfm de torque, disponível entre 1.800 e 5.500 giros.

Tal propulsor é dotado do sistema Valvetronic, um sistema de variador de fase que elimina a borboleta do acelerador, utilizando no lugar um regulador da abertura das válvulas de admissão. Ele consegue regular de forma mais precisa a amplitude de abertura das válvulas.

Outro item é o sistema Double-Vanos, que controla o tempo de abertura das válvulas de escape. Há ainda dois turbocompressores mono-scroll de peso otimizado, virabrequim forjado, entre outros.

Junto a este propulsor está o câmbio automatizado M DCT de sete marchas e dupla embreagem, com a função de Launch Control para garantir um maior desempenho em arrancadas. As trocas de marcha podem ser feitas manualmente por meio de aletas atrás do volante.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

O motor tem rotação máxima de 7.600 rpm, um número bastante elevado para um motor turboalimentado. De acordo com a marca, essa faixa de rotação garante “uma distribuição linear de potência em uma ampla faixa de rotação do motor”.

O carro tem ainda tração traseira e o Diferencial Ativo M, que usa um diferencial de deslizamento limitado controlado eletronicamente para otimizar a tração e a estabilidade do carro. Ele trabalha juntamente com o controle de estabilidade e leva em consideração a posição do pedal, a velocidade de rotação das rodas, entre outros.

Com isso, o sistema consegue identificar uma perda iminente de tração em um dos lados do carro e ajusta o conjunto para evitar o giro da roda dentro de uma fração de segundo. No modo M Dynamic do controle de estabilidade, porém, o Diferencial Ativo M permite uma maior derrapagem das rodas.

E por falar em modos, a direção M Servotronic oferece três modos: Comfort, Sport e Sport Plus, que ajustam o nível de assistência de direção de acordo com as condições e as preferências do condutor. A suspensão Adaptive M também tem esses três modos, variando a rigidez do aparato.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

BMW M4 2019 – desempenho e consumo

Se você observou bem os números de potência e torque e também toda a tecnologia do conjunto mecânico citados acima, já percebeu que o BMW M4 oferece um desempenho para lá de empolgante.

Ele pode ser tratado como aquele tipo de carro bastante arisco quando o condutor não consegue tratar o pedal do acelerador com muito “carinho”. Ao pressionar o acelerador até o fim do curso, o condutor e os passageiros a bordo do BMW M4 ficam colados ao encosto dos bancos e contam com a oportunidade de ouvir o ronco encorpado do motor.

Conforme dados informados pela BMW, o novo M4 2019 consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos. Já a velocidade máxima é de 250 km/h, limitada eletronicamente.

O consumo pode ser considerado até que aceitável para um modelo da categoria BMW M4 e também por todo o desempenho entregue pelo carro. A marca informa que o cupê esportivo alemã faz 7,4 quilômetros com um litro de gasolina na cidade e 9,2 km/l na estrada.

Sendo assim, o tanque de combustível com capacidade para até 60 litros pode entregar autonomia de até 500 quilômetros num ciclo 50% cidade e 50% estrada.

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

BMW M4 2019 – ficha técnica

Motor

3.0 Turbo

Tipo

Dianteiro, longitudinal e gasolina

Número de cilindros

6 em linha

Cilindrada em cm3

2.979

Válvulas

24

Taxa de compressão

10,2:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima

431 cv a 5.600 rpm

Torque Máximo

56,1 kgfm a 1.800 rpm

Transmissão

Tipo

Automatizado de sete marchas e dupla embreagem a seco

Tração

Tipo

Traseira

Freios

Tipo

Discos ventilados (dianteira e traseira)

Direção

Tipo

Eletro-hidráulica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Traseira

Independente, multibraço, com molas helicoidais

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 19 polegadas

Pneus

275/35 R19

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.671

Largura (mm)

1.870

Altura (mm)

1.383

Distância entre os eixos (mm)

2.812

Capacidades

Capacidade de carga (kg)

468

Tanque (litros)

60

Peso vazio em ordem de marcha (kg)

1.572

Coeficiente de arrasto (Cx)

0,34

BMW M4 2019 – fotos

BMW M4 2019: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)
Nota média 5 de 1 votos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Lucas Ramos

    “A marca informa que o cupê esportivo alemã faz 7,4 quilômetros com um litro de gasolina na estrada e 9,2 km/l na cidade.”

    Acho que está errado isso ai..

    • Edu

      Deve ser com a nossa gasolina, nos EUA faz 7,6 e 10,5 km/l respectivamente.

    • vicegag

      Deve ser porque, quando um motorista pega um carro como este na estrada, “taca-lhe pau”, rsrsrs,

  • th!nk.t4nk

    Baita carro, mas não teria coragem de colocar um M4 pra rodar no asfalto brasileiro. Simplesmente não é carro feito pra isso. Outra coisa é que se é pra ter algo divertido e caro na garagem, a meu ver mais vale pegar o Cabrio de uma vez (se tiver outro carro pra viajar, já que perde o porta-malas).

  • Domenico Monteleone

    Perfeição em forma de foguete disfarçado de automóvel.

  • Gabriel Torque

    Ótima opção pra quem não tem grana pra comprar uma M6 rs

  • TijucaBH

    Ia comprar uma, mas desisti porque o i-drive espelha só iPhone, e como meu celular é Android, teria que me contentar apenas com o bluetooth.
    Brincadeiras à parte, nem se eu ganhasse 30 milhões na Mega-Sena eu teria um IPhone. Bobagem a BMW restringir o espelhamento apenas ao Apple…

    • th!nk.t4nk

      Pior que o iDrive é excelente, nao precisa de espelhamento. Ele é online e dá toda a atualizaçao de rota em tempo real, igual o Maps e o Waze (sugere desvios, mostra acidentes, fluxo da via e tudo mais também), semelhante ao Command Online da Mercedes. O espelhamento é mais importante em carros com sistema de navegaçao off-line (ou seja, os modelos que não são premium). Eu sou era fã do espelhamento e usava muito, mas depois de usar um bocado esses carros com sistemas online vi que é realmente desnecessário neles.

      • TijucaBH

        Legal, nao sabia que o sistema estava tao bom assim. Sou da epoca que o gps da BMW ainda era um DVD em um leitor separado.
        Mas se o espelhamento é relativamente desnecessário, porque disponibilizaram pro iPhone? Eles alegam que a esmagadora maioria dos proprietários de BMW possuem Apple. Concordo que nos EUA deva ser 99,9%, mas na Europa, churo uma proporção de 40%Android e 60%IOS….

        • th!nk.t4nk

          Olha, até hoje vi um único colega meu fazendo espelhamento num BMW (todo mundo que vejo roda com o navegador do iDrive mesmo). É mais uma curiosidade, que você vai usar uma vez ou outra. A própria BMW desestimula isso, porque você perde funçoes do carro (como o leitor de placas que interage com o mapa). O iDrive hoje mostra tudo: pinta as ruas com as cores do tráfego, mostra onde tem acidentes, sugere bem rápido uma rota alternativa, etc. O chip 4G que vem no carro a gente paga 1x só (quando compra o carro) e a conexão é garantida pela BMW por 10 anos (mínimo). Eu nao sei se no Brasil funciona igual, imagino que sim, mas seria bom confirmar. Sobre essa briga iOS x Android, aqui na Europa o Android é bem mais forte, mesmo entre as pessoas que têm carro premium. Acho muito improvável que tenha mais dono de BMW com iPhone aqui viu. Se pegar o mundo todo, aí sim acredito. Mas enfim, acho que a BMW só quis agradar os clientes americanos e asiáticos mesmo, porque os concorrentes oferecem essa opçao e daí ficaria feio pra eles nao oferecerem.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email