Controle de estabilidade e DRL passam a ser obrigatórios no Brasil

esc
esc

Diferente de alguns países com mercados, cujos mercados já estão consolidados, no Brasil, os sistemas de segurança dos automóveis tiveram que ser impostos por força de lei, já que os fabricantes não adicionavam tais itens por conta dos custos.

Por isso, agora em 2024, o controle de estabilidade e também o DRL ou luzes de condução diurna, passam a ser itens obrigatórios nos carros produzidos a partir de agora.

Isso quer dizer que em modelos como o Fiat Argo Drive, cujo pacote Safety custa R$ 490,00, deixará a linha de montagem em Betim com controle de estabilidade que, devido ao sistema integrado, já virá com controle de tração e assistente de partida em rampa (carros com ESC ).

Criado no final da década de 1990, o controle eletrônico de estabilidade surgiu a partir de um problema no Mercedes-Benz Classe A, que tombou no teste do alce na Suécia e obrigou o fabricante alemão a introduzir a tecnologia.

Item importante de qualquer carro hoje, mesmo subcompactos como o Renault Kwid, por exemplo, o controle de estabilidade monitora o movimento do carro em curvas e caso haja tendência de perda de trajetória ou mudança rápida, atua sobre o sistema ABS.

honda civic type r 2024 avaliação na (47)
honda civic type r 2024 avaliação na (47)

Dessa forma, o sistema ajuda o motorista a corrigir o tangenciamento na curva e manter assim o controle sobre o veículo, ampliando muito a segurança durante a condução.

Mesmo em 2023, infelizmente carros como Fiat Argo, Mobi e Cronos, além de Peugeot 2008 nacional e Renault Stepway (estes dois indo para o fim em breve) ainda eram produzidos sem essa tecnologia tão básica em qualquer carro quanto os airbags frontais para motorista e passageiro. Todavia, agora essa história acaba aqui para o bem dos motoristas.

Já outro item que passa a ser obrigatório é o famoso DRL ou luz de condução diurna, que muitos associam apenas com os chamativos LED diurnos, apesar do termo ser de fato empregado para luzes compostas por lâmpadas comuns, como no Jeep Compass pré-facelift, por exemplo.

A legislação ainda passa a obrigar o uso de alerta de uso de cinto de segurança, repetidores de direção nos para-lamas ou retrovisores, assim como luzes de frenagem de emergência.

 

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X