Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

O mercado automotivo brasileiro está bem escasso quanto às opções de modelos com 7 lugares por menos de R$ 100 mil. Há somente dois carros nesta categoria: a Chevrolet Spin 7 lugares e o Fiat Doblo 7 lugares.


O primeiro foi projetado para ser realmente um carro familiar, enquanto o segundo nasceu como furgão e foi adaptado para servir às famílias.

O Fiat Doblo 7 lugares está presente no mercado brasileiro desde o fim de 2001. O curioso é que, desde então, ele é comercializado na mesma geração – na Europa, o furgão está uma geração a frente da nossa. Ele recebeu apenas mudanças pontuais no visual, interior, motorização e equipamentos.

Atualmente, o Fiat Doblo 7 lugares 2021 pode ser encontrado apenas na versão Essence. Porém, impressiona pelo preço irreal: pode bater os R$ 111.990 iniciais, chegando a R$ 116.540 em sua versão mais completa. Uma cifra irreal para um carro com 18 anos de idade no Brasil.

Ainda assim, ele é atraente quando o assunto é versatilidade e robustez. Decepciona, porém, pelo acabamento simplório e o conjunto mecânico pouco eficiente.

Confira abaixo os principais detalhes do veículo:

Fiat Doblo 7 lugares – detalhes

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

O Fiat Doblo 7 lugares é aquele tipo de carro projetado para ser versátil e “pau pra toda obra”. Sendo assim, não espere por muito refinamento ao entrar na cabine do veículo. Ele traz apenas o necessário para se ter uma boa vida a bordo e, em muitos casos, decepciona (como o isolamento acústico bastante ineficiente).

Os ocupantes dos bancos da frente têm um bom espaço e viajam como se estivessem sentados numa cadeira, com o quadril em posição elevada e ampla visibilidade proporcionada pelo para-brisa.

Já na segunda fileira, há bom espaço para as pernas e cabeça dos ocupantes. Todavia, o espaço para os ombros não é dos melhores e o formato dos bancos (que parecem ser individuais) acaba incomodando as pessoas com o tronco mais largo.

Pulando para a terceira fileira, o Doblo 7 lugares tem espaço suficiente somente para duas crianças ou dois adultos de baixa estatura. Há um bom espaço para os ombros e cabeça, mas como em quase todos os carros com 7 lugares, a distância para acomodar as pernas é curta e torna uma viagem longa um tanto quanto desagradável.

O porta-malas tem capacidade para 665 litros com os últimos bancos recolhidos nas laterais. Porém, com sete pessoas no habitáculo, o espaço do compartimento cai para 200 litros. Então, numa viagem com toda a família para o litoral, é necessário instalar um bagageiro de teto, por exemplo, para acomodar as bagagens.

O Doblo 7 lugares tem 4,25 metros de comprimento, 1,72 m de largura e 1,90 m de altura, com entre-eixos de 2,56 m. O peso do carro é de, em média, 1.350 kg.

Entretanto, ele acaba desempenhando bem sua função quando a ideia é deslocar pessoas com praticidade em trechos mais curtos. Para empresas, por exemplo, o Fiat Doblo 7 lugares pode ser uma boa pedida, sobretudo pelo fato de ter bons descontos para CNPJ.

Fiat Doblo 7 lugares – história

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

Tudo começou em novembro de 2001. Nesta data, a Fiat apresentou aos brasileiros o novo Doblo, como resposta aos franceses Renault Kangoo e Citroën Berlingo. E deu muito certo: com apenas sete dias de vendas, a multivan da Fiat já tinha 52% de participação nas vendas do segmento.

O Doblo chegou nas carrocerias furgão e para passageiros, sendo esta última com 5 ou 7 lugares e uma ou duas portas laterais. O motor do modelo era um 1.3 16V Fire de 80 cv e 12 kgfm ou 1.6 16V “Corsa Lunga” de até 106 cv e 15,4 kgfm, ambos com câmbio manual de cinco marchas.

Como destaque, ele trazia justamente os dois bancos adicionais no porta-malas, algo inédito na categoria. A terceira fileira de bancos foi projetada para levar crianças ou adultos de baixa estatura e conta com bancos com cintos de segurança de três pontos e apoios de cabeça com regulagem de altura. Era um opcional nas versões EX e EXL.

Esses bancos podem ser rebatidos nas laterais do porta-malas para aumentar o espaço no porta-malas. Os ocupantes ali instalados têm a opção de entrar por uma porta lateral deslizante do lado direito. Como opcional, ele podia receber também uma outra porta deslizante, neste caso no lado esquerdo.

Com os bancos da segunda e terceira fileiras rebatidos, o porta-malas passa a contar com 3.000 litros de capacidade. Mas com os sete lugares posicionados, a capacidade do compartimento de bagagens cai para somente 200 litros.

O preço inicial do Doblò 2001 era de R$ 26,2 mil. Porém, com todos os equipamentos (inclusive os sete lugares e a segunda porta lateral), ele podia chegar a R$ 35,6 mil.

A primeira grande novidade da linha do Doblò 7 lugares foi a chegada da versão Adventure, como tentativa de competir com o EcoSport (embora com uma proposta totalmente diferente). Ele chegou com visual mais robusto com plásticos pretos por todos os lados, rodas exclusivas com pneus de uso misto, estepe na tampa do porta-malas, altura em relação ao solo ampliada em 6 cm, bancos com revestimento exclusivo, entre outros.

Porém, o Doblo Adventure não chegou com os sete lugares nem como opcional. Somente em 2006 ele adotou a opção da terceira fileira, mas neste caso somente com um sexto banco.

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

Junto do Doblo Adventure, a marca passou a oferecer o motor 1.8 8V de origem GM, já usado no Stilo e na linha Palio. Ele substituiu o 1.6 16V importado e tinha 103 cv e 17 kgfm.

Em 2006, esse motor se tornou flex e ficou mais potente. O 1.8 flex passou a gerar 112 cv com gasolina e 114 cv com etanol, a 5.500 rpm, e torque de 17,8 e 18,5 kgfm, respectivamente, a 2.800 rpm. Além disso, ele adotou acelerador eletrônico no lugar do acelerador por cabo.

Já no fim de 2009, o Fiat Doblo ganhou um novo design – que é o mesmo usado na linha atual. O furgão familiar ganhou para-choques redesenhados na cor da carroceria, nova grade frontal com o logotipo Fiat no centro, faróis maiores polielípticos de dupla parábola, novas lanternas traseiras, entre outros. Por dentro, ganhou novos painéis de porta, colunas revestidas e novo painel de instrumentos.

Ele passou a receber também o motor 1.4 flex de 86 cv e 12,5 kgfm, herdado da família Palio e Punto.

O Doblo 7 lugares 2011 podia ser adquirido a partir da versão HLX 1.8. No modelo de entrada de ELX 1.4, havia de série somente o sexto lugar e o sétimo banco era um opcional.

Menos de um ano depois, em julho de 2010, o Fiat Doblo passou a usar o motor 1.8 16V E.torQ flex nas versões HLX, Adventure e Cargo. O motor é o mesmo da linha atual, com até 132 cv e 18,9 kgfm.

As últimas grandes novidades foram implantadas na linha 2014 do carro. Ele passou a contar com novos quadros de instrumentos, volante multifuncional redesenhado, painel com acabamento escurecido, novos porta-objetos, novos sistemas de som, novas rodas e calotas, entre outros.

Desde então, o Doblo 7 lugares recebeu apenas mudanças pontuais, como novas versões e equipamentos.

Fiat Doblo 7 lugares – versões

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

A atual linha do Fiat Doblo 2021 está disponível em apenas uma configuração, que leva sete ocupantes no interior.

O Fiat Doblo 7 lugares pode ser adquirido na versçao de acabamento Essence, com visual mais limpo e sem muitos diferenciais no interior. Antes havia também uma versão Adventure com design mais robusto e aventureiro, com direito a até um estepe preso na tampa do porta-malas.

De qualquer forma, o motor sempre foi o 1.8 flex E.torQ de 16 válvulas. Ao contrário da rival Chevrolet Spin 7 lugares (que tem opção de câmbio automático), o Fiat Doblo 7 lugares é oferecido somente com câmbio manual de cinco marchas.

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

Fiat Doblo 7 lugares – equipamentos

Fiat Doblo Essence 7 lugares 2021

Oferece itens como ar-condicionado, banco traseiro bipartido e rebatível, chave canivete com telecomando, direção hidráulica, rodas de aço de 15 polegadas com calotas, faróis com função follow me home, vidros dianteiros elétricos com one touch para descida, travas elétricas, volante ajustável em altura, computador de bordo, entre outros.

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

Fiat Doblo 7 lugares – preços

Confira abaixo os preços do modelo:

  • Fiat Doblo Essence 7 lugares 2021 – R$ 111.990

Como dá para notar, o preço do Doblo 7 lugares não é nada convidativo. Porém, boa parte das vendas do carro são efetuadas como venda direta, destinada a empresas, frotistas, entre outros. Neste caso, há descontos para vendas efetuadas com CPNJ e também para produtor rural.

Vale ressaltar ainda que os preços podem ficar ainda mais altos. O Doblo Essence 7 lugares, por exemplo, tem a opção do Pack Evolution, que custa R$ 4.550 e inclui rádio com Bluetooth, volante multifuncional em couro, limpador do vidro traseiro, retrovisores elétricos, sensor de estacionamento e faróis de neblina.

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

Fiat Doblo 7 lugares – motor

Debaixo do capô, o Fiat Doblo 2021 usa o motor 1.8 litro E.torQ flex de quatro cilindros e 16 válvulas.

Trata-se do mesmo motor já usado em modelos como Idea, Punto, Linea, Bravo, Palio Weekend e Strada e presente atualmente nos carros Argo, Cronos, Toro e Jeep Renegade (com aprimoramentos para ficar mais potente e eficiente).

O motor do modelo consegue desenvolver 130 cavalos de potência quando abastecido com gasolina ou 132 cv com etanol, a 5.250 rpm. Já o torque é de 18,4 e 18,9 kgfm, respectivamente, sempre a 4.500 giros. Ele está combinado a um câmbio manual de cinco marchas.

A tração do Doblo 2021 é sempre dianteira. Como opcional, o Doblo Adventure tinha o sistema Locker de bloqueio eletrônico do diferencial. Ele detecta quando uma roda gira em falso (num atoleiro, por exemplo) e transfere a sua força para a roda que não está atolada, permitindo o carro sair da lama sem o uso de reboque.

Doblo 7 lugares: versões, anos, modelos (e detalhes)

Fiat Doblo 7 lugares – consumo e desempenho

Segundo dados divulgados pela Fiat, o Doblo 7 lugares 2021 com seu motor 1.8 flex e câmbio manual pode acelerar de 0 a 100 km/h em 11,6 segundos. A velocidade máxima do carro é de 175 km/h.

Já a respeito do consumo, o modelo faz 6,4 km/l na cidade e 7 km/l na estrada abastecido com etanol e 9,3 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada com gasolina.

Como pode reparar, o Doblo 2021 não é muito rápido e econômico. Isso por conta da sua carroceria pouco aerodinâmica e também da ausência de algumas soluções mais modernas para contribuir na eficiência energética, como os pneus de baixa resistência à rolagem, proteção contra descarga da bateria e ventilador do radiador ainda com escovas.

Fiat Doblo 7 lugares – galeria de fotos

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.