Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção
Fiat Ducato

O Fiat Ducato 2022 é um comercial leve para quem busca um veículo para transporte de cargas ou passageiros no mercado brasileiro. Ele está disponível por aqui há duas décadas e foi renovado recentemente.

A nova geração do Ducato 2022 começou a ser vendida em nosso país no mês de janeiro de 2018. Ele deixou de ser produzido localmente na fábrica de Sete Lagoas (MG) e agora é importado diretamente do México.


Na sua nova linha 2022, o Ducato está disponível em dez configurações diferentes, incluindo versões Chassi, de carga (chamados de Cargo), de passageiros (batizados de Minibus) e duas Multi.

Os preços começam em R$ 178.990.

Veja abaixo tudo sobre o novo modelo da Fiat:

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

Fiat Ducato 2022 – detalhes

O Fiat é oferecido basicamente em Passageiro, Multi, Cargo e Chassi-cabine. O primeiro é feito apenas para o transporte de pessoas, seja em fretamento, executivo ou turismo.

Tem teto alto ou baixo e capacidade para 15 passageiros, além do motorista.

Com faróis duplos e grade simples, o comercial leve tem chassi longo com extensão entre as portas dianteiras e a lateral corrediça, que em acessórios do ramo, pode ter acionamento elétrico.

Os bancos podem ser reclináveis e em veludo, e ela pode ter também ar-condicionado de teto e faróis de neblina, entre outros.

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

No caso do Fiat Ducato 2022 na versão Multi, a diferença é que se trata de uma opção mais simples, que pode ser usada para transporte de funcionários dentro de uma fábrica, por exemplo, ou mesmo para transporte público.

Pode ter ar-condicionado ou faróis de neblina, entre outros. Essa versão permite ainda a remoção dos assentos para transporte de carga ou volumes. É mais barata que a Passageiro.

Ainda assim, tem chassi longo e teto alto. Há também versões específicas para ambulância e escolar, inexistentes anteriormente.

A versão Cargo, que é o furgão tradicional, agora tem versão Extra Longo com 6,35 m. Esta versão tem dois tamanhos de entre-eixos e também de altura. O Fiat Ducato 2022 nesta configuração apresenta espaço para carga de 9,5 m³, 11,5 m³ e 15 m³.

Nos dois primeiros, o teto é baixo e o chassi curto. Nos dois seguintes, o teto é alto, mas somente o último tem chassi longo, o mesmo da versão Passageiro.

O Chassi-cabine leva três pessoas e possui capacidade para receber diversos implementos, tais como baú, baú refrigerado, caçamba de madeira, entre outros.

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

Fiat Ducato 2022 – novidades

A linha 2022 do utilitário da Fiat, assim como ocorreu na linha 2020 e 2021, não teve grandes alterações, pois em 2019 a marca apresentou o veículo renovado.

Já oferecido nas concessionárias, o Fiat Ducato 2022 chega para brigar com a Renault Master, atual líder do segmento. Ele é o mesmo modelo oferecido no mercado europeu, embora seja um produto nascido em 2006, porém, passou por atualização recente, em 2014.

Ou seja, após 12 longos anos, finalmente a marca decidiu colocá-lo no país, onde a carteira de clientes é muito grande.

O Fiat Ducato 2022 manteve o propulsor diesel 2.3 Multijet II da geração anterior do produto, já que se trata de um motor atual e comercializado no mercado brasileiro há bastante tempo, entregando 130 cavalos de potência, a 3.600 rpm, e 32,6 kgfm de torque, a 1.800 rpm, associado a um câmbio manual de seis velocidades e tração dianteira.

A importação do México tira a linha de montagem do anterior, que era fabricado na planta da Iveco, em Sete Lagoas-MG.

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

Aqui, o Fiat Ducato 2022 é oferecido nas versões Ducato Cargo (9,5 m³, 11,5 m³ e 15 m³), Ducati Multi, Ducati Passageiro e Ducato Chassi, com preços que variam de R$ 178.990 a R$ 257.390 (sem opcionais).

No mercado internacional, o “novo” modelo é oferecido apenas na configuração Cargo, com compartimento com os mesmos 9,5 m³, 11,5 m³ ou 15 m³.

Outras opções deverão ser acrescentadas mais adiante, mas as versões Ambulância e Escolar sem dúvida chamam atenção pela praticidade em já estarem prontas para uso.

No visual, não há LEDs na dianteira como no exterior e o para-choque pode ser pintado na cor da carroceria.

O modelo tem portas traseiras que abrem em 270 graus, novos trilhos das portas laterais, volante multifuncional com piloto automático, novos porta-trecos e copos, sistema de iluminação melhorado, ajuste na calibragem da suspensão, bem como controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e luzes de frenagem de emergência.

O desenho do novo para-choque e dos faróis são iguais aos dos equivalentes da antiga PSA, mas a grade é diferente em cada um deles para receber a identidade visual das fabricantes.

Há também opção de rodas de liga-leve de 16 polegadas e novas tonalidades para a carroceria.

No Brasil, ele tem uma gama extensa de acessórios da Mopar e, entre eles, kits para conversão em diversas atividades, como pet shop móvel e food truck.

No exterior, o novo Ducato conta com motores diesel 2.0 Multijet de 115 cv com câmbio manual de cinco marchas, 2.3 Multijet de 130 ou 150 cv com transmissão manual de seis marchas e o 3.0 Multijet de 180 cv com o câmbio Comfort Matic.

Nas marcas francesas, os modelos Citroën Jumper e Peugeot Boxer contam com os motores HDI de 110 cv, HDI de 130 cv, HDI de 150 cv e HDI de 180 cv, com opção de start/stop, sempre com câmbio manual de seis marchas.

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

Fiat Ducato 2022 – versões

A linha do utilitário está disponível em diversas configurações diferentes, para se adaptar às preferências e necessidades dos proprietários.

Elas são divididas entre os modelos chassi, furgão e van para passageiros. Confira abaixo todas as versões disponíveis na gama:

  • Fiat Ducato Chassi 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Cargo Curto 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Ambulância SR 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Cargo Médio 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Maxicargo 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Ambulância SR L 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Multi 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Minibus Comfort 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Maximulti 2.3 Diesel 2022
  • Fiat Ducato Executivo 2.3 Diesel 2022

Fiat Ducato 2022 – equipamentos

Fiat Ducato Chassi 2022

Segurança: airbag de duplo estágio para o motorista, airbag do passageiro com duas fases de ativação para proteger duas pessoas no banco biposto, alternador de 150A, cintos de segurança retráteis com pré-tensionador e ajuste de altura, freios ABS, controle de estabilidade, assistente de partida em rampas, e freio a disco nas quatro rodas.

Conforto: apoio de braço dianteiro, banco do passageiro biposto, chave canivete com telecomando para abertura das portas, desembaçador com ar quente, direção hidráulica, vidros elétricos com one touch para descida do motorista, volante ajustável em altura e profundidade, travas elétricas, entre outros.

Tecnologia: painel com conta-giros, computador de bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso), entrada USB para carregamento de dispositivos no painel, predisposição para som com dois alto-falantes dianteiros, dois tweeters e antena, relógio digital, entre outros.

Visual e acabamento: rodas de aço de 16 polegadas com pneus 215/75 R16.

Opcionais:

  • Pack Comfort (R$ 7.800, com ar-condicionado e alarme).

Fiat Ducato Cargo Curto 2022

Segurança: recebe brake-light.

Visual e acabamento: ganha molduras de proteção laterais, portas traseiras com abertura de 270º e proteção parcial do vão de carga.

Opcionais:

  • Pack Comfort (R$ 8.100, com ar-condicionado, alarme e sensor de estacionamento).

Fiat Ducato Cargo Médio 2022

Mesmos equipamentos de série e opcionais do Ducato Cargo Curto 2022.

Fiat Ducato Maxicargo 2022

Mesmos equipamentos de série e opcionais do Ducato Cargo Médio 2022.

Fiat Ducato Multi 2022

Visual e acabamento: recebe apenas parede divisória com janela.

Opcionais:

  • Ar-condicionado (R$ 7.700)
  • Pack Tech (R$ 4.350, com central Uconnect de 5 polegadas, volante em couro, câmera de ré, sensor de estacionamento e alarme).

Fiat Ducato Maximulti 2022

Mesmos equipamentos de série do Ducato Multi 2022.

Opcionais:

  • Ar-condicionado (R$ 7.700)
  • Pack Tech (R$ 4.350, com central Uconnect de 5 polegadas, volante em couro, câmera de ré, sensor de estacionamento e alarme).

Fiat Ducato Minibus Comfort 2022

Segurança: agrega faixas reflexivas, luminárias LED 12V e martelos de emergência.

Conforto: ganha ar-condicionado (quando equipado com AC alternador 180A), banco do motorista com ajuste do assento em seis posições e ajuste lombar, bancos de três lugares na primeira, segunda e terceira fileiras e bancos fixos de quatro lugares na quarta fileira.

Tecnologia: traz tacógrafo digital e sensor taquimétrico na caixa.

Visual e acabamento: recebe revestimento de piso compensado Naval, revestimento do teto Salão em ABS e janelas laterais corrediças.

Opcionais:

  • Pack Tech (R$ 4.350, com central Uconnect de 5 polegadas, volante em couro, câmera de ré, sensor de estacionamento e alarme).

Fiat Ducato Executivo 2022

Conforto: ganha bancos traseiros reclináveis.

Visual e acabamento: traz molduras de proteção nas laterais e trilhos dos bancos embutidos.

Opcionais: os mesmos opcionais do Ducato Minibus Comfort 2022.

Fiat Ducato Ambulância SR 2022

Preparação para veículo ambulância.

Opcionais: nenhum.

Fiat Ducato Ambulância SR L 2022

Adiciona Abertura porta traseira 270°, Banco fixo para médico, com cinto de segurança, Bancos dianteiros individuais e parede com passagem cabine/salão, Maca retrátil em alumínio com regulagem de cabeça, Moldura de proteção nas laterais, Piso em compensado naval revestido em manta vinílica, Sirene eletrônica, Sistema de Ventilação e exaustão, Suporte para cilindro de oxigênio + cilindro de oxigenio 7L e Vidros climatizados verdes.

Opcionais: nenhum.

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

Fiat Ducato 2022 – preços

A partir de R$ 178.990, é possível levar a configuração mais em conta do modelo para a casa (ou para a empresa).

Este valor é correspondente à configuração Chassi com motor 2.3 turbodiesel, o mesmo utilizado nas demais variantes da gama.

Seus preços podem chegar a R$ 257.390. Porém, a variante topo de linha com todos os opcionais disponíveis pode beirar os R$ 265 mil.

  • Fiat Ducato Chassi 2.3 Diesel 2022 – R$ 178.990
  • Fiat Ducato Cargo Curto 2.3 Diesel 2022 – R$ 190.990
  • Fiat Ducato Ambulância SR 2.3 Diesel 2022 – R$ 222.890
  • Fiat Ducato Cargo Médio 2.3 Diesel 2022 – R$ 200.990
  • Fiat Ducato Maxicargo 2.3 Diesel 2022 – R$ 204.990
  • Fiat Ducato Ambulância SR L 2.3 Diesel 2022 – R$ 240.190
  • Fiat Ducato Multi 2.3 Diesel 2022 – R$ 207.990
  • Fiat Ducato Minibus Comfort 2.3 Diesel 2022 – R$ 231.890
  • Fiat Ducato Maximulti 2.3 Diesel 2022 – R$ 233.390
  • Fiat Ducato Executivo 2.3 Diesel 2022 – R$ 257.390

*Preços com base no configurador online da Fiat em outubro de 2021.

Fiat Ducato – problemas

Aqui, essa nova geração chega importada do México. Enquanto isso, o velho modelo tem alguns problemas, entre eles a suspensão da venda em Minas Gerais, ação movida pelo Procon-MG.

O motivo é a geração de três problemas em relação à falta de estanqueidade do cabeçote do motor.

A Fiat não teria substituído o cabeçote dos veículos de vários clientes e, por fim, não teria comunicado o defeito aos consumidores, colocando assim um produto com vício de qualidade no mercado.

O Procon-MG investigou o caso durante um ano e abriu um processo administrativo contra a Fiat Chrysler. Ela não quis assinar um termo de ajuste de conduta e uma nova audiência foi marcada posteriormente.

Com isso, o proprietário deve levar seu utilitário até um concessionário para verificação do cabeçote e, em caso de vazamento, exigir sua substituição em garantia.

O defeito pode ser notado com a perda de água do radiador, tampa do óleo esbranquiçada, fumaça branca no escape, dificuldade ou impedimento de partida ou superaquecimento do motor.

O cliente precisa também exigir o detalhamento do serviço em nota fiscal.

Fiat Ducato 2022 – motor

O motor F1AE0481N é de desenvolvimento da Iveco e equipa o modelo da Fiat há muitos anos. Ele é um motor de bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio com quatro válvulas por cilindro e duplo comando de acionamento.

Com 2.287 cm3 de volume, o propulsor italiano entrega 130 cv a 3.600 rpm e 32,7 kgfm a 1.800 rpm.

Trata-se de um motor já atualizado para o padrão Euro 5/Proconve L7 e não necessita de Arla 32, já que possui o sistema EGR, que é a recirculação de gases de escape para reduzir a emissão de dióxido de carbono, monóxido de enxofre e óxido de nitrogênio, este último bastante nocivo à saúde humana.

Com gerenciamento eletrônico, o propulsor tem um bom rendimento energético, fazendo 10 km/litro na cidade e 11 km/litro de diesel na estrada. Junto com ele, o Fiat Ducato 2022 conta com transmissão manual de cinco marchas com sistema de engate por cabos, que permite maior conforto e eficiência nos engates.

Diante desse conjunto, em média, o veículo precisa de 22 segundos para ir de 0 a 100 km/h e atinge máxima de 150 km/h.

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

Fiat Ducato 2022 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final 

  • Fiat Ducato 2.3 Cargo 2022 – 20 segundos e 156 km/h
  • Fiat Ducato 2.3 Chassi 2022 – 20 segundos e 156 km/h
  • Fiat Ducato 2.3 Cargo Longo 2022 – 22 segundos e 150 km/h
  • Fiat Ducato 2.3 Extra Longo 2022 – 22 segundos e 150 km/h
  • Fiat Ducato 2.3 Multi 2022 – 22 segundos e 150 km/h
  • Fiat Ducato 2.3 Passageiro 2022 – 22 segundos e 150 km/h

O Fiat Ducato 2022 tem um desempenho condizente para a categoria. O propulsor diesel 2.3 Multijet II tem uma boa resposta em baixas rotações, embora rapidamente atinja sua rotação máxima.

Com 130 cv e 32,7 kgfm, o motor gira entre 3.600 e 1.800 rpm, respectivamente, que é a faixa onde se atuam os máximos de potência e torque.

Equipado com transmissão manual de seis marchas, o comercial leve tem engates precisos e macios, garantindo conforto ao motorista, que dirige em posição elevada.

Com regimes de condução em baixa, o veículo comercial leve consegue manter uma faixa de 2.000 rpm com desenvoltura e também economia, fazendo em média 10 km/litro na cidade e de 11 a 12 km/litro na estrada.

O furgão curto chega a 156 km/h, mas a média dos demais é de 150 km/h. Além da boa saída, o italiano apresenta retomadas que atendem à proposta do veículo, que é transportar cargas e passageiros com segurança.

Assim, o modelo possui direção hidráulica bem leve e progressiva em estrada, freios com ABS e EDB que permitem frenagens fortes sem desequilíbrio do veículo, além de suspensão com calibração firme que melhora a estabilidade, em especial nas curvas.

Com McPherson na dianteira e eixo rígido na traseira, o modelo garante dirigibilidade, mas o conforto é apenas mediano.

Os bancos até são confortáveis, mas a suspensão firme faz com que a traseira pule muito nas ondulações de asfalto ou paralelepípedos, mas para o transporte de carga e passageiros, ela está na média do segmento.

Buracos, depressões e outras coisas ruins do asfalto são bem perceptíveis para quem está dentro. A acessibilidade é correta e o diâmetro de giro para manobras em locais apertados é bom.

Carregado, o modelo é obrigado a forçar bem o motor 2.3 Multijet II, elevando bastante o giro.

O comportamento do veículo se mostra neutro nesse modo, mas é perceptível a falta de resposta em baixa, motivada pela potência limitada e o torque, fazendo com que a van ou furgão percam o embalo mais facilmente em aclives longos ou em subidas de serra.

Se o motor diesel tivesse pelo menos 150 cv, o modelo teria uma resposta melhor em todos os regimes de trabalho. Carga e descarga é realizada de forma rápida e fácil, graças à porta lateral corrediça e as duas portas traseiras, de mesmo tamanho cada uma.

A plataforma de carga/baú é plana.

Fiat Ducato 2022: preço, motor, consumo, revisão e manutenção

Fiat Ducato 2022 – consumo

Cidade

  • Fiat Ducato 2.3 Chassi 2022 – 10 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Cargo 2022 – 10 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Cargo Longo 2022 – 10 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Extra Longo 2022 – 10 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Multi 2022 – 10 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Passageiro 2022 – 10 km/litro de diesel

Estrada

  • Fiat Ducato 2.3 Chassi 2022 – 12 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Cargo 2022 – 12 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Cargo Longo 2022 – 11 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Extra Longo 2022 – 11 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Multi 2022 – 11 km/litro de diesel
  • Fiat Ducato 2.3 Passageiro 2022 – 11 km/litro de diesel

Fiat Ducato 2022 – manutenção e revisão

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 2.3

15.000 km

R$ 1.000

30.000 km

R$ 1.120

45.000 km

R$ 1.396

60.000 km

R$ 1.448

Fiat Ducato 2022 – ficha técnica

Motor

2.3 Diesel

Tipo

Dianteiro, Longitudinal, Turbo e Diesel

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

2287

Válvulas

16

Taxa de compressão

16,2:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Diesel: 130 cv @ 3600 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Diesel: 32,7 kgfm @ 1800 rpm

Transmissão

Tipo

Manual 5 marchas

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Disco ventilado / Tambor

Direção

Tipo

Hidráulica

Suspensão

Dianteira

McPherson, barra estabilizadora

Traseira

Eixo rígido, barra estabilizadora

Rodas e Pneus

Rodas

Aço 16 polegadas

Pneus

205/75 R16

Dimensões

Comprimento total (mm)

4749 (curto) 5599 (longo) 6350 (extra longo)

Largura sem retrovisores (mm)

1998

Altura (mm)

2150 (teto baixo) 2450 (teto alto)

Distância entre os eixos (mm)

2850 (curto) 3700 (longo)

Capacidades

Porta-malas (litros)

ND

Tanque (litros)

90

Carga útil (kg)

1190 (minibus) 1540 (cargo)

Peso em ordem de marcha (kg)

1760 (cargo chassi curto) 2310 (cargo chassi longo)

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

ND

Fiat Ducato 2022 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.