Gasolina e diesel ficam mais caros nesta quinta-feira

combustivel gasolina
combustivel gasolina

Prepare o bolso, pois os combustíveis subirão novamente e a partir de quinta-feira (1) já estarão mais caros nas bombas dos postos, impactando mais uma vez (de forma negativa, é claro) na economia do país.

O motivo é que o ICMS da gasolina subirá R$ 0,15, elevando a alíquota para R$ 1,37 por litro. Por conta disso, o preço médio do derivado de petróleo passará de R$ 5,56 para R$ 5,71 por litro, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis).

A alta da gasolina não será isolada, já que o diesel também fica mais caro, com preço médio subindo além de R$ 6,00 por litro, pois o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) passou de R$ 0,94 para 1,06 por litro.

Como se sabe, o ICMS incidente sobre os combustíveis se tornou uma alíquota nacional, mas não usando percentual de cálculo, sendo assim aprovado o valor por consenso entre os Estados, dado que ainda é um tributo estadual.

Dessa forma, os combustíveis têm o mesmo acréscimo no preço por litro em todas as regiões do país. Com 27% de sua composição sendo de etanol anidro, a gasolina vem numa sequência de queda por conta da baixa cotação do combustível vegetal.

Segundo cálculos de economistas, gasolina e etanol mais baratos reduziram o IPCA-15 em janeiro para a menor taxa em cinco anos. Todavia, para a Petrobrás, a queda nos preços dos combustíveis afeta suas finanças.

Com margens menores, a petroleira nacional é impactada pelo aumento da cotação do barril de petróleo no mercado internacional, que só na semana passada, subiu 6% por conta da crise no Mar Vermelho, que está gerando instabilidade geopolítica.

Segundo a Abicom (Associação Brasileira dos Importadores de Combustível), no dia 26 de janeiro, a gasolina tinha preço na refinaria R$ 0,18 abaixo da paridade de importação.

No diesel, a diferença chegou a R$ 0,40. Por fim, o gás de cozinha sobe 18%, com alta de R$ 0,16 na alíquota de ICMS por kg, que agora é de R$ 1,41 por kg, fazendo o preço médio do botijão de 13 kg, passar de R$ 100,98 para R$ 103,60.

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X