GM: conheça as tecnologias híbridas na China que podem vir ao Brasil

chevrolet monza 1
chevrolet monza 1

Em seu “Dia do Fico”, a General Motors revelou que pode investir em carros híbridos no mercado nacional em sua longa transição para carros elétricos, conforme determinação de Detroit, que seja 100% em 2035.

Diante disso, a GM tem algumas opções já disponíveis em produtos da empresa em outros lugares, mais notadamente na China, onde Chevrolet e Buick possuem opções que podem servir no Brasil.

Uma delas, a mais acessível, consta a bordo de um carro com nome famoso no Brasil, o conhecidíssimo Chevrolet Monza, um sedã de porte médio que assumiu a posição tanto de Onix quanto de Cruze por lá.

Seu sistema híbrido leve é de 48 volts, consistindo em um alternador/gerador de acionamento por correia, que utiliza uma pequena bateria de lítio e possui capacidade tanto para recuperar energia quanto para contribuir para um torque maior em baixas rotações.

novo chevrolet traverse china 1
novo chevrolet traverse china 1

Esse sistema, conhecido como MHEV ou Mild Hybrid, será provavelmente o primeiro a chegar na GM e será integrado aos motores CSS Prime 1.0 e 1.3, ambos turbinados, mantendo assim a opções flex e reduzindo o consumo, além das emissões.

A mesma tecnologia pode ser aplicada às S10 e Trailblazer 2024 no motor diesel 2.8 litros em resposta à Hilux Hybrid, fazendo assim com que a Chevrolet siga Fiat, VW e Toyota com seus “híbridos flex.

Já a tecnologia HEV, revelada no Novo Chevrolet Traverse, ainda não teve seus detalhes técnicos revelados na China, onde será exclusivo, pois o SUV não terá versão híbrida comum nos EUA.

O que se sabe é que o motor 2.0 Turbo terá 203 cavalos, mas não se sabe esses números são combinados, porém, com o tamanho do motor, nesse formato não virá.

buick velite phev
buick velite phev

Se existir um HEV na Chevrolet no Brasil, será provavelmente com um 1.5 Turbo num SUV médio, como o próximo Equinox.

Por fim, um PHEV existe no Buick Velite 6 e usa um motor 1.5 litro com motor elétrico duplo e bateria de lítio da LG, mas da mesma forma do HEV, um PHEV somente em um carro de maior valor agregado, como o próximo Equinox.

Pela disposição da GM em observar a hibridização no país, provavelmente o MHEV dominará nos carros nacionais, enquanto os importados poderão ser somente elétricos, com exceção de um eventual Novo Equinox (a combustão), além da Silverado (padrão).

 

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!
Categorias GM

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X