Hatches Mercado

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Hatch médio é um segmento que nunca teve um membro no topo das vendas no Brasil, embora na Europa, o líder do mercado seja também o segundo carro mais vendido da história, o VW Golf. Aqui, eles ainda perdem para os sedãs médios, mas continuam a ter boa parcela dos consumidores de maior poder aquisitivo, que dispensam porta-malas, mas querem um carro com visual mais esportivo e não deixam de lado conforto,sofisticação e bom desempenho.


No Brasil, os hatch médios começam com motor 1.4 e vão até 2.0. Mas não significa que o desempenho esteja intimamente relacionado com a cilindrada do motor. O que difere realmente é a tecnologia embarcada. Ainda existem os hatch médios do segmento Premium, mas isto fica para outra matéria. Vamos falar dos modelos com preços entre R$ 40.000 e R$ 80.000. Apesar do preço de tabela, alguns podem ser encontrados por preços menores em revendas autorizadas ou independentes.

As principais marcas possuem representantes no segmento, mas há ausências consideráveis entre os japoneses. Alguns são feitos no Brasil, mas há modelos oriundos da Argentina, China, Coréia do Sul, Europa, Japão e México, por exemplo. Vamos aos modelos: Chery Cielo, Chevrolet Cruze Sport6, Citroën C4, Fiat Bravo, Ford Focus, Hyundai i30, Hyundai Veloster, Nissan Tiida, Peugeot 308, Subaru Impreza, Suzuki SX4, VW Fusca e VW Golf.

A lista acima é bem interessante, já que temos de tudo um pouco. Desde modelos com o pacote mais simples até modelos sofisticados com motor turbo ou tração integral. Alguns têm preço bom, outros cobram valores que não condizem com a proposta e alguns são surpreendentemente baratos pelo nível tecnológico oferecido. Praticamente todos podem ter: ABS, airbag duplo, trio elétrico, ar condicionado, rodas de liga leve, sensor de estacionamento, CD/MP3, entre outros.


Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Começando a lista, temos o Chery Cielo. Não parece, mas ele é um hatch médio. Tem motor 1.6 com 119 cv e visual europeu, apesar de ser chinês. Destaque para o grupo ótico, especialmente o traseiro, feito em LEDs. Tem o padrão exigido para a maioria dos carros. Custa R$ 43.990, mas pode ser encontrado por bem menos, já que existem unidades 11/12 ainda nas lojas.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Depois temos o Chevrolet Cruze Sport6. O hatch médio da GM vem na esteira do antigo Vectra GT/GTX. Ele tem bom visual e se destaca pelo conjunto de equipamentos de série, destacando-se ESP, múltiplos airbags, sistema de áudio completo, entre outros. Tem motor 1.8 Flex com 140/144 cv e pode ter transmissão manual ou automática, ambas de seis marchas. Os preços começam em R$ 62.350.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

O Citroën C4 já está perto de ganhar uma nova geração no Brasil, oriunda da Argentina como a atual. Ainda tem estilo moderno e se destaca pelo painel digital com volante multifuncional de centro fixo, únicos no mercado. Pode ser encontrado com bons descontos e tem motores 1.6 Flex de até 113 cv e 2.0 com até 151 cv. Os preços partem de R$ 51.653.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Agora é a vez do Fiat Bravo. O hatch médio italiano naturalizou tarde por aqui, mas agrada pelo sempre belo estilo com apelo emocional e esportivo. Seu visual é talvez sua maior arma, embora tenha ótimo conjunto de equipamentos, além de oferecer motor 1.8 Flex com até 132 cv e o menor motor de todos, o 1.4 Turbo com 152 cv na versão T-Jet. É o único que tem câmbio automatizado, o famoso Dualogic. Tudo isso começa a partir de R$ 54.210.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Ford Focus. Este é outro com data marcada para sair linha e ser substituído por uma nova geração, embora seja o atual líder do segmento. Bom, a data é a Ford quem sabe, mas não está tão longe assim. Feito na Argentina, o modelo ainda apresenta bom visual e plataforma muito moderno, tanto que ainda é base para carro Premium, o também hatch Volvo V40, embora tenha sido modificada. Há bom nível de equipamentos e conforto, oferecendo motor 1.6 Flex de até 115 cv e 2.0 Flex com até 148 cv. Há opção automática e os preços iniciam em R$ 53.000.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

O Hyundai i30 fez fama no mercado e liderou as vendas do segmento por um bom tempo. Na nova geração, o modelo perde o disputado bloco 2.0 de 145 cv por um 1.6 Flex com meros 128 cv. Ainda se aguarda um 2.0 Flex. O nível tecnológico é muito bom, mas o preço é injusto: R$ 75.000. O valor é o mesmo de modelos 2.0. O estilo é uma arma poderosa e fará cheques serem assinados mesmo diante de argumentos negativos.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Se o hatch médio acima pode vender por sua imagem, o próximo da lista prometia também algo mais. O Hyundai Veloster não parece, mas é um hatch de porte médio. O visual é muito bom, mais ainda com a traseira caída e musculosa, sendo um diferencial maior do que a terceira porta lateral. Alvo de uma campanha de marketing que não precisa de maiores comentários, o modelo tem apenas 128 cv em seu bloco 1.6 e não é o que os clientes achavam que estavam comprando. Mesmo assim, hoje é possível achá-lo a partir de R$ 75.000.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Nissan Tiida. O hatch médio japonês é oriundo das “águas quentes” do México e tem estilo antiquado. Pede uma nova geração há algum tempo e o que se vê no horizonte não é exatamente do mesmo segmento. Ainda assim, oferece pacote interessante, acabamento bom, motor 1.8 Flex com até 126 cv e preço, começando por R$ 49.190.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

O Peugeot 308 atualizou o leão no Brasil em relação à França. Tem estilo esportivo e chama atenção, ainda mais por suas formas musculosas e o nariz proeminente. O atual é um bom carro e apresenta bom acabamento, assim como conteúdo tecnológico avançado, incluindo motor 1.6 THP com 165 cv, além de 1.6 StartFlex (sem tanque de partida frio) e 2.0 com até 151 cv. Existe também uma versão conversível, mas aí é outra história. A boa notícia é que o próximo terá plataforma modular e será muito mais sofisticado, além de também ser feito no país vizinho.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Subaru Impreza com preço de carro médio nacional? Sim, claro. Nem tudo parece tão caro assim na terra do “Custo Brasil”. O hatch médio japonês é importado de sua própria casa, o que significaria preços exorbitantes em outras marcas nipônicas. Mas não se engane, pois ele mesmo pode custar mais de R$ 200.000 em sua versão (muito, mas muito) esportiva. Pode ser encontrado a partir de R$ 74.000. Ele oferece motor 2.0 de 160 cv e tração integral, quase exclusivo no segmento. Em processo de mudança, por esse preço só a geração anterior, que não significa ser ruim, pelo contrario.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Quando falamos que o hatch médio acima era quase exclusivo quanto à tração integral, era porque havia outro modelo japonês com o mesmo item. Este é o Suzuki SX4, que apesar de ser chamado de crossover e ter visual alusivo, é um legítimo hatch médio. Além das quatro rodas motrizes, ele apresenta bom acabamento, suspensão elevada, conteúdo interessante e motor 2.0 com 145 cv. É pouco visto e parece ser caro demais. Mas não é. Os preços sugeridos partem de R$ 65.990.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Ele nasceu como um sedã e se tornou um dos ícones mundiais da indústria automotiva e cultura contemporânea. O VW Fusca voltou ao Brasil em sua terceira geração (segunda com mesmo nome) e pode-se dizer que é o mais desejado dos hatch médios. Importado do México, o popular besouro agora é esportivo e caro. Com motor 2.0 TSI de 200 cv, ele tem excelente desempenho e parte de R$ 77.890. Muitos (e nós também) desejam versões mais baratas do clássico alemão.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno

Por fim, ele parece ser o hatch médio mais aguardado no Brasil, mas por enquanto, aposta no nome e na geração de 1998 para continuar vendendo. Este é o VW Golf. Já citado no começo da matéria, aqui ele já está cansado visualmente, mesmo após facelift. Ainda é admirado por muitos e há muitos que ainda desejam ter um 0 km na garagem. Tem conjunto acertado e já foi muito mais poderoso que as versões atuais. Hoje ele tem motor 1.6 Flex de até 103 cv e 2.0 8V Flex de até 120 cv. O consagrado alemão parte de R$ 51.010.

Enfim, estes são os hatch médios “não Premium” do mercado nacional. Gostou de algum deles? Então é hora de ir às compras ou aguardar, quem sabe, as novas gerações que estão por vir.

Hatch médios para quem quer visual esportivo e porta-malas pequeno
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email