Híbridos flex: Stellantis parte em 2024 e VW ainda sem data

bio hybrid stellantis2
bio hybrid stellantis2

Atualmente o mercado só fala em carros elétricos e não seria diferente, afinal, são os carros a bateria que estão chamando atenção do público com seus preços competitivos, porém, algumas montadoras querem virar o disco.

Toyota, Stellantis e Volkswagen querem tocar o vinil no lado B e com a agulha começando na faixa de 2024, ano em que a Stellantis afirma iniciar a produção de carros híbridos flex, com a japonesa ponto data em seu terceiro eletrificado feito no país.

Carlos Kitagawa, CFO da Stellantis para a América Latina, falou durante o Congresso AutoData Perspectivas 2024, revelando que a plataforma BioHybrid da empresa começa a ser feita em 2024.

Kitagawa disse: “A nossa região é muito significativa para a Stellantis no mundo e nós temos, sem dúvida, a crença de que continuaremos a investir muito forte aqui. Então, sim, estamos prestes a anunciar o maior investimento da indústria automotiva aqui do Brasil e isto será em breve porque inclui nosso processo de descarbonização”.

jetta hybrid 5
jetta hybrid 5

A Stellantis pretende produzir as tecnologias eletrificadas BioHybrid com sistemas MHEV, HEV e PHEV em Goiana, Pernambuco, onde a empresa se beneficia do Regime Automotivo do Nordeste, defendendo que industrializou a região, levando consigo 38 fornecedores.

Enquanto isso, a Volkswagen – outra que defende o híbrido flex – ainda não tem data para iniciar a produção de carros com essas tecnologias, embora o sindicato dos trabalhadores do ABC tenha fechado acordo para isso ocorrer a partir de 2027.

Ciro Possobom, CEO da Volkswagen do Brasil e também presente no evento, comentou: “Acreditamos em várias soluções. Nosso foco ainda está no motor a combustão e temos uma vantagem muito grande no Brasil, da nossa matriz energética ligada ao etanol, o que faz com que nosso carro seja bom para o meio ambiente e acessível para a população.”

Possobom falou sobre a demora na transição para a eletrificação no país, que poderia derrubar o mercado se todos fossem imediatamente nesse caminho: “Somos prudentes neste ponto, então ofereceremos a nossos clientes carros a combustão, híbridos e, claro, elétricos”. Agora é esperar para ver.

[Fonte: Auto Data ]

 

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X