Horse: Renault terá Geely como sócia na fábrica do Brasil

renault motor

A Renault acompanhou outros fabricantes europeus e americanos no sentido de dividir suas operações para ampliar a receita e também separar seus objetivos futuros, como carros elétricos, principalmente.

Em sua divisão, a Renault criou a Horse, uma divisão que agregou a partir de 1 de julho, todas as fábricas de carros comuns da empresa (inclusive no Brasil), assim como de motores, transmissão e toda a estrutura que envolve os veículos de combustão interna.

Sediada em Madri, a companhia espanhola Horse passa a administrar oito fábricas de veículos e motores espalhadas pelo mundo, sendo que as plantas produzem 3,2 milhões de carros anualmente.

Com 9.000 funcionários, a Horse nasce com três centros de Pesquisa & Desenvolvimento, além de presença global em sete países: Brasil, Argentina, Chile, Espanha, Portugal, Romênia e Turquia.

Além dos carros a combustão comuns, a Horse assume o desenvolvimento de carros híbridos leves e comuns, além de combustíveis alternativos, como sintéticos, hidrogênio, GLP, GNV e etanol, por exemplo.

Atendendo as marcas Renault, Dacia, Nissan e Mitsubishi, a Horse terá uma missão importante de manter os motores a combustão por mais tempo, aliviando assim a matriz francesa desse trabalho.

Com a alta eletrificação na Europa, com a própria Renault indo nessa direção, marcas como a Dacia e as operação da francesa em regiões como a América Latina, serão beneficiadas com o desenvolvimento promovido pela Horse.

Além disso, a Horse terá 50% de suas ações nas mãos da Geely, iniciando assim uma parceria com início de fabricação conjunta na Coreia do Sul, com um novo carro criado a partir de um modelo da marca chinesa.

A joint-venture envolverá as empresa Horse, Aurobay e Aramco, mas ainda não se sabe exatamente o quanto de tecnologia a Geely cogita aplicar na Horse, já que o próprio negócio foi alvo de uma disputa interna na aliança Renault-Nissan-Mitsubishi sobre os direitos industriais das marcas japonesas.

Juntas, Horse e Aurobay (da Geely), terão 19.000 empregados, 22 fábricas e produzirão nada menos que 5 milhões de carros anualmente.

 

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!
Categorias Sem categoria

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X