Land Rover SUVs

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)
Land Rover Freelander

O Land Rover Freelander 2 foi vendido no mercado brasileiro por cerca de nove anos e, durante este tempo, foi o responsável por boa parte das vendas da marca no Brasil.

Durante anos, o Land Rover Freelander 2 respondeu por 50% de tudo que a Land Rover emplacava por aqui.


Parte deste sucesso foi devido aos preços mais baixos do carro em comparação aos outros SUVs da linha. O Freelander 2 era o carro mais barato da marca por aqui, com preço inicial na casa dos R$ 130 mil.

Enfrentava modelos como Honda CR-V, Toyota RAV4 e Volvo XC60.

Na realidade, o Freelander é vendido no Brasil desde 1997. Porém, foi o Freelander 2 (de segunda geração) que fez mais sucesso e marcou a história da Land Rover.


Veja abaixo tudo sobre o carro:

Land Rover Freelander – história

Chegada do Land Rover Freelander 2 em 2007

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Dez anos após o lançamento da primeira geração, o Land Rover Freelander 2 chegou como a segunda geração da linha do SUV.

O novo modelo começou a ser vendido por aqui em maio de 2007, cerca de um ano após a chegada da nova geração lá fora. E o melhor: foi anunciado pelos mesmos preços da gama anterior.

Com mudanças consideráveis em todos os sentidos, o novo Freelander 2 2007 partia de R$ 132 mil na versão de entrada S, R$ 145 mil na intermediária SE e R$ 169 mil na topo de linha R$ 169 mil.

Competia diretamente com modelos como Honda CR-V e Toyota RAV4, ambos com preço na casa dos R$ 130 mil.

No visual, o Freelander 2 adotou formas mais modernas e alinhadas com os lançamentos recentes da Land Rover.

Uma das principais novidades foi a remoção do estepe preso na tampa do porta-malas, agora posicionado no interior do porta-malas. O interior também evoluiu consideravelmente, com direito a um acabamento mais esmerado e novos recursos.

Em comparação com sua antiga geração, graças ao uso de uma nova plataforma, o novo Land Rover Freelander ficou 5 centímetros mais longo, 10 cm mais largo e 3,2 cm mais alto.

Oferece ainda 22 cm de vão-livre e a possibilidade de transpor trechos alagados com até 50 cm de profundidade.

Já o porta-malas foi ampliado em 40%, passando a acomodar 755 litros ou até 1.670 l com o banco traseiro rebatido.

O motor foi herdado do Volvo S80. Trata-se de um 3.2 litros de seis cilindros, com duplo comando variável no cabeçote, capaz de gerar 233 cavalos de potência, a 6.300 rpm, e 32,2 kgfm de torque, a 3.200 rpm.

O antigo usava um 2.5 V6 de 177 cv e 24,5 kgfm. A transmissão passou a ser uma automática sequencial de seis marchas. A tração é sempre 4×4.

Segundo dados da Land Rover, o Freelander 2 vai de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e atinge velocidade máxima de 200 km/h.

As versões mais caras do carro oferecem sistema de tração Terrain Response, sistema de navegação via satélite, sistema de som com entrada para iPod, teto solar duplo, faróis xênon com fachos direcionais, sete airbags, partida por botão, piloto automático, ar-condicionado automático de duas zonas, bancos dianteiros com aquecimento, banco do motorista com ajuste elétrico e memória, entre outros.

Freelander 2 2009 traz mudanças sutis em 2008

Para a linha 2009 e como suas primeiras mudanças, o Land Rover Freelander 2 chegou em outubro de 2008 com pequenas novidades.

O carro adotou novos bancos com revestimento em couro perfurado, aerofólio traseiro, maçanetas das portas com pintura preta, para-choques e spoilers na cor da carroceria e detalhes internos cromados.

Além disso, a configuração topo de linha HSE passou a contar com rodas de liga-leve de 19 polegadas.

Os preços variavam de R$ 132 mil a R$ 169 mil.

Nova linha Freelander 2 2010 com novidades em 2009

Em outubro de 2009, outras mudanças para o SUV.

O Freelander 2 2010, que já respondia por 50% das vendas da Land Rover no Brasil, ganhou bancos dianteiros com até oito níveis de ajustes elétricos, painel de instrumentos com relógio digital e novas opções de cores para a carroceria e revestimentos para a cabine.

Ainda entre as novidades, o Freelander 2 SE 2010 recebeu faróis bi xênon de série. Os preços foram mantidos, indo de R$ 132 mil a R$ 169 mil.

Edição limitada Freelander 2 Sport em 2010

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Já em agosto de 2010, o Freelander 2 ganhou sua primeira edição especial. A marca lançou o Freelander 2 Sport Limited Edition, com produção limitada a 150 unidades, cada uma vendida pelo preço de R$ 129 mil.

O SUV especial se diferenciava pela grade dianteira, saídas de ar nos para-lamas dianteiros com pintura na cor preta, aerofólio traseiro e rodas de 19 polegadas.

O interior trouxe bancos em couro preto com detalhes em tecido e a inscrição “Sport” nos encostos de cabeça, painel com acabamento cinza e tapetes exclusivos.

Freelander 2 com outras melhorias e motor diesel em 2011

Pulando para 2011, mais precisamente em junho, o Land Rover Freelander 2 ganhou uma nova opção de motor.

Além do 3.2 litros de seis cilindros, o SUV passou a ser vendido com um 2.2 litros SD4 turbodiesel de quatro cilindros, esta para as configurações S (R$ 129,9 mil), SE (R$ 147,9 mil) e HSE (R$ 172,9 mil).

O propulsor 2.2 litros a diesel do carro tem turbina de geometria variável e injeção direta de combustível e pode render 190 cavalos de potência, a 3.500 rpm, e 42,8 kgfm de torque, a partir de 1.750 giros.

Ele está acoplado a um câmbio automático de seis marchas e sistema de tração 4×4.

A Land Rover diz que o SUV vai de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos e atinge velocidade máxima de 190 km/h.

Seu consumo médio combinado é de 14,3 km/l, o que garante uma autonomia de 970 km com seu tanque de combustível com capacidade para 68 litros.

Ele ganhou também novidades no visual, com mudanças nos faróis e lanternas, para-choques e grade dianteira, além de novas rodas de liga-leve de 17, 18 ou 19 polegadas.

O interior agora tem novas opções de acabamento e novas cores para os bancos em couro.

Edição especial Freelander 2 Dynamic em 2012

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

A última edição especial do Freelander 2 foi lançada em julho de 2012. O Freelander 2 Dynamic chegou limitado a somente 90 unidades, com preço sugerido de R$ 170 mil.

Ele tem saias laterais, spoilers, aerofólio traseiro e para-choques exclusivos.

O interior é decorado com bancos revestidos em couro com detalhes contrastantes em vermelho ou branco, o mesmo acabamento encontrado no painel e nas portas.

Na mecânica, o mesmo motor 2.2 SD4 a diesel de 190 cv.

Freelander 2 herda motor 2.0 turbo do Evoque em 2013

As últimas mudanças do Land Rover Freelander 2 surgiram em março de 2013, com a adoção de um novo motor a gasolina herdado do Evoque e também mudanças sutis no visual e no interior.

Sob o capô, o SUV passou a ostentar um motor 2.0 litros Si4 turbo de quatro cilindros a gasolina, que rende 240 cavalos de potência, a 6.000 rpm, e 34,6 kgfm de torque, a 1.750 rpm, também com câmbio de seis marchas e tração 4×4.

Atinge os 100 km/h em 8,8 segundos e velocidade máxima de 200 km/h.

Já o visual recebeu novos faróis e lanternas em LED, luzes diurnas em LED, faróis de neblina redesenhados, grade frontal com acabamento preto e rodas que variam de 17 a 19 polegadas.

O interior agora tem um novo painel de instrumentos com tela de cinco polegadas, sistema Terrain Response acionado por botões, freio de mão eletrônico e uma nova central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas.

Além disso, o Freelander 2014 adotou sistema de som Meridian em duas opções: 11 alto-falantes e 380 watts ou 17 alto-falantes e 825 watts, ambas com subwoofers.

Fim de linha do Freelander 2 em 2016

Com a chegada do Ranger Rover Evoque, o Land Rover Freelander 2 foi perdendo o seu espaço no mercado brasileiro.

A situação piorou ainda mais em 2014, quando a marca lançou o inédito Discovery Sport, declarado o sucessor do Freelander a ocupar o espaço de SUV de entrada da marca no mercado brasileiro.

O Freelander 2 foi desaparecendo das concessionárias da Land Rover no primeiro semestre de 2016, ou quase um ano e meio após o lançamento do Discovery Sport.

Na época, o SUV era oferecido com bons descontos em cima do preço de tabela.

Hoje é possível encontrar o Land Rover Freelander 2 somente no mercado de seminovos e usados.

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Land Rover Freelander – detalhes

Quando o primeiro Freelander chegou, muitos puristas olharam torto para a novidade da Land Rover. Ele foi o primeiro carro da marca com estrutura monobloco.

Porém, 14 anos após o seu lançamento, o SUV já acumulava mais de 250 mil unidades produzidas em todo o mundo. No Brasil, ajudou a marca a aumentar suas vendas em mais de 50%.

Assim como quase todo bom e velho Land Rover, o Freelander 2 é aquele tipo de SUV com visual arrojado, interior refinado e conjunto capaz de entregar um bom nível de conforto e ainda uma capacidade fora de estrada superior à de outros modelos da mesma faixa de preço.

Além disso, oferecia uma excelente relação custo benefício, com preços inferiores aos dos outros SUVs da Land Rover e uma lista de equipamentos adequada.

Para quem buscava por um carro com vocação off-road, o Land Rover Freelander 2 também atende bem.

Dispõe de recursos como tração 4×4 de série e anda o sistema Terrain Response, que ajusta vários parâmetros do carro para oferecer o melhor desempenho na areia, lama, grama/neve, pedras e outras situações.

Ou seja, o Freelander é um carro bastante versátil e com o requinte entregue pelos Land Rover’s. Todavia, acaba exigindo uma certa cautela na manutenção, que deve ser realizada em oficina especializada e por mecânicos qualificados.

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Land Rover Freelander – versões

O Land Rover Freelander 2 foi vendido nas versões de acabamento S, SE e HSE.

Porém, a Land Rover chegou a ofertar também as edições especiais Sport em 2010 e Dynamic em 2012, sendo que esta última virou uma versão fixa da gama a partir de 2013.

Land Rover Freelander – equipamentos

Land Rover Freelander 2 S

Segurança: airbags frontais, laterais, de cortina e para os joelhos do motorista, freios ABS, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, controle de descida, controle de estabilidade de rolagem de carroceria, freio de estacionamento eletrônico, sistema de controle de torque, assistente de partida em rampas, retrovisores externos com aquecimento, entre outros.

Conforto: ar-condicionado automático de duas zonas, piloto automático, bancos em couro com ajuste manual, apoio de braço traseiro e porta-copos, chave presencial, partida do motor por botão, retrovisores externos com ajustes elétricos e rebatimento elétrico, direção hidráulica, entre outros.

Visual e acabamento: faróis halogenos com lavadores, faróis de neblina, rodas de liga-leve de 17 polegadas, entre outros.

Tecnologia: sistema de som com rádio, CD player e display colorido de cinco polegadas, volante com comandos de som, sensor de estacionamento traseiro, sensor de chuva, faróis com acendimento automático, sistema Terrain Response, entre outros.

Land Rover Freelander 2 SE

Segurança: conta com faróis de xênon com lavadores.

Conforto: tem ainda bancos com ajustes elétricos, memória de regulagem para o assento do motorista, apoio de braço traseiro e porta-copos, retrovisores externos com memória, entre outros.

Visual e acabamento: se diferencia pelo jogo de tapetes, rodas de liga-leve de 18 polegadas, entre outros.

Tecnologia: agrega sistema de som Meridian com 11 alto-falantes, subwoofer e 380 watts de potência, central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, câmera de ré, sensor de estacionamento dianteiro, entre outros.

Land Rover Freelander 2 HSE

Segurança: ganha faróis de xênon adaptativos com lavadores.

Visual e acabamento: oferece bancos revestidos em couro Windsor, acabamento interno em preto brilhante, teto solar elétrico panorâmico, rodas de liga-leve de 19 polegadas, entre outros.

Tecnologia: recebe sistema de som Meridian com 17 alto-falantes, subwoofer e 825 watts, sistema de navegação GPS, entre outros.

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Land Rover Freelander – preços

Confira os preços do Freelander 2 no mercado de usados:

Freelander 3.2 Gasolina

  • Freelander 2 S 3.2 Gasolina: de R$ 35.860 (2007) a R$ 61.300 (2012)
  • Freelander 2 SE 3.2 Gasolina: de R$ 38.980 (2007) a R$ 63.260 (2012)
  • Freelander 2 HSE 3.2 Gasolina: de R$ 39.460 (2007) a R$ 71.330 (2012)

Freelander 2.2 Diesel

  • Freelander 2 S 2.2 SD4 Diesel: de R$ 70.200 (2011) a R$ 114.120 (2015)
  • Freelander 2 SE 2.2 SD4 Diesel: de R$ 70.400 (2011) a R$ 117.370 (2015)
  • Freelander 2 HSE 2.2 SD4 Diesel: de R$ 75.090 (2011) a R$ 141.460 (2015)

Freelander 2.0 Turbo Gasolina

  • Freelander 2 S 2.0 Si4 Gasolina: de R$ 76.240 (2013) a R$ 122.680 (2015)
  • Freelander 2 SE 2.0 Si4 Gasolina: de R$ 88.490 (2013) a R$ 129.010 (2015)

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Land Rover Freelander – motor

As primeiras unidades do Freelander 2 saíram equipadas com um motor 3.2 litros de seis cilindros em linha, com duplo comando de válvulas no cabeçote.

Ele rende 233 cavalos de potência com gasolina, a 6.300 rpm, e 32,3 kgfm de torque, a 3.200 rpm.

Anos depois, o SUV da Land Rover recebeu a opção do motor 2.2 litros SD4 turbodiesel de quatro cilindros, este com 190 cv, a 4.000 rpm, e 42,8 kgfm, a 1.750 rpm.

Passou a contar também com o 2.0 litros Si4 turbo de quatro cilindros, o mesmo usado no Range Rover Evoque. Tal motor rende 240 cv, a 6.000 rpm, e 34,6 kgfm, a 1.750 rpm.

Em todos os casos, há um câmbio automático sequencial de seis marchas e tração 4×4.

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Land Rover Freelander – desempenho

Confira os números de desempenho do Land Rover Freelander 2:

Land Rover Freelander 2 3.2 Gasolina (2007 a 2012)

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos
  • Velocidade máxima de 200 km/h

Land Rover Freelander 2 2.2 SD4 Diesel (2011 a 2016)

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos
  • Velocidade máxima de 190 km/h

Land Rover Freelander 2 2.0 Si4 Gasolina (2013 a 2016)

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 8,8 segundos
  • Velocidade máxima de 200 km/h

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)

Land Rover Freelander – consumo

Veja abaixo os números de consumo do Freelander 2:

Land Rover Freelander 2 3.2 Gasolina (2007 a 2012)

  • 5,5 km/l na cidade e 8 km/l na estrada com gasolina

Land Rover Freelander 2 2.2 SD4 Diesel (2011 a 2016)

  • 8 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com gasolina

Land Rover Freelander 2 2.0 Si4 Gasolina (2013 a 2016)

  • 6 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada com gasolina

Land Rover Freelander – ficha técnica

Motor

3.2

2.2 SD4

2.0 Si4

Tipo

Dianteiro, transversal, gasolina

Dianteiro, transversal, turbodiesel

Dianteiro, transversal, gasolina

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

3.192

2.179

1.999

Válvulas

24

16

16

Taxa de compressão

10,8:1

15,8:1

10:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Direta

Direta

Potência Máxima

233 cv a 6.300 rpm

190 cv a 4.000 rpm

240 cv a 6.000 rpm

Torque Máximo

32,3 kgfm a 3.200 rpm

42,8 kgfm a 1.750 rpm

34,6 kgfm a 1.750 rpm

Transmissão

Tipo

Automático de 6 marchas

Automático de 6 marchas

Automático de 6 marchas

Tração

Tipo

4×4

4×4

4×4

Freios

Tipo

Disco ventilado (dianteira) e disco sólido (traseira)

Disco ventilado (dianteira) e disco sólido (traseira)

Disco ventilado (dianteira) e disco sólido (traseira)

Direção

Tipo

Hidráulica

Hidráulica

Hidráulica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Traseira

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 18 ou 19 polegadas

Liga-leve de 18 ou 19 polegadas

Liga-leve de 18 ou 19 polegadas

Pneus

255/55 R18 ou 235/55 R19

255/55 R18 ou 235/55 R19

255/55 R18 ou 235/55 R19

Dimensões

Comprimento (mm)

4.500

4.500

4.500

Largura (mm)

1.910

1.910

1.910

Altura (mm)

1.740

1.740

1.740

Distância entre-eixos (mm)

2.660

2.660

2.660

Capacidades

Porta-malas (litros)

755

755

755

Tanque (litros)

68

68

68

Carga útil (kg)

550

550

550

Peso em ordem de marcha (kg)

1.775

1.805

1.775

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

ND

ND

ND

Land Rover Freelander – fotos

Land Rover Freelander: história, versões, preços, motor (e consumo)
Nota média 3 de 2 votos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Mayck Colares

    Temos uma aqui em casa desde 2011 SE Diesel. Está com 130 mil km. Um carrão! Tínhamos uma Toro flex 16/17 com 30 mil km e tava destruída andando pelos mesmos caminhos que a Freelander passa (terra batida simples). O carro tá muito inteiro. Só acaba sendo dificil a revenda e pela km alta.

    • Natanael Garcia

      questão de manutenção, é muito alto. ?

      • Mayck Colares

        Sim ele fez uma boa parte na Land Rover era 4, 5k toda vez. Aí agora está fazendo em um mecânico de confiança reduziu bastante os custos.

  • LArtur

    Boa viatura, acho que dos LR era o que menos dava manutenção. Em 2013 cruzei com um na Patagônia em expedição, tinha dados uns paus na eletrônica, o dono tava meio cabreiro de continuar a viagem, hahahaha

    • Baetatrip

      … famoso problema da LR….. adora dar pau na eletronica……… Pois nao passa confiança!

  • Aquele tipo de carro que o preço é atrativo e a bomba é certa.
    Carro de um dono só. Manutenção cara pra quem não pode bancar… e pepino pra quem não sabe o que se tem em mãos.

  • El Gato!

    Sempre ouvi duas “vertentes de pensamento” em relação às Freelander: aqueles que amam a robustez e aqueles que detestam os problemas eletrônicos. Sempre admirei o carro, mas não ao ponto de dar um lugar para ele na minha garagem. Se eu dia eu precisar de algo mais espaçoso do que um sedan médio, quem sabe.

    • MarcosGojira

      o espaço dele é o mesmo ou até menor que um sedan médio

    • Eduardo Alves

      Eu pequisei um tempo atrás para comprar , e do que eu achei , li relatos e videos, a ultima coisa que penso sobre Land Rovers são que sao robustos .No caso do Freelander, o que eu vi de caso de diferencial bixado e problema eletrico é desanimador. Fui vendo varios videos sobre os Discoverys e Range Rovers Sports e pra ser sincero, são os famosos carros que o rico nao quer e o pobre nao da conta de manter. ( meu caso kkk)

  • Ricardo

    Segue a estatística: das 10 matérias da página principal, 8 são de SUVs e Pickups. Doutrinação!

    • El Gato!

      Não é doutrinação, é o que o mercado oferece e o consumidor quer! É triste, mas é a realidade! Tirando os raros lançamentos nos sedans médios (GLi, novo Corolla) e populares de baixo custo, o que toma conta são notícias de SUVs full size, pequenos SUVs, pseudo-SUVs… não se fala em outros carros porque não existem!

      • Ricardo

        90% das pessoas querem o que está na moda, muitas vezes sem por vontade própria pois têm cabeça fraca e os SUVs estão na moda.

      • David Diniz

        Eu quero Hatch compacto com motor bom e que seja lobo em pele de cordeiro. Tipo um Ford KA com o 2.016v Ecoboost+AT6 do Fusion mas mantendo a aparencia pacata de um Ka 1.0 com roda de ferro aro 15 com calotas e sem nenhum adesivo que denuncie.

        • El Gato!

          Que sonho bom, aposto que acordou sorrindo! Hehehe… Agora sério: já olhou o PUG 206 GT? Manual, motor THP… basta tirar os emblemas e firulas estéticas que vira um “sleeper” dos bons! Acho que iria ao encontro do teu sonho com algo bem concreto!

          • David Diniz

            Não gosto de câmbio manual. Prefiro um automático bem construido(boas “relações de marcha” e bem programado).

      • Manfred Smile

        Eu mesmo curto hatches médios e no Brasil o que temos a venda neste
        segmento? Golf, apenas na versão GTi e Cruze. Na verdade estão sendo
        empurrados goela abaixo o que as montadoras querem. O jeito é se virar
        com o que tem.

  • Daniel

    Um dos restos de rico com maior oferta no mercado de usados.

  • Marcus Vinicius

    Durante anos, o Land Rover Freelander respondeu por 50% de tudo que a Land Rover emplacava por aqui e a outra metade em sua maioria do clássico Defender

  • Piston head

    Nessas horas que é legal ser um Edd China pra ter um desses baratinho e você mesmo resolver qualquer B.O que apresentar.

  • Rodrigo

    Corrijam o consumo do diesel, misto é 10, na estrada passa de 15km/l já tivemos 2 na família.

  • JFaria

    É o famoso “resto de rico”. Vejo vários dos mais antigos rodando por ai…alguns deles bem surrados, só rodam, não recebem manutenções.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email