Linha 2020 Mitsubishi SUVs

Mitsubishi Pajero 2020: preço, consumo, revisão, motor (detalhes)

A Mitsubishi Pajero 2020 é uma família com diversos modelos no Brasil e cada um deles atende um segmento diferente. No passado, a oferta já foi maior, mas agora está limitada a quatro opções, fora as versões para frotistas.

Com preços entre R$ 233.990 e R$ 271.990, a gama é oferecida apenas com motores diesel 2.4. 3.2 ou 3.8.


Mitsubishi Pajero 2020: preço, consumo, revisão, motor (detalhes)

A família Pajero é como a “família Ultra” das famosas séries de tokusatsu (filmes de heróis japoneses com efeitos especiais). Ou seja, existem diversos membros atuando de formas diferentes, mas todos recebendo o mesmo nome.

Na Mitsubishi, o Pajero vai desde um utilitário 4×4 kei car até um SUV de chassi de longarinas ou monobloco, com ou sem suspensão por eixo rígido.

O Brasil chegou a ter três gerações diferentes do Pajero, todas de segmentos diferentes, desde o pequeno TR4 até o grande e caro Pajero Full, passando ainda por um modelo derivado da L200, mas em duas gerações distintas.

Ou seja, no total havia quatro, sem contar o Full 3D, que é menor que o irmão. Este é um modelo raro de se ver, mesmo em cidades como São Paulo, por isso ainda é estranho continuar no mercado.

Mitsubishi Pajero – história

Toda essa história começou em 1973, quando o primeiro Pajero foi mostrado no Salão de Tóquio. O Pajero II, ainda protótipo, aparece cinco anos depois. A Mitsubishi foi bem lenta na resposta aos Toyota Land Cruiser e Nissan Patrol.

Só em 1982, finalmente o modelo chegou ao mercado japonês. O projeto L040 foi bem-sucedido dentro e fora do país, sendo feito até 1991. Ficou conhecido também com os nomes de Montero (em países latinos) e Shogun (Europa).

Foi vendido também como Dodge Raider e Hyundai Galloper, este último também no Brasil.

O Mitsubishi Pajero L040 tinha duas opções de carroceria, sendo uma curta com duas portas e outra longa com quatro entradas. Teve seis motores, sendo três diesel e um V6 nas opções a gasolina.

Já a segunda geração, a V20 durou até 1999 e ficou bastante conhecida aqui no Brasil. Esta geração teve seis motores também, sendo dois a gasolina com quatro cilindros, outros dois V6 a gasolina e dois diesel. Este foi produzido em diversos países, entre eles Japão, China, Filipinas, Índia, Colômbia e Venezuela. Também manteve as opções de duas e quatro portas.

Mais sofisticada, a terceira geração durou até 2006 e foi feita somente no Japão, mas foi vendida também aqui. Chamada V60, ela chegou a ter quatro opções de motores V6 e três diesel. Já a atual geração é a V80, que continua em linha sem perspectiva de um sucessor, mas isto deve acontecer até 2020, sendo provavelmente um híbrido plug-in.

Então, originalmente, o Mitsubishi Pajero Full 2018 é o verdadeiro membro fundador da família. Mas, em 1996, surgiu outro produto com o mesmo nome, o Pajero Sport ou Challenger. Derivado da picape L200, o modelo não tinha nada a ver com o V20 da época.

Essa geração PA de chassi de longarinas e eixo rígido atrás foi produzida no Brasil a partir de 2006, quando já tinha 10 anos de vida… Motores a gasolina V6 e diesel de quatro cilindros foram usados. Aqui, ele foi feito até 2010.

A terceira geração surgiu em 2008 e é a que está sendo vendida ainda no Brasil. Sua produção encerrou em 2016 no mercado mundial, mas aqui continua a ser feita em Catalão-GO. Chamada PB-PC, essa geração estreou o motor V6 3.5 Flex com seus 205 cv no etanol.

Atualmente é vendido aqui apenas nas versões Outdoor e HPE, ambas com motor diesel 3.2.

A quarta geração é chamada QE e atualmente é feita apenas na Tailândia e Filipinas. Este novo Mitsubishi Pajero Sport tem apenas dois motores diesel de quatro cilindros, sendo um 2.4 e outro 2.8.

A grande novidade nesse caso é o câmbio automático de oito marchas da Aisin. Por ora, fica a expectativa para sua chegada ao Brasil em substituição ao modelo atual.

Dois anos depois do Pajero Sport, a Mitsubishi lançava no Japão o Pajero iO ou Pinin. Trata-se de um SUV compacto com chassi de longarinas e suspensão de eixo rígido. Em alguns mercados, o modelo ficou conhecido como TR4 e da mesma forma que o Pajero Sport, foi produzido no Brasil.

Ele teve produção regular de 2002 a 2015, recebeu um grande facelift no Brasil, único país que o fazia após 2007.

Mas tem mais gente nessa numerosa família Pajero, o Mini. Lançado em 1994, o modelo foi um kei car quase exclusivo do Japão, sendo feito apenas nesse país. O modelo tinha tração 4×4 também, mas seus motores eram todos de três cilindros com até 660 cm3.

Nunca passou de 3,29 m de comprimento e foi um rival dos Suzuki Samurai e Jimny.

O Mitsubishi Pajero Full enfrentou um recall dos ano/modelo 2010 a 2012,que podem apresentar um problema no insuflador da bolsa de airbag do passageiro.

Os “airbags mortais” da fabricante japonesa Takata, que inclusive já provocou 19 mortes no exterior, estão presentes no modelo e precisam ser trocados.

A Mitsubishi detectou a possibilidade de deflagração inadequada do insuflador da bolsa de airbag do passageiro, podendo ocorrer a ruptura da carcaça do insuflador da bolsa do airbag, com a projeção de fragmentos metálicos contra o passageiro e os demais ocupantes do veículo, gerando danos graves e/ou fatais ao passageiro e aos demais ocupantes do veículo.

Por conta disso, a Mitsubishi vai realizar a substituição do insuflador da bolsa de airbag do passageiro dos Pajero Full envolvidos.

Os chassis envolvidos foram produzidos entre janeiro de 2010 e dezembro de 2012 e têm chassis com finais (ordem não sequencial) de AJA00123 até DJA01120.

Esclarecimentos podem ser feitos à disposição a sua rede de concessionárias, além do SAC pelo telefone 0800 702 0404, e-mail sac@hpeautos.com.br ou www.mitsubishimotors.com.br.

Mitsubishi Pajero 2020: preço, consumo, revisão, motor (detalhes)

Mitsubishi Pajero 2020 – detalhes e novidades

Depois de tirar de linha a Pajero mais vendida, que por último tinha o sobrenome Dakar, a Mitsubishi lançou a nova Pajero Sport, que hoje aparece como o modelo mais caro da família.

O visual é excêntrico e chama a atenção por onde passa. A dianteira conta com faróis bi-LED e nova grade, passando um ar imponente e mais parrudo. Mas o ponto principal (seja ele positivo ou negativo) está na traseira, onde as lanternas começam no alto e descem quase até o para-choque.

Como os clientes da marca não vão comprar o Pajero Sport apenas para fazer trilhas (a maioria não vai fazer isso), a marca pensou bastante no conforto, tecnologia e segurança dos ocupantes. O espaço ficou muito melhor, com três fileiras de bancos. A sensação de espaço é ainda maior pelo teto solar panorâmico que se estende por todo o comprimento do SUV.

Mas isso não significa que o Pajero Sport 2020 não seja um bom aventureiro na terra. Seu motor é um 2.4 de 190 cv e bons 43,9 kgfm de torque. Além disso, ele tem bons ângulos de entrada (30º) e saída (24,2º), além de capacidade de imersão de 700 milímetros.

Novidades anteriores

O Mitsubishi Pajero HPE é um SUV com quase 10 anos de mercado internacional e já foi substituído pelo Pajero Sport. O visual ainda é inspirado na geração anterior da picape L200 Triton, que já foi substituída no Brasil pela mais recente. A grade dianteira tem frisos cromados e os faróis são duplos.

Há também LEDs diurnos junto aos faróis de neblina e retrovisores cromados.

Na traseira, as lanternas são compactas e divididas pela tampa do bagageiro. Há barras longitudinais no teto, teto solar elétrico, rodas de liga leve aro 17 polegadas e suspensão elevada.

Por dentro, o Mitsubishi Pajero HPE apresenta cluster analógico de boa visualização, bem como volante multifuncional em couro, tela de multimídia com tela sensível ao toque, ar-condicionado manual, câmera de ré, bancos em couro, acabamento em dois tons, entre outros.

Com 4,69 m de comprimento, 1,81 m de largura, 1,84 m de altura e 2,80 m de entre-eixos, o Mitsubishi Pajero HPE é um utilitário esportivo com bons ângulos de entrada e saída, bem como grande vão livre do solo.

O bagageiro é bem espaçoso e pode ser ampliado com o rebatimento do banco traseiro bipartido.

Já o Mitsubishi Pajero Outdoor é uma versão mais dedicada ao off-road. A grade é estilizada com acabamento cinza escuro, bem como os faróis apresentam máscara negra e o para-choque, protetores adicionais.

Saias de rodas, estribos, maçanetas e retrovisores são pintados de cinza escuro. O interior apresenta o mesmo ambiente e padronagem da versão HPE.

O Mitsubishi Pajero Full é o SUV original e é marcado por faróis quadrados, além de uma enorme grade cheia de cromados e elementos centrais escurecidos.

O para-choque conta com faróis de neblina e luzes diurnas de LED, tendo um formato mais limpo com detalhes cromados.

Rodas de liga-leve de 20 polegadas do modelo, embelezam o visual, que ainda conta com vincos e detalhes marcantes, ampla área envidraçada e ressalto na parte inferior das portas. Lanternas com lente translúcida e tampa do porta-malas com estepe fixo, marcam a traseira, que ainda tem capa na cor preta para o estepe.

Por dentro, o Mitsubishi Pajero Full ostenta um ar mais sóbrio com formas mais simples. Alguns elementos são marcantes, entre eles o sistema de tração acionado por uma alavanca no console central.

Os rivais já apresentam botões, mas isso é fruto de uma década de projeto do modelo.

O Pajero Full tem 4.900 mm de comprimento, 1.875 mm de largura e 1.870 mm de altura (1.900 mm com rack de teto), e entre-eixos de 2.780 mm. O peso é de 2.060 kg e 2.240 kg, respectivamente.

Já o Mitsubishi Pajero Full 3D mede 4.385 mm de comprimento, 1.875 mm de largura e 1.850 mm de altura (1.880 mm com rack de teto), com distância entre-eixos de 2.545 mm. Essa duas configurações existem no modelo desde seu surgimento em 1982.

Mitsubishi Pajero 2020: preço, consumo, revisão, motor (detalhes)

Mitsubishi Pajero 2020 – versões

  • Mitsubishi Pajero Sport Diesel 2.4
  • Mitsubishi Pajero Full 3.8 (gasolina)
  • Mitsubishi Pajero Full 3.2 (diesel)
  • Mitsubishi Pajero Full 3D 3.2

Mitsubishi Pajero 2020: preço, consumo, revisão, motor (detalhes)

Mitsubishi Pajero 2020 – equipamentos

Mitsubishi Pajero Sport – Motor diesel 2.4 e câmbio automático de oito marchas, mais ar-condicionado digital automático Dual-Zone com saída para segunda e terceira fileiras de bancos, volante multifuncional, retrovisor interno eletrocrômico, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, volante com ajuste de altura e profundidade, volante revestido em couro, rodas de liga de 18″, entre outros.

Mitsubishi Pajero Full/Full 3D – Airbags frontais, laterais e de cortina, luzes de condução diurna em LED, freios ABS com EBD e BAS, controle de estabilidade, assistente de frenagem, imobilizador, sistema keyless para travamento das portas, aerofólio traseiro, bancos dianteiros com aquecimento e ajuste elétrico, faróis de neblina, rack de teto, retrovisores elétricos retráteis com luzes indicadores de direção e desembaçadores, teto solar elétrico, faróis baixos de xênon, controle de tração, ponteira de escape cromada, multimídia com CD/DVD/Bluetooth/TV digital/USB/GPS e luzes de neblina traseiras.

Mitsubishi Pajero 2020 – preços

  • Mitsubishi Pajero Sport Diesel 2.4 – R$ 271.990
  • Mitsubishi Pajero Full 3.8 (gasolina) – R$ 243.990
  • Mitsubishi Pajero Full 3.2 (diesel) – R$ 262.990
  • Mitsubishi Pajero Full 3D 3.2 – R$ 233.990

Mitsubishi Pajero 2020: preço, consumo, revisão, motor (detalhes)

Mitsubishi Pajero 2020 – motor

O Mitsubishi Pajero Full 2020 dispõe de duas opções, sendo uma a gasolina com o motor V6 de 3.8 litros de 250 cv, a 6.000 rpm, e 33,6 kgfm de torque, a 2.750 rpm.

O propulsor tem o sistema MIVEC, que faz a gestão dos tempos de abertura e fechamento das válvulas de admissão para otimizar a performance em diferentes regimes de rotação, obtendo mais torque e economia de combustível em baixas rotações, além de gerar maior potência e desempenho nas altas.

No caso do motor diesel 3.2 litros DI-D com injeção direta Common Rail, este rende tem duas configurações.

No modelo Pajero Sport o motor usado é um 2.4 diesel de 190 cv e 43,9 kgfm de torque, associado a uma transmissão automática de 8 velocidades.

Mitsubishi Pajero 2020 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

  • Mitsubishi Pajero Sport 2.4 – 10,5 segundos e 180 km/h
  • Mitsubishi Pajero Full 3.8 – 10,8 segundos e 200 km/h
  • Mitsubishi Pajero Full 3.2 – 10,6 segundos e 185 km/h
  • Mitsubishi Pajero Full 3D 3.2 – 10,6 segundos e 185 km/h

Mitsubishi Pajero 2020 – consumo

Cidade

  • Mitsubishi Pajero Sport – 9,8 km/l no diesel
  • Mitsubishi Pajero Full 3.8 – 5,3 km/litro na gasolina
  • Mitsubishi Pajero Full 3.2 – 8,5 km/litro no diesel
  • Mitsubishi Pajero Full 3D 3.2 – 8,5 km/litro no diesel

Estrada

  • Mitsubishi Pajero Sport – 11 km/l no diesel
  • Mitsubishi Pajero Full 3.8 – 6,7 km/litro na gasolina
  • Mitsubishi Pajero Full 3.2 – 10,5 km/litro no diesel
  • Mitsubishi Pajero Full 3D 3.2 – 10,5 km/litro no diesel

Mitsubishi Pajero 2020: preço, consumo, revisão, motor (detalhes)

Mitsubishi Pajero 2020 – manutenção e revisão

Revisão

Custo

Custo

Custo

Quilometragem

Preços Pajero Sport 2.4

Preços Pajero Full 3.2 / Full 3D 3.2

Preços 3.8 Pajero Full / Full 3D

10.000 km

R$ 1.208

R$ 996

R$ 754

20.000 km

R$ 1.208

R$ 996

R$ 754

30.000 km

R$ 1.208

R$ 996

R$ 754

40.000 km

R$ 1.449

R$ 2.108

R$ 1.516

50.000 km

R$ 1.274

R$ 996

R$ 754

60.000 km

R$ 1.208

R$ 996

R$ 754

Mitsubishi Pajero 2020 – ficha técnica

Motor

Pajero Sport

Pajero Full 3.2

Pajero Full 3.8

Pajero Full 3D 3.2

Pajero Full 3D 3.8

Tipo

Dianteiro longitudinal, Turbo Diesel

Dianteiro longitudinal, Turbo Diesel

Dianteiro longitudinal, Gasolina

Dianteiro longitudinal, Turbo Diesel

Dianteiro longitudinal, Gasolina

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

6 em V

4 em linha

6 em V

Cilindrada em cm3

2442

3200

3828

3200

3828

Válvulas

16

16

24

16

24

Taxa de compressão

15,5:1

16:1

9,8:1

16:1

9,8:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Direta

Multiponto

Direta

Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Diesel: 190 cv @ 3500 rpm

Diesel: 200 cv @ 3800 rpm

Gasolina: 250 cv @ 6000 rpm

Diesel: 200 cv @ 3800 rpm

Gasolina: 250 cv @ 6000 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Diesel: 43,9 kgfm @ 2500 rpm

Diesel: 44,7 kgfm @ 2000 rpm

Gasolina: 33,6 kgfm @ 2750 rpm

Diesel: 44,7 kgfm @ 2000 rpm

Gasolina: 33,6 kgfm @ 2750 rpm

Transmissão

Tipo

Automática 8 marchas

Automática 5 marchas

Automática 5 marchas

Automática 5 marchas

Automática 5 marchas

Tração

Tipo

4×4 com reduzida

4×4 com reduzida

4×4 com reduzida

4×4 com reduzida

4×4 com reduzida

Freios

Tipo

Disco ventilado / Disco ventilado

Disco ventilado / Disco ventilado

Disco ventilado / Disco ventilado

Disco ventilado / Disco ventilado

Disco ventilado / Disco ventilado

Direção

Tipo

Hidráulica

Hidráulica

Hidráulica

Hidráulica

Hidráulica

Suspensão

Dianteira

Braços sobrepostos, independente com barra estabilizadora

Braços sobrepostos, independente com barra estabilizadora

Braços sobrepostos, independente com barra estabilizadora

Braços sobrepostos, independente com barra estabilizadora

Braços sobrepostos, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo rígido

Multilink

Multilink

Multilink

Multilink

Rodas e Pneus

Rodas

Liga Leve aro 18 polegadas

Liga Leve aro 20 polegadas

Liga Leve aro 20 polegadas

Liga Leve aro 20 polegadas

Liga Leve aro 20 polegadas

Pneus

265/60 R18

265/50 R20

265/50 R20

265/50 R20

265/50 R20

Dimensões

Comprimento total (mm)

4785

4900

4900

4385

4385

Largura sem retrovisores (mm)

1815

1875

1875

1875

1875

Altura (mm)

1805

1900

1900

1900

1900

Distância entre os eixos (mm)

2800

2780

2780

2545

2545

Capacidades

Porta-malas (litros)

502 (5 lugares) e 120 (7 lugares)

ND

ND

ND

ND

Tanque (litros)

68

88

88

85

85

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

615

625

575

500

565

Peso em ordem de marcha (kg)

2095

2240

2240

2060

2060

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

ND

ND

ND

ND

ND

Mitsubishi Pajero 2020 – fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Cássio

    A lenda.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email