*Destaque *Featured Crossovers Lançamentos Linha 2018/2019 Nissan Test Drive

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

O Nissan Kicks 2018/2019 agora é nacional.

Feito em Resende-RJ, onde a fábrica que já produzia os modelos March e Versa, recebeu mais R$ 750 milhões para fabricar o crossover da marca japonesa, que antes era importado do México.


Até então, o Nissan Kicks 2018/2019 era oferecido apenas em duas versões, sendo uma limitada.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

No total, mais de 30 mil exemplares foram vendidos desde a metade de 2016, quando foi lançado mundialmente junto com os Jogos Olímpicos Rio 2016.


Nascido em 2016, o Nissan Kicks 2018/2019 foi promovido durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, mas ainda era produzido pela montadora no México, embora de forma exclusiva para o mercado brasileiro.

Desenvolvido inicialmente para estrear no Brasil, o modelo surgiu como um crossover de baixo custo para atuação nos mercados do BRICS.

Feito sobre a plataforma global V da Nissan, o Kicks 2018/2019 já está sendo produzido tanto no México – em Aguascalientes e já disponível naquele mercado – e aqui no Brasil, onde a empresa tem uma planta em Resende/RJ.

Ele também começou a ser fabricado também na China, onde a montadora passou a fazer o mesmo modelo em Guangzhou. Neste último, o SUV utiliza motor 1.5 HR15.

Por aqui e no México, o Nissan Kicks 2018/2019 utiliza motor HR16DE 1.6 litro, mas com 118 cv no país latino e 114 cv aqui. Esperado também na Índia e na Rússia, nestes dois mercados o crossover utilizará a plataforma B0 da Renault, que atualmente é usada pelos SUVs Duster e Captur, sendo mais robusto.

Medindo números bem exatos, o Nissan Kicks 2018/2019 mede 4,295 mm de comprimento, 1,760 mm de largura, 1,590 mm de altura e 2,610 mm de entre eixos, tendo 432 litros no porta-malas, mas somente 41 litros no tanque, limitando a autonomia.

O crossover tem tração dianteira, mas na China terá opção com tração nas quatro rodas. O modelo basicamente tem duas caixas de câmbio: manual de cinco marchas e CVT XTronic.

O Nissan Kicks 2018/2019 tem potencial para ser produzido também na Tailândia e na Indonésia, mercados regionais com boa força no segmento de utilitários esportivos. Há também chances de chegar aos EUA através do México e, provavelmente, fará uso de um motor maior, podendo ser até o 1.8 usado pelo Nissan Sentra 2018/2019.

No Japão, porém, ele não deve chegar por conta da segunda geração do Nissan Juke 2018, que será baseado no Novo Micra 2018, irmão do francês Renault Clio, feito exclusivamente na Europa.

Nissan Kicks 2018/2019 – detalhes

O Nissan Kicks 2018/2019 chama a atenção para a introdução de dois itens importantes para o desempenho do crossover no mercado nacional. O primeiro, em realidade, serve mais como um chamariz para as vendas.

O outro introduz mais tecnologias de segurança ao modelo, que ainda fica devendo mais alguns itens.

Durante o evento de lançamento do Kicks nacional, andamos em três das quatro versões. Na opção S manual, a impressão inicial é de um Kicks não tão despojado quanto se imagina. Ele já vem bem completo, mas não tem rodas de liga leve nem como opcionais.

Apesar de mais simples, o acabamento é bom, assim como a padronagem dos bancos e a textura do painel.

Com perfil bem aerodinâmico e equilibrado, o Nissan Kicks 2018/2019 tem um belo aspecto visual, unindo teto reto em dois tons com colunas C bem estilizadas e elevadas sobre a base pouco musculosa.

A frente baixa possui também para-malas elevados dando uma impressão de esportividade. Os faróis duplos são bem marcantes, enquanto as lanternas apresentam o característico formato de bumerangue.

Por dentro, o Nissan Kicks 2018/2019 tem um ambiente bem agradável e sofisticado, tendo cluster análogo-digital com display multifuncional. O painel é revestido em material soft touch costurado com três opções de cores, bem como multimídia com aplicativos, câmera de ré e navegador GPS.

O volante de fundo chato tem aspecto esportivo e comandos multifuncionais, mas não há opção de piloto automático no Brasil.

O Nissan Kicks 2018/2019 tem ainda bancos com tecnologia Gravidade Zero e controle dinâmico de chassi, que permite melhor estabilidade em curvas utilizando o controle eletrônico de estabilidade, sendo um sistema inédito no segmento, assim como os assentos que se auto-moldam ao corpo dos ocupantes.

A direção é elétrica e o ar-condicionado pode ser automático. No Brasil, falta a opção de teto solar elétrico, mas o modelo tem pelo menos um ambiente revestido em couro.

Os bancos são espaçosos e confortáveis. As portas possuem bom acabamento em couro, tecido e plásticos de qualidade. O espaço interno é bom, inclusive atrás, onde o banco é bipartido com três cintos de segurança de três pontos, bem como três apoios de cabeça.

Engates para cadeiras infantis Isofix e ancoragem das mesmas no sistema Top Tether também estão presentes.

No porta-malas, o Nissan Kicks 2018/2019 apresenta abertura elétrica, estepe de tamanho menor, iluminação e ganchos para amarração de carga. O volume é de 423 litros, mas pode ser ampliado com o rebatimento parcial ou total do banco traseiro.

O crossover tem ainda barras longitudinais no teto e, entre os acessórios, conta-se com barras transversais para transporte de pranchas, baú ou objetos longos, ampliando as capacidades do modelo feito no Brasil.

Nissan Kicks 2018/2019 – novidades

Agora, o Nissan Kicks 2018/2019 finalmente passa a oferecer mais do que a produção nacional, entregando quatro versões e três pacotes de equipamentos, introduzindo novos sistemas de segurança e entretenimento, bem como preços variados entre R$ 70.500 e R$ 94.900.

Além disso, clientes PCD do Nissan Kicks 2018/2019 ganham uma opção abaixo de R$ 70.000 com incentivos previstos em lei. Na mecânica, a alteração principal é a introdução do câmbio manual na versão de entrada, a S.

A cor vermelho Malbec do Nissan Kicks é novidade para as versões S e SV, enquanto a SL ganha também essa opção, além das combinações em dois tons que acabam de surgir:

Prata Classic com teto Preto Premium, Preto Premium com teto Cinza Grafite, Cinza Rust com teto Preto Premium e Branco Diamond com teto Preto Premium.

Essas combinações custam R$ 1.500. As outras cores já existentes continuam. A pintura metálica custa R$ 1.350.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

Nissan Kicks 2018/2019 – versões

  • Nissan Kicks S MT 2018
  • Nissan Kicks S CVT – 2018
  • Nissan Kicks SV CVT – 2018
  • Nissan Kicks SL CVT – 2018

Nissan Kicks 2018/2019 – equipamentos

Visualmente, o Nissan Kicks nacional – agora na linha 2018 – apresenta algumas alterações relacionadas com as versões. A versão S manual tem para-choques parcialmente pretos, bem como rodas de aço aro 16 com calotas.

Como opcional, controles de tração e estabilidade, bem como assistente de partida em rampa, tudo por R$ 1.200.

Na S com CVT, o Nissan Kicks 2018/2019 ganha rodas de liga leve aro 16 de desenho esportivo. Na SV, as rodas são aro 17 e possuem estilo semelhante ao da SL, tendo ainda faróis de neblina e para-choque com detalhes na cor da carro, por exemplo.

Já a topo de linha SL tem como diferencial principal no visual, os LEDs diurnos nos faróis, que são opcionais.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

Além disso, o Nissan Kicks SL tem ainda câmeras nos retrovisores, logotipo frontal e na tampa traseira, podendo ainda ter um discreto radar para o alerta de colisão e frenagem automática de emergência, novidades que chegam à opção mais completa por R$ 2.400.

No interior, a versão S do Nissan Kicks 2018/2019 apresenta acabamento geral preto e simples, tendo uma textura diferenciada no painel, que passa a ter um cluster analógico com display para nível de combustível e computador de bordo, acionado por um botão separado no painel.

O ar-condicionado é manual, enquanto a padronagem dos assentos é em tecido com detalhes brancos, igualmente vistos nas portas. Desde essa versão, o Kicks apresenta todos os bancos com a tecnologia Gravidade Zero, desenvolvidos em parceria com a NASA.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

No SV, o Nissan Kicks já apresenta opção de couro preto no painel, portas e assentos. Enquanto há um rádio com Bluetooth e USB no S, SV e SL agora dispõem da multimídia Multi Apps com aplicativos pré-instalados, GPS e entrada SD (2).

A SV tem ainda partida por botão no console e pode ter airbags laterais e de cortina como opcional, custando R$ 3.000 junto com o couro.

Na SL, além dessas novidades, há também cluster análogo-digital configurável, padronagens Sand e Macchiato (R$ 500 a mais), assentos em couro, ar-condicionado automático e agora, como novidade, rebatimento elétrico dos retrovisores.

O Nissan Kicks SL 2018 ganhu também sistema de monitoramento em 360 graus, bem como os já mencionados alertas de colisão e frenagem automática de emergência. O controle dinâmico de chassi também é outro atrativo do topo de linha.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

Nissan Kicks 2018/2019 – preço

  • Nissan Kicks S MT – R$ 70.500
  • Nissan Kicks S CVT – R$ 79.200
  • Nissan Kicks SV CVT – R$ 85.600
  • Nissan Kicks SL CVT – R$ 94.900

Nissan Kicks 2018/2019 – motor

O Nissan Kicks 2018/2019 continua com o motor HR16DE 1.6 Flex com 114 cv a 5.6000 rpm e 15,5 kgfm a 4.000 rpm, em qualquer dos combustíveis, tendo ainda transmissão CVT X-Tronic com modo Sport, além de funções D-Step para aproveitamento da força do motor sem altas rotações e funcionamento linear.

O crossover vai de 0 a 100 km/h em 12,4 segundos e tem consumo médio de 8,1/9,6 km/litro com etanol e 11,4/13,7 km/litro com gasolina, respectivamente em cidade e estrada.

Trata-se de um motor moderno que possibilita até igualar os números de etanol e gasolina, mas a baixa potência e o torque não ajudam a conquistar consumidores que querem um pouco mais de performance.

No México, a Nissan possui o motor 1.8 de 131 cv e 17,5 kgfm do Nissan Sentra 2018/2019, que se encaixaria bem no Nissan Kicks 2018/2019, especialmente trabalhando com a caixa CVT XTronic, que daria o desempenho esperado para o belo crossover com números de consumo adequados.

O ideal, no entanto, seria que o Nissan Kicks 2018/2019 fosse equipado com motor 1.0 ou 1.2 DIG-T, que tem turbocompressor e injeção direta de combustível, que daria ao crossover performance e economia superiores aos atuais, bem como maior prazer ao dirigir.

No entanto, o custo é o maior problema nesse caso.

Apenas se as novas metas de eficiência energética do Rota 2030 forem mais severas, o crossover pode acabar utilizando esse conjunto propulsor, apesar de que a engenharia poderia ainda adicionar Start&Stop e fazer outros ajustes no HR16DE para que este seja mais frugal e menos poluente.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

Nissan Kicks 2018/2019 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final 

  • Nissan Kicks 1.6 MT 2018 – 11,0 segundos e 175 km/h
  • Nissan Kicks 1.6 CVT 2018 – 12,4 segundos e 175 km/h

Ao volante, notamos que o Kicks S manual tem um nível de ruído maior do que esperávamos, já que até então, só havíamos andando no SL, importado.

O ronco do motor também incomodou, já que o propulsor 1.6 16V Flex precisa girar mais alto por um tempo maior em comparação com o câmbio CVT. Na estrada, ele apontou 3.200 rpm em quinta e com velocidade de 110 km/h.

Com engates curtos, macios e bem justos, o Nissan Kicks S apresentou um desempenho regular, necessitando de muitas reduções para ultrapassagens e retomadas não tão exigentes. A embreagem é macia.

Para um motor de 114 cv e 15,5 kgfm, o resultado não surpreendeu.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

Com rodas aro 16 e pneus largos 205/60 R16, o crossover até que se manteve bem neutro em curvas bem fechadas num trecho sinuoso, garantindo segurança. A direção elétrica é bem leve e tem resposta adequada. Já os freios atendem muito bem a proposta do carro.

Para não restar dúvidas quanto ao nível de ruído, pegamos a versão S com CVT. Esta já vem de série com controles de tração e estabilidade, que foram usados num trecho em descida com muitas curvas. O comportamento do carro é muito bom.

O motor trabalha mais suave com o CVT, elevando em média 1.000 rpm ao ser acionado o modo Sport no discreto botão que fica na base da alavanca. Nessa condição, o ruído provocado pelo motor teve a mesma intensidade da versão manual.

Porém, como o CVT é linear e privilegia o conforto, o Kicks S CVT rodou de forma mais mansa e econômica em cidade e estrada, onde fica entre 1.600 e 2.100 rpm. Nos dois casos, a diferença – além do câmbio – fica para as rodas e os TCS/ESP/Hill Holder.

Em preço: R$ 6.900, cobrados pelo câmbio e pelas rodas.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

Nissan Kicks 2018/2019 – consumo

Cidade

  • Nissan Kicks 1.6 MT 2018 – 7,8  km/litro na gasolina e 11,1 km/litro no etanol
  • Nissan Kicks 1.6 CVT 2018 – 7,7  km/litro na gasolina e 11,4 km/litro no etanol

Estrada 

  • Nissan Kicks 1.6 MT 2018 – 9,0  km/litro na gasolina e 13,0 km/litro no etanol
  • Nissan Kicks 1.6 CVT 2018 – 9,4  km/litro na gasolina e 13,7 km/litro no etanol

Então, partimos para a versão topo de linha SL. Aqui, a novidade é o conjunto de alerta de colisão e assistente de frenagem, que aciona os freios de forma parcial ou total se o condutor não reagir diante de um obstáculo.

Mas, antes disso, a primeira impressão é o conforto a bordo. O isolamento acústico é melhor no Kicks SL, não devendo em nada para o mexicano. Além disso, o ajuste da suspensão com rodas aro 17 se mostrou mais confortável que nos S MT e CVT.

No Nissan Kicks SL tentamos experimentar o alerta de colisão e realmente ele avisa de forma sonora, a aproximação rápida com outro carro. Se for um pouco mais rápida, um aviso de alerta aparece no painel. Mas, não foi possível verificar o acionamento dos freios, por medida de segurança.

No entanto, com toda a segurança, experimentamos o assistente de estacionamento em 360 graus, que ainda projeta a imagem normal da câmera de ré. Nesse caso, não há como errar a vaga.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes

De modo geral, as novidades são bem-vinda para o Nissan Kicks 2018/2019. Não gostamos do S manual por conta do ruído do motor, que evidentemente terá um consumo maior pelo esforço extra.

Nesse caso, o melhor seria ir direto para o S CVT, que pelo menos poupa o propulsor de trabalhar a mais.

Já a topo de linha SL ficou bem completa e agradou, mas ainda falta um controle de cruzeiro. Com essa tecnologia introduzida, um dispositivo adaptativo também não seria ruim. Um apoio de braço para o condutor também é outra reivindicação ainda não atendida.

No mais, agrada pela dirigibilidade, espaço, conforto, porta-malas e conectividade, além do bom acabamento em tonalidades diferenciadas que, no entanto, o brasileiro não aprecia muito. Até agora, 11% dos clientes optaram pelo Sand (mais claro) e 23% pelo Macchiato (marrom).

Nissan Kicks 2018/2019 – manutenção e revisão

Agora com a gama completa, a Nissan não fala apenas em vendas mais expressivas para o Nissan Kicks 2018/2019, mas até em brigar pela liderança do segmento, hoje liderado pelo Honda HR-V.

Para o crossover, a marca destaca o menor valor de reparo entre os concorrentes e também um pacote de revisões de R$ 2.994 até 60.000 km.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.6

10.000 km

R$ 419

20.000 km

R$ 579

30.000 km

R$ 419

40.000 km

R$ 579

50.000 km

R$ 419

60.000 km

R$ 579

Nissan Kicks 2018/2019 – ficha técnica

Motor

1.6

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

1598

Válvulas

16

Taxa de compressão

10,7:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 114 cv @ 5600 rpm / Etanol: 114 cv @ 5600 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 15,5 kgfm @ 4000 rpm / Etanol: 15,5 kgfm @ 4000 rpm

Transmissão

Tipo

Manual 5 marchas / CVT 6 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado / Tambor

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Multilink

Rodas e Pneus

Rodas

Aço / Liga Leve aro 16 polegadas / Liga Leve aro 17 polegadas

Pneus

205/60 R16 / 215/50 R17

Dimensões

Comprimento total (mm)

4295

Largura sem retrovisores (mm)

1760

Altura (mm)

1590

Distância entre os eixos (mm)

2610

Capacidades

Porta-malas (litros)

432

Tanque (litros)

41

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

427

Peso em ordem de marcha (kg)

1109 (MT), 1142 (CVT)

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,345

Nissan Kicks 2018/2019 – fotos

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Nissan Kicks 2018/2019: preço, consumo, versões, detalhes
Nota média 5 de 2 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email