*Featured Avaliações Lançamentos Sedãs Test Drive Toyota

Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-2-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

Realmente não há almoço grátis. É bom desejar um carro, mas saber que o mesmo poderia oferecer mais pelo preço pedido chega a ser uma decepção para alguns. Nesse caso, abrir mão de alguns itens em prol da redução de custos não é algo negociável. Sempre existe aquela versão mais equipada para socorrer os mais exigentes, mas isso tem um custo adicional.



O Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT se encaixa na primeira descrição. Ele é a porta de entrada do sedã médio mais caro do país. Sim, afinal ele consegue superar até mesmo o preço do Volkswagen Jetta TSI. Tudo bem que essa diferença é muito pequena, mas se compararmos os dois sedãs, a coisa fica muito, muito diferente.

Mas voltando à porta de entrada, o Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT chega por R$ 69.990, sendo que ainda há uma opção mais em conta, a versão manual por R$ 66.570. Nessa faixa de preço, até que ainda se encontra alguns bons rivais, mas eles já estão nas faixas intermediárias e alguns até próximos do topo de linha.

Espaçoso, confortável, generoso em porta-malas e com um bom conjunto motriz, o sedã japonês também não vai decepcionar em performance e baixo consumo. Mas com ausências significativas e acréscimos que surpreendem, o best seller nipônico, ou melhor dizendo, mundial, oferece um bom conjunto que só não fica melhor pelos detalhes de economia. Não de combustível, economia de custos de produção.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-46-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

Por fora…

O Novo Corolla ficou realmente mais moderno que o anterior apesar de manter visual sóbrio e discreto. Quando surgiu na versão turca, já ficou claro que seu destino seria o Brasil, visto que o perfil do consumidor local é de maior faixa etária, que naturalmente quer passar despercebido. Assim, ele é bem diferente da versão americana e muito mais distante da proposta chinesa, que de longe é a mais atraente.

Faróis grandes de dupla parábola com lanternas e piscas integrados chamam a atenção, assim como seu prolongamento em direção aos para-lamas, que dão um ar mais dinâmico ao conjunto frontal. A grade com frisos cromados se funde ao desenho das lentes e criar um clima harmônico. O para-choque tem vincos proeminentes que aumentam o tamanho da “boca” inferior, mas esta e as laterais apresentam acabamento simples em plástico preto.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-50-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

As laterais são limpas e possuem dois vincos pouco pronunciados, sendo um na altura das maçanetas (na cor do carro) e outra na base das portas, elevando-se em direção ao eixo traseiro. Há um terceiro nos para-lamas, que ajuda a criar um perfil mais aerodinâmico. Os retrovisores na cor da carroceria são grandes e equipados com repetidores de direção. As colunas são pintadas de preto e as rodas de liga leve aro 16 com pneus 205/55 R16 tem desenho dinâmico.

Na traseira, as lanternas acompanham o desenho dos faróis, mas com afilamento natural nas extremidades. A lente branca central é uma característica do Novo Corolla nas demais versões internacionais, embora sejam diferentes entre si no formato geral. Há uma barra cromada que une as duas lentes, fixada acima da placa. O para-choque traseiro também se harmoniza com o dianteiro e apresenta duas lentes reflexivas. Não há sensores de estacionamento, uma falha em um sedã desse porte. As colunas C são espessas e o porta-malas é alto, enquanto o teto é liso e sem antena.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-29-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

Por dentro…

É por dentro que o Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT surpreende. O painel tem visual bastante sóbrio e elegante, sem ser tão simples como seria de se esperar em uma versão mais barata (ou menos cara, dependendo do ponto de vista). A mescla de tons em preto, preto brilhante, cinza e prata chama a atenção pela harmonia.

Os difusores de ar horizontais, acompanhados de um singelo relógio digital, parecem remeter aos anos 80 e 90. No entanto, isso não é demérito do modelo. Aliás, ficou bem melhor do que o cansado visual anterior. A parte superior do conjunto é revestida em material emborrachado.

Logo abaixo, sobre o porta-luvas, surpreende um aplique de cor cinza com material emborrachado e de boa aparência. Ele envolve o difusor de ar direito e a parte inferior do conjunto de áudio, que tem visual em preto brilhante. Outro detalhe interessante mas não tão agradável ao toque é o volante com a parte central imitando couro com costura. O aro não tem revestimento em couro.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-21-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

A base conta com aplique cinza e os controles de áudio são circulares. O sistema de áudio é bem resolvido e conta com CD Player, além de display em tom azul e entradas USB e Auxiliar escamoteáveis. De um lado, botão de luz de alerta. Do outro, alertas para desativação dos airbags. Detalhe: O sensor de cinto aponta presença também do passageiro dianteiro. Por fim, há um friso prateado dividindo as partes superior e central do conjunto.

Os controles de climatização são circulares e funcionais. Já o quadro de instrumentos apresenta mostradores com iluminação azul (que lembra o Ice Blue da Chevrolet) e desenho interno personalizado. Conta-giros, velocímetro e nível de combustível são analógicos, enquanto um display digital apresenta hodômetro, temperatura da água, autonomia, consumo médio, entre outros, além de condução econômica.

Nesse ponto, destaque para o modo Eco, que é indicado por uma luz no painel, embora o condutor possa medir sua performance no mostrador digital. Aqui começam alguns dos detalhes que desapontam no Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-39-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

As hastes na coluna de direção – que tem regulagem em altura e profundidade – mostram que não há sensores de chuva e crepuscular. Por ser automático, deveria ter piloto automático, mas não é bem assim. A famosa e jurássica alavanca de controle de cruzeiro também está ausente. Se olharmos para cima, a coisa não fica boa, pois não há retrovisor eletrocrômico e nem mesmo um simples espelho para o condutor, tão pouco iluminação.

O acabamento cinza que envolve o difusor de ar esquerdo é de plástico duro, embora a textura imite aquela do lado direito do painel, que é emborrachado. Logo abaixo, um controle dos espelhos retrovisores (também de aparência idosa). Diante desses detalhes, nem parece que há um airbag para proteção dos joelhos do motorista. No console central, outros botões ausentes ficam finalmente ocultos por uma tampa. Há uma fonte de 12V no mesmo espaço, além de um porta-carteira.

A base da alavanca da transmissão automática CVT MultiDrive – com curso mantido em degraus – tem acabamento em preto brilhante, mas com centro cromado. As posições de marcha são coloridas e dão um bom aspecto ao conjunto, que fica mais elegante durante a noite por causa da iluminação branca da base da alavanca. Esta também não tem revestimento em couro. Entre os bancos, dois porta-copos e um porta-objetos com apoio de braço integrado.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-25-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

As portas do sedã japonês também abusam da mescla de tons e materiais, embora fala isso de forma harmônica. Chama atenção a parte superior em tom preto e material emborrachado, inclusive nas portas traseiras. Há um friso prateado acima da parte central, em plástico duro com cor cinza, a mesma das maçanetas.

Os puxadores dianteiros também são prateados, enquanto o apoio de braço tem revestimento em tecido. Aliás, um material de aparência frágil e que parece não durar com pouco tempo de uso. O resto do conjunto é em plástico duro e preto. As traseiras não têm puxadores verticais, localizados nos apoios de braço. No lugar original existe apenas acabamento em preto. Todas as entradas possuem bons porta-copos/garrafas e mais espaço para outros objetos.

No assoalho, os velhos comandos de abertura do tanque e do porta-malas persistem, embora a chave canivete tenha um botão específico para abertura remota da tampa traseira. Os comandos dos vidros elétricos estão bem localizados, mas apenas o do motorista tem função one touch para subir e descer.

Os bancos são pouco envolventes e o tecido, embora macio, parece igualmente frágil se compararmos com os das portas. O que reveste o apoio de braço central segue o mesmo caminho. Quem comprar esta versão provavelmente vai colocar couro. Apesar disso, os bancos dianteiros tem airbags laterais, que somados aos frontais e ao de joelho, chegam a cinco bolsas infláveis.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-26-700x1050 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

O banco traseiro não tem apoio de braço central, mas tem três apoios de cabeça, terceiro cinco de três pontos e sistema de fixação de cadeirinhas infantis Isofix. Apresenta um bom espaço para as pernas, já que a plataforma do Novo Corolla cresceu 10 cm em relação à anterior.

A altura do teto é razoável e em termos de comodidade, apenas uma luz central, uma fonte 12V e dois porta-revistas. Por fim, o porta-malas é generoso em espaço (470 litros) e bom em acesso, podendo ser aberto de duas formas, conforme citado anteriormente. Atende bem às expectativas. Enfim, o interior surpreende apenas pelo visual do painel e pelo espaço. Os itens ausentes são todos relacionados com a segurança, exceto o piloto automático.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-49-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

Por ruas e estradas…

Se ele tem bom aspecto visual por fora e por dentro, apesar de certa economia em alguns detalhes, o Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT mostra que é melhor mesmo em outras áreas. O motor 1.8 16V VVTi conta com sistema de partida a frio com pré-aquecimento, otimizando as partidas com etanol.

Ele é elástico e tem funcionamento suave, entregando 139/144 cv a 6.000 rpm com gasolina/etanol, respectivamente. O torque é de 17,7/18,4 kgfm a 4.200 rpm, na mesma ordem. A força em baixas rotações é facilmente notada e bem aproveitada pela transmissão CVT. Apesar de poder alcançar a ponta da faixa vermelha (a partir de 6.500 rpm), ele geralmente trabalha entre 1.500 e 2.500 rpm.

A transmissão CVT MultiDrive apresenta a suavidade característica deste tipo de câmbio, que dispensa engrenagens em favor de uma cinta de aço ligando duas polias variáveis, criando assim uma infinidade de marchas, embora a Toyota tenha fixado sete programações para imitar a sensação de troca de marchas normais.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-42-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

O funcionamento linear do CVT permite que o motor 1.8 VVTi trabalhe folgado e sem muito esforço, priorizando economia e conforto, sem subidas exageradas de giro, que só elevam o ruído e o consumo. Ainda assim, se a sensação inicial for de falta de força, basta imprimir um pouco mais o pé no acelerador para que o desempenho real apareça imediatamente.

O ganho de velocidade surpreende, pois quase o tempo todo o modo Eco fica ativo. É somente nessas horas que a luz desse sistema permanece brevemente apagada. Buscando performance, as retomadas de velocidade são bem satisfatórias para um carro com CVT. Os 1.260 kg do Novo Corolla GLi ajudam, mas sem dúvida o propulsor potente e com boa oferta de torque faz a diferença. Precisa de um 2.0? Em nossa avaliação, não. Mas é o mercado que muitas vezes pede.

Esse conjunto motriz torna a já boa dirigibilidade do modelo ainda melhor. Rodando a 110 km/h com ar ligado, o giro fica estacionado um pouco abaixo dos 2.100 rpm. Em estrada plana, atingimos 16,3 km/litro de média. Algo muito bom e desejado por muitos, especialmente os americanos, que buscam arduamente média de 17 km/litro.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-36-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

No entanto, o mesmo não ocorreu em circuito urbano, onde conseguimos apenas 8,5 km/litro, sempre com ar ligado. Ou seja, o Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT se mostrou mais estradeiro do que urbano nesse sentido. Nem utilizamos o modo manual por muito tempo. Em realidade, ele está lá só de enfeite. Por que? Quando se passa de Drive para Manual, imediatamente o CVT eleva a rotação, mesmo que o carro esteja em cruzeiro e no plano.

Não há uma boa conversa entre a programação manual e o motor. Chegamos a ficar com marcha presa nesse modo, que não dispõe de paddle shifts no volante como as demais versões. Mesmo acionando a alavanca, ele ficava bloqueado. Funciona bem apenas em descida de serra. Assim, conduzimos com prazer apenas no modo Drive, que apresenta boa performance.

Durante a condução, o Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT se mostrou muito prazeroso (exceto pelo modo manual), tendo direção leve e progressiva, bons freios e estabilidade satisfatória, apesar da ausência de controle de estabilidade. O nível de ruído é muito bom e o conforto da suspensão também. Esta absorve de forma eficaz a maioria dos pisos ruins deste país, preservando quem está a bordo. Em resumo, o que o Corolla tinha de melhor foi ampliado.

novo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-7-700x466 Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT é econômico, mas simples demais para sua faixa de preço

Por você…

Realmente não dá para concordar com os R$ 69.990 cobrados pelo Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT. Poderia ser pelo menos R$ 5.000 mais em conta em virtude de não oferecer alguns itens necessários em um carro desse porte e preço. Não são equipamentos supérfluos e há concorrentes que deixaram o material emborrachado de lado para oferece-los em prol da segurança. Desejável mesmo seria manter as duas coisas, o que compensaria o alto preço a ser pago. É por isso que a versão XEi é a mais vendida, pois tem melhor nível de equipamentos, embora com desempenho maior e preço ainda mais salgado.

A impressão que fica é que ele será bem visto por taxistas e frotistas e não por consumidores comuns. O pacote de equipamentos é apenas básico e inclui ar condicionado, direção elétrica, trio elétrico, alarme com chave canivete, CD/MP3/USB, Bluetooth, freios ABS com EDB, Isofix, rodas de liga leve aro 16, entre outros. Os cinco airbags são um ponto positivo.

Com garantia de três anos, o Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT tem plano de revisão com preços fixos parcelados ou inteiros, cujo valor total até 60.000 km chega a R$ 2.272,71, o que é um valor baixo se comparado a outros concorrentes. Chega a ser mais em conta que muito carro popular. Há ainda serviços específicos com preços tabelados na rede Toyota. Todos com mão de obra incluída no preço.

Resumindo: o Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT oferece um bom conjunto, que por pequenos detalhes e algumas ausências poderia ficar bem melhor e combater de forma mais eficaz seus rivais, especialmente o Honda Civic, com quem vem brigando pela liderança dos médios ao longo dos anos. Para quem está interessado, trata-se de uma escolha difícil por estas falhas de contenção de custos, mas se isso não causar má impressão, então será uma boa compra pelo conjunto da obra.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha, flex
Cilindrada – 1798 cm³
Potência – 139/144 cv a 6.000 rpm (gasolina/etanol)
Torque – 17,7/18,4 kgfm a 4.200 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão – Automática CVT com sete posições de marcha

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – ND
Velocidade máxima – ND

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Barra de torção
Elétrica

Freios
Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Liga leve aro 16 com pneus 205/55 R16

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.620 mm
Largura – 1.775 mm (sem retrovisores)
Altura – 1.475 mm
Entre-eixos – 2.700 mm
Peso em ordem de marcha – 1.260 kg
Tanque – 60 litros
Porta-malas – 470 litros

Galeria de fotos do Novo Toyota Corolla GLi 1.8 CVT:

5.0

  • Thiago_NCO

    TODOS Hondas e Toyotas no Brasil são simples demais para sua faixa de preço…

    • Rafael Kleinert Giovannini

      Vide esses bancos…

      • Moço Lanpenn

        A aparência dos tecidos é mais simples que a do Corsa Sedan que temos aqui.

      • Thiago_NCO

        Sem ser hater nem troll, na boa, isso aí é banco padrão Gol G4.

        • Renato Duarte

          to junto com vc,,, tambem acho ridiculo essa simplicidade forçada,,, infelizmente a Toyota se juntou as outras montadoras e agora deixou a desejar nos carros

    • Valdemir Souza

      É verdade, mas nessa versão a Toyota exagerou, olhando pra esse painel e os bancos da impressão que o sujeito comprou um veículo popular, é muita pobreza pra quem está pagando quase 70000 R$.

  • Aida Vilarinho

    Crítica interessante! Meu pai está querendo comprar um corolla! Aqui em casa temos um civic (desse primeiro new civic, não sei o número da geração). Mas o carro da honda fica com muitas folgas e acaba fazendo muito barulho no painel e bancos! E apesar de ser 2010, o Civic tem apenas 32 mil quilimetros rodados.

    • Gustavo73

      Com apenas 32 mil km está batendo tudo assim?

      • Aida Vilarinho

        Pois é! Sem exagero, mas quando o carro percorre ruas de paralelepípedo fica parecendo carro velho!

        • Bruno Bayern

          pois é…tem q ver isso ai,pois tenho um civic 2011 com 55km e n vejo nada disso

          • Petrucci

            O meu teve barulhos também… um 2007 LXS… mas só a partir de 40 mil km…eram irritantes, nada graves… o pior era o altíssimo consumo, que não superava os 11km/l na gasolina em estrada…

        • Bruno

          meu amigo, então o carro do seu pai foi bem judiado nesses 32 mil km. tive um 2009 e repassei com 75 mil km e não tinha nada disso.

      • Aida Vilarinho

        Os bancos rangem mas é pouco.. O problema mesmo é no painel que parece que está folgado!

        • Gustavo73

          É muita pouca quilometragem! Alguma coisa aconteceu na montagem ou alguma presilha ou coisa assim. Nunca tive um Honda. Mas com essa quilometragem qualquer carro deveria estar em estado de 0km.

          • dougkmt

            Bom, o 308 não concordaria contigo. Gosto do carro, mas quem gosta de silêncio absoluto deve evitá-lo. Pelo menos dos modelos 2012 e 2013 (2014 teve melhorias de suspensão dianteira e traseira).

            • Gustavo73

              Mas painel e bancos fazem tanto barulho? Li que realmente a suspensão dos Pug tem uns barulhinhos chatos.

              • dougkmt

                Na verdade não. Painel e bancos não fazem barulhos. O problema está na suspensão (batida seca), e nas portas. Pra citar exemplos:

                – Quando estou com vidros semi-abertos, ao passar por piso irregular, ocorre um barulho extra que parece ser folga do encaixe do vidro.

                – Quando passava por ruas de paralelepípedos, percebia um “clec” na parte traseira. Na última revisão esse problema foi amenizado com a inclusão de uma fita com cola na trava que segura a porta. No caso, foram as duas portas traseiras. Melhorou mas não resolveu 100%.

                Agora pra ser sincero, são barulhos que percebo durante a condução, mas que não me incomodam a ponto de me arrepender da compra. Minha única crítica prioritária é a adoção de direção elétrica, e se tivesse, eu compraria novamente um 308 sem problemas!

          • Vinny

            FLuence que tive batia tudo com 20 mil km. Não teve concessionária que conseguisse arrumar. Teve um consultor da renault que me sugeriu aumentar o volume do som!!!!

            • Gustavo73

              Que blz hein. Isso realmente nunca aconteceu com os modelos zero km que já tive.

          • Haroldo

            Sou fã da Toyota e da Honda, porém dependendo do uso isto é comum pricipalmente no Honda por ter uma suspensão mais firme, isto não é defeito de fabricação. Rodo em estradas pavimentadas mais com mal conservação (BR-101 ES), por isto procuro carros macios, que são mais adequados para este uso, em asfalto bom perco em estabilidade, mas são infinitamente melhores para estradas ruins.

            • Ronaldo Cordeiro de Souza

              Pow, companheiro essa parte da 101 tá tão ruim assim? Sou do Rio e vou a Porto Seguro mês que vem.

              • Gustavo73

                Historicamente sempre foi ruim. A parte da Bahia também. E preparasse para encarar bastante caminhões.

                • Ronaldo Cordeiro de Souza

                  Obrigado!

              • Haroldo

                Ronaldo, acho que a 101 no RJ tá muito pior pois tem muito “tapa buraco” e nada de recapeamento com pavimento descente. No ES não tem buraco porém a pista é irregular, obra um pouco melhor que no RJ, mas como virou prática no Brasil, obra de baixo custo e baixa qualidade. Não é a toa de na ultima vez que vi estávamos na posição 139 entre os paises em questão de transporte, nos acostumamos com o caos e achamos isto normal, quem sofre é o veiculo, pois não é dimensionado para isto.

                • Ronaldo Cordeiro de Souza

                  valeu!

        • ultimate_rr

          Que estranho. Já tivemos Civic 1999 na família que rodou 200 mil km com silêncio absoluto na cabine… Enfim. Mais sorte no seu próximo carro

          • Petrucci

            O meu Civic LXS 2007 começou a apresentar barulhos somente a partir dos 40 mil km. Chegou a 80 mil quando o vendi, mas não parecia carro velho – apesar dos barulhos irritantes…

          • Haroldo

            Ultimate_rr, o Civic 1999 é um pouco mais macio que o atual, o Civic atual também é excelente e pode ser um pouco de azar sim, porém quanto pior o pavimento, mais o Toyota ganha terreno. Para o uso em locais com melhores pavimentos não é esperado problema.

            • ultimate_rr

              Isso é verdade. O difícil é encontrar os ‘melhores pavimentos’ – aos quais se refere – nas estrada do nosso Brasil ne rsrs

        • Vitor

          O da minha mãe 2009 lxs com uns 20 mkm, fazia um barulho CHATISSIMO do banco contra o apoio de braço, a gente resolveu passando um produto que deixava o couro liso, mas bateção não lembro não…

      • ALVIN_1982

        32000 km só rodando na cidade esburacada, valetas, lombadas, paralelepípedos, remendos malfeitos dá nisso… se fossem 130 mil km na estrada, estaria muito mais novo que esse aí com 32000 km na cidade. Não há milagres… a cidade ferra qualquer carro…

    • Vattt

      Tenho um Fit 2009 e realmente o acabamento fica a desejar!

      • megabolick

        tenho um fit 2010 e o unico barulho é o do tampão traseiro (problema este que é muito facil de ocorrer com os fits) mas não chega a incomodar,atualmente está com 87 mil rodados e não tenho do que reclamar.

      • daneloi

        Estou no meu terceiro civic e acabei de vender um fit ex com três anos de uso e 39.000km sem barulhos internos. Em compensação tenho também um Fiat 500 que desde sempre tem muito barulho no painel e a concessionária nunca conseguiu resolver. Uma coisa que posso falar dos carros da honda depois de ter carros da VW(4), Ford(2),GM(2) e Fiat(1) é que de longe os Honda são os que menos fazem barulho e os que realmente dão menos dor de cabeça…há alguns anos atrás eu pensava que isso era lenda ou coisa de fanboy…

    • Lucas Souza

      Muito estranho, meus pais venderam o civic deles com 3 anos de uso e por volta de 30mil quilômetros e o carro não fazia um ruído sequer. Tanto é que compraram o civic novo agora, pena que vai reestilizar de novo rsrs

      • siberianhusk

        Poxa, vender o carro com 3 anos e 30 mil km sem nenhum ruído? Pra comprar o mesmo carro?

    • Navaman

      O meu é 2008 e tem 45.000 km e não bate absolutamente nada, mesmo nas esburacadas ruas de Salvador. O carro está tão bom que tenho resistido a trocar.

      • siberianhusk

        Troque não!

    • GPE

      Total falta de sorte. Por mais que eu fique P da vida com a falta de equipamentos dos Japas, reconheço que eles tem os carros mais difíceis de ter barulhos internos. Vcs colocaram central multimídia ou tiveram que desmontar o painel alguma vez?

    • Gran RS 78

      Fui proprietario de um Civic 2009 LXS que tirei OKM e nunca tive nenhum desses problemas relatados por vc. O silencio do modelo sempre foi uma das coisas que eu mais gostava dele.

    • Ranier de Aquino

      tenho um civic 2007 com 112mil km rodados e o carro não faz barulho interno,ta precisando de uma revisão na suspensão devido alguns barulhos na dianteira, fora isso soh reclamo do botao do vidro eletrico do motorista que levanta o vidro traseiro direito, que as para de funcionar mesmo com o botao da porta do vidro funcionando normalmente…

  • Alexandre

    Levando em consideração que por quase 60 mil vc leva um Cobalt “completo”, vale a pena pagar mais 10 mil e levar um Corolla desses (pra quem gosta do Corolla). Eu iria de Fluence ou Jetta TSI usado.

  • Ederson Lima

    É impressionante, o que esse carro tem de bonito por fora tem de feio por dentro!
    Por que não faz que nem a Honda e põe um painel descente, esse ta horrível!

  • Estou De Olho

    O velocimetro do Corolla me lembra o meu ex-Celta 2004 :o)

    • Edson Fernandes

      Que alias, vc mudou a cor original do painel.

    • Renato Duarte

      a iluminação o painel do corsa sedan 2004 é azul, provavelmente o do celta tambem é azul original

  • Tosca16

    O Corolla pessoalmente é melhor que nas fotos, sério há ângulos que meu Deus que coisa triste … http://2-ps.googleusercontent.com/h/www.noticiasautomotivas.com.br/images/img/f/700x466xnovo-toyota-corolla-gli-18-cvt-avaliacao-NA-7-700×466.jpg.pagespeed.ic.T724lIPFzK.jpg
    Essa mesmo , detonou a frente … que também não é lá estas coisas na verdade sejamos francos .

    • Marcos Romero Cruz Cardoso Rom

      É O Sedan Médio mais Bonito da Categoria

      • siberianhusk

        São seus olhos!

        • Fanjos

          Ou a falta deles

          • Lucas

            belo rapaz

    • Edson Fernandes

      Eu acho o modelo conservador e para quem aprecia, vai gostar. Ele realmente não tem a pretensão de mostrar esportividade.

      O problema é que para mim, ele não oferece coisas citadas na materia que eu esperaria em um carro de R$70000.

      • Tosca16

        eu particularmente gostei do interior, mesmo que com materiais não tão nobres nas portas (revestimento) … mas o painel em si eu gostei, eu gosto dessas coisas quadradonas , alá anos 80 e 90 … eu sou dos poucos que não reclamou do interior, mesmo que pelo preço cobrado não traz nada de mais …

        • siberianhusk

          O problema é que por fora tá parecendo carro chinês 2015 … aí vc quando entra toma um choque … eu pensei que o Delorean era a máquina do tempo, mas tô sacando que o Corolla é que é …

        • Edson Fernandes

          Não não… o problema é que ele por R$70000 é muito pobre para oque oferece. É louvavel sim que tenha 5 air bags, mas pelo que custa deveria ofertar muito mais como foi citado na materia.

          E é esse o problema. Para mim, o interior é o menor dos detalhes, o que pega é a falta de itens como um simples farol de neblina por exemplo.

    • CorsarioViajante

      Tem um detalhe na traseira… Ela é truncada. Tem uma linha ascendente ali, que não tem nada a ver com nada.

  • MMM

    Esse carro é cheio de paradoxos. Usar material emborrachado no painel, aonde vc raramente coloca a mão mas não colocar couro no volante é um absurdo. Fora os itens de segurança que ficaram de fora. Acho que depois do efeito novidade e a vinda do novo Civic, a Toyota deve corrigir esses deslizes para se manter na liderança de vendas.

    • Redpeak77

      Embora você não toque, o emborrachado dá uma diferença grande na aparência… basta entrar e olhar o interior de um desses GMs novos, revestidos com plástico que parece de brinquedo, sem nada emborrachado ou forrado. Pense nesses mesmos painéis revestidos e a diferença que faria na aparência…

      • Gustavo Cruz

        Outra utilidade é manter a firmeza com o passar do tempo. Quanto menos “plátisco” e mais “borracha”, menos bateção no painel.

        Mas concordo em número e grau. Prefiro mais itens de segurança do que esses detalhes…apesar de que pelo preço, tinha que vir com tudo e muito mais…

        • MMM

          Na teoria você está certo, Gustavo. O problema é que a maioria dos carros não usa material emborrachado mas COBERTURA em material emborrachado. Os encaixes de plástico duro continuam lá. Tive um C4 que essa cobertura descolou e por isso descobri isso.

          • siberianhusk

            Claro que os emborrachados são materiais de revestimento … borracha estrutural, maciça, fica para coxins, batentes, etc.

      • MMM

        Isso é muito relativo. A aparencia do meu Cruze era melhor que do meu C4. E a qualidade dos encaixes também. Hoje a aparência do Civic também é melhor que do Corolla, por exemplo.

    • siberianhusk

      A Toyota já lançou como acessório uma capa para esse volante, de couro de anta …

  • tjbuenf

    Não consigo aceitar este novo visual. A dianteira, ao meu ver, está totalmente desconsoante com a traseira. Já o preço, dispensa mais comentários…

    • siberianhusk

      A Toyota contratou 2 designers recentemente, Frank e Stein … primeiro projeto assinado pelos dois é esse Corolla. Frank desenhou a dianteira e Stein a traseira. Mas os dois contribuíram, a quatro mãos, para o design interior. Quanto ao painel, os tios vão pirar ao som do Rossi … garçon … aqui, nessa mesa de bar …

  • Renan21

    Levando em conta as versões TOP do corolla, civic, sentra, cruze, focus e jetta. Qual seria o melhor?
    E qual seria o melhor, levando em conta as versões pé de boi deles?

    • dougkmt

      Acho bem difícil comparar se vc não incluir o fator preço, mas se for seguir o seu critério, minhas escolhas seriam:

      – Versões topo: Jetta TSI com todos os opcionais, por oferecer diversos itens como motor 2.0 211cv, câmbio DSG 6 marchas, suspensão traseira Multilink, xênon, teto solar (particularmente não gosto), interior bege, CM com GPS (tem câmera de ré?), 6AB, ESP, ASR, entre outros. Claro que o preço final é ridículo…
      – Versões básicas: Cruze LT, por aliar o mínimo de segurança ativa e passiva desde a versão base. Desempenho e consumo são bem questionados, mas levando em consideração que seria a versão MT, faz 0-100 em menos de 11s e tem relação peso / potência abaixo de 10. É aceitável pra mim.

      • Renan21

        Com certeza levando em conta o preço. Esqueci de colocar o jetta.

        • Vinny

          Melhor custo benefício: sentra, disparado na frente!!!

      • GPE

        Tem o C4 que pode ser encaixado na TOP, caso a pessoa queira economizar dinheiro e levar um carro que vai demorar pra mudar

      • Edson Fernandes

        Doug,
        Se vc procurar espaço interno, vc descarta Focus e Cruze. Eles tem espaço de compacto no interior.

        Eu colocaria no embate os “franceses” pelo preço. Acho que eles são bem completinhos a preço praticamente dos modelos de entrada das demais marcas.

    • GPE

      Cruze na básica e C4 ou o Jetta na TOP

    • Petrucci

      Posso ser a melhor pessoa a te ajudar.

      -Corolla Altis tem preço de BMW série 3 com 1 ano de uso. Não vale nem 80 mil reais!
      -Civic EXR tem itens interessantes a 82 mil reais;
      -Sentra deve ESP, mas vem bem completo em baixo preço;
      -Cruze LTZ você pode se esquecer totalmente dele – não vale a pena!;
      -Focus Titanium ou Fusion? Vá de Fusion por 5 mil a mais!;
      -Jetta TSI é o melhor sedã médio à venda no Brasil. Recomendo um usado, que custa coisa de 25 a menos do que um 0km (comprei o meu usado por 71 ou 72 mil reais);

      • Renan21

        Sem duvida alguma, no caso de usado, o jetta é o melhor das opções.
        Mas e 0 km? Acredito que o sentra leva.

  • PrGirafales

    que se dane o que vcs estao falando aqui, isso é carro de pessoas de mais idade, vao comprar a rodo e nao tao nem ai para o valor e para o que a gente comenta aqui, essa é a verdade, os mais jovem optam pelo civic, jetta, cruze…. corolla ta fora, eu nao compraria, pode ser um baita carro em mecanica e confiabilidade, mas em design, acessorios, é carro de “tiozao” …olha o painel desse carro, parece de carro chines dos anos 90 …. parece que ao inves de evoluir o design do painel, retrocederam ….. opinião minha

  • Marcos Vianna

    Deixar de comprar um JETTA TSI para comprar esse lixo tem que ser muito BURRO mesmo!

    • Thiago_NCO

      Péssimo CxB certamente. Mas lixo é exagero. É apenas um bom produto muito, mas muuuuito overpriced, mesmo para os padrões brasileiros.

    • Marcos Romero Cruz Cardoso Rom

      Burro é quem compra o Jetta com Design de 1918 beberrão e ainda é um VW esse lixo é um Best Seller MUNDIAL

      • Edson Fernandes

        Marcos,
        Se for para fazer comentários desse tipo, peço que pare. Você sabe muito bem que isso já lhe causou banimento no NA.

  • Danilo

    Paia….. o painel de corolla menos pior foi o da geracao antiga no altis. esse ta feio de d+!!!
    Nao faz meu estilo, entao nunca compraria! ta bem “simprao” por dentro mesmo, nada que salte os olhos. Pra 2003 ia ser show de bola, rsrsrs

  • Marcelo ASR

    Não gostei nada desse carro. O da geração anterior era muito mais harmonioso.

    • JCosta

      Concordo com você. No meu conceito, o destaque negativo ficou para o painel, muito feio mesmo.

    • Bernardo Brasil

      Concordo. O painel desse carro é sofrível.

  • siberianhusk

    “O painel tem visual bastante sóbrio e elegante, sem ser tão simples como
    seria de se esperar em uma versão mais barata (ou menos cara,
    dependendo do ponto de vista). A mescla de tons em preto, preto
    brilhante, cinza e prata chama a atenção pela harmonia.” … parei de ler aqui … elogiar esse painel balcão de lanchonete, poluído e cheio de imitação de costura é demais para mim!

  • Roger Rosato

    Carro caríssimo com economias porcas. Sou mais um Civic, que inclusive tem melhor dirigibilidade.

  • Wally

    Esse Corolla NÃO TEM Botão Start/Stop, Keyless entry, ar-digital, som com display LCD 4,3″, PC de bordo com display LCD, couro no volante, maçanetas cromadas, molduras dos vidros cromadas, apoia braço central no banco traseiro, piloto automático, motor 2.0. Viva o Sentra SV!!!

    • Bruno Tenório Souza

      Eles vão adicionando aos poucos nas próximas versões. Pois, se adicionar agora, não terão desculpas para aumentar o preço depois.

      • Wally

        Sabia que eu tinha esquecido mais itens.. O corolla não tem farol de neblina(pasmem), farol de led e lanterna de led.

    • Petrucci

      Que também não tem ESP… Leva um C4 Lounge então!

      • Wally

        ESP do C4 Lounge só tem em versões top.. Falando das versões automáticas de entrada, o Sentra SV é imbatível no mercado.

      • ViniciusVS

        Acho totalmente desnecessário ESP ainda mais no perfil da maioria que é de casa para o trabalho, digo pois meu pai tem um carro que tem ESP eu tentei fazer o teste, e não consegui ativar o ESP …isso porque ultrapassei o dobro do limite de algumas vias, o carro segurava bem nas curvas sem a necessidade do ESP, não consegui ativar o ESP , acho que para ativar só se eu tentar fazer curvas a mais de 140 km/h dentro da cidade ou fazer manobras completamente irregulares ( dar uma de cabaço… ) como não é o perfil da maioria aqui inclusive não é o meu perfil de condução também ( ando entre 40 e 50km/h na cidade) pouco provável precisar utilizar o ESP, já que nestas condições direção defensiva basta.

        mas é aquilo a maioria que comenta, fica apenas no “super trunfo” enquanto esta com o popularzão ou o Semivelho na garagem nunca teve um carro com ESP e leva apenas as teorias como se fosse fundamental o que na pratica não é…

        • Liu Carvalho Bittencourt

          você não conseguiu ativar pq é um cagão, só por isso.

  • Paulo B.

    Olha!!

    Eu sou super a favor de sair da mesmice do interior todo preto, mais só eu que achei esse interior poluído demais?? São tantas cores que chega a ser brega demais!!!

    Nem vou discutir a questão do preço, isso é chover no molhado!!!!

    • Edson Fernandes

      Eu já acho que o problema é a versão de entrada. Se vc olhar a versão XEi (que tbm tem o interior cinza) a mescla de cores éboa.

      Acho que o banco, com outros detalhes do interior são o que faz do modelo ficar com o interior estranho.

  • DGA

    Sei que serei crucificado, mas para mim o conjunto está ótimo! Não sou adepto à frescuras e/ou desempenho arrebatador, preferindo sobriedade e confiança. Obs: Eu não disse que ele apresenta um bom custo-benefício!

  • Arthur Rocha

    A proposta desse carro não é oferecer luxo e tecnologia, e sim baixo consumo de combustível, juntamente com baixo custo de manutenção como todo Corolla.

    Mesmo assim, nada justifica a ausência de farol de neblina, pil. aut. na versão CVT, volantes em couro(Onix e Prisma tem isso) e um mero espelho de cortesia para o passageiro.

    Creio que a Toyota ate poderia aumentar 1 mil nessa versão e resolver esses problemas e o consumidor não se importaria em pagar.

    • ObservadorCWB

      Rindo muito….e já pedindo desculpas…. mas aumentar ainda mais ? O contrário seria melhor, reduzir uns 5k e aumentar a oferta de opcionais. Na verdade a Toyota fez o que o brasileiro gosta: Vender um PSEUDO nipônico + MAQUIAGEM. Já está vendendo bastante, duvido que a política de preços e ou ítens de série mude. Continua compra por efeito manada, como já descrito por outros leitores há Jetta, Sentra, Cruze, Civic… há tempos atrás até um Azera se comprava por esse preço.

      • Wanderson Perin

        Fala sério…aumentar? Aumentar os itens e baixar os preço né?!

        • Victor Borre

          Ainda tem margem para aumentar… kkkkk

          • Wanderson Perin

            Tranquilamente Victor, e ainda vai vender igual água!

    • Debraido

      Aumentar?

    • Thiago_NCO

      Aumentar? Ir de caro a extorsivo?

    • Vitor

      Foi sarcasmo certo?

      Farois de neblina eles cobrariam mil, piloto automatico mais mil, volantes em couro mais mil, espelho de cortesia mais mil.

      Nem sabia essa do farol de neblina, do volante e do espelho, que vergonha pra um carro de 70 mil reais.

      • Edson Fernandes

        No final das contas, é o que eles apregoam com o XEi.

        Na minha opinião, nessa atual geração, caberia tbm um XEi 1.8. Assim deixaria entre o Gli 1.8 e o XEi 2.0.

        • Vitor

          Edson, concordo com 90% do que você fala, mas o MÍNIMO que uma empresa como a Toyota pode oferecer são os 3 itens que eu citei acima… Criar uma nova versão para adciona-los é ser conivente com eles.

          • Edson Fernandes

            Me desculpe se me fiz entender mal.

            Na verdade, quis dizer isso, pois desde a geração anterior, critiquei a retirada da versão XEi para o motor 1.8. Ainda que seja louvavel a colocação de um motor mais potente, sem aumento real no preço (falo real porque na tabela aumentou, mas no preço final não), eu prefiro que tivessem então lançado o XEi 2.0 mantendo o 1.8.

            Obviamente, sabemos muito bem que isso infelizmente sempre acresce preço. Mas seria uma forma de hoje, ter mais flexibilidade e opção.

            Eu mesmo, principalmente na atual geração, vejo que ao invés do conteudo do GLi da forma em que está, deveria ter pelo mesmo preço um XEi 1.8 e então um GLi de R$65000 automatico. Assim os aumentos não seriam absurdos, ainda que nada justifique o aumento de R$10000 perante o XEi 2.0 anterior.

    • GPE

      Colega, esse carro já tá inflacionado demais. Era pra custar uns 2mil a menos e ter espelho no para-sol, piloto automático, ar gidital e farol de neblina.

      • Edson Fernandes

        É revoltante mesmo. E digo mais: É igualzinho ao Civic de entrada nesses aspectos.

  • Robinho

    Não gosto deste painel, o carro em si é simples demais e o preço não vale a pena.

    • Marcos Vinicius Bittencourt

      Aquele relóginho e as saídas de ar central, deixam o carro parecendo velho.
      O painel poderia ser um pouco mais envolvente, o desenho me agrada, o black piano acho que foi usado corretamente, mas os dois detalhes conseguiram estragar o painel na minha opinião.

  • driguetto

    Acho que Peugeot 408 THP custa o mesmo preço que esse “Corolinha” e ofereçe muito mais itens, em relação ao cambio CVT, acho muito confortável a condução sem trancos mas não justifica este preço todo.

    • ultimate_rr

      Mais difícil que um Corolla custar menos que o 408 é você convencer um dono de Toyota a partir para a Peugeot…

      • GPE

        O 408 poderia custar 50mil com motor THP que o comprar padrão do Corolla iria dizer: prefiro pagar 80mil no XEi pq vou perder menos dinheiro. Aí depois de 3 anos o cara venderia o THP por 30mil e o Corolla por 60mil…

        • Gustavo Cruz

          O famoso “cabeça de banana” que compra carro achando que é investimento….

          • Marcos Pastori

            Ou ”status”…Corolla aqui na Bananalândia, é carro de ”rico” da novela. O que diriam os vizinhos também ? ”Peugeot 408…que carro é esse mesmo ? O que é THP ? Turbo ? Nem pensar, imagina a manutenção disso!”

            • Edson Fernandes

              Perfeito! É isso mesmo!

              Entre colegas de trabalho é o que mais ouço!

              Corolla: Nave!

              408: É um peugeot né…

              • CorsarioViajante

                Isso é algo que me intriga!
                Entendo uma pessoa falar “eu adoro o corolla, é confiável, previsível, neutro, invisível”.
                Agora não entendo as pessoas elogiarem como se fosse um carro entusiasmante!

                • Edson Fernandes

                  Pior: Me lembro de uma ex funcionaria, falando que o sonho de consumo dela era um Corolla porque ela andou em um taxi e achou um sonho. E então, em uma conversa, onde estava comentando os sedans médios no qual dirigi, ela me interrompe e diz: “Carro assim é o Corolla!”.

                  E eu quando é assim logo perguntei: “Tá dirigiu outros sedans para dizer isso?” Claro que a resposta foi não. E é por isso que eu falo, a pessoa não conhece, é leiga mesmo e nem se preocupa em conhecer. É capaz de um dia ela rodar em um Audi e flar que prefere o Corolla por desconhecimento do produto. Mas aqui, nao estou dizendo que o Corolla não é bom, só acho que a pessoa deveria conhecer carros superiores e similares para desenvolver um senso critico e isso, qualquer um pode fazer.

                  Escolher um carro “porque andou” sem andar nos rivais é uma coisa que eu acho inexplicavel.

                  • CorsarioViajante

                    Isso é “síndrome de papagaio”, o pessoal não pensa, repete o que os outros falam.

                    • Edson Fernandes

                      E pior… poderia comprar algo melhor e ao invés disso, só repete o que os outros fazem.

        • ultimate_rr

          GPE, as questões vão muito além do valor de revenda… Diria que a maior parte delas, inclusive, está associada ao período em que o comprador ficará com o carro e não no momento da venda.

          • Edson Fernandes

            Quais? Um comprador de Corolla geralmente troca por outro. E isso não é mais do que 3 anos. (isso do comprador que sempre compra outro Corolla).

            • ultimate_rr

              Não entendi direito sua colocação, mas, pelo que entendi, me perguntou quais questões me referia. Algumas delas:

              Pós-venda: Peugeot famosa por tratar “”muito bem”” seus clientes enquanto a Toyota é referência…;
              Reputação: Corolla já possui uma reputação de ser um carro confiável construída ao longo dos anos ;
              Design: muitos ainda consideram o 408 um carro desarmônico;

              Veja bem, não se trata da minha opinião exatamente.

              • Edson Fernandes

                Sim, fiz essa pergunta no qual vc me responde :) e apenas complementei que um dono de Corolla geralmente troca por outro Corolla de 3 em 3 anos.

                A Toyota realiza muito esse tipo de pesquisas de campo, por isso eu sei. Não a toa, é um carro que tem sucesso em nosso mercado e clientes que retornam. Mas numa boa? Parte disso, eu penso que se trata de uma marca que mostra seu produto. Tanto a Renault como a Peugeot, pouco demonstram. Pode reparar como é a postura… veja a Citroen que tem ganhado na forma de marketing com o C4 Lounge…

                Ela demonstra o interior, exterior, coloca até som de motor V8 para apregoar a tecnologia do motor turbo em seu carro…

                Tem feito gosto das pessoas. Tendo conteudo, as coisas mudam de figura. A propria Renault, pouco explora o potencial do Fluence, principalmente na versão esportiva. Seria muito bacana explorar os modelos (que sejam os topo de linha) colocando em evidencia para atrair o interesse do comprador. Lembrando ainda que a Renault é a terceira colocada no ranking de pos vendas.

                • ultimate_rr

                  Edson, concordo com o que disse. Penso que, além de tudo isso, a história será sempre a mesma: como fez Honda, Toyota e posteriormente Hyundai nos EUA, ofereceram, inicialmente, um produto que se mostrou acima dos então concorrentes e com preço bem menor. O consumidor norte-americano é muito informado e exigente, sendo assim, levou alguns anos para elas os cativarem e crescerem por lá. Me parece que a PSA e Renault meio que perderam essa oportunidade… mesmo oferecendo carros mais completos por um preço um pouco menor que os concorrentes de sucesso, derraparam na qualidade dos produtos.. Aí não deu né. Má fama é um negócio caro e complicado de se reverter.

    • renato dantas

      Sair das francesas e ir para Civic ou Corolla é constante a troca, mas ao contrário… é mais fácil chover no deserto do Saara.

  • ALVIN_1982

    Posso comprar qualquer carro com até 70% de desconto… pra mim esse Corolla com rodas de HB20 não serve…

    • riccorreasp

      70% de desconto?

      Você não quis dizer 30%?

      • ALVIN_1982

        não… é 70% a 40% mesmo… esse Corolla de R$ 69.900 eu compro por R$ 28.350,00… 59,5% de desconto… tenho uma tabelinha aqui. Só eu tenho isso….

        • riccorreasp

          De duas uma, ou você mora nos EUA ou se refere a compra de carros usados.

          Ou então você está sonhando que mora em um país sério… rs

          • ALVIN_1982

            De duas uma… a quarta… em breve falarei sobre isso. Não posso soltar esse segredo agora…

            • Yuri Ravitz

              Comentando aqui pra saber que treta é essa rsrsrs

            • Edson Fernandes

              Mas se puder comprar por esse valor para mim, EU COMPRARIA.

              Tem como? (e é sério)

              • ALVIN_1982

                É sério mesmo… é que eu não posso divulgar nada aqui no NA por questões de ética… o site não é pra fazer divulgação de serviços, por isso eu não posso falar por aqui. Em breve vou falar com o Eber e se ele me autorizar eu falo.

                • Edson Fernandes

                  Por isso mesmo eu pergunto se é possível vc fazer para mim.

                  De qualquer forma para que nõa interfira no NA, segue meu email pois tenho interesse:
                  eds2000@gmail.com

                  Abs!

                  • ALVIN_1982

                    Ok… em breve entrarei em contato com você… dá sim…

            • ViniciusVS

              você é dono da Toyota? kkkk aproximadamente 30% são impostos… você tira o carro de graça? como faz isso? qual a procedência?

  • Marcos Vinicius Bittencourt

    Exterior com apelo esportivo e interior com apelo extremamente clássico.
    Deve ser um bom carro, como os outros Corolas, mas eu não acho que a Toyota acertou na uniformidade de estilo nesse carro.

  • ultimate_rr

    Por menos de 70 mil, para mim, essa é a versão mais lógica do Corolla. Mesmo sem gadjets e ESP, está no nível da concorrência. Pelo menos oferece 5 airbags… Agora… esse ar-condicionado manual é ‘fogo’ hein.

  • Vitor

    Li alguns comentários do tipo: esse carro é pra público conservador, dane-se o que voces pensam: vai vender a rodo…

    Só vou dizer uma coisa: Gente velha não é burra e nem cega, esse carro é feio, caro, e com péssimo CxB.

    Aqui em Curitiba quem dirige bastantinho por dia, vê um novo Corolla por quinzena, enquanto chove Civic sem placa.

    Aproveitando o comentário do Civic, eles inventaram uma moda aqui de oferecer o carro com teto ‘pintado?’ de preto direto da CC, queria saber se em outras cidades isso acontece tambem.

    • Itallo Antonny

      Não é envelopado de Black Piano? Eu peguei uma Asx awd (sem teto e xenon), mas mandei colocar um vinil que imita black piano, fica parecendo vidro hehe

      • Vitor

        Então, eu acho que deve ser, mas eles falam aqui em Curitiba que é uma série especial da concessionaria, eu nao ia ficar argumentando com o vendedor, só queria saber se em outras cidades isso acontece também.

    • GPE

      Civic tá em promoção de preço e com taxa zero (mt gente não sabe que vai mudar, justamente pq é público que não se informa mt sobre carro), enquanto o Corolla tem ágio, fila de espera e menos equipamentos quando se compara o Civic EXR com o XEi

      • Vitor

        O que eu fiquei sabendo do Civic é um facelift frontal, sem alterações no resto do carro, não acho que falar que vai MUDAR é certo, ele vai fazer só uma perfumaria…

        -O EXR pra mim é superior ao Altis, só pra comentar.

        • GPE

          O Civic deve mudar a traseira também.
          Qualquer alteração faz abaixar o valor do carro vendido.
          A pergunta é simples: vc compraria um Civic hoje, sabendo que terá em 2 meses um carro praticamente 0km que não está atualizado?
          Eu só faria essa compra se tivesse um desconto de 10% (coisa que nenhuma empresa faz).
          O EXR só peca frente ao Altis na falta dos airbags de cortina (acho que a nova versão terá)

          • Vitor

            O que eu vi foi uma nova grade e farois de LED diurnos, frente a isso sem dúvida compraria um Civic se houvesse desconto.

          • Edson Fernandes

            Bom… o Civic na minha opinião, se fosse o LXR teria que custar menos de R$60000 pelo que oferece. Mas como eu só no mundo dos sonhos teria isso, então espero sentado.

  • marcfreitas

    É caro sim, como vem sendo nos últimos anos. Eu partiria para o Civic, por gosto pessoal e uma experiência passada. Realmente ele não tem itens importantes, mas ainda sim é um bom carro e o que mais me agradou foi o consumo, superando até o do novo Civic 2.0 que avaliaram na faixa de 14 km/l na estrada. Na cidade realmente é difícil fazer milagre com esse nosso trânsito caótico.

    • Vitor

      o mais impressionante é que o civic emplacou só 210 unidades a mais, ( 5776 x 5566 ), segundo a QR.

      Eu não sei aonde que estão emplacando tanto Corolla, aqui no sul, mais precisamente em Curitiba, é mais facil ver um exótico do que Corolla rodando…

      • marcfreitas

        Aqui no Ceará a situação muda, há mais Toyotas que Honda, Hilux e Corolla se vê aos montes, hehehe eu já perdi a conta de quantos novos Corollas eu já vi, quase todos XEI e alguns Altis.

        • Edson Fernandes

          Mas em SP tbm tem bastante.

  • Igor Serra

    “apenas o do motorista tem função one touch para subir e descer” MEU DEEEEEUS, PQ?? PPPQQQQ????? Eh soh um modulo diferente e pronto, fica tudo one touch. E eh baratinho… aff…

    • Vitor

      Custo da tinta pra escrever AUTO em todos os botões…

      • dougkmt

        Kkkkk.

    • Navaman

      Em viagem pelo exterior no mês passado, eu aluguei um Kia Optima e incrivelmente era desse jeito também.
      Acho que a Toyota depenou os Corollas GLi e XEi para justificar as diferenças de preço entre cada uma das versões. Equipamentos que tinham no XEi, como rebatimento dos retrovisores, acendimento automático de faróis, agora só vem no Altis.
      Lembro que os primeiros GLi tinham até ar digital.

    • renato dantas

      E adição de mais um L no nome Corolla encareceu a criança.

  • Igor Serra

    Motor elástico? Com uma faixa útil de 1800rpm? Por favor neh NA.

  • Igor Serra

    Torço mt pra q o cvt se popularize… mas sem essa de marchas virtuais…

  • laguiar

    É o carro de vive da fama de “confiável” perante seu público, que são pessoas (homens em sua grande maioria) acima dos 60 anos e que não dão mais espaço para “novidades”.
    Os carros japonses tem boa mecânica? Sim, mas os outros concorrentes tbm dificilmente passam feio hoje nesse quesito.

  • zeh

    …e esse radim no painel?..tão ..walkman anos80….pelo valor cobrado no carro deveria ter uma tela touch de 8 polegadas…

  • Guest

    olha a altura da suspensão, estraga todo o design, mas para rodas no brasil, só assim mesmo. =/

  • Alexandre

    olha a altura da suspensão, estraga todo o design, mas para rodar no brasil, só assim mesmo. =/

  • JPaulo10

    Como o próprio texto deixa claro, essa versão é principalmente destinada a frotistas e Pessoas com Necessidades Especiais. Daí o preço de R$ 69.990 (abaixo de teto de R$ 70 mil).
    O preço real dele gira em torno de R$ 55 mil, um bom custo-benefício.
    Lembrando que algumas montadoras colocam seus modelos acima do teto justamente para não vendê-los a PNE (ford, com seu focus sedã, p.ex.), ou não possuem veículos fabricados no Mercosul (Sentra e Jetta, p.ex.).
    A Toyota e a Honda tratam MUITO bem os clientes com Necessidades Especiais.

    • renato dantas

      Há nessas duas marcas até um departamento que trata de tudo para os portadores de necessidades especiais.

    • riccorreasp

      JPaulo, na realidade, com a isenção o carro fica em torno de R$ 54.500,00.

      • JPaulo10

        Corrigido. Grato.

  • CarLoverRS

    Bom carro para a frota de taxis das capitais brasileiras.

    • Marcos Pastori

      Pensei a mesma coisa! Em todas as versões, deve ser ótimo como táxi….desde a versão GLi ”pé-de-boi” para o dia-a-dia até a Altis como táxi ”executivo”. A versão XRS do antigo em BH, tem a rodo como táxi.

  • GPE

    Resumindo: continua sendo um carro pra quem não conhece de carro e fica pensando na desvalorização.

    • Thiago_NCO

      Bingo.

    • ObservadorCWB

      Mas em pontos percentuais é a mesma coisa. É que o cara já paga caro de início, mas na troca vê que seu Civic/Corolla está melhor valorizado que concorrentes…antes fosse.

      • JPaulo10

        Mas o comprador consegue vendê-lo bem mais rápido que um da concorrência.
        Meu irmão pastou, em 2011, para conseguir vender seu Renault Mégane sedã. Nem as ccs Renault o queriam!!!

    • Edson Fernandes

      Tirando os fatores de ser mal equipado, eu não concordo.

      É um carro para transportar com conforto os ocupantes. Nem sempre aquele carro que oferece acerto mais dinamico é o masi agradavel. E olha como funciona no Brasil: Muitos modelos oferecem propostas de “rodar” interessantes, mas o Cruze e o Focus por exmeplo, são pequenos por dentro. E é ai onde mora o problema.

      Eu não compraria um carro duro, se fosse rodar na cidade todo santo dia.

  • Diego Nameko

    Toda vez que vejo este novo Corolla nas ruas, eu tenho uma impressão que voltei nos anos 90. E o interior remete muito aos anos 80 e 90. Se a Toyota trabalhasse melhor ficaria bonito, mas deste jeito não ficou, opinião minha.
    Agora o Corolla sempre terá suas excelentes qualidades, agora a redação do site, vale lembrar que a maioria dos países, ou quase todos, o Corolla é carro popular ou de entrada no segmento de sedãs, que seria esta versão, a Toyota Brasil tem que rever suas versões de corollas e melhor adequar ele para o nosso mercado, já que aqui ele vale uma fortuna e é considerado sedã médio/grande.

    OFFTOPIC: Agora questão de preços, tudo está salgado e estão aumentando os preços enquanto as vendas caem. Até meu Corsinha que antes valia R$ 9.500,00 agora tá valendo R$ 11.000,00 em reflexo da baixa venda do mercado de novos.
    E sei lá, se continuar assim acho que terá uma crise no Brasil, na Construção Civil, Industria têxtil e industria branca vejo que está quase tudo devagar e muito caro.
    É um palpite meu mas parece que está óbvio.

  • Netovski

    Qualquer expectativa que o consumidor possa ter em relação à economia com manutenção está embutida no preço.

    Certamente existem opções com melhor relação custo-risco no mercado, inclusive o arquirrival Civic.

  • Louis

    Uma dúvida, essas marchas virtuais do cambio CVT só funcionam em modo de “trocas manuais”? Ou mesmo no modo automático, o carro fica imitando as passagens das marchas ?

  • Vinícius

    Um Civic está por 68k com mais equipamentos(nem tantos assim) e é muito mais bonito.
    O C4 também esta com preço ótimo.
    Ta, o Corolla tem CVT, mas eu prefiro perder um pouco do conforto do quer ter que olhar para esse painel…

    • Bruno Borges

      Realmente, esse painel é muito retrô com essas saídas de ar e relógio anos 90.

  • Marcos

    Acho muito caro, mas se tem idiota que compra, sempre terá esperto que venda. O pior é ter que aguentar o cartel que esse governo tanto defende.

  • bedotRJ

    Hoje tem um anúncio da rede CAOA do RJ comparando o Elantra ao Corolla Altis, prá demonstrar que o Hyundai é melhor compra: mais equipado (teto-solar, ESP), mais potente e com maior torque. Claro que é propaganda, mas por esses dados, que são verdadeiros, de fato o Corolla top perde essa comparação.

    • Edson Fernandes

      Só resta ver o preço, porque se for de R$90000, tbm não ajuda.

  • Bruno Borges

    Caro d+ em todas as versões…
    Mas é o de sempre, o consumidor brasileiro gosta de modinha e compra carro pq o tal carro é o mais vendido e é mais fácil de revender, etc..
    Meu vô mesmo tá numa fissura com esse Corolla, já sugeri ele ao menos conhecer outros modelos, mas não… só serve o tal do Corolla… complicado.
    Como a Toyota sabe da fama boa de seu carro, eles nem precisam melhorar muito a oferta de equipamentos e podem subir bem o preço.

    • Vitor

      Parece meu vô com o Focus Sedan, não considera nem olhar o Fusion, quer porque quer um Focus Titanium que custa 90 mil.

      Já meu tio que tem um XRS (nossa que baita esportivo), detestou -com razão, o novo Corolla, e vai provavelmente partir pra uma Sportage.

      Só to dividindo, não concordo nem discordo com eles…

      • Bruno Borges

        É Vitor, vc entende minha agonia…rs
        O Focus Sedan Titanium Plus é bem completão, mas é difícil aceitar dar mais de 90 mil em um.

        Quanto ao XRS, é triste chamá-lo de esportivo só porque colocaram um kit xuning e escureceram a lente dos faróis…hehe.
        E cara, uma Sportage é bem bacana hein, não sou muito fã de carros grandes (SUV’s, caminhonetes…) mas ela é bem bonita.
        Enfim, é triste ver que, atualmente, se a pessoa quer um sedan médio top terá que pagar algo a partir de 85 mil…. Corolla Altis, Civic EXR 2015 (quando vier, e que provavelmente vai chegar mais caro), C4 Lounge 1.6 THP com xenon e teto, Elantra top, Cruze LTZ, e por aí vai.. Acho que só o Sentra SL salva.

        • ObservadorCWB

          Eu quase pediria para o SR. CAOA colocar o “old” Azera em produção por aqui. Afinal já temos o old Tucson não temos ? O carro vinha completo de tudo por 78.800 na versão mais TOP em 2010/2011.

          • Bruno Borges

            Boa, aquele Azera foi uma ótima compra na época. Quem comprou levou um excelente custo x benefício.
            Lembro que nele até o ajuste da coluna de direção é elétrico.
            Será que um hoje (usado, claro) tá valendo a pena?

            • Edson Fernandes

              Sem contar que quando vc desliga o carro, se vc é mais baixo e costuma deixar o banco mais proximo da direção, na hora de sair do carro ele afasta par aque se saia confortavelmente.

              • Bruno Borges

                Que isso! Top d+!
                Agora que o design é novo (uau!), eles tiram algumas dessas tecnologias e aumentam o preço absurdamente.

      • Gustavo73

        Mas o seu avô precisa do espaço do Fusion? E talvez ele prefira os equipamentos presentes no Focus e ausentes no Fusion 2.5. Eu não teria um carro do tamanho do Fusion por questões de gosto.

      • CorsarioViajante

        Sei lá, acho isso bem normal.
        Eu preferia um FOcus de topo do que um FUsion, que é bem maior, muito mais chamativo… Eu não me acostumaria. Aliás, tbm não curtiria o Focus sedan, talvez o hatch…
        Para dar o exemplo, meu pai tem um jetta 2009, sou apaixonado pelo motor, mas nunca teria um carro daquele tamanho e tão chamativo.

  • Marcelo Tavares

    A Unica coisa que esse carro tem, e só nome mesmo . um carro desse nivel () não te um suspensão muito Braços,não te controle de estabilidade,não te um computador de bordo que presta . e uma vegonha . ja tirve vectra CD 2003 que era bem mais equipado que esse carro ai . e não custava 90 mil não . so mais um Ford Fusion,um Ford Focus mesmo . muito mais carro .Também te o Nissa que também e Pelado igual o corolla mais e mais Bonito . Queria saber Quais Critério um comprado dessa categoria analisa antes de fecha negocio . acho que nome mesmo .

  • wilson

    OLHA PESSOAL… POSSO ESTAR ENGANADO, JÁ TIVE DOIS COROLLAS 2010/2011-1.8 E 2012/2013-2.0…. É UM CARRO ESPETACULAR… ECONOMIA, CONFORTO, DURABILIDADE ENTRE OUTROS… ALÉM DO MAIS É ACESSÍVEL A TODOS… E NESSE PONTO NUNCA EXISTIU NA INDUSTRIA AUTOMOBILISTICA UM CARRO DESSE NÍVEL NO BRASIL… VEJA BEM… NÃO SE DEVE COMPARA-LO COM CARROS IMPORTADOS ALEMÃES… O CUSTO BENEFÍCIO DO COROLLA É FANTÁSTICO… MINHA OPINIÃO…

    • CorsarioViajante

      EVITE ESCREVER EM CAPS LOCK… EQUIVALE A GRITAR! rs

  • david marques’

    Comprei um um desse (GLI 2015 CVT),ainda naum chegou e espero que não me arrependa!!!!!!!

  • Bernardo Brasil

    Não consigo simpatizar com o painel desse carro. Acredito no bom conjunto mecânico e pós venda da marca, mas só por esses motivos levaria o corolla pra casa. Ele não possui absolutamente nada de inovador que o justifique pelo preço que cobra. Maior prova disso é que a preocupação de quem o adquire consiste apenas no que citei anteriormente. Pós venda e conjunto mecânico.

  • Tygra

    Quando eu vejo esse novo Corolla, eu penso nos japoneses da Toyota tentando copiar o design da Hyundai, definitivamente não deu muito certo, ficou feio e sem identidade (parecendo carro chinês), pior foi que esqueceram de olhar o carros da Hyundai por dentro (quem sabe nesse caso a cópia pudesse ter ficado melhor), porque, pior que exterior é o design do interior. Acabaram com o Corolla! Normalmente é isso que ocorre com quem deixa de acreditar em si mesmo e tentar copiar os outros.

  • Caio Brandão

    ”Do outro, alertas para desativação dos airbags” Ja vi isso em alguns carros, um botão que desativa os air-bags, alguem me explica porque alguem iria querer desativalos ou o porque que as montadoras colocam esse botão nos carros?

    • MMM
    • victor

      Em alguns países, a legislação permite que se ande com cadeirinhas para crianças no banco da frente. A criança viaja de costas para o parabrisa. Para isso, é necessário desativar o airbag do passageiro.

    • Edson Fernandes

      Por conta de instalar cadeira de crianças no banco da frente. Como a instalação da cadeira de criança é sempre contra o painel, se houver algum impacto e o air bag se abrir, a lesão pode ser fatal para a criança devido a força do air bag contra a cadeira infantil.

      Mas apenas nessa situação mesmo.

  • Mak Mak

    Exemplos já tivemos para abaixar os preços…Toyota Etios.
    Mas como a gana,pressa,em mostrar o carro novo para o vizinho ou “amigo” que sempre está com um carro novo e para não ficar para trás ou até “mal”falado na roda de amigos com carro 0km o cara compra pagando absurdos,para não ficar fora da panelinha.

  • GUGASP

    O painel do GLI é muito simples, chega a ser feio.
    Também não gostei das rodas iguais às do HB20, nem de ter perdido o ar digital (o GLI da minha mãe tem).
    Mas é um carro de excelente mecânica, pós-venda referência e revisões baratas.

  • Wanderson Perin

    A paciência do consumidor está sendo testada…sem couro no volante, painel estilo década de 80, sem ar digital, sem controle de estabilidade…e sem mais um monte de outras “coisinhas” que poderia ter… A dona Honda está entrando nesta onda também com o FIT. A diretoria agradece! ($$$)

  • Renato Braga

    Acabei de receber uma proposta, 408 thp com gps, teto e xenon direcional….70.000,00,sei da revenda….sei da marca….sei que não é um corolla….mas balança ou não?

  • André Flandres

    Embora ainda seja muito caro, realmente o Jetta TSI tem um custo/benefício bem melhor que todos esses Corollas. Mas tenho um Jetta TSI 2012 e faço duas críticas. A primeira é a falta de transparência da VW para o plano de manutenção desse carro, com preços sugeridos que vivem mudando sem razão alguma, ora contemplam a mão de obra, ora não contemplam e, de qualquer forma, poucas são as concessionárias que o aplicam sem precisar que o cliente fique chorando. A segunda é que o meu carro faz muitos barulhos de acabamento e um pouco no sistema de suspensão.

  • Alexandre Maciel

    Se o que salva o interior é o painel, então para o meu gosto não se salva nada dentro dele. Esse painel reto com essas saídas de ar com cara de velhas e esse relógio são, na minha opinião, de péssimo gosto. Some-se a isso a diferença dos mostradores entre GLi e demais versões e esse ridículo ar manual.

    A Toyota poderia ter colocado uma seringueira dentro do carro que não me faria mudar de ideia quanto à ridícula simplicidade do painel e do interior de modo geral.

    • siberianhusk

      Seringueira … kkkkk .. realmente, a imitação de costura significa que o emborrachado do painel está imitando couro? ridículo!

  • Moço Lanpenn

    Prefiro o Nissan Sentra.

  • Jair Cordeiro

    saiu o reajuste em todas as versoes do corolla. R$ 2.000,00. posso comprar um civic EXR ou um corolla XEi pelo mesmo valor. qual vcs comprariam? claro que iria esperar o civc 2015.

  • Tatiane Luiz Moraes

    Olha sobre barulho de painel e acabamentos,Meu c4 pallas 2009 roda pelas ruas de calçamento em joinville /SC bem silencioso……Pelo ano dele e km de 66000 tá bem integro….E acabamento nem se fala…
    E sobre beleza no painel …Olha o Corolla é um carrão ,mas este painel não tá com nada….
    Sou mais o painel do novo Sentra ,do c4 lounge,e do CIVIC.

  • Vagnerclp

    Iria de Nissan Sentra ou Focus Sedan S.

  • Paulosreiss

    70 mil nesse corolla? Gente, o que aconteceu com os carros, sério mesmo. Há poucos anos atrás se comprava Fusion e Azera nesse patamar de preço. P

  • Paulosreiss

    A simploriedade dos atuais automoveis me intrigam demais. Fugindo um pouco do tema, quem lembra do escort Zetec 1.8 e seus tecidos e couros por todo lado, completo (em 1997 um carro completo era algo fenomenal) e seu preço de 22 mil?

  • Magnus Cordeiro

    Tá louco pagar 70 pau num negócio manco e pelado desses . . . . .

  • Willian

    Sem exagero, mas meu Vectra 2009 é melhor de banco que esse Corolla.

  • FranciscoAdrianoSilva

    Barato definitivamente ele não é, nem nunca foi, custa o quanto oferece também não, mas em matéria de conforto, confiabilidade, mecânica e revenda ele é referencia e por isso vende tão bem.

  • COMENTARISTA MEDÍOCRE.

    Nunca entrei num focus modelo novo, é verdade que ele é mais apertado por dentro que um corolla? Pq por fora é um verdadeiro sapão.

  • Cláudio

    Acabamento interno muito conservador e preço abusivo. O Civic parte na frente no acabamento interno.

  • luis

    o interior ficou parecido com o santana 1980

  • luis

    Padrão fifa kkkk!

  • Jorge Magal

    Lendo esta completa e excelente matéria sobre o Toyota Corolla e lendo os comentários aqui expostos, verificamos que o consumidor automotivo brasileiro está “num mato sem cachorro”. Pagamos pelos carros mais caros do mundo e temos veículos ruins a preço de ouro. A realidade das montadoras aqui é distorcida. Enquanto nos países desenvolvidos as montadoras respeitam o consumidor e lançam produtos de qualidade a preços competitivos, no Brasil somos vítimas da ganância do Governo pelos impostos altos e pela absurda e alta margem de lucro das montadoras. Falta de respeito para conosco.

  • Paulo Eduardo

    Definitivamente, nenhum Corolla atual vale o que custa. É um bom carro mas não vale. E que bancos de Gol são aqueles?
    Assim acaba empurrando muita gente para a concorrência, principalmente para o Sentra, que era um carro morto, esquecido e agora vende bem. A Nissan deve estar adorando estes preços!

  • New Car

    Painel mais horroroso do mundo! O interior feio da peste!!

  • zebedeu

    Hoje, em tempos que qualquer médio já está passando dos 100.000. menos de 70 mil por um sedan de bom tamanho, bonito, absolutamente confiável por mais de uma centena de milhar de Kms, econômico, ótimo pós venda… hummmm! Um Fit EX sai quase isso!

  • Feijão Zinho

    Acho imcomprensível que o Corolla GLi A/T com motor de 1.8 não venha com cruise control ou piloto automático. Modelos do Etios 1.5 A/T vem equipados com ele e o antigo SEG 1.8 também vinha.
    O motor 1,8 tem 139 cv com gasolina contra 142 cv do 2.0. Apenas 3 cv de diferença!!! Quase imperceptível!!! Por que, então, esta descriminação?
    Alguém sabe como poderia instalar um controle de cruzeiro ou pilôto automático confiável no meu Corolla GLi A/T 15/15?

  • MENEGARDO

    Onde ele é econômico?? Só na propaganda enganosa da etiqueta do INMETRO

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend