Governamental/Legal Matérias NA Segurança Trânsito

Placas de carros por estado

Placas de carros por estado

Quem está atento aos veículos de modo geral, já percebeu que cada estado ou região do país possui as iniciais (letras) de placas de identificação bem específicas. Por exemplo, o Paraná começa geralmente pela letra A, enquanto o L impera no Rio de Janeiro. Mas, quais são estas letras e quais as regiões (estados) onde elas se aplicam?


É verdade que o sistema atual já está fadado ao fim, pois o Brasil vai adotar o modelo europeu de identificação, introduzido pelo Mercosul e que já se encontra em circulação pela Argentina, Paraguai e Uruguai, só restando o nosso país. Antes de começarmos a falar sobre essas letras das placas de veículos, devemos voltar no tempo para entender como elas acabaram sendo adotadas dessa forma.

Placas de carros por estado

História do emplacamento no Brasil

O emplacamento de veículo está ligado obviamente ao seu registro e os primeiros que foram oficialmente autorizados a circular pelo Brasil foram os modelos da Peugeot importados pelos irmãos Santos Dumont no final do século XIX, mas foi no início do seguinte século, que o emplacamento começou a ser implantado no país.


No começo, o emplacamento tinha como padrão adotar apenas uma letra e ela era A ou P, o que significava que o veículo era de aluguel ou particular, respectivamente. Já as letras variam de um a cinco algarismos, não havendo um padrão, pois cada cidade aplicava a identificação que achasse adequada ao veículo, seguindo essa ordem. O interessante é que com cinco algarismos, a sequência ficava triplamente separada: P 15 335, por exemplo.

E assim de 1901 até 1941, sempre com placas pretas (daí o saudosismo maior em relação aos clássicos) com letras e números em branco. Até então, não se podia saber a origem do emplacamento do veículo, pois cidades e estados não eram identificados nas placas. Porém, com a reforma no sistema de placas do Brasil, a coisa mudou radicalmente.

Placas de carros por estado

No novo formato de 1941, saem as letras das placas e passam a ser adotados apenas números, que são separados por pontos numa ordem de unidade, dezena, dezena e dezena, totalizando sete números. No alto da placa, ia a cidade do emplacamento e seu respectivo estado da federação. O interessante é que trocou-se o padrão preto com algarismos brancos pelo laranja com algarismos pretos. Nesse caso, a cor identificava os particulares. Já os de aluguel eram vermelhos com branco. Por fim, os carros oficiais tinham placas brancas com preto para nomes e números.

O novo padrão de cores chegou até os dias atuais, mas com uma diferença importante, a cor laranja mudou para amarela em meados dos anos 60. As motos usavam placas ovais apenas com a sigla do estado, mas ostentando somente números e pontos. Para facilitar a fiscalização, as cidades registravam o número 1 até chegar a centena e depois do milhar, passava a ser 1.12 por exemplo e assim sucessivamente até preencher por completo a placa. Mas, havia um limite e esse era de 10 milhões de veículos, menos um.

Para piorar, um estado poderia ter mais de uma placa igual registrada, o que tornava a fiscalização terrivelmente complicada. Fora que em outros estados, as cidades faziam a mesma coisa. Para por ordem na frota nacional, o governo então determinou a criação de um novo sistema, que viria a ser a base do atualmente vigente no Brasil. Em 1969, retornam as letras e agora com apenas quatro números (três em caso de motos).

Placas de carros por estado

São Paulo

O novo padrão a ser adotado pelos próprios 30 anos não entrou em vigor antes de ver São Paulo criar o seu próprio. O estado assumiu a letra S como inicial e se o veículo fosse da capital, teria apenas essa letra e três números. Nas outras regiões importantes do estado, o S era acompanhado de uma letra em específico, sendo SA para Araçatuba, SB para Bauru, SC para Campinas, SJ para São José dos Campos, SS para Santos, SR para Ribeirão Preto, SO para Sorocaba e ST para Rio Preto, por exemplo. Deve-se lembrar que as cidades na área de influência destas adotavam o mesmo padrão, mas mantinham seus nomes estampados. O padrão não era reconhecido pelo governo federal e desapareceu quando implantou-se um novo sistema nacional, abaixo.

Placas de carros por estado

Duas letras e quatro números

Nos 30 anos seguintes após 1969, o Brasil adotou um padrão de emplacamento com duas letras e quatro números (três no caso de motos). A nova combinação podia somar pouco mais de 7,4 milhões de veículos por estado e era considerada mais segura para fiscalização e registro. As cores e a identificação continuaram e foram acrescidas mais diferenciações ao longo do tempo. O dono do veículo ao mudar de cidade ou baixar o carro, ganhava uma nova placa e a antiga podia ser reaproveitada. A gestão saiu dos municípios e foi para os estados.

Assim, as letras começaram a ser distribuídas para os Detrans locais. Apesar de não parecer, as letras não eram reservadas exclusivamente a determinado estado, variando muito. Podia-se, por exemplo, ter placas começando por MX em São Paulo ou TN em Minas Gerais. O sistema se tornou complexo com poucos anos de utilização, pois era limitado e começou a gerar problemas de fiscalização. Por isso, em 1990, adotou-se o padrão atual, que deixa de ser adotado em 2020.

Placas de carros por estado

Atualmente

Também por igual período de 30 anos, o sistema atual de emplacamento no Brasil terá vigência igual ao anterior. Com três letras e quatro números, inclusive para motos, somando um total de pouco menos de 176 milhões de combinações. Agora, quando uma placa dá baixa com o veículo, ela não retorna mais ao sistema. Para facilitar o processo, foi dado aos estados a oportunidade de adotar o novo sistema num certo período e isso começou pelo Paraná. É por isso que o estado do sul é aquele que começa com A.

Mas não foi à esmo. Existe uma combinação na qual cada estado tem direito. Assim, o Paraná – por ter sido o primeiro em 1990 – vai de AAA-0001 até BEZ-9999. Então, a próxima sequência de combinação lógica passou para São Paulo, que o adotou em segundo. Como este tem uma frota maior, a combinação dos algarismos vai de BFA-0001 até GKI-9999.

Com isso, conforme cada estado ia adotando o novo padrão, mais letras eram disponibilizadas e assim pode-se hoje ter uma visão geral de como o novo sistema foi sendo adotado pelo Brasil. Apesar desse padrão, pode-se obter placas com sequências de letras exclusivas, tais como BMW, FOX, FIT, etc, relacionados aos nomes de marcas, modelos, proprietários ou cidades, por exemplo.

Confira abaixo as letras e as sequências numéricas por estado:

(sequências atualizadas 2018 informados pelo leitor Celio nos comentários)

    • AAA 0001 a BEZ 9999 Paraná (PR)
    • BFA 0001 a GKI 9999 São Paulo (SP)
    • GKJ 0001 a HOK 9999 Minas Gerais (MG)
    • HOL 0001 a HQE 9999 Maranhão (MA)
    • HQF 0001 a HTW 9999 Mato Grosso do Sul (MS)
    • HTX 0001 a HZA 9999 Ceará (CE)
    • HZB 0001 a IAP 9999 Sergipe (SE)
    • IAQ 0001 a JDO 9999 Rio Grande do Sul (RS)
    • JDP 0001 a JKR 9999 Distrito Federal (DF)
    • JKS 0001 a JSZ 9999 Bahia (BA)
    • JTA 0001 a JWE 9999 Pará (PA)
    • JWF 0001 a JXY 9999 Amazonas (AM)
    • JXZ 0001 a KAU 9999 Mato Grosso (MT)
    • KAV 0001 a KFC 9999 Goiás (GO)
    • KFD 0001 a KME 9999 Pernambuco (PE)
    • KMF 0001 a LVE 9999 Rio de Janeiro (RJ)
    • LVF 0001 a LWQ 9999 Piauí (PI)
    • LWR 0001 a MMM 9999 Santa Catarina (SC)
    • MMN 0001 a MOW 9999 Paraíba (PB)
    • MOX 0001 a MTZ 9999 Espírito Santo (ES)
    • MUA 0001 a MVK 9999 Alagoas (AL)
    • MVL 0001 a MXG 9999 Tocantins (TO)
    • MXH 0001 a MZM 9999 Rio Grande do Norte (RN)
    • MZN 0001 a NAG 9999 Acre (AC)
    • NAH 0001 a NBA 9999 Roraima (RR)
    • NBB 0001 a NEH 9999 Rondônia (RO)
    • NEI 0001 a NFB 9999 Amapá (AP)
    • NFC 0001 a NGZ 9999 Goiás (GO) 2ª sequência
    • NHA 0001 a NHT 9999 Maranhão (MA) 2ª sequência
    • NHU 0001 a NIX 9999 Piauí (PI) 2ª sequência
    • NIY 0001 a NJW 9999 Mato Grosso (MT) 2ª sequência
    • NJX 0001 a NLU 9999 Goiás (GO) 3ª sequênca
    • NLV 0001 a NMO 9999 Alagoas (AL) 2ª sequência
    • NMP 0001 a NNI 9999 Maranhão (MA) 3ª sequência
    • NNJ 0001 a NOH 9999 Rio Grande do Norte (RN) 2ª sequência
    • NOI 0001 a NPB 9999 Amazonas (AM) 2ª sequência
    • NPC 0001 a NPQ 9999 Mato Grosso (MT) 3ª sequência
    • NPR 0001 a NQK 9999 Paraíba (PB) 2ª sequência
    • NQL 0001 a NRE 9999 Ceará (CE) 2ª sequência
    • NRF 0001 a NSD 9999 Mato Grosso do Sul (MS) 2ª sequência
    • NSE 0001 a NTC 9999 Pará (PA) 2ª sequência
    • NTD 0001 a NTW 9999 Bahia (BA) 2ª sequênca
    • NTX 0001 a NUG 9999 Mato Grosso (MT) 4ª sequência
    • NUH 0001 a NUL 9999 Roraima (RR) 2ª sequência
    • NUM 0001 a NVF 9999 Ceará (CE) 3ª sequência
    • NVG 0001 a NVN 9999 Sergipe (SE) 2ª sequência
    • NVO 0001 a NWR 9999 Goiás (GO) 4ª sequência
    • NWS 0001 a NXQ 9999 Maranhão (MA) 4ª sequência
    • NXR 0001 a NXT 9999 Acre (AC) 2ª sequência
    • NXU 0001 a NXW 9999 Pernambuco (PE) 2ª sequência
    • NXX 0001 a NYG 9999 Minas Gerais (MG) 2ª sequência
    • NYH 0001 a NZZ 9999 Bahia (BA) 3ª sequênci
    • OAA 0001 a OAO 9999 Amazonas (AM) 3ª sequência
    • OAP 0001 a OBS 9999 Mato Grosso (MT) 5ª sequência
    • OBT 0001 a OCA 9999 Pará (PA) 3ª sequência
    • OCB 0001 a OCU 9999 Ceará (CE) 4ª sequência
    • OCV 0001 a ODT 9999 Espírito Santo (ES) 2ª sequênci
    • ODU 0001 a OEI 9999 Piauí (PI) 3ª sequência
    • OEJ 0001 a OES 9999 Sergipe (SE) 3ª sequência
    • OET 0001 a OFH 9999 Paraíba (PB) 3ª sequência
    • OFI 0001 a OFW 9999 Pará (PA) 4ª sequência
    • OFX 0001 a OGG 9999 Paraíba (PB) 4ª sequência
    • OGH 0001 a OHA 9999 Goiás (GO) 5ª sequência
    • OHB 0001 a OHK 9999 Alagoas (AL) 3ª sequência
    • OHL 0001 a OHW 9999 Rondônia (RO) 2ª sequência
    • OHX 0001 a OIQ 9999 Ceará (CE) 5ª sequência
    • OIR 0001 a OJQ 9999 Maranhão (MA) 5ª sequência
    • OJR 0001 a OKC 9999 Rio Grande do Norte (RN) 3ª sequência
    • OKD 0001 a OKH 9999 Santa Catarina (SC) 2ª sequência
    • OKI 0001 a OLG 9999 Bahia (BA) 4ª sequência
    • OLH 0001 a OLN 9999 Tocantins (TO) 2ª sequência
    • OLO 0001 a OMH 9999 Minas Gerais (MG) 3ª sequência
    • OMI 0001 a OOF 9999 Goiás (GO) 6ª sequência
    • OOG 0001 a OOU 9999 Mato Grosso do Sul (MS) 3ª sequência
    • OOV 0001 a ORC 9999 Minas Gerais (MG) 4ª sequência
    • ORD 0001 a ORM 9999 Alagoas (AL) 4ªsequência
    • ORN 0001 a OSV 9999 Ceará (CE) 6ª sequência
    • OSW 0001 a OTZ 9999 Pará (PA) 5ª sequência
    • OUA 0001 a OUE 9999 Piauí (PI) 4ª sequência
    • OUF 0001 a OVD 9999 Bahia (BA) 5ª sequência
    • OVE 0001 a OVF 9999 Espírito Santo (ES) 3ª sequência
    • OVG 0001 a OVG 9999 Acre (AC) 3ª sequência
    • OVH 0001 a OVL 9999 Espírito Santo (ES) 4ª sequência
    • OVM 0001 a OVV 9999 Distrito Federal (DF) 2ª sequência
    • OVW 0001 a OVY 9999 Piauí (PI) 5ª sequência
    • OVZ 0001 a OWG 9999 Rio Grande do Norte (RN) 4ª sequência
    • OWH 0001 a OXK 9999 Minas Gerais (MG) 5ª sequência
    • OXL 0001 a OXL 9999 Rondônia (RO) 3ª sequência
    • OXM 0001 a OXM 9999 Amazonas (AM) 4ª sequência
    • OXN 0001 a OXN 9999 Alagoas (AL) 5ª sequência
    • OXO 0001 a OXO 9999 Paraíba (PB) 5ª sequência
    • OXP 0001 a OXP 9999 Acre (AC) 4ª sequência
    • OXQ 0001 a OXZ 9999 Maranhão (MA) 6ª sequência
    • OYA 0001 a OYC 9999 Tocantins (TO) 3ª sequênci
    • OYD 0001 a OYK 9999 Espírito Santo (ES) 5ª sequência
    • OYL 0001 a OYZ 9999 Pernambuco (PE) 6ª sequência
    • OZA 0001 a OZA 9999 Ceará (CE) 7ª sequência
    • OZB 0001 a OZB 9999 Sergipe (SE) 4ª sequência
    • OZC 0001 a OZV 9999 Bahia (BA) 6ª sequência
    • OZW 0001 a PBZ 9999 Distrito Federal (DF) 3ª sequênci
    • PCA 0001 a PED 9999 Pernambuco (PE) 7ª sequência
    • PEE 0001 a PFQ 9999 Pernambuco (PE) 3ª sequência
    • PFR 0001 a PGK 9999 Pernambuco (PE) 4ª sequência
    • PGL 0001 a PGU 9999 Pernambuco (PE) 5ª sequência
    • PGV 0001 a PGZ 9999 Pernambuco (PE) 8ª sequência
    • PHA 0001 a PHZ 9999 Amazonas (AM) 5ª sequência
    • PIA 0001 a PIZ 9999 Piauí (PI) 6ª sequência
    • PJA 0001 a PLZ 9999 Bahia (BA) 7ª sequência
    • PMA 0001 a POZ 9999 Ceará (CE) 8ª sequência
    • PPA 0001 a PPZ 9999 Espírito Santo (ES) 6ª sequência
    • PQA 0001 a PRZ 9999 Goiás (GO) 7ª sequência
    • PSA 0001 a PTZ 9999 Maranhão (MA) 7ª sequência
    • PUA 0001 a PZZ 9999 Minas Gerais (MG) 6ª sequência
    • QAA 0001 a QAZ 9999 Mato Grosso do Sul (MS) 4ª sequência
    • QBA 0001 a QCZ 9999 Mato Grosso (MT) 6ª sequência
    • QDA 0001 a QEZ 9999 Pará (PA) 6ª sequência
    • QFA 0001 a QFZ 9999 Paraíba (PB) 6ª sequênci
    • QGA 0001 a QGZ 9999 Rio Grande do Norte (RN) 5ª sequência
    • QHA 0001 a QJZ 9999 Santa Catarina (SC) 3ª sequência
    • QKA 0001 a QKM 9999 Tocantins (TO) 4ª sequência
    • QKN 0001 a QKZ 9999 Sergipe (SE) 5ª sequência
    • QLA 0001 a QLM 9999 Alagoas (AL) 6ª sequência
    • QLN 0001 a QLT 9999 Amapá (AP) 2ª sequência
    • QLU 0001 a QLZ 9999 Acre (AC) 5ª sequência
    • QMA 0001 a QMP 9999 Sergipe (SE) 6ª sequência
    • QMQ 0001 a QQZ 9999 Minas Gerais (MG) 7ª sequência
    • QRA 0001 a QRA 9999 Rondônia (RO) 4ª sequência
    • QRB 0001 a QRB 9999 Roraima (RR) 3ª sequência
    • QRC 0001 a QTX 9999 Goiás (GO) 8ª sequência
    • QTY 0001 a RIN 9999 Sequências ainda não definidas
    • RIO 0001 a RKZ 9999 Rio de Janeiro (RJ) 2ª sequência
    • RLA 0001 a SAU 9999 Sequências ainda não definidas
    • SAV 0001 a SAV 9999 São Paulo (SP) 2º sequência
    • SAW 0001 a ZZZ 9999 Sequências ainda não definidas
Placas de carros por estado
Nota média 4.5 de 2 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email