Putin assume controle da maior rede de concessionárias de carros da Rússia

concessionaria moscou
concessionaria moscou

O controle de Vladimir Putin sobre a Rússia está chegando a um nível absurdo e uma das áreas onde o líder do país, no poder desde 1999, é o setor automotivo, mas não por meio de leis que regulem o mercado, mas diretamente pelo Kremlin.

Segundo o que vem de lá, Putin assumiu a maior rede de concessionários de veículos da Rússia “temporariamente” sob administração do estado russo.

A rede Rolf pertence ao milionário russo Sergei Petrov e tem sua sede no Chipre.

A decisão teria sido de “conveniência econômica”, porém, Petrov diz que a motivação é política e a ação mina a garantia de investimentos seguros no país, onde o mercado automotivo viveu inicialmente de importações independentes e agora é quase controlado pela China.

A medida preocupa não só o setor automotivo, mas também toda a economia russa, visto ser a primeira vez que o Kremlin confisca uma empresa nacional de alto nível, colocando os demais empreendimentos russos sob a mira de Putin.

No setor, a única nacionalização foi de ativos de fabricantes e fornecedores estrangeiros, impedidos de atuar na Rússia como consequência de um embargo internacional liderado pelos EUA.

Com 59 revendas de 30 marcas diferentes, o grupo Rolf surgiu após o fim da URSS e só em 2022, comercializou 200.000 veículos na Rússia.

O Kremlin disse oficialmente: “Isto está exclusivamente ligado à conveniência econômica e ao cumprimento da legislação atual da Federação Russa e tendo em conta a conhecida situação econômica internacional que nos rodeia agora”.

Segundo o governo russo, a medida não afetará as operações da Rolf, mas o movimento pode significar que outros investidores que não correspondem às determinações do governo Putin, podem estar sob risco.

Isto porque Petrov, que mora na Áustria, foi um dos milionários russos no exterior que condenaram a anexação da Crimeia em 2014 e também foi acusado de comprar ações a preços inflacionados e transferir ativos para fora da Rússia.

Petrov teve um mandado de prisão expedido na época e um dos executivos de um grupo de concessionários, teve pena de prisão de oito anos e meio.

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X